Seguimento Rios e Albufeiras - 2016

huguh

Cumulonimbus
Registo
1 Out 2015
Mensagens
2,626
Local
Godim - Peso da Régua (93m)
Alerta de cheias ativado em Espanha para a bacia hidrográfica do Douro! Vários rios que desaguam no Douro estão no máximo

"Un total de catorce ríos que discurren por las provincias de Burgos, León, Palencia, Soria y Zamora ha alcanzado sus niveles de alarma, según ha informado la Confederación Hidrográfica del Duero (CHD) tal y como registran las correspondientes estaciones de aforo.

En concreto y según la alerta de Protección Civil, en la provincia de Burgos la alarma se refiere a los ríos Arlanza a su paso por Salas de los Infantes y Lerma, Arlanzón a su paso por la salida del embalse de Arlanzón y Pedroso a su paso por Pinilla de los Moros.

En León, los ríos afectados son Omaña a su paso por Las Omañas, Órbigo a su paso por Cebrones y Tuerto a su paso por San Félix de la Vega mientras que en la provincia de Palencia el nivel de alarma afecta a los ríos Camesa a su paso por Villaescusa de las Torres, Lucio a su paso por Villallano y Valdavia en Abia de las Torres.

Finalmente, la CHD ha informado de nivel de alerta en los siguientes ríos de Zamora: Castrón a su paso por Villaveza, Órbigo en Manganeses, Tera en Camarzana de Tera y Varderaduey a su paso por Benegiles, mientras que en Soria la alerta afecta al río Revinuesa a su paso por Vinuesa
"
 

huguh

Cumulonimbus
Registo
1 Out 2015
Mensagens
2,626
Local
Godim - Peso da Régua (93m)
Miranda já bem acima dos 1000m3/s
o que vale é que deixou de chover cá, senão com o alerta de cheias em Espanha o caudal do Douro por aqui ia disparar e bem..

2udxis1.jpg

2cp6aee.jpg
 

DaniFR

Nimbostratus
Registo
21 Ago 2011
Mensagens
1,882
Local
Coimbra (75 m)
Coimbra inundada após a barragem da Aguieira ter aberto as comportas (com fotos)

As inundações provocadas ontem pela subida de águas do rio Mondego em Coimbra deveram-se a um aumento do caudal afluente da Barragem da Aguieira ao fim do dia de domingo, o que terá surpreendido a equipa que estava a monitorizar as descargas da barragem.

Segundo fonte da APA (Agência Portuguesa do Ambiente), até às 18H00 de domingo, o caudal não era preocupante, só depois é que a quantidade de chuva obrigou a que as comportas fossem abertas, tendo atingido um máximo de 1.470 m3/seg. por volta das 2H00 da madrugada de ontem, o dobro do valor para o qual foi dimensionado o projeto do Mondego e mais 270m3/seg. do que já seria considerado caudal de cheia.

Com 700m3/seg. é normal que as esplanadas do Parque Verde do Mondego fiquem submersas, tal como o DIÁRIO AS BEIRAS antecipou na edição da passada sexta-feira, mas as cheias ultrapassaram o previsível quando invadiram a Praça da Canção, uma parte da variante entre as pontes Europa e da Portela (interrompendo o trânsito), habitações térreas e garagens da Quinta da Várzea e as ruínas do Mosteiro de Santa-Clara a Velha (onde dois automóveis ficaram submersos e cinco outros bloqueados numa zona mais elevada).

Diário As Beiras
 

meteoamador

Cumulus
Registo
6 Jan 2014
Mensagens
237
Local
Vila Verde ( 310m)
  • Gosto
Reactions: INFANTE

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,064
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Porque será que Baixo Sabor Montante descarregou ontem 18,58hm3?!
Não consigo perceber... Com a barragem "vazia", era suposto a mesma aproveitar toda a água para encher. Ou será que ainda não está preparada para isso?
Ainda por cima com todas as barragens do Douro a descarregar, só foi engrossar ainda mais o caudal do Douro.

A Aguieira, graças ao alto nível de produção mais as descargas, já tem uma boa almofada para a prevenção de futuras cheias.
No entanto, olhando para as previsões para os próximos dias para a Bacia do Mondego, acho que a produção continua de energia (à semelhança com o que se tem feito em Alto Lindoso), teriam resolvido a questão sem a necessidade de mais descargas. Isto falando no dia de ontem em que o caudal médio do Mondego foi 336m3/s. Muito abaixo dos 1117m3/s médios de há 2 dias que provocaram as cheias em Coimbra.
 
  • Gosto
Reactions: StormRic e DaniFR

slbgdt

Cumulus
Registo
31 Jan 2015
Mensagens
447
Local
Barcelos
Realmente é estranho o Sabor descarregar tão rápido quando é suposto ser um grande armazenamento.

Em tempos vi um projeto para aproveitar todos os grandes afluentes do Douro Nacional.

As 4 barragens projectadas para o Tâmega faziam bem falta.

Segundo aquele estudo barragens no Tua Sabor Paiva, Tâmega e Coa permitiram reduzir o caudal na ribeira em 13000 metros cúbicos num pico de cheia.
Não se percebe realmente a gestão feita na Aguieira...

O alto Lindoso continua a produzir muito bem, como diria um funcionário reformado da EDP, o lindoso faz dinheiro mais rapido que a casa da moeda a imprimir dinheiro :)
 
  • Gosto
Reactions: StormRic e dahon

nipnip

Cirrus
Registo
19 Jan 2009
Mensagens
58
Local
Loureiro, Peso da Régua (600m)
Porque será que Baixo Sabor Montante descarregou ontem 18,58hm3?!
Não consigo perceber... Com a barragem "vazia", era suposto a mesma aproveitar toda a água para encher. Ou será que ainda não está preparada para isso?
Ainda por cima com todas as barragens do Douro a descarregar, só foi engrossar ainda mais o caudal do Douro.

A Aguieira, graças ao alto nível de produção mais as descargas, já tem uma boa almofada para a prevenção de futuras cheias.
No entanto, olhando para as previsões para os próximos dias para a Bacia do Mondego, acho que a produção continua de energia (à semelhança com o que se tem feito em Alto Lindoso), teriam resolvido a questão sem a necessidade de mais descargas. Isto falando no dia de ontem em que o caudal médio do Mondego foi 336m3/s. Muito abaixo dos 1117m3/s médios de há 2 dias que provocaram as cheias em Coimbra.

Realmente é estranho o Sabor descarregar tão rápido quando é suposto ser um grande armazenamento.

Em tempos vi um projeto para aproveitar todos os grandes afluentes do Douro Nacional.

As 4 barragens projectadas para o Tâmega faziam bem falta.

Segundo aquele estudo barragens no Tua Sabor Paiva, Tâmega e Coa permitiram reduzir o caudal na ribeira em 13000 metros cúbicos num pico de cheia.
Não se percebe realmente a gestão feita na Aguieira...

O alto Lindoso continua a produzir muito bem, como diria um funcionário reformado da EDP, o lindoso faz dinheiro mais rapido que a casa da moeda a imprimir dinheiro :)

Do que me constou o Sabor descarregou devido aos patamares de segurança que estão programados para o enchimento.
 

DaniFR

Nimbostratus
Registo
21 Ago 2011
Mensagens
1,882
Local
Coimbra (75 m)
Até pode ter havido alguma falha por parte da EDP ou da APA, mas concordo com o que está no vídeo, há problemas mais graves que não interessa muito aos autarcas falar.

Concordo que o assoreamento do rio Mondego agrava o problema das cheias, e isso foi referido pelo presidente da CMC. Toda a gente sabe que o rio está cheio de areia, há zonas onde água dá pelos joelhos e tem causado também vários problemas ao Basófias.
Este problema arrasta-se há mais de 10 anos, desde os tempos do ex-INAG, actual APA, já foi promessa de ministros, já foram feitos diversos estudos e continua sem resolução. E estamos a falar de uma obra que há uns anos, agora se calhar não, ficava paga apenas com a venda da areia retirada do rio.

Notícia de 2005: Ó da Barca alerta para assoreamento no rio Mondego
2006: Cordão humano alerta para assoreamento do rio
2007: Assoreamento do Mondego ameaça inundar cidade
2013: Desassoreamento do Mondego dependente de alguém que compre areia do rio
2014: Assoreamento do rio limita o Basófias

Mas numa coisa o presidente da CMC tem razão, a EDP é que deveria realizar o desassoreamento do rio, pois a taxa hidrica que se paga tem de servir para alguma coisa.

Neste vídeo é bem visível a quantidade areia e pouca profundidade no meio do rio:
X8IaeOU.jpg


Cu9bcB8.jpg
 
  • Gosto
Reactions: guisilva5000

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
14,149
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Até pode ter havido alguma falha por parte da EDP ou da APA, mas concordo com o que está no vídeo, há problemas mais graves que não interessa muito aos autarcas falar.

Areia, não só no rio, mas "para os olhos" também. Ouvir bem o que é dito em defesa da EDP a partir do minuto 2:50. "... obviamente que nos dias anteriores não turbinou o máximo, mas também, não sabíamos. Claro que se houvesse mais estudos, se houvesse maior previsão de precipitação, provavelmente podia haver uma utilização melhor por parte da EDP. Mas, dos dados que tenho, é que não houve... (hesitação)... houve um nível maior da albufeira e por isso teve que se descarregar."

Que salgalhada de raciocínio é este? Em que é que ficamos quanto à previsão? Passou a batata quente para o IPMA, foi? Que frase inconclusiva é aquela no fim? "Houve um nível" maior do que o quê?
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,064
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
O problema é que a EDP quer armazenar o máximo de água possível para depois produzir energia nas horas de maior consumo. Deixam encher até quase ao limite e depois fazem estas descargas. A barragem da Aguieira já não compre o seu principal papel, que é prevenir cheias, o que lhes interessa é apenas a electricidade.
Não é preciso ser engenheiro para perceber que deviam ter feito descargas graduais na semana passada para terem capacidade para tanta chuva que estava prevista há vários dias.
Segundo as noticias, o Parque Verde foi projetado para um caudal de 750m3/s e na segunda-feira foi registado um caudal de mais de 1400m3/s.
É verdade que o assoreamento do rio também acaba por agravar o problema. No Verão, há certas zonas no meio do rio em que a água dá pelos joelhos e o barco Basófias tem que andar aos ziguezagues para evitar os bancos de areia.

Sobre a cheia do Mondego, só tenho a dizer: criminosa incompetência na gestão dos caudais na barragem da Aguieira. Qualquer um de nós teria feito melhor, com um mínimo de seguimento. Não digo mais nada senão ainda levo porrada.

Precisamente. Isto mostra com o que podemos contar no futuro em termos de protecção dada pelas barragens aproveitadas hidroelectricamente, nas mãos da EDP e nas mãos em que a EDP está.

Era para ter respondido a estes comentários ontem, mas não quis fazer de advogado do diabo. Entretanto estive a ler algumas coisas e percebi que o diabo (EDP) não está sozinho.
Concordo que a gestão da barragem da Aguieira não foi a melhor, mas prognósticos depois do jogo valem o que valem.
Relembro que houve estações do WU na bacia do Mondego a superarem os 100mm diários, inclusive do IPMA - EMA de Nelas!

Primeiro há que dizer que a Aguieira tem a função de prevenção de cheias, produção eléctrica e abastecimento/rega. Logo a cota parte de produção de energia não é toda a albufeira. Sobre essa percentagem de armazenamento de energia, gerida para a produção eléctrica (EDP), relembro que Sábado às 23h59 estava nos 60%. Domingo às 23h59 estava nos 83% e minutos depois começaram as descargas, tal era o volume de entrada (certamente superior a 2000m3/s).
Segunda às 23h59, mesmo com as descargas a barragem terminou nos 97%. O que significa que ainda assim o caudal de entrada foi superior ao de saída.

Isto quer dizer que a barragem não estava cheia. E que para bem de Coimbra, ainda teve alguma capacidade de encaixe, amortizando de alguma forma a cheia.

Em termos de prevenção, e visto que estamos em Janeiro, se calhar o armazenamento de energia deveria estar <40% e não nos 60%. Isso evitaria algum caudal turbinado.

Mas a questão vai muito para além disso. Pergunto, como é que se projecta um Parque Verde para um caudal de 750m3/s, quando o caudal do rio Ceira - rio sem qualquer controlo, apresentou um caudal de 400m3/s? Bastava a Aguieira estar em produção que somando ao caudal do Ceira atingia esses 750m3/s. E sem contar com outros ribeiros afluentes e o escoamento urbano.

Aliás, às 21h de Domingo, ainda antes de qualquer descarga da Aguieira, já o DaniFR comentava que o Mondego já tinha galgado as margens em Coimbra...
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
14,149
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Visita à albufeira da Mula, em Sintra-Cascais, para monitorizar o nível, uma vez que deixou de se poder consultar on-line desde há anos.

O nível ontem, 13/01, estava em 8,06 m aproximadamente, quase 5 metros abaixo do nível máximo da escala e portanto do descarregamento automático. É um nível de verão.
Ficam as fotos. Mais fotos e sobre as outras reservas da serra irei pôr no tópico específico.

2TUL0a3.jpg


9CPtr97.jpg


MlBRefO.jpg


ntTfYt5.jpg