Seguimento - Incêndios 2022

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
16,118
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
24 meios aéreos dispersos por sete incêndios.







 


ASantos

Cirrus
Registo
18 Jun 2017
Mensagens
9
Local
Guia (Pombal)
Ninguém nega que exista incendiarismo em Portugal, é uma causa relevante das ignições embora estatisticamente não seja a principal. O que nunca se comprovou é a tal máfia que larga fogo que muitas pessoas parecem querer acreditar. Os incendiários que existem são independentes uns dos outros e provocam fogos por muitas e variadas razões, desde vingança, maldade, vontade de ver os meios em ação etc...
Se há actualmente máfia, não sei. Mas acredito plenamente que nos anos de 2003 e 2005 isso tenha sido uma realidade. Lembro-me do dia 4 de agosto de 2005, em que no concelho de Pombal, existiram cerca de 20 ignições durante essa tarde, espalhadas por diversas freguesias e todas a surgirem com poucos minutos de desfasamento. Nos concelhos vizinhos de Leiria e Ourém, também ouve incêndios significativos nesse dia. Não acredito que todos os pirómanos, pessoas com algum tipo de deficiência ou pessoas com contas por acertar, tenham decidido atear o fogo no mesmo dia e praticamente à mesma hora neste concelho.
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
16,118
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Se há actualmente máfia, não sei. Mas acredito plenamente que nos anos de 2003 e 2005 isso tenha sido uma realidade. Lembro-me do dia 4 de agosto de 2005, em que no concelho de Pombal, existiram cerca de 20 ignições durante essa tarde, espalhadas por diversas freguesias e todas a surgirem com poucos minutos de desfasamento. Nos concelhos vizinhos de Leiria e Ourém, também ouve incêndios significativos nesse dia. Não acredito que todos os pirómanos, pessoas com algum tipo de deficiência ou pessoas com contas por acertar, tenham decidido atear o fogo no mesmo dia e praticamente à mesma hora neste concelho.

OFF-TOPIC:

Da parte de tudo o que pode dar grandes lucros com pequenas acções ocultas, cuja responsabilidade seja quase impossível de provar chegar ao topo das hierarquias empresariais ou governamentais, nunca se espere ética ou moral, a mente humana funciona assim, é corruptível e praticamente qualquer pessoa tem um preço. Será possível que ainda haja quem tenha ilusões sobre isto no nosso país? Será que já não há exemplos suficientes? Quem lucra com os incêndios? Não me venham com ingenuidades dizer que ninguém lucra com os incêndios, é pura mentira. Há sempre quem lucra, desde o pastor (não estou a acusar seja quem fôr) até empresas que usam o solo ou que combatem incêndios, da fileira florestal e celuloses, construtores, grande pecuária, caça, novas energias renováveis, projectos urbanísticos, etc, é impossível indicar a qui todos e, sublinho, não estou a acusar esta ou aquela actividade em particular.
Se a utilização do solo após os incêndios fosse controlada com mão-de-ferro, algo quase impossível na nossa "democracia", se dum incêndio não houvesse qualquer lucro para ninguém, então aí sim, veríamos o número de ignições diminuir para as meras negligências (não suficientemente penalizadas na Lei) ou actos de desequilíbrio mental ou simplesmente político-criminoso (para pôr em cheque adversários políticos em funções autárquicas, governamentais, etc).

A regra é: "Pode ser feito? Então já foi feito!"
 
  • Gosto
Reactions: Aine e ASantos

fernandinand

Cumulus
Registo
13 Out 2020
Mensagens
105
Local
Serra - Alvorge @~300m
Se há actualmente máfia, não sei. Mas acredito plenamente que nos anos de 2003 e 2005 isso tenha sido uma realidade. Lembro-me do dia 4 de agosto de 2005, em que no concelho de Pombal, existiram cerca de 20 ignições durante essa tarde, espalhadas por diversas freguesias e todas a surgirem com poucos minutos de desfasamento. Nos concelhos vizinhos de Leiria e Ourém, também ouve incêndios significativos nesse dia. Não acredito que todos os pirómanos, pessoas com algum tipo de deficiência ou pessoas com contas por acertar, tenham decidido atear o fogo no mesmo dia e praticamente à mesma hora neste concelho.
Há uns 20-25 anos, lembro-me de uma velhotas no telejornal afirmarem categoricamente que um helicóptero em plena luz do dia estava a mandar umas 'velinhas' e que estão foram a causa de vários focos de incêndio....alguém soube alguma coisa disto? Houve investigação? Se foi abafado é porque grandes 'poderes' se impuseram...
Penso que temos de deixar como País de pensar de modo ingénuo...é fácil estatísticamente comprovar que quanto mais dinheiro se manda para o combate, mais incêndios há...coincidência? Estatisticamente, não creio...
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
16,118
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Lorvão, um barril de pólvora de eucaliptais (e pinheiros e acácias)...
Vento de Oeste 12 Km/h, 31ºC ainda.


fQ1TvqG.jpg
 
Última edição:

AJB

Nimbostratus
Registo
5 Mar 2009
Mensagens
1,024
Local
Baião
Não duvido que parte dos mesmos sejam reacendimentos. Mas parece-me realisticamente impossível que sejam todos reacendimentos. A vertente sul do Marão não costuma ver incêndios com muita frequência e no entanto nestas últimas semanas já houve inícios de incêndio em vários pontos dos concelhos de Baião, Amarante e Santa Marta.

Quanto à zona de Leiria e Ourém, onde infelizmente conheço gente que há 3 semanas só conseguiu salvar a casa, não deixa de ser curioso que esta mesma tarde tenham deflagrado com 20 minutos de intervalo duas ignições, uma na Caranguejeira e outra a sul de Espite... povoações onde nessa altura deflagraram duas ignições se bem me lembro com 5 minutos de intervalo.

Basta uma pessoa em cada zona para provocar isto tudo, infelizmente. Mas como disse, são coincidências a mais para me parecer que isto se explica com reacendimentos ou com negligência.
Nos incendios deste ano no Marão, que totalizaram sensivelmente 1700 ha de área ardida, ha uma primeira ignição por explicar. As restantes 2 são reacendimentos
 

AJB

Nimbostratus
Registo
5 Mar 2009
Mensagens
1,024
Local
Baião
Há uns 20-25 anos, lembro-me de uma velhotas no telejornal afirmarem categoricamente que um helicóptero em plena luz do dia estava a mandar umas 'velinhas' e que estão foram a causa de vários focos de incêndio....alguém soube alguma coisa disto? Houve investigação? Se foi abafado é porque grandes 'poderes' se impuseram...
Penso que temos de deixar como País de pensar de modo ingénuo...é fácil estatísticamente comprovar que quanto mais dinheiro se manda para o combate, mais incêndios há...coincidência? Estatisticamente, não creio...
Se vais pelo dinheiro, então o numero de ignições seria provocado pelos bombeiros, que são quem recebe (juntamente com os meios aereos) o grosso do dinheiro!
Neste forum ja dei muito para este peditorio, não vou voltar a faze lo! Apenas digo o seguinte: acreditar nessas teorias da conspiração/terrorismo, são o passo fundamental para nos desculpabilizarmos todos deste flagelo. Acreditar nessas teorias conspirativas são pura e simplesmente o caminho mais facil que a sociedade dominante em Portugal (eco urbana) encontrou para poder adormecer diariamente com a consciencia tranquila! O quão errada está!
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
16,118
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Se vais pelo dinheiro, então o numero de ignições seria provocado pelos bombeiros, que são quem recebe (juntamente com os meios aereos) o grosso do dinheiro!
Neste forum ja dei muito para este peditorio, não vou voltar a faze lo! Apenas digo o seguinte: acreditar nessas teorias da conspiração/terrorismo, são o passo fundamental para nos desculpabilizarmos todos deste flagelo. Acreditar nessas teorias conspirativas são pura e simplesmente o caminho mais facil que a sociedade dominante em Portugal (eco urbana) encontrou para poder adormecer diariamente com a consciencia tranquila! O quão errada está!

