Seguimento Meteorológico Livre 2017

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por james 1 Jan 2017 às 09:57.

  1. jonas

    jonas
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    14 Jul 2015
    Mensagens:
    1,433
    Local:
    paredes (200 m) Mouriz (202 m) Bitarães (185 m)
    Atualização do mapa do meteoexploration, acumulação no Norte a partir dos 450-500m.Aqui mete acumulação nos pontos mais altos de Penafiel e Lousada (Serra de barrosas)
     
    luismeteo3 e joselamego gostaram disto.
  2. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    2,977
    Local:
    Fatima
    A frente já se vê no radar e na imagem de satélite...
     
    MSantos e joselamego gostaram disto.
  3. Charlie Moreira

    Charlie Moreira
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Dez 2006
    Mensagens:
    1,461
    Local:
    VALONGO
    Creio que pode cair algum a coisa em baltar

    Enviado do meu SM-J500FN através de Tapatalk
     
    joselamego gostou disto.
  4. Flaviense21

    Flaviense21
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    4,058
    Local:
    Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
    A AEMET até para Verin já prevê neve na noite e madrugada de quarta para quinta-feira... cota 300 metros.
    Já lançaram os avisos...
    Parece-me que será uma nevada interessante acima dos 600 metros.
    Não descarto algo de água neve aos 200 metros em pontuais aguaceiros mais fortes.
    Quero deixar claro que não andei com lamúrias por aqui... sou amante da neve desde que me conheço... simplesmente custa-me ver os meus pais a trabalhar tanto para tirar algo da terra e poderem ver mais uma vez o fruto do seu trabalho gravemente afectado por estas situações... e como eles tantos...
    É normalíssimo nevar em Março... até Abril... contudo após estes últimos dias de calor intenso que adiantaram muito algumas culturas este frio pode compromete-las.
    Não espero que todos tenham compreensão mas também não aceito que se diga que lamento que caiam meia dúzia de flocos em Março...
    Tenho dito.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  5. remember

    remember
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    14 Jan 2016
    Mensagens:
    365
    Local:
    Póvoa de Santa Iria
    E que confusão, uma mudança brusca a nível meteorológico. Lá vem as frieiras de novo:cold:
     
    Collapse Signature Expand Signature
    joselamego gostou disto.
  6. vitamos

    vitamos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2007
    Mensagens:
    4,638
    Local:
    Estarreja; Costa da Caparica
    Longe de mim diminuir de alguma forma o trabalho agrícola ou desrespeitar a opinião das pessoas.Apenas acho no mínimo curioso ao fim de tantos anos ver tanta falta de entusiasmo por um evento de neve, quando e em qualquer altura se viram doses de entusiasmo por vezes excessivas com situações bem menos favoráveis.

    Mas tenho uma certa curiosidade, confesso, de ver se em consonância haverá desejos de uma primavera húmida e morrinhenta, sem a existência de eventos convectivos, com saraiva e ventos fortes, que possam destruir as culturas, como acontece frequentemente em Abril e Maio... quer dizer frequentemente não, uma vez que tantas vezes há queixas da diminuição desses eventos convectivos :)
     
  7. Iago

    Iago
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    11 Jan 2017
    Mensagens:
    5
    Local:
    Lugo
    Boa noite!

    É possivel que na quarta ou quinta feria veja a neve aquí na Galiza (moro a 475m). A ver si há sorte também coa precipitaćão.

    irei comentando-vos.

    PD: desculpade uma vez mais o meu nivel de português ☺
     
    MSantos, Bajorious e joselamego gostaram disto.
  8. bartotaveira

    bartotaveira
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    2 Fev 2010
    Mensagens:
    323
    Local:
    Carrazedo de Montenegro (770m)
    Concordo!

    Recordo a madrugada de 16 de Setembro de 2015, em que toda a gente falava de uma benção a chuva que caía e por aqui o cenário foi de milhares de euros de prejuízo para os agricultores:

    https://www.meteopt.com/forum/topic...centro-setembro-2015.8386/page-19#post-508579

    Ou a primavera muito chuvosa de 2016 que fez secar milhares de castanheiros adultos! Ou o verão fresco e húmido de 2014 que provocou, em muitos locais, 100% de perdas nas colheitas com o ataque da septoriose do castanheiro.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    AnDré, MSantos e joselamego gostaram disto.
  9. Cesar

    Cesar
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    21 Nov 2016
    Mensagens:
    118
    Local:
    Aguiar da Beira
    Afinal o nevão do mes de Fevereiro ainda não foi o ultimo como previa o IPMA, isto se se confirmar o que tá previsto depois de terça feira.
     
    Iago e joselamego gostaram disto.
  10. Mr. Neves

    Mr. Neves
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    22 Jan 2013
    Mensagens:
    3,076
    Local:
    Tondela-290m
    A falta de entusiasmo para eventos deste tipo? Bom da minha parte, o entusiasmo tem-se vindo a perder com eventos deste calibre para dar lugar à desilusão e frustração. Não se pode mandar no tempo, se vivesse noutro local as coisas seriam diferentes, mas infelizmente esta cova sem fundo, todos os anos prova as suas incríveis capacidades no que toca a neve e frio, é sempre o mesmo, já deixei de criar expectativas, na realidade nem sei mesmo para que é que ainda perco tempo a montar um arsenal de termómetros lá fora e a abrigá-los da chuva sempre que os modelos baixam um pouco a cota. Sei que pedir neve a esta altitude é difícil, mas carambas, quem já reparou nas condições que relato, mais parece que vivo num local qualquer a menos de 100m... Bem viram o que aconteceu no ano passado no fim do mês de Fevereiro, foi ver nevar em locais com altitude inferior a esta espelunca e eu ficar a ver navios. É sempre azar sobre azar, será que seria pedir muito ver um miserável aguaceiro com alguns flocos pelo meio? Gostava de perceber mais concretamente o que é acontece na atmosfera nestas ocasiões para limitar este tipo de eventos nesta zona , porque teorias não faltam, agora o que é que se passa verdadeiramente lá em cima, é desconhecido.

    Deste modo e porque a choradeira vai longa:(:o, penso que o se vai passar aqui vai ser um 26/27 de Fevereiro de 2016 take 2, com um pouco menos frio aos 850hPa e com menos precipitação e com agravante de ser em Março, em síntese vai ser mais uma perca de tempo.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #1825 Mr. Neves, 21 Mar 2017 às 01:09
    Última edição: 21 Mar 2017 às 01:25
  11. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,011
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Fácil.

    Voltas a fazer o mesmo e tens a consciência limpa de que não podes/podias fazer mais nada ou, frustrado, não fazes nada e arriscas-te a que o tempo te faça um manguito mediante os respetivos flocos/vestígios/farrapos de neve. Decide-te, sabendo que não há 2 eventos iguais :D

    Pessoalmente já ficaria contente se chovesse granizo onde vivo. Nem me lembro quando foi o último evento. Diferentes realidades :rolleyes:
     
    #1826 Orion, 21 Mar 2017 às 01:16
    Última edição: 21 Mar 2017 às 01:22
    MSantos, joselamego e Mr. Neves gostaram disto.
  12. Davidmpb

    Davidmpb
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    7 Jul 2014
    Mensagens:
    1,726
    Local:
    Portalegre( 600m)/ Fundão
    Temos que perceber que o nosso país em relação ao frio e á neve é fraco, há que dizê-lo, comparando por exemplo com quase todos os países da Europa, tirando um ou outro caso, já para o calor e dias de sol aí já somos dos melhores.
    Em relação á neve ela só cai com frequência acima dos 1000m, e poucos são os locais em Portugal continental com essa ou acima dessa altitude, de vez em quando ainda há alguns nevões até aí aos 600m, abaixo disso ás vezes estão anos e anos sem se ver neve abaixo dessas cotas e ainda para mais dos tempos que correm.
    em síntese venha a chuva que ela faz falta e no fundo é o mais importante.
     
  13. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    7,711
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Bom dia,

    IPMA avança com cota mínima de 400 metros para amanhã:

    Previsão para 4ª feira, 22.março.2017

    INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA

    REGIÕES NORTE E CENTRO:
    Céu geralmente muito nublado, com abertas nas regiões do interior
    durante a tarde.
    Períodos de chuva, passando gradualmente a regime de aguaceiros.
    Queda de neve acima de 800/1000 metros, descendo gradualmente a cota
    para os 400/600 metros na região Norte e interior Centro.
    Possibilidade de ocorrência de trovoada a partir da manhã.

    Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante oeste, soprando
    moderado a forte (25 a 40 km/h) com rajadas até 70 km/h no litoral e
    forte (40 a 55 km/h) com rajadas até 80 km/h nas terras altas.
    Neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais.
    Descida de temperatura, em especial da máxima e nas regiões
    do interior.

    REGIÃO SUL:
    Céu geralmente muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir
    da tarde.
    Períodos de chuva a partir do meio da manhã, passando gradualmente
    a regime de aguaceiros fracos e dispersos, que poderão ser de neve
    na Serra de São Mamede.
    Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante oeste, soprando
    moderado a forte (25 a 40 km/h) no litoral oeste e nas terras altas.
    Neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais.
    Pequena descida de temperatura, em especial da máxima e nas regiões
    do interior.

    GRANDE LISBOA:
    Céu geralmente muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir
    da tarde.
    Períodos de chuva a partir do início da manhã, passando gradualmente
    a regime de aguaceiros.
    Vento moderado a forte (25 a 40 km/h) com rajadas até 60 km/h.
    Pequena descida de temperatura.

    GRANDE PORTO:
    Céu geralmente muito nublado.
    Períodos de chuva, passando gradualmente a regime de aguaceiros.
    Possibilidade de ocorrência de trovoada a partir da manhã.
    Vento moderado a forte (25 a 40 km/h) com rajadas até 60 km/h.
    Descida de temperatura, em especial da mínima.

    ESTADO DO MAR:
    Costa Ocidental: Ondas de noroeste com 2 a 3 metros, aumentando
    gradualmente para 4 a 5 metros.
    Temperatura da água do mar: 14/15ºC
    Costa Sul: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.
    Temperatura da água do mar: 16ºC

    METEOROLOGISTA: Bruno Café.

    Atualizado a 21 de março de 2017 às 6:25 UTC


    http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.descritiva/
     
    Collapse Signature Expand Signature
  14. Meteofan

    Meteofan
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2012
    Mensagens:
    1,680
    Local:
    Felgueiras, Porto (500 mts)
    Espero que se confirme a cota 400, quero muito ver neve aqui!!!
    A precipitação aumentou nesta run do GFS e as cotas rondam os 500m...
     
    joselamego gostou disto.
  15. Flaviense21

    Flaviense21
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    4,058
    Local:
    Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
    Comunicado AEMET:

    Brusco descenso de las temperaturas

    Información elaborada el día 20 de marzo de 2017

    A partir de mañana martes, día 21, se espera un brusco descenso de las temperaturas en todo el país, que hará que estas retornen a los valores normales para la época en la mitad este peninsular, y que sean inferiores a estos valores en la mitad oeste. Este notable descenso térmico vendrá acompañado de nevadas en los sistemas montañosos de la mitad norte y centro peninsular, y en cotas bajas de Galicia y zonas cercanas del noroeste.

    El cambio de tiempo será significativo después de estos últimos días en los que se están registrando valores superiores a los habituales en todas las comunidades, salvo el archipiélago canario.

    Mañana, con el paso de un frente atlántico, el descenso térmico será generalizado, exceptuando el sureste peninsular y área mediterránea, con una bajada de las temperaturas notable en Castilla y León, Extremadura, Comunidad de Madrid y oeste de Castilla-La Mancha.

    El miércoles, día 22, con el paso de un nuevo frente, las temperaturas volverán a descender de manera generalizada, exceptuando el área mediterránea y el cantábrico oriental, volviendo a producirse un descenso notable en el centro peninsular.

    Esta situación vendrá provocada por el acercamiento de una baja atlántica que se situará sobre el cantábrico y que provocará la entrada de vientos de componente oeste que soplarán con rachas fuertes o muy fuertes en zonas del noroeste peninsular.

    En cuanto a las precipitaciones se prevén localmente persistentes en Galicia. Con carácter más disperso los chubascos se extenderán a otras zonas, principalmente del norte y noroeste, sin llegar a alcanzar el área mediterránea. La cota de nieve irá descendiendo paulatinamente, para situarse en torno a 300/600 metros al final del miércoles en el cuadrante noroeste, aunque las nevadas más significativas se producirán en Galicia, Asturias y zonas limítrofes de Castilla y León.

    A partir del viernes, día 24, es probable que se intensifiquen las precipitaciones en el área mediterránea con el posible desarrollo de una borrasca en la zona.

    Las temperaturas comenzarán a recuperarse a partir del sábado 25, de forma desigual en algunas zonas, permaneciendo en general dentro de sus valores normales.

    AEMET recomienda un seguimiento más detallado y actualizado de esta situación atmosférica a través de sus predicciones y avisos de fenómenos adversos. Todo ello puede consultarse en su página web: www.aemet.es
     
    Collapse Signature Expand Signature
    luismeteo3 e joselamego gostaram disto.

Partilhar esta Página