Sismos Internacionais 2022

Wessel1985

Nimbostratus
Registo
21 Set 2013
Mensagens
1,582
Local
Angra do Heroismo, Ilha Terceira, Açores
Sismo de magnitude 6,6 causa pelo menos 82 mortos na China



No passado dia 5 de setembro, pelas 12:52 (hora local, 04:52 UTC), ocorreu um sismo de magnitude 6,6, localizado numa zona montanhosa do município de Luding, na China, perto do bordo do Planalto Tibetano, a cerca de 200 km a SW de Chengdu.

Até ao momento, pelo menos 82 pessoas morreram, outras 35 continuam desaparecidas e pelo menos 270 ficaram feridas. O sismo destruiu edifícios e desencadeou vários movimentos de vertente que afetaram estradas na Região Autónoma Tibetana de Ganze, em Sichuan, e na cidade vizinha de Ya’an. Mais de 20.000 pessoas foram deslocadas para abrigos temporários, devido ao perigo de movimentos de vertente e desmoronamento de edifícios na região montanhosa da província de Sichuan.

Vários edifícios também foram abalados na capital provincial de Chengdu, onde 21 milhões de pessoas estão, entre os 65 milhões de chineses, confinados em casa devido a um restrito bloqueio de COVID-19.

Entretanto, as fortes chuvas que têm assolado a China estão a dificultar os esforços de recuperação e de busca pelas dezenas de pessoas que continuam desaparecidas.

Segundo o United States Geological Survey (USGS), o sismo de 5 de setembro ocorreu como resultado de falhas de desligamento superficiais na margem ocidental da Bacia de Sichuan. Em 2008 (12 de maio), um terramoto de magnitude 7,9 causou mais de 69.000 mortos, sendo um dos terramotos mais destrutivos da história recente. Devastou cidades, escolas e comunidades rurais fora de Chengdu, levando a um esforço de anos de reconstrução com materiais mais resistentes.

Fontes

USGS
ABC News
Aljazeera
Xinhua


20220905-China.jpg
Operações de salvamento na província de Sichuan (Foto CNS/AFP/Getty Images)
 


Wessel1985

Nimbostratus
Registo
21 Set 2013
Mensagens
1,582
Local
Angra do Heroismo, Ilha Terceira, Açores
Sismo na Papua Nova Guine provoca mortos e feridos



No passado dia 11 de setembro, pelas 9:45 (hora local), ocorreu um sismo de magnitude 7,6 na Papua Nova Guiné (PNG) que terá provocado a morte de pelo menos quatro pessoas, feridos e danificado bens e infraestruturas essenciais.

O sismo, de duração de mais de um minuto, ocorreu como resultado de uma falha normal, a uma profundidade de aproximadamente 90 km abaixo da zona oriental da PNG, próximo do extremo norte da placa Australiana, que terá sofrido rutura ou numa falha muito inclinada de direção E-W, ou numa falha pouco inclinada com direção NW-SE. Foi sentido a mais de 500 km de distância, na capital de Port Moresby.

A total extensão de danos não foi imediatamente clara, já que a localização do sismo foi remota, mas a baixa densidade populacional e dispersa e a ausência de edifícios de grande porte próximos do epicentro pode ter ajudado a evitar um desastre maior, dado a sua magnitude.

Embora ao governo não tenha sido disponibilizado qualquer número de fatalidades, o Gabinete das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA) na Ásia e no Pacífico afirmou que pelo menos 4 mortos e quatro feridos tinham sido relatados. De acordo com a equipa de gestão de desastres da OCHA PNG, uma das vítimas terá morrido no seguimento de um movimento de vertente em Rai Coast, Madang, e três outras terão ficado soterradas em Wau, Morobe. Alguns indivíduos ainda ficaram feridos pela queda de estruturas ou escombros, segundo o relatório das Nações Unidas.

