Seguimento Incêndios - 2015

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
15,484
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Essa das fotos é o cabeço Rainho ainda não chegou e espero bem que não...

Cabeço Rainha não é aí mas a sul de Oleiros, altitude 1084 m. Essa crista que está a arder é chamada de Serra Vermelha, culmina a pouco mais de 940m.

Às 00:40, quase 500 operacionais

6j0DO4k.gif
 
  • Gosto
Reactions: guisilva5000

FJC

Cumulus
Registo
14 Dez 2009
Mensagens
297
Local
Marinha Grande
Foto retirada do Faceboock, com o ponto deste incêndio à 01h00. Para quem conhece aquela zona, sabe o quanto difícil é andar por ali, naquelas estradas! Sobe e desce constante! Impossível fazer melhor naquelas condições de terreno e meteorológicas!

bH5S5qw.jpg


Créditos de: Lucas Emanuel.

Além de que, andam a divertir-se à custa do sofrimento de outros! Vários alertas de novos incêndios no distrito de Oleiros e mais dois nos distritos vizinhos! Sertã (este esteva na página do 112, mas depois saiu, ver se aparece na actualização de incêndios daqui a 20 minutos), e Pedrogão Grande.

M6tIsBr.png
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
15,484
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Foto retirada do Faceboock, com o ponto deste incêndio à 01h00. Para quem conhece aquela zona, sabe o quanto difícil é andar por ali, naquelas estradas! Sobe e desce constante! Impossível fazer melhor naquelas condições de terreno e meteorológicas!

Uma catástrofe, a dispersão da frente por tantos focos faz temer pelos pequenos lugares com habitações na zona.
Pela imagem não distingo bem se toda a nuvem por cima é só fumo ou se há mesmo nuvens de condensação sobre as montanhas, nota-se a iluminação por cima pelo luar e até se vêem algumas estrelas.
Não é possível saber de que ângulo foi obtida? À direita em baixo será Álvaro?
 
  • Gosto
Reactions: guisilva5000

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
15,484
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
O incêndio que lavra há oito horas no concelho de Oleiros, Castelo Branco, obrigou à evacuação de quatro pessoas em habitações isoladas, duas das quais estavam acamadas, disse à agência Lusa o presidente da câmara local.

"Neste momento, aparentemente não existem povoações propriamente ditas em risco. Há meios no terreno que estão a protegê-las, segundo diz o comandante [do Centro Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco] 'estarão protegidas'. De qualquer maneira, tiveram que evacuar preventivamente quatro pessoas de lugares mais isolados, duas das quais estavam acamadas", adiantou à agência Lusa o presidente da Câmara de Oleiros, Fernando Marques Jorge.

O incêndio, com uma frente activa, que deflagrou às 13h43 desta segunda-feira na freguesia de Álvaro, concelho de Oleiros, mobilizava, cerca das 21h45, um total de 423 operacionais, apoiados por 135 veículos, de acordo com a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

Segundo o autarca, a situação "não está fácil" no terreno, devido ao vento forte e terreno acidentado, e o incêndio progride em direcção à vila de Oleiros. "O vento não está a ajudar nada e o terreno também é muito acidentado", concluiu.

http://www.publico.pt/sociedade/not...a-evacuacao-de-quatro-pessoas-1704006?frm=ult
 

guisilva5000

Super Célula
Registo
16 Set 2014
Mensagens
5,609
Local
Belas
Isto é 2003 e 2005 outra vez. :( Não queria nada que a região fosse afetada. Acreditem que, como o StormRic afirmou, é das maiores áreas de pinhal. Sem dúvida uma catástrofe.
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
15,484
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Situação às 3:45

MAq53Hr.gif


O presidente da Câmara de Oleiros, Fernando Marques Jorge, disse hoje à Lusa que o exército está a ajudar a combater o incêndio florestal que lavra no concelho desde as 13:43 de segunda-feira.
«O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e o secretário de Estado da Administração Interna, João Almeida, já manifestaram preocupação com a situação e a sua solidariedade», disse à agência Lusa, o presidente da Câmara de Oleiros, Fernando Marques Jorge.

O autarca adiantou ainda que o exército se encontra no terreno a ajudar a combater o fogo que deflagrou pelas 13:43 de segunda-feira, em Oleiros, no distrito de Castelo Branco, e que 11 horas depois mantém uma frente ativa e está a ser combatido em terreno acidenteado por quase cinco centenas de operacionais, potenciado por ventos fortes.

Diário Digital / Lusa

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=784775

http://www.tvi.iol.pt/videos/55bffc360cf274bb130057c0

http://www.sapo.pt/noticias/sobe-para-501-numero-de-operacionais-no_55c02eeb49bf7cab166a6acf
 
Última edição:

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
15,484
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Este era o vale por onde o fogo já terá passado, Corujeira, e Longra em segundo plano, do lado esquerdo, Álvaro ao fundo, Pandos na encosta do lado direito, vista desde a N350, a cerca de 840 m de altitude, 100 m abaixo das eólicas da Serra Vermelha. O PCO situa-se a menos de 2 Km em linha recta, 3 Km por estrada, para a direita da imagem, perto da Cruz do Casal Novo. Oleiros fica na direcção oposta desta tomada de vista.



O fumo levado para SE vê-se no radar a sul de Oleiros e um pouco sobre esta zona. Os ecos podem não ser significativos pois concentra-se a baixa altitude. Os tons de verde em baixo e do lado esquerdo são ruído.
MtipXwj.jpg


Está já em toda a encosta para sul, perto de Oleiros:



Estado inalterado às 4:45

7EYGPzH.gif
 
Última edição:

Garcia

Cumulus
Registo
5 Jan 2014
Mensagens
422
Local
Santa Bárbara (Lourinhã)
Boas..
Ontem estava eu por Pedrogão Grande e consegui ver a coluna de fumo que despertou a atenção... passado pouco tempo reparei que andavam dois meios aéreos a abastecer muito perto de mim, na barragem do Cabril..
Mais logo já partilho as fotos que tirei.. ;)
 
  • Gosto
Reactions: guisilva5000

guisilva5000

Super Célula
Registo
16 Set 2014
Mensagens
5,609
Local
Belas
Nessa zona é sempre assim, mal há um foco arde tudo o resto e é difícil parar. A região e arredores têm as maiores áreas ardidas em Portugal. Esta é mais uma. Mas 601 operacionais quer dizer que foi muito grave.