A minha ideia é precisamente o contrário de uma teoria da conspiração. Trata-se sim de actos individuais ou de empresas, ou de pequenos grupos ou até grandes grupos económicos ou políticos, desconexos entre si e sem carácter conspirador nem sequer concertadamente, mas simplesmente oportunistas, ou seja, se há oportunidade de através de um incêndio retirar benefício próprio ou para um conjunto de pessoas ou interesses, isso é feito. Estamos sempre a observar isso mas fingimos que isso não existe porque poderíamos ter problemas ao denunciar. Vemos arder florestas ou "matos" que não davam lucro porque o lucro era tão sómente do equilíbrio natural, da biodiversidade, de coisas que na visão limitada do puro interesse economicista não servem a pessoas, nem a empresas, nem ao estado. A consciência do "lucro" a longo prazo derivado da conservação de tudo o que é natural não é algo que pese em decisões com objectivos de retorno imediato a curto ou médio prazo. Quase ninguém olha para uma qualquer paisagem, terreno, mato, floresta sem lhe pôr afixo um valor económico, é como se nada tivesse o direito de existir se dessa existência não resultar um benefício material a curto ou médio prazo para o país.
 

fernandinand

Cumulus
Registo
13 Out 2020
Mensagens
105
Local
Serra - Alvorge @~300m
Se vais pelo dinheiro, então o numero de ignições seria provocado pelos bombeiros, que são quem recebe (juntamente com os meios aereos) o grosso do dinheiro!
Neste forum ja dei muito para este peditorio, não vou voltar a faze lo! Apenas digo o seguinte: acreditar nessas teorias da conspiração/terrorismo, são o passo fundamental para nos desculpabilizarmos todos deste flagelo. Acreditar nessas teorias conspirativas são pura e simplesmente o caminho mais facil que a sociedade dominante em Portugal (eco urbana) encontrou para poder adormecer diariamente com a consciencia tranquila! O quão errada está!
Acreditas no que quiseres....estamos numa democracia! Apenas não concordo com a 'designação'...para mim trata-se de corrupção, pura e dura. Andar a culpar eternamente espécies em vias de extinção (pastores) e o coitado do zé da enchada é que para mim é 'atirar o barro à parede' e culpar os outros, porque a culpa tem de morrer sempre solteira.
Vamos a ver se o caso dos bombeiros presos recentemente trás 'novas luzes' sobre este assunto...aguardemos!
 

MSantos

Staff
Registo
3 Out 2007
Mensagens
9,839
Local
Azambuja / Rio Maior
Acreditas no que quiseres....estamos numa democracia! Apenas não concordo com a 'designação'...para mim trata-se de corrupção, pura e dura. Andar a culpar eternamente espécies em vias de extinção (pastores) e o coitado do zé da enchada é que para mim é 'atirar o barro à parede' e culpar os outros, porque a culpa tem de morrer sempre solteira.
Vamos a ver se o caso dos bombeiros presos recentemente trás 'novas luzes' sobre este assunto...aguardemos!
Atenção que o uso do fogo pelos pastores para renovação de pastagens é comprovadamente uma importante causa de incêndios. Em zonas que conheço bem da Beira Alta (F.C Rodrigo, Almeida, Pinhel e V. N. Foz Cõa), é muito comum os pastores queimarem os pastos no fim do Verão, o problema é que quando faziam isso antigamente havia uma paisagem em mosaico que não permitia que grandes fogos, atualmente nas antigas áreas de pastagem predomina o giestal contínuo, pasto ideal para as chamas.
 
Última edição:

AJB

Nimbostratus
Registo
5 Mar 2009
Mensagens
1,024
Local
Baião
Ha um projeto recente (3 anos) de apoio ao pastoreio, o MARQ (Mecanismo Apoio a Realização de Queimadas).
Visa exatamente reduzir as ignições e area ardida provocada pelo pastoreio.
Tem tido otimos resultados
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
16,118
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Incêndio em local crítico, encosta sueste da Estrela, Vila do Carvalho, começou de madrugada pouco depois das 3h e continua.
Pluma de fumo denso durante a manhã com eco forte no radar está agora menos intenso.


Temperatura acima dos 30ºC, HR abaixo dos 20%, vento Sul/Sueste à volta dos 15 Km/h: condições meteorológicas bastante desfavoráveis ao combate.
 
Última edição: