Vuelta 2008

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por JoãoDias 26 Ago 2008 às 03:53.

  1. JoãoDias

    JoãoDias
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Jun 2008
    Mensagens:
    663
    Local:
    Avintes, Portogal
    A 63ª edição da prova espanhola arrancará de Granada a 30 de Agosto e terminará em Madrid a 21 de Setembro, apostando forte na montanha em benefício dos trepadores, que desfrutarão de quatro finais em alto, incluídos o Angliru, que volta depois de cinco anos de ausência, e uma cronoescalada de 16 quilómetros em Navacerrada, na penúltima jornada.•
    Os Pirenéus e Astúrias oferecerão cenários de enorme dureza, com seis etapas temíveis de montanha, depois de uma primeira semana de observação entre os prováveis candidatos à vitória final. Os únicos destaques dos primeiros dias vão para o contra-relógio por equipas a ser disputado em Granada, no qual se conhecerá o primeiro “maillot” dourado, e um outro, individual, em Ciudad Real na extensão de 40 quilómetros.
    A sétima etapa, de 224 quilómetros, a mais longa desta edição, terá o primeiro final em alto fixado no “porto” do Principado. Um dia depois, segundo assalto pirenaico, com final em Pla de Beret.
    Depois de duas etapas de transição, com finais em Saragoça e Burgos, a Vuelta chega à Cantábria. A 13 de Setembro, na décima terceira etapa, há a escalada ao Angliru. Inclui 4 “portos” em 199 quilómetros de percurso. Depois do Angliru, haverá 158 quilómetros entre Oviedo e a Estación de Fuentes de Invierno, com mais 6 “portos”, recorde nas 21 etapas da prova.
    De Astúrias para León, com a décima quinta etapa entre Cudillero e Ponferrada, mais média montanha tendo como cenários Somiedo e o Alto de la Mina. A transição por Zamora e Valladolid, em territórios de alta velocidade, levará a