O sismo provocou danos ao nível da rede elétrica regional, incluindo as infraestruturas elétricas, que causaram uma falha de energia em toda a região montanhosa oriental, alguns centros de saúde, habitações, estradas rurais e autoestradas, nomeadamente a regional. Também foram registados impactos ao nível das comunicações, resultando em interrupções generalizadas, provocadas pela danificação de cabos submarinos.

Em 2018, um sismo semelhante, de magnitude 7,5, ocorreu na região central do país vitimizando pelo menos 125 pessoas e danificando milhares de habitações. O sismo atingiu áreas remotas e subdesenvolvidas, e as avaliações sobre a escala dos danos e ferimentos foram lentas a filtrar.

A PNG está localizada na metade oriental da ilha da Nova Guiné, a leste da Indonésia e a norte da Austrália Oriental no designado Anel de Fogo do Pacífico, onde ocorre grande parte dos sismos e da atividade vulcânica do mundo.


Fontes

CBS NEWS
REUTERS
USGS



20220912-sismo-PapuaNovaGuiné.jpg

Imagem: CBS News
 

Wessel1985

Nimbostratus
Registo
21 Set 2013
Mensagens
1,582
Local
Angra do Heroismo, Ilha Terceira, Açores
Sismo no sudeste de Taiwan provoca um morto, estragos e alerta de tsunami



Anteontem, dia 18 de setembro, um sismo de magnitude 6,9 atingiu o sudeste de Taiwan, provocando o colapso de edifícios e um alerta de tsunami. O sismo atingiu o município de Chishang, no sudeste rural de Taiwan, e teve uma profundidade de 10 km.

O sismo, inicialmente registado com magnitude de 7,2, sucedeu-se às 06:44 (hora UTC) e ocorreu em resultado de falhas de desligamento superficiais, localizadas próximo da fronteira entre as placas do Mar Filipino e da Eurásia, na costa sudeste de Taiwan. A rutura ocorreu numa falha muito inclinada com direção WNW-ESE (direita) ou com direção NNE-SSW (esquerda).



A Agência Meteorológica do Japão emitiu um alerta de tsunami para a ilha de Miyako, no Mar da China Oriental, sendo retirado mais tarde. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) também tinha alertado para as ondas de tsunami ao longo das costas próximas.



Quatro pessoas foram resgatadas após ficarem presas debaixo dos escombros de um edifício, informou a Central News Agency (CNA), e cerca de 20 passageiros foram evacuados na sequência de um descarrilamento de um comboio na área, comunicou a Administração Ferroviária de Taiwan. Segundo o Centro de Operações de Emergência do Taiwan, uma pessoa terá morrido.



O sismo terá desmoronado edifícios no sul de Taiwan e também foram relatados danos numa escola local.



Cerca de 110 soldados foram também destacados para o condado de Hualien, ao longo da costa oriental da ilha, para auxiliar nos trabalhos de socorro, informou o porta-voz do Ministério da Defesa de Taiwan, Sun Li-fang.



O Presidente do Taiwan, Tsai Ing-wen, ativou o Centro Central de Operações de Emergência da ilha após o sismo e recomendou aos residentes que se mantivessem alerta.



O sismo de 18 de setembro de 2022 foi precedido por um sismo de magnitude 6,5 na mesma zona, 17 horas antes. Foram ainda registados sete sismos de magnitudes igual ou superior a 5,0 na sequência (a 18 de setembro de 2022, 20:00 UTC).


Fontes

USGS
CNN
CNBC
 

Wessel1985

Nimbostratus
Registo
21 Set 2013
Mensagens
1,582
Local
Angra do Heroismo, Ilha Terceira, Açores
Sismo forte no México causa mortos e mais de 160 réplicas no aniversário de dois sismos históricos destruidores



Um sismo de magnitude 7,6 foi registado na tarde de segunda feira, dia 19 de setembro, na costa oeste do México no aniversário de dois sismos históricos destruidores, causando pelo menos duas vítimas mortais, um ferido e provocando danos em edifícios e na rede elétrica.

Segundo o Serviço Geológico dos EUA, o sismo atingiu a costa de La Placita de Morelos, no estado de Michoacán, pelas 13:05 (hora local) e ocorreu a uma profundidade de 15 km. O epicentro foi localizado 37 km a sudeste de Aquila, perto da fronteira entre os estados de Colima e Michoacán.

O sismo provocou duas vítimas mortais. O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, informou que uma das fatalidades teria ocorrido na sequência do desabamento de um muro de um centro comercial em Manzanillo, Colima. A segunda morte, também ocorrida no mesmo local, foi causada por uma queda de uma fachada de uma loja de departamentos. Até ao momento, apenas uma pessoa foi ferida.

A chefe de Governo da capital mexicana, Claudia Sheinbaum, avançou que até agora nenhum dano foi registado na capital, mas os serviços de proteção civil ainda estão a percorrer e monitorizar as zonas afetadas. O sismo provocou danos nos serviços de energia em algumas partes da cidade e até mesmo a cerca de 400 km do epicentro, provocando cortes de energia (que atingiram 1,2 milhões de utilizadores). Dois hospitais no estado ocidental de Michoacán foram afetados e algumas habitações apresentavam telhas arrancadas e paredes rachadas.

De acordo com o El País, o sismo ocorreu menos de uma hora depois de um simulacro organizado para assinalar os sismos históricos de 19 de setembro de 1985 e de 2017, originando alguma confusão na população. Ainda assim, o alerta sísmico, que tocou por dois minutos, permitiu aos residentes tempo para evacuar. Em 1985, a tragédia fez colapsar centenas de edifícios, danificou outros milhares e matou um número de pessoas ainda hoje indeterminado (foram recuperados cinco mil corpos). No sismo de 19 de setembro de 2017 morreram 350 pessoas.

O Serviço Sismológico Nacional (SSN) do México contabilizou até 168 réplicas do sismo, tendo a mais energética atingido magnitude 5,3.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico ainda emitiu um aviso de tsunami para as zonas costeiras de Michoacán, alertando para a possibilidade de um tsunami na região.
Fontes

Público
REUTERS
Jornal de Notícias


20220920-sismo-México.jpg
Imagem - REUTERS
 

Wessel1985

Nimbostratus
Registo
21 Set 2013
Mensagens
1,582
Local
Angra do Heroismo, Ilha Terceira, Açores
Sismo de magnitude 6,8 atinge o México três dias após sismo de magnitude 7,6



Um sismo de magnitude 6,8 (Richter) atingiu o México hoje, dia 22 de setembro, apenas três dias após um sismo de magnitude 7,6 ter atingido o centro e oeste do país.

Segundo o United States Geological Survey (USGS), o sismo ocorreu às 06:16 hora UTC (01:16 hora local) na região de Michoacan, e epicentro a cerca de 48 km a NNE de Aguililla (Michoacan), a uma profundidade de aproximadamente 24,1 km.

O sismo foi sentido em todo o estado de Michoacan, e provocou, até ao momento, duas mortes, danos em edifícios na cidade de Uruapan e alguns movimentos de vertente.

Segundo Andrés Manuel López Obrador, presidente do México, tratou-se de uma réplica do sismo da passada segunda-feira, que também foi sentido nos estados de Colima, Jalisco e Guerrero. Segundo o mesmo, não houve danos imediatos de maior a relatar.

O país ainda está a recuperar do sismo da passada segunda-feira, dia 19, considerado o terceiro maior terramoto a ocorrer no dia 19 de setembro – 1985, 2017 e agora de 2022. Os sismos de 2017 e de 2022 ocorreram logo após a realização do exercício anual sísmico, que se realiza todos os anos no dia 19 de setembro para comemorar o devastador sismo de 1985, que tirou a vida a cerca de 9500 pessoas.

Fontes

USGS
absNEWS
US Today News


20220922-sismo-mexico.jpg
 

GSM2046

Nimbostratus
Registo
8 Nov 2019
Mensagens
593
Local
...
quakemap-7045314.jpg