Tempestade Tropical NADINE (Atlântico 2012 #AL14)

MSantos

Staff
Registo
3 Out 2007
Mensagens
9,697
Local
Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
Formou-se o 14º sistema nomeado do ano no Atlântico, trata-se da tempestade tropical NADINE, que nasceu a partir da evolução da 14ª depressão tropical deste ano no Atlântico.


SUMMARY OF 1100 PM AST...0300 UTC...INFORMATION
-----------------------------------------------
LOCATION...17.8N 45.2W
ABOUT 1080 MI...1735 KM E OF THE LESSER ANTILLES
MAXIMUM SUSTAINED WINDS...40 MPH...65 KM/H
PRESENT MOVEMENT...WNW OR 300 DEGREES AT 15 MPH...24 KM/H
MINIMUM CENTRAL PRESSURE...1004 MB...29.65 INCHES

NADINE:
rb0-lalo-2.jpg



Foi modelada uma possível aproximação deste sistema aos Açores, veremos se tal se vai verificar, para já o sistema está muito longe e deverá deslocar-se para Noroeste e fortificar-se.

Previsão:
023650W5_NL_sm.gif


NHC
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Gt5rw.jpg



Nas saídas das 00z o ECMWF e o GFS trazem-no para as nossas águas daqui a uma semana, o UKM e o CMC aparentemente não, indicam mais oeste dos Açores embora o UMO só vá até às 144h. No ECMWF nos Açores já em transição extratropical e depois a aproximar-se do continente no final das previsões deste modelo (240h), no GFS a passar na Madeira aparentemente mais tropical mas também aparentemente uma coisa mais fraca e a enfraquecer entre a Madeira e sul do Algarve. Diria que 50% de probabilidade de alguma coisa cá vir parar (às nossas águas), ou até um pouco mais visto que dois dos modelos desse cenário são o ECMWF e GFS, mas sendo completamente impossível saber para já que tipo de sistema será ou o que restará dele a tanta distância.

Falamos de cenários a 7/10 dias, muitos dias de acompanhamento nos esperam, e é provável que mais a norte Nadine enfrente situações de bastante shear, pelo que não se sabe bem o que sobra ou não mesmo vindo para cá.


Para já, até 5 dias, o que diz o NHC


Trajecto/Modelos

HE INITIAL MOTION IS 300/15. NADINE IS MOVING TOWARD A SIGNIFICANT
BREAK IN THE SUBTROPICAL RIDGE OVER THE CENTRAL NORTH ATLANTIC.
THE GLOBAL MODELS FORECAST THIS BREAK TO BECOME EVEN MORE
PRONOUNCED BY 72 HR AS A DEEP-LAYER LOW PRESSURE SYSTEM FORMS NEAR
OR NORTH OF BERMUDA. THIS EVOLUTION SHOULD STEER NADINE GENERALLY
NORTHWESTWARD FOR 36 HR OR SO...FOLLOWED BY A TURN TOWARD THE
NORTH. THIS PART OF THE NEW FORECAST TRACK IS SIMILAR TO THE
PREVIOUS TRACK AND LIES JUST TO THE RIGHT OF THE CONSENSUS MODELS.
AFTER 72 HR...THE SUBTROPICAL RIDGE IS FORECAST TO BUILD ALONG
20N...LEAVING NADINE IN WESTERLY OR SOUTHWESTERLY FLOW ON THE NORTH
SIDE OF THE RIDGE. THE TRACK GUIDANCE BECOMES MORE DIVERGENT
DURING THIS PERIOD. THE UKMET SHOWS NADINE GOING NORTHWARD AND
BECOMING ENTANGLED WITH THE DEEP-LAYER LOW...WHILE THE GFS SHOWS AN
EASTWARD MOTION. THE OTHER DYNAMICAL MODELS ARE SPREAD BETWEEN
THESE EXTREMES.
THIS PORTION OF THE NEW FORECAST TRACK IS SHIFTED
A LITTLE NORTH OF THE PREVIOUS TRACK...BUT LIES TO THE SOUTH OF THE
CONSENSUS MODELS AND THE CENTER OF THE TRACK GUIDANCE ENVELOPE.
OVERALL...THE NEW FORECAST TRACK IS IN BEST AGREEMENT WITH THE
FLORIDA STATE SUPERENSEMBLE.



Intensidade

NADINE IS CURRENTLY IN AN ENVIRONMENT OF LIGHT VERTICAL WIND SHEAR
WITH GOOD TO EXCELLENT CIRRUS OUTFLOW IN ALL DIRECTIONS. THE
QUESTION IS HOW LONG WILL THE FAVORABLE CONDITIONS LAST? THE SHIPS
MODEL FORECASTS WESTERLY SHEAR OF ABOUT 15 KT TO DEVELOP WITHIN 24
HR...ALTHOUGH THE SOURCE OF THIS IS NOT READILY APPARENT IN THE GFS
MODEL FIELDS. THE SHIPS AND LGEM MODELS SHOW NADINE BECOMING A
HURRICANE IN 36-48 HR DESPITE THE SHEAR FORECAST...SO THE NEW
INTENSITY FORECAST DOES LIKEWISE. THERE IS AN ALTERNATIVE SCENARIO
FOR THIS PORTION OF THE INTENSITY FORECAST...WHICH IS THE SHEAR
DOES NOT OCCUR AND NADINE RAPIDLY STRENGTHENS. THIS IS SOMEWHAT
SUPPORTED BY THE RAPID INTENSIFICATION INDEX OF THE SHIPS MODEL...
WHICH SHOWS ABOUT A 40 PERCENT CHANCE OF RAPID INTENSIFICATION
DURING THE NEXT 24 HOURS. REGARDLESS OF WHAT HAPPENS IN THE SHORT
TERM...FROM 72-120 HR NADINE IS LIKELY TO ENCOUNTER AT LEAST 20-25
KT OF WESTERLY SHEAR NORTH OF THE SUBTROPICAL RIDGE AXIS...WHICH
SHOULD STOP INTENSIFICATION AND START A WEAKENING TREND.



Para já está a organizar-se muito bem, a criar um núcleo e bandas convectivas, pelo que poderemos vir a assistir a uma intensificação rápida nas próximas horas/dias

aiSkv.jpg
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Apenas por curiosidade em relação a uma coisa que tinha referido há dias, ontem já ocorreu um voo não tripulado (UAV) da NASA para fins de investigação cientifica, um voo de 26 horas e de acordo com o plano de voo lançou 74 sondas a medir a atmosfera envolvente do ciclone.


NASA’s Global Hawk took off early this morning from Wallops Island, VA (around 7AM EDT) to sample Tropical Depression 14 in the mid-Atlantic. This is part of their field campaign called Hurricane Severe Storm Sentinel (HS3). HRD scientists will be processing the dropwindsondes for this flight. The flight is approximately 26 hours long and will land back in Wallops Island, VA. The unmanned aircraft will fly the flight pattern and launch dropwindsondes at the points shown here.

http://noaahrd.wordpress.com/

j7y7g.png


N2a6E.jpg
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
nE6jn.jpg


tgwID.png


TROPICAL STORM NADINE DISCUSSION NUMBER 5
NWS NATIONAL HURRICANE CENTER MIAMI FL AL142012
1100 AM AST WED SEP 12 2012

THE SATELLITE PRESENTATION OF NADINE SHOWS A CONTINUED INCREASE IN
ORGANIZATION...WITH A DEVELOPING CENTRAL DENSE OVERCAST AND
CONVECTIVE BANDING FEATURES IN ALL QUADRANTS. DVORAK INTENSITY
ESTIMATES ARE 55 KT FROM SAB AND 45 KT FROM TAFB. USING A BLEND OF
THESE INTENSITY ESTIMATES...THE INITIAL INTENSITY IS SET TO 50 KT.
ANIMATION OF WATER VAPOR IMAGERY SHOWS WEAK SHEAR OVER NADINE WITH
A WELL-DEFINED UPPER-LEVEL OUTFLOW PATTERN. A BROAD TROUGH WELL TO
THE NORTHEAST OF THE STORM MAY BE ASSISTING THE OUTFLOW TO THE
NORTH AND EAST. NADINE IS EXPECTED TO REMAIN IN A FAVORABLE UPPER-
LEVEL WIND ENVIRONMENT FOR THE NEXT COUPLE OF DAYS. HOWEVER...FROM
72 HOURS AND BEYOND NADINE IS EXPECTED TO ENCOUNTER A BELT OF
STRONG WESTERLIES TO THE NORTH OF THE SUBTROPICAL RIDGE...AND THE
LGEM GUIDANCE SHOWS WESTERLY SHEAR INCREASING TO 25-30 KT DURING
THIS TIME FRAME. THE NHC INTENSITY FORECAST IS IN REASONABLE
AGREEMENT WITH THE LATEST LGEM AND CONSENSUS MODEL GUIDANCE. IT
SHOULD BE NOTED THAT THE SHIPS RI INDEX IS STILL SHOWING A
SIGNIFICANT PROBABILITY OF RAPID INTENSIFICATION DURING THE NEXT 24
HOURS...SO THE OFFICIAL INTENSITY FORECAST FOR THE NEXT DAY OR TWO
COULD BE CONSERVATIVE.

CENTER FIXES SHOW A MOTION BETWEEN WEST-NORTHWEST AND NORTHWEST...
AND THE CURRENT MOTION ESTIMATE IS 300/13. NADINE CONTINUES TO
HEAD TOWARD A BREAK IN THE SUBTROPICAL RIDGE CAUSED BY A MID- TO
UPPER-LEVEL LOW TO ITS WEST. THE OFFICIAL FORECAST IS SIMILAR TO
THE PREVIOUS ONE AND TAKES THE TROPICAL CYCLONE AROUND THE WESTERN
PERIPHERY OF A SUBTROPICAL ANTICYCLONE FOR THE NEXT 2-3 DAYS.
NADINE IS EXPECTED TO MOVE INTO THE WESTERLIES BEYOND 72 HOURS...SO
THE OFFICIAL FORECAST SHOWS A TURN TOWARDS THE NORTHEAST AND
EAST-NORTHEAST DURING THE LATTER PART OF THE FORECAST PERIOD. THE
CURRENT NHC TRACK LIES BETWEEN THE SLOWER ECMWF...AND ITS ENSEMBLE
MEAN...AND THE QUICKER 0600 UTC GFS SOLUTION.

THE WIND RADII HAVE BEEN ADJUSTED BASED ON A 1215 UTC ASCAT
OVERPASS...WHICH SAMPLED THE EASTERN SIDE OF THE CIRCULATION AND
REVEALED A LARGER TROPICAL CYCLONE THAN PREVIOUSLY ESTIMATED.

FORECAST POSITIONS AND MAX WINDS

INIT 12/1500Z 19.1N 47.6W 50 KT 60 MPH
12H 13/0000Z 20.3N 49.2W 60 KT 70 MPH
24H 13/1200Z 22.1N 51.3W 70 KT 80 MPH
36H 14/0000Z 24.1N 52.9W 75 KT 85 MPH
48H 14/1200Z 26.3N 53.8W 75 KT 85 MPH
72H 15/1200Z 30.0N 52.5W 75 KT 85 MPH
96H 16/1200Z 32.5N 49.0W 70 KT 80 MPH
120H 17/1200Z 34.5N 43.5W 65 KT 75 MPH

$$
FORECASTER ROTH/PASCH
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
A Nadine é um ciclone bem organizado, e talvez o mais compacto a formar-se na MDR desde o inicio da época.

Em termos termo dinamicos a Nadine encontra-se embebida numa massa de ar equatorial, e ao longo do trajecto previsto encontrará ar muito energético deixado para traz á direita do precurso da Leslie.
Tambem a agua do mar estará quente, com anomalias positivas em todo o trajecto, salvo na zona onde passou o Michael, e mais importante ainda, há uma pluma de agua muito quente desde o sul dos Açores ao Golfo de Cadiz, com aguas entre os 23 e os 26ºC mesmo na zona da Madeira, situação que se devem manter devido á cut-off actualmente nos Açores, que continuará a impelir massas de ar e fluxos oceanicos de SW, com origem tropical.

O precurso da Nadine á volta da dorsal situada na região da Madeira, num ambiente de fraco shear e divergencia em altura é favoravel ao desenvolvimento de um bom canal de outflow, sendo que depois a Nadine será apanhada pelo jet subtropical a SW dos Açores, e recurvará rápidamente.

Os modelos que mostram a nadine a passar ou nos Açores ou entre os Açores e a Madeira, e que mostram até a possibilidade de ela chegar á PI ainda com caracteristicas tropicais não são de excluir, pois a sinóptica não é assim tão desfavoravel.
Sendo a Nadine um ciclone com uma circulação bastante larga, e movimentando-se sempre na periferia norte da alta subtropical, uma região que geralmente apresenta divergencia em altura e shear não demasiado intenso, e ainda para mais, estando o mar a temperaturas razoavelmente altas, não estranharia que se tudo corre-se como "planeado" ( por esses modelos), a Nadine manteria pelo menos o estatuto de TS ou TD ao se aproximar do SW da PI.
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
A Nadine é um ciclone bem organizado, e talvez o mais compacto a formar-se na MDR desde o inicio da época.

Bem organizado concordo, naquela zona desta temporada acho que é o que está a criar melhor bandas convectivas nesta altura, não me surpreenderia que saísse daqui o primeiro "major" da temporada apesar de apenas um modelo o indicar, já o compacto discordo, está a ficar bem grande ao contrário de outros. O que até poderá ser um factor que o penalizará, pois tenho ideia que os sistemas largos são mais vulneráveis em ambiente hostil que os compactos, os recentes Leslie vs. Kirk foram um bom exemplo na intensidade entre um sistema grande e um compacto.

Knu0H.jpg


Quanto ao resto também concordo, a água está com alguma anomalia positiva e o facto de eventualmente poder chegar por exemplo aos Açores depois da saída da depressão actual que anda por lá, a mesma pode deixar para trás ainda algum ar frio em altura favorecendo o gradiente térmico vertical.


Temperatura da água

y9UGE.gif




Anomalia na temperatura

vuqR9.gif




Mas não nos esqueçamos das incertezas disto tudo, basta olhar por exemplo para o ensemble do GFS até às 240h, na imagem a saída operacional das 6z (que "entusiasmou" cá muita gente) é apenas a linha vermelha



Ensemble do GFS (6z)

KGREJ.gif
 

icewoman

Nimbostratus
Registo
15 Dez 2009
Mensagens
720
Local
funchal
A Nadine é um ciclone bem organizado, e talvez o mais compacto a formar-se na MDR desde o inicio da época.

Em termos termo dinamicos a Nadine encontra-se embebida numa massa de ar equatorial, e ao longo do trajecto previsto encontrará ar muito energético deixado para traz á direita do precurso da Leslie.
Tambem a agua do mar estará quente, com anomalias positivas em todo o trajecto, salvo na zona onde passou o Michael, e mais importante ainda, há uma pluma de agua muito quente desde o sul dos Açores ao Golfo de Cadiz, com aguas entre os 23 e os 26ºC mesmo na zona da Madeira, situação que se devem manter devido á cut-off actualmente nos Açores, que continuará a impelir massas de ar e fluxos oceanicos de SW, com origem tropical.

O precurso da Nadine á volta da dorsal situada na região da Madeira, num ambiente de fraco shear e divergencia em altura é favoravel ao desenvolvimento de um bom canal de outflow, sendo que depois a Nadine será apanhada pelo jet subtropical a SW dos Açores, e recurvará rápidamente.



Existe a possibilidade de sermos atingidos (em cheio )pela Nadine? há hora de almoço vi um modelo que a colocava sobre a Madeira, nesse caso seria uma situaçao a acompanhar com algum cuidado, ou até lá pode haver alteraçoes na sua rota?
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Vince, quando refiro compacto não estou a querer dizer pequeno, mas sim que tem um circulação bem fechada e não aparenta sofrer de intrusões significativas de ar seco.

De resto concordo contigo, é um ciclone grande, que demorará tempo a organizar-se, mas se eventualmente se mantiver assim compacto, com uma circulação bem defenida e cheia de ar humido é provavel que começe a "engatar" bem...e o motor uma vez engatado terá muito combustivel e boas condições para se tornar eficiente e até explosivo:lol:
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Para já não podemos ter certezas de nada, e devemos ir por partes, primeiro ter em atenção aos Açores, depois se lá chegar a Nadine, pomos os olhos mais para leste;)
 

Afgdr

Nimbostratus
Registo
28 Set 2011
Mensagens
1,880
Local
Lagoa - São Miguel, Açores
Atualização

nnD33.jpg

Tropical Storm Nadine continues to strengthen over the Atlantic Ocean, centered at midday about 940 miles east-northeast of the Lesser Antilles. Maximum sustained winds are 60 mph. Additional strengthening is expected, and Nadine should become a hurricane tonight or Thursday. The storm is moving toward the west-northwest, with a turn toward the northwest expected later today, then to the north-northwest by Thursday Night. Nadine is not a threat to land at this time.
Get the latest on this storm, including graphics, on the NOAA NHC website at www.hurricanes.gov

fuaql.jpg




Fonte: Facebook NOAA NWS National Hurricane Center



Esta temporada está a ser tão interessante! De certeza que acompanharei este seguimento :shocking: