Tempestade "Stephanie" 8, 9 e 10 Fevereiro 2014

Duarte Sousa

Staff
Registo
8 Mar 2011
Mensagens
6,011
Local
Loures
INFORMAÇÃO MAIS DETALHADA SOBRE O TEMPESTADE STEPHANIE.

2014-02-11 (IPMA)

Durante a tarde do dia 8 de fevereiro de 2014 e o dia 9, uma depressão no Atlântico Norte localizada entre a costa leste do Estados Unidos da América e os Açores, sofreu no seu deslocamento para leste, um processo de ciclogénese explosiva, registando-se uma descida da pressão de 29 hPa entre as 12UTC (12 horas locais) do dia 08 e as 12UTC do dia 09.
Às 18 UTC, do dia 09 de fevereiro, a depressão, designada por Stephanie pela universidade de Berlim, centrava-se na Corunha com um mínimo de pressão de 981 hPa (Figura 1), deslocando-se para es nordeste, vindo a localizar-se às 06UTC do dia 10, no sul de França.

A aproximação desta depressão à costa ocidental portuguesa originou precipitação, por vezes forte em especial nas regiões do litoral oeste, e vento forte de sudoeste ou de oeste com rajadas, que durante a tarde e a noite do dia 9, ultrapassaram 100km/h em alguns locais, tendo-se registado 134,3 km/h no Cabo da Roca às 20:20UTC. A tabela 1 mostra os valores mais elevados da rajada registados na rede de estações meteorológicas do IPMA.

A partir da noite do dia 9, com o deslocamento da depressão para o Golfo da Biscaia, verificou-se uma rotação do vento para noroeste, mantendo-se forte e com rajadas da ordem de 80 a 90 km/h, durante a madrugada do dia 10.

O vento intenso associado à depressão originou agitação marítima forte no Atlântico, tendo-sido registado nas bóias ondógrafo do Instituto Hidrográfico (IH) ondas com altura significativa, Hs, até 8 m e com altura máxima, Hmax, de 12.5 m em Leixões e 17 m em Sines (Figura 2), associadas a um período de médio de 10 s.

As previsões dos modelos numéricos (Figura 3) assim como as previsões do Centro Operacional de Previsão do Tempo do IPMA foram corroboradas pelas medições obtidas pela rede de bóias ondógrafo do Instituto Hidrográfico.

As ondas de altura máxima com 17 metros, observadas em Sines, podem ser designadas como “freak (ou rogue) wave”, uma vez que a sua altura foi maior que o dobro da altura significativa (Hs ~8 m), o que se pode considerar como um evento extremo, dado que a probabilidade de ocorrer é inferior a 1%.

Apesar das inúmeras similaridades entre esta ondulação e aquela que ocorreu no passado dia 6 de Janeiro (associada à passagem da tempestade Christina), nomeadamente nos valores de Hs e da direção de propagação, as diferenças nos valores dos períodos de ondas determinam diferenças na energia e no comprimento de onda.
Contrariamente à ondulação originada pela tempestade Christina, a ondulação gerada pela tempestade Stephanie apresentou um período médio de 10 s., explicado pelo facto da sua geração ter ocorrido substancialmente mais perto da costa Oeste Portuguesa e durante menos tempo, quando comparadas com as ondas geradas pela tempestade Christina ao longo do seu trajeto ao longo de uma enorme faixa no Atlântico Norte.


img.01.temp-stephanie.jpg

Figura 1- Imagem do vapor de água 6.2 micra do satélite MSG do 2014Fev09 às 18UTC, Previsão H+18 do modelo do ECMWF de 2014Fev09 às 00 UTC da Pressão ao nível médio do mar (5 em 5 hPa, preto), vento a 10 m (kt, barbelas).


img.04.temp-stephany-tabela1.jpg

Tabela 1 – Rajada máxima entre as 00UTC do dia 9 de fevereiro e as 06UTC do dia 10 de fevereiro.


img.02.temp-stephanie-boias_.jpg

Figura 2 – Registo da altura significativa e da altura máxima nas estações ondógrafo do Instituto Hidrográfico, IH, (a) boía ondógrafo de Leixões, (b) boía ondógrafo de Sines.


img.03.temp-stephanie-ondas.jpg

Figura 3 - Previsão do modelo SWAN H+24 para as 00UTC de 10 de Janeiro de 2014 dos parâmetros Hs e direção média das ondas.

IPMA
 

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,348
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
Falando nas rajadas máximas, estação do Cabo da Roca, ou cabo Raso? Ocorreu algum lapso,acontece.
 

SpiderVV

Staff
Registo
26 Ago 2010
Mensagens
8,291
Local
Portalegre (400m)
Podiam ter referenciado a falta de EMA's, deve haver por aí EMA's com mais alguns extremos.

Bom, já agora aproveito para fazer o resumo da Stephanie por cá, entre o dia 9 e 10:
T. Máx: 13,7ºC (Dia 9)
T. Mín: 3,5ºC (Dia 10)
Press. Mín: 993,4 hPa (Dia 9)
Press. Máx: 1022,9 hPa (Dia 10, grande diferença!)
Vento médio máximo: 95,1 km/h (Dia 9)
Rajada máxima: 122,0 km/h (Dia 9)
 

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,348
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
O vendaval do dia 9 foi espectacular, a velocidade media chegou aos 78,2 km/h, a rajada máxima foi aos 117,3 km/h (batendo os registos do 19 de Janeiro de 2013 - Gong).
Dia para mais tarde recordar.


PS: A estação de Alcabideche está a uns 8/10 metros do solo, não a 25/30m ou mais do solo como maior parte das estações, este pormenor pode fazer a diferença.
 

SpiderVV

Staff
Registo
26 Ago 2010
Mensagens
8,291
Local
Portalegre (400m)
Nunca tinha passado por nada assim realmente. A minha estação registou o seu máximo de vento provavelmente do futuro muito distante, esteve três minutos acima de 115 km/h, com vento sustentado de 90 a 95 km/h. Mesmo sendo meteolouco tenho que admitir que foi um bocado assustador ter rajadas de acima de 115 km/h a atingirem brutalmente as janelas (já que tenho as janelas a SW), chovia forte e a visibilidade era literalmente nula, e o barulho só intensificava a coisa. :p
Durante esses minutos os registos foram:
18:27: 84,6 km/h
18:28: 102,0 km/h
18:29: 120,0 km/h
18:30: 116,0 km/h
18:31: 122,0 km/h

18:32: 94,3 km/h
18:33: 80,6 km/h
http://i.imgur.com/9hjmlYH.png

Tenho que admitir que desta não me esqueço tão depressa, fui apanhado de surpresa, o barulho do vento era mais do que o da música nos phones. :D
 

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,348
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
18:27: 84,6 km/h
18:28: 102,0 km/h
18:29: 120,0 km/h
18:30: 116,0 km/h
18:31: 122,0 km/h

18:32: 94,3 km/h
18:33: 80,6 km/h

Impressionante, ai se Alcabideche tivesse a tua altitude. :rolleyes:
 
  • Gosto
Reactions: SpiderVV

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,348
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
  • Gosto
Reactions: MIGUEL_DKs

rbsmr

Nimbostratus
Registo
6 Ago 2007
Mensagens
593
Local
Cabeça Gorda, Torres Vedras (140m)
A rajada máxima registada pela minha estação ficou nos 91,7 km/h às 5h.47m do dia 09.02.2014
 

SpiderVV

Staff
Registo
26 Ago 2010
Mensagens
8,291
Local
Portalegre (400m)

Jorge_scp

Nimbostratus
Registo
17 Fev 2009
Mensagens
1,067
Local
Casal do Rato (Odivelas)
O IPMA confirma a onda de 17 metros em Sines que eu já tinha feito notar no tópico do seguimento marítimo, e considera-a como rogue wave. Registo importante da bóia ondógrafo, pois é de assinalar que estas ondas são alvo de enorme estudo hoje em dia por não se conhecer bem como a sua origem. E podem ser mortíferas...
 

Meteo Trás-os-Montes

Cumulonimbus
Registo
28 Jan 2007
Mensagens
4,393
Local
Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
Momento caricato do dia! A mim tudo acontece!
Hoje estreio óculos novos depois da "Stephanie" me ter levado literalmente os anteriores... nunca mais os vi...
Estava no final de tarde na praia de Carcavelos a filmar o espectáculo... descuidei-me e foram-se! :D :D :D
 

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,348
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
 
Editado por um moderador:
  • Gosto
Reactions: Thomar

Santana

Cirrus
Registo
4 Mar 2014
Mensagens
1
Local
almada
Boa tarde,
Alguém me pode arranjar os registos do vento a SE de Sesimbra, preferencialmente numa escala horária num período de 24 horas (no mar), para um dia qualquer desta tempestade. Para eu fazer um trabalho para a cadeira de oceanografia.