Seguimento diário de radiossondas em tempo real

DeltaDirac

Cirrus
Registo
1 Jul 2009
Mensagens
72
Local
Oeiras
AirNav-PT Project

Boa tarde,

venho dar-vos a conhecer um projecto feito por mim e por um colega de hobbie. Ele mais na parte de hardware e eu mais no software. Trata-se de um site onde podem ser acompanhadas diáriamente e em tempo real as radiosondas lançadas pelo IM. O projecto ainda está numa fase inicial pelo que tem alguns erros (actualmente só funciona no Internet Explorer) e está à espera de tempo da nossa parte para implementar novas funcionalidades. A ideia é ter também o tráfego áereo sobre o nosso país, parte de Espanha e zona de mar próxima, bem como barcos entre outras coisas.

O lançamento da sonda é pelas 11h30m UTC pelo que antes dessa hora o site não mostra nada. Após a sua queda, pelas 13h30m UTC e até à meia noite do respectivo dia, o site mostra o trajecto da sonda desse dia. Durante o tempo em que a sonda está no ar, o site faz o seu acompanhamento em tempo real!

Podem aceder ao site em http://airnav.pt.vu
Vejam... vale a pena...

Comentários e sugestões são benvindos.

Obrigado pela vossa atenção.

DD
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Epa, que espectáculo !!

Vocês tem um posto receptor e recebem a transmissão da sonda e fazem o tracking então ? Não sabia que era um sinal "aberto".

Já agora, durante a transmissão, não podem incluir no site os dados meteorológicos (Temperatura, ponto de orvalho, etc) que ela vai debitando ? Assim podíamos ter acesso aos dados muito mais rapidamente :D Normalmente temos que esperar umas 2 horas até que elas apareçam no servidor da Universidade de Wyoming :hehe:
 

DeltaDirac

Cirrus
Registo
1 Jul 2009
Mensagens
72
Local
Oeiras
Nós temos um posto receptor composto por um rotor e respectivo controlador, antena yagi e mais algumas coisas que o meu colega explicará melhor que eu e o rádio obviamente. Depois fazemos a descodificação por software e guardamos os dados todos numa base de dados para criar historico. Ao mesmo tempo publicamos no website para se ver em tempo real.

Futuramente esses dados meteorologicos poderão estar disponiveis também sim. E tudo acessivel por telemovel também.

De facto o sinal não é codificado, não.

A ideia é fazer tambem o acompanhamento das sondas estrangeiras.
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Nós temos um posto receptor composto por um rotor e respectivo controlador, antena yagi e mais algumas coisas que o meu colega explicará melhor que eu e o rádio obviamente. Depois fazemos a descodificação por software e guardamos os dados todos numa base de dados para criar historico. Ao mesmo tempo publicamos no website para se ver em tempo real.

Ah grandes carolas ! Depois se precisarem de ajuda a criar uma sondagem gráfica com os diversos índices, podemos ajudar a fornecer as muitas fórmulas que existem.


E já recolhemos algumas sondas no terreno :)

Não tinha pensado nisso, mas será que não existe um potencial problema aí ? Não faço ideia, mas se calhar o IM também as tenta recolher não ? E ao divulgarem publicamente o tracking se calhar estão a complicar a vida ao IM. Será ? Se for, talvez uma solução fosse não divulgarem publicamente a fase final da queda da sonda. Mas sinceramente não faço ideia se o IM tenta recuperar as mesmas, só sei que ainda são caras e que infelizmente só há uma por dia em Portugal continental devido ao custo das mesmas.
 

DeltaDirac

Cirrus
Registo
1 Jul 2009
Mensagens
72
Local
Oeiras
Radioamador, engenheiro de telecomunicações e programador são características que possuimos por isso com maior ou menor dificuldade, muito trabalho, paciência, amor e algum dinheiro lá vamos conseguindo coisas engraçadas como estas :)

A ideia é o projecto crescer por isso toda a ajuda é benvinda!

Tanto quanto sei o IM não faz a recolha, pelo menos nunca nos cruzámos com nenhum funcionário quando andámos dentro de propriedades privadas, montes, vales, estradas, etc. :) Penso que cada sonda ronde os 350 euros. Têm tanto de útil como de poluídoras do meio ambiente (sobretudo quando caem no mar). Não é qualquer pessoa que as pode ir apanhar porque o GPS tem erro e só com equipamento apropriado é que se podem ir caça-las. Só por si, o site não ajuda muito a ir ao terreno e encontrá-las com facilidade.

Sinceramente, penso que o IM nunca as irá recolher porque lhes fica mais caro... É preciso pelo menos uma pessoa que faça só isso na vida e requer custos em gasolina... e não é certo que se consiga chegar até à sonda estando mesmo ela a poucos metros de nós... Enfim, quem já andou atrás delas percebe o que eu digo.

DD
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Já foi lançada a sonda e o site já está a reportar: http://airnav.pt.vu/
Atenção que só funciona no IE


Status: on the air
Hardware ID: E1131497
Launch time: 11:29:29 UTC


36704111.jpg
 

ajrebelo

Nimbostratus
Registo
5 Fev 2006
Mensagens
1,189
Local
Lisboa, Ericeira, Sesimbra, Gerês
Boas

Realmente só falta os dados meteorológicos que a nós fazia bastante jeito, isso não é possível colocar?

já agora esta noticia de 2007

Quando coloquei aqui esta notícia dos EUA, quem sonharia que fosse acontecer quase a mesma coisa e desta vez em ... Portugal.

O azar desta vez não coube a uma estação, mas a uma sonda do IM.

39326618oe9.jpg


Alcobaça: Sonda meteorológica destruída
Equipa da GNR faz explodir equipamento científico
A bomba era, afinal, uma sonda para fazer medições atmosféricas relacionadas com a qualidade do ar. As autoridades policiais montaram um forte dispositivo e fizeram explodir o objecto - feito em esferovite e semelhante a uma lata de cinco litros -, ao fim de 11 horas, no concelho de Alcobaça.



A intervenção aconteceu porque, de início, se suspeitava que “o alegado engenho explosivo” poderia ameaçar uma residência na Quinta do Vale Vento, Benedita. Por isso, a GNR montou de imediato um aparatoso dispositivo, que mobilizou especialistas de várias áreas, na quinta-feira (dia 2). Mas, volvidas 11 horas, concluíram que se tratava de um aparelho do Instituto de Meteorologia (IM) para fazer medições atmosféricas relacionadas com a qualidade do ar.

O objecto suspeito – de forma cilíndrica e semelhante a uma lata de cinco litros, feito em esferovite, pesando um quilo – foi encontrado pelas 20h40. A GNR enviou de imediato uma patrulha e depois mobilizou militares do Núcleo de Investigação Criminal e da Equipa de Inactivação de Engenhos Explosivos Improvisados. A PJ enviou inspectores da Polícia Científica e da Secção Regional de Combate ao Banditismo, e a Protecção Civil mobilizou os Bombeiros Voluntários da Benedita e os Sapadores de Lisboa.

O engenho foi estudado durante toda a noite e detonado pelas 07h30 de sexta-feira. Só nessa altura foi possível perceber que se tratava de um aparelho do IM e não representava perigo.

Segundo o IM, deverá tratar-se de uma ozonossonda, que serve para medir o perfil vertical do ozono na atmosfera. São lançadas a partir do Aeroporto de Lisboa, com um balão que atinge os 30 quilómetros de altitude. Tem um sensor que regista as características do ar à medida que sobe e um pequeno motor, enviando os dados via rádio para a superfície. Tem acoplada uma radiossonda para medir a pressão, temperatura, humidade e o vento.

Luís Filipe Nunes, chefe da divisão de Observação Meteorológica e Clima do IM, explicou ontem que “os dispositivos caem quando os balões rebentam. A maior parte não são encontrados e ficam no mar ou nos campos. Não há forma de saber onde vão aterrar”.

OZONOSSONDA

PÁRA-QUEDAS

Para suavizar a queda das ozonossondas e das radiossondas e evitar que causem danos – por exemplo em carros - são acoplados pequenos pára-quedas aos dispositivos do IM.

IDENTIFICAÇÃO

Todos os dispositivos lançados pelo IM têm um identificador, em papel, a informar a sua função e a solicitar a quem o encontrar que o entregue numa estação dos CTT, a fim de ser devolvido ao Instituto.

INFORMAÇÃO

Sempre que lança novos modelos de balões-sonda, o IM contacta as autoridades policiais e envia fotos dos dispositivos, para evitar confusões, como a que aconteceu desta vez, na Benedita.

(c) Fonte: Correio da Manhã

Abraços
 

DeltaDirac

Cirrus
Registo
1 Jul 2009
Mensagens
72
Local
Oeiras
Boa tarde a todos,

portanto neste momento os dados mostrados pelo site são:

Status: on the ground
Hardware ID: E1131497
Launch time: 11:29:29 UTC
Landing time: 13:34:38 UTC
Frequency: 403.020 MHz
Latitude: 38.6502º
Longitude: -9.0504º
Altitude: 0.718 Km
Distance: 87.461 Km

Os 718 metros de altitude não significam, obviamente, que a sonda ficou aí, significam que o nosso equipamento não conseguiu apanhar o sinal abaixo dessa altitude. Curvatura de terra, reflexões no solo, prédios, etc prejudicam o sinal. A frequencia foi os 403.020 MHz. É possível agora ver uma parte a vermelho do trajecto que significa a queda da sonda.

Os dados meteorológicos é possível meter também mas não será para já.

Agradeço o report de erros ou sugestões. O site só funciona em Internet Explorer por enquanto.

Obrigado pelo vosso feedback,

DD