Sismos Portugal - 2011

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,391
Local
Ponta Delgada - Açores
Boa tarde,

Esta crise em São Miguel tem origem na fractura Congro - Fogo.
Penso que é de origem tectónico-vulcânica se não estou em erro. O mesmo no Faial. Por acaso não senti.

Cumprimentos,

Tb não senti o sismo de Congro, mas o meu sismometro sentiu-o e bem:D Se tivesse oportunidade punha o sismometro para a zona da Vila Franca, é uma zona com muito mais interesse do que PDL em que passo o dia a registar ruído..

Esta crise tem sido bem mais calma do que a de 2005, mas essa tava mesmo relacionada com o Vulcão do Fogo..

Fogo reactivado

No caso do Vulcão do Fogo, os investigadores procuraram perceber as relações entre os sinais que tinham do ponto de vista sísmico, de emanações de gases e de deformação para entenderem o estado de actividade do vulcão.
“Tentamos correlacionar a actividade sísmica com as emanações gasosas e tentar que estes resultados dessem algumas indicações sobre o estado de actividade do vulcão do Fogo e os processos que ocorrem numa sua possível reactivação”, explicou o vulcanólogo açoriano Nicolau Wallenstein.
Foi durante estes estudos que os investigadores tiveram a indicação de um processo de reactivação do sistema vulcânico do Fogo no período 2003 – 2005, altura em que ocorreu uma crise sísmica. Este processo acabou por terminar por si, sem mais consequências.
O vulcanólogo respondeu com um “não” à questão do jornalista sobre se chegou a haver perigo de uma erupção do vulcão do Fogo. O que aconteceu, explicou, foi “uma pequena reactivação do sistema vulcânico do Fogo-Congro entre 2003 e 2005 que se reflectiu em actividade sísmica e actividade de outros parâmetros que permitiram ver que havia uma reactivação do sistema”.
“É evidente que uma reactivação não dá, necessariamente, uma erupção. Há muitos processos vulcânicos que são mais um passo na reactivação, num caminho até um processo de erupção ou, então, pode parar num processo que termina por si. No caso do Fogo, o processo teve um início, teve uma reactivação e, depois não continuou”, explicou Nicolau Wallenstein.

Fonte: Correio dos Açores
 

Duarte Sousa

Staff
Registo
8 Mar 2011
Mensagens
6,134
Local
Loures
O Instituto de Meteorologia informa que no dia 07-12-2011 pelas 12:43 (hora local) foi registado nas estações da Rede Sísmica do Continente, um sismo de magnitude 2.7 (Richter) e cujo epicentro se localizou a cerca de 10 km a Este-Sudeste de Cadaval.


Este sismo, de acordo com a informação disponível até ao momento, não causou danos pessoais ou materiais e foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli modificada) na região de Cadaval.


Se a situação o justificar serão emitidos novos comunicados.



Sugere-se o acompanhamento da evolução da situação através da página do IM na Internet (www.meteo.pt) e a obtenção de eventuais recomendações junto da Autoridade Nacional de Protecção Civil (www.prociv.pt).
___
 

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,391
Local
Ponta Delgada - Açores
A zona do Fogo está bem activa..

2011-12-13 10:28:33 37.748 -25.383 1.5 ML Fogo-Congro (S. Miguel)
2011-12-13 09:55:50 37.763 -25.391 1.7 ML Fogo-Congro (S. Miguel) II/III S.MIGUEL: Furnas
2011-12-13 09:28:37 37.761 -25.386 2.0 ML Fogo-Congro (S. Miguel) II/III S.MIGUEL: Furnas
2011-12-13 01:06:16 37.75 -25.383 1.5 ML Fogo-Congro (S. Miguel)

CVARG
 

Azor

Nimbostratus
Registo
8 Out 2011
Mensagens
1,477
Local
Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
A zona do Fogo está bem activa..

2011-12-13 10:28:33 37.748 -25.383 1.5 ML Fogo-Congro (S. Miguel)
2011-12-13 09:55:50 37.763 -25.391 1.7 ML Fogo-Congro (S. Miguel) II/III S.MIGUEL: Furnas
2011-12-13 09:28:37 37.761 -25.386 2.0 ML Fogo-Congro (S. Miguel) II/III S.MIGUEL: Furnas
2011-12-13 01:06:16 37.75 -25.383 1.5 ML Fogo-Congro (S. Miguel)

CVARG

A ilha de S. Miguel está a passar por uma crise sísmica desde Setembro passado.Hoje mais 2 sismos foram sentidos na zona interior da ilha Congro- Fogo e o SIVISA aconselha a população a estar alerta porque poderão vir a registarem-se sismos mais fortes. Resta saber se esses sísmos são de origem vulcânica ou tectónica. Não consegui descobrir. Aqui vai a notificação do dia de hoje:

O Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores informa que no dia 13 de Dezembro foram registados dois eventos às 08:28h e 08:55h (hora local/UTC-1), com epicentro a cerca de 5 km a NNE da Ribeira das Taínhas, ilha de S. Miguel.

De acordo com a informação disponível os sismos foram sentidos em Furnas com intensidade máxima II/III (Escala de Mercalli Modificada).

Os eventos em causa integram-se na crise sísmica que se vem desenvolvendo desde o passado dia 15 de Setembro no sistema Fogo-Congro e cujo padrão de actividade continua a indiciar a possibilidade de se virem a registar episódios de maior libertação de energia. A área epicentral desta crise mantém-se numa extensa faixa que se estende desde a Ribeira Grande - Maia, a norte, e Água de Pau – Ponta Garça, a sul. ​

http://www.cvarg.azores.gov.pt/Paginas/home-cvarg.aspx
 

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,391
Local
Ponta Delgada - Açores
A ilha de S. Miguel está a passar por uma crise sísmica desde Setembro passado.Hoje mais 2 sismos foram sentidos na zona interior da ilha Congro- Fogo e o SIVISA aconselha a população a estar alerta porque poderão vir a registarem-se sismos mais fortes. Resta saber se esses sísmos são de origem vulcânica ou tectónica. Não consegui descobrir. Aqui vai a notificação do dia de hoje:



http://www.cvarg.azores.gov.pt/Paginas/home-cvarg.aspx

Nas condições que tenho o meu sismometro tb não posso ajudar muito, entre o ruído electrónico e "natural" só consigo registar em condições sismos naquela zona >2 durante o dia. Sismo de 2.0 de hoje:



Dos sismometros instalados nos Açores, até agora só consegui encontrar dados do CMLA, está instalado na Chã de Macela. Os dados só são enviados a cada 24horas.

Mas esta actividade não se tem comparado com a de 2005, se forem ao IM e consultarem a actividade sísmica de Maio de 2005, é impressionante a quantidade de sismos naquela zona..só sentidos contei mais de 60:shocking:
 

Brunomc

Nimbostratus
Registo
7 Abr 2008
Mensagens
1,977
Local
Vendas Novas - Alto Alentejo (132m)
Sismo vai matar dezenas de milhar em Portugal

Os maiores especialistas portugueses em sismos avisam que Portugal pode sofrer, a qualquer momento, um terramoto e um tsunami semelhantes aos que vimos no Japão e que vai matar dezenas de milhar de pessoas porque o país não está preparado. A Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica, num documento a que a TVI teve acesso, avisa que em Portugal nem sequer os hospitais estão preparados para um sismo.

Portugal sofreu em 1755 um terramoto de magnitude 8,5 a 9, semelhante ao do Japão. E é uma certeza científica que vai repetir-se a qualquer momento. «Pode ser amanhã, pode ser depois de amanhã. É errado pensar que só será em 2755», disse à TVI Maria Ana Viana Baptista, geofísica.

O Laboratório Nacional de Engenharia, em 2005, previu que o grande terramoto vai matar entre 17 mil e 27 mil pessoas, mas essa estimativa peca por defeito. O grande problema está na falta de resistência da maioria dos edifícios portugueses, ao contrário do que acontece no Japão, explica Mário Lopes, professor do Instituto Superior Técnico.

«Conhecendo a cidade de Lisboa, receio que possamos ter riscos acentuados em mais de 50 por cento dos edifícios da cidade», disse João Appleton, engenheiro civil.

Para o economista António Nogueira Leite, um sismo «teria um impacto na economia portuguesa equivalente a um ano de criação de riqueza».

As políticas de controlo da qualidade da construção e os planos de reabilitação urbana têm ignorado a maior ameaça que paira sobre a economia e a vida dos portugueses

O Algarve, o Litoral Alentejano e a grande Lisboa, serão gravemente afectados pelo sismo que pode acontecer a qualquer momento. Como no Japão, as zonas costeiras e as margens do Tejo vão voltar a sofrer o impacto mortífero de uma onda gigante.

Em Julho de 2010 todos os partidos votaram, por unanimidade, uma recomendação ao governo, para que se crie com urgência um plano nacional com vários pontos decisivos: redução da vulnerabilidade sísmica das infra-estruturas hospitalares, escolares, industriais, governamentais, de transportes, energia, património histórico e zonas históricas dos núcleos urbanos. A resolução recomendava ainda ao governo o reforço do controlo da qualidade dos edifícios novos e a obrigatoriedade de segurança estrutural anti-sísmica nos programas de reabilitação urbana.

Oito meses depois, o governo não fez nada: limitou-se a propor um modelo de seguros, para indemnizar os prejuízos materiais dos sismos. A Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica, num parecer enviado ao parlamento, reagiu com indignação: «A opção do governo é ineficiente, eticamente condenável porque não se preocupa com a salvaguarda da vida humana e contraria a resolução da Assembleia da República».

A verdade é esta: quando o sismo chegar, a Assembleia da República vai ficar de pé, porque recebeu obras de reforço anti-sísmico. Mas os principais hospitais de Lisboa, por exemplo, deverão colapsar.


Video TVI : http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/s...rtos-tvi24-ultimas-noticias/1240878-4071.html
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Estou mais preocupado é onde se vai buscar o dinheiro depois, do que com o sismo em si. Se houver um sismo de largas proporções regressamos ao século XIX e assim ficamos durante uns 50 anos. A reconstrução será à portuguesa.
 

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,440
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
[ame="http://youtu.be/nkJK3ZBN7I8"]http://youtu.be/nkJK3ZBN7I8[/ame]
 

Snowy

Cumulus
Registo
28 Set 2011
Mensagens
272
Local
Ponta Delgada
A vantagem de se viver no meio dos vulcões e dos sismos é que não dá tempo para "esquecer" estes importantíssimos pormenores...depois do terramoto da Terceira em 1980, as construções anti-sísmicas passaram a ser rigorosas e são, pelo menos nos casos que eu conheço, cumpridas a rigor. Alias só mesmo gente inconsciente arriscaria porque aqui não dá para pensar que o próximo terramoto pode ser só daqui a 200 anos. E mesmo assim nada é indestrutível e riscos sempre existem porque a natureza quando quer tem mais força do que qualquer coisa construída pelos humanos. Mas facto é que durmo mais descansada tendo vulcões como vizinhos e com alguns tremores de vez enquanto do que numa cidade cheia de edifícios "baralho de cartas" como Lisboa. A ideia de um sismo como o de 1755 em Lisboa nos dias de hoje é simplesmente assustadora mesmo para mim que vivo longe :shocking:
 

jorgepaulino

Cumulus
Registo
30 Jan 2006
Mensagens
291
Local
N Arraiolos
O cabeço já andava sossegado à algum tempo ... apesar do mais recente ser em local diferente, mas próximo.

2011-12-22 07:51 38,72 -7,88 3 1,6 E Arraiolos --- ---
2011-12-22 01:09 38,79 -7,98 4 0,9 NE Arraiolos --- ---
2011-12-19 16:45 38,79 -7,98 7 2,0 NE Arraiolos --- ---

Os vizinhos espanhóis dão sempre uma magnitude ligeiramente maior.

22/12/2011 07:51:29 38.7220 -7.8478 11 1.9 mbLg E ARRAIOLOS.POR
19/12/2011 16:45:20 38.7962 -7.9844 17 2.1 mbLg N ARRAIOLOS.POR
 

xes

Cumulus
Registo
27 Ago 2011
Mensagens
269
Local
Louredo - SMF
Boas, apesar de não ter sido muito útil a explicação, la fui pesquisando no nosso amigo google e descobri que existe uma falha naquela zona, chamada: falha da Messejana.