Vaga lumes de Portugal

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Estou a fazer uma investigação sobre espécies de coleópteros luminosos em Portugal e quem quiser colaborar, com descrição de avistamentos ou mesmo recolha de insectos para identificação que me mande uma pm ou deixe aqui um relato.
De salientar que temos encontrado espécies novas para Portugal, em apenas 2 anos de investigação nos quais apenas em alguns dias foi feito trabalho de campo!!
Já reparei que há aqui forunistas que fazem algumas visitas ao campo e que gostam da natureza.
Na nossa pesquisa, agora, temos um particular interesse pelas regiões Sul, Interior,Nordeste do país e Ilhas. E também pela zona do Minho.
São zonas que carecem de qualquer estudo nesta área.
Se alguém avistar algum se quiser que diga qualquer coisa.
Um simples relato pode ter muito valor.
Os vaga lumes ou pirilampos são bioindicadores e destroem potenciais pragas agrícolas e florestais, pois nas suas fases larvares são vorazes carnívoros de gastrópodes e larvas de outros insectos.
Nota-se um nítido declínio em muitas das suas populações.
E o conhecimento existente sobre eles infelizmente é muito pequeno.
Para inverter esta tendência estamos a tentar desenvolver um estudo que tem tb tem em vista a sua protecção.
Obrigado desde já!!:thumbsup:
 
Última edição:

iceworld

Nimbostratus
Registo
18 Dez 2007
Mensagens
1,052
Local
coimbra ( 85m )
Em pleno centro de Coimbra junto a um terreno onde ainda existem algumas árvores, era muito frequente observar os pirilampo e por vezes cheguei a apanhar vários, para os ver a piscar dentro de um saco de plástico.
se bem me lembro aparecem com o calor.
Vou estar atento e depois digo algo lá mais para a frente. :thumbsup:
 

vitamos

Staff
Registo
11 Dez 2007
Mensagens
5,433
Local
Estarreja
Na terra dos meus pais (próximo da Sertã) era muito normal ver-se pirilampos, nas noites de Verão... Ultimamente não me lembro, mas penso que ainda é normal aparecerem! :thumbsup:
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Em pleno centro de Coimbra junto a um terreno onde ainda existem algumas árvores, era muito frequente observar os pirilampo e por vezes cheguei a apanhar vários, para os ver a piscar dentro de um saco de plástico.
se bem me lembro aparecem com o calor.
Vou estar atento e depois digo algo lá mais para a frente. :thumbsup:

No jardim da Sereia ainda existem porque no ano passado vi lá uns tantos.
E junto ao Rio Mondego tb. :thumbsup:
Nos arredores, como Lordemão são muito numerosos.
 

rbsmr

Nimbostratus
Registo
6 Ago 2007
Mensagens
594
Local
Cabeça Gorda, Torres Vedras (140m)
Em Lisboa e arredores, por incrível que pareça, também possível encontrar pirilampos ! O problema é que no frenesim da nossa vida diária não parámos para ouvi-los e muito menos para os procurar!

Quanto à minha experiência, costumo passar as minhas férias de Verão, na aldeia dos meus avós (perto de Torres Vedras - 40 km a Noroeste de Lisboa) e os pirilampos são presença habitual nas noites, em especial naquelas mais amenas!

Mais curioso ainda é o (re)aparecimento de algumas aves que na minha infância não me recordo existir (e não sou assim tão velho - tenho 30 anos) ou pelo menos avistar: corvos e algumas aves de rapina. O meu pai tem uma teoria com a qual, até prova em contrário, considero correcta: como muitos campos deixaram de ser cultivados ("estão de campo", como se diz na região Oeste) não existem, nomeadamente pesticidas no meio ambiente, o que terá provocado um aumento destas populações animais.

Pelo contrário, as populações de pirilampos, grilos, parecem-me mais diminutas que há uns anos atrás. De facto, era bastante usual os pirilampos e grilos entrarem dentro de casa.

Será que existe uma diminuição populacional?
 

vitamos

Staff
Registo
11 Dez 2007
Mensagens
5,433
Local
Estarreja
Mais curioso ainda é o (re)aparecimento de algumas aves que na minha infância não me recordo existir

Só uma achega ainda agora há duas semanas na terra dos meus pais ouvi uma espécie (existente em Portugal), que é o conhecido rouxinol, a cantar durante a noite longe de zonas com água, sendo que até hoje eles só cantavam no período nocturno junto de cursos de água (sabedoria popular). Além disso notam-se de facto outras aves não habituais ou em períodos não habituais. Sinais dos tempos!
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Aqui está um pequeno espaço que criei sobre o tema.
http://pirilampos-lightalive.blogspot.com/

foto de Caliaetu

Já conhecia o site de outro forum, não fazia ideia que era teu. Quando era puto gostava muito de pirilampos, fascinavam-me de tal forma que cheguei a ter alguns em minha casa, mas hoje reconheço que não era bom para eles estarem em "cativeiro", coitadinhos. Coisas de miudos....
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Aqui por Melgaço também já vi várias vezes pirilampos bem perto de onde tenho a estação meteorológica instalada...
A partir de hoje vou tentar registar as datas em que os veja para te reportar...
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Em Lisboa e arredores, por incrível que pareça, também possível encontrar pirilampos ! O problema é que no frenesim da nossa vida diária não parámos para ouvi-los e muito menos para os procurar!

Quanto à minha experiência, costumo passar as minhas férias de Verão, na aldeia dos meus avós (perto de Torres Vedras - 40 km a Noroeste de Lisboa) e os pirilampos são presença habitual nas noites, em especial naquelas mais amenas!

Mais curioso ainda é o (re)aparecimento de algumas aves que na minha infância não me recordo existir (e não sou assim tão velho - tenho 30 anos) ou pelo menos avistar: corvos e algumas aves de rapina. O meu pai tem uma teoria com a qual, até prova em contrário, considero correcta: como muitos campos deixaram de ser cultivados ("estão de campo", como se diz na região Oeste) não existem, nomeadamente pesticidas no meio ambiente, o que terá provocado um aumento destas populações animais.

Pelo contrário, as populações de pirilampos, grilos, parecem-me mais diminutas que há uns anos atrás. De facto, era bastante usual os pirilampos e grilos entrarem dentro de casa.

Será que existe uma diminuição populacional?


A teoria do teu pai está correcta. Tem havido uma recolonização das zonas abandonadas.
As populações de pirilampos de facto têm diminuido na maior parte dos sítios.
Eu por acaso costumo de visitar um local perto da Ericeira ( perto da Praia da Calada) e lá tanto na zona interior como junto à praia ainda se vêem muitos pirilampos.
Nota-se que há muitos campos abandonados e eles vão ocupando os seus lugares.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Só uma achega ainda agora há duas semanas na terra dos meus pais ouvi uma espécie (existente em Portugal), que é o conhecido rouxinol, a cantar durante a noite longe de zonas com água, sendo que até hoje eles só cantavam no período nocturno junto de cursos de água (sabedoria popular). Além disso notam-se de facto outras aves não habituais ou em períodos não habituais. Sinais dos tempos!

Esses rouxinós tenho-os ouvido este ano a cantar sobretudo junto a cursos de água.
Ainda ontem os ouvi perto de Sesimbra junto a um riacho.
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
A teoria do teu pai está correcta. Tem havido uma recolonização das zonas abandonadas.
As populações de pirilampos de facto têm diminuido na maior parte dos sítios.
Eu por acaso costumo de visitar um local perto da Ericeira ( perto da Praia da Calada) e lá tanto na zona interior como junto à praia ainda se vêem muitos pirilampos.
Nota-se que há muitos campos abandonados e eles vão ocupando os seus lugares.




É um facto que no sitio onde moram os meus pais (assafora,seixeiras),que é perto da ericeira ,só se vê os pirilampos em dias sem vento e de calor,esse calor é os dos 26º a 30º pois não há muitos dias acima dos 30º;onde antigamente os meus pais moravam(moro eu)no estoril, havia muitos, mas agora com a explosão de construção civil e de carros é muito raro ver pirilampos,o que é pena e era espectacular de vê-los em junho antes das nortadas.



O local (seixeiras) fica numa encosta virada a norte da ribeira falcão.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
já vi pirilampos em varios locais, mas o local mais surpreendente onde os vi, foi em Belas, num acampamento de escuteiros no verão passado.


Tu és de Bragança? É uma zona muito interessante em termos de vaga lumes pois está muito mal estudada. Só fiz uma viagem há 2 anos a essa região Rio de Onor e foi muito interessante. Foi já em Julho. Tenho muita curiosidade para saber que espécies andarão por aí nesta fase do ano.
 
Última edição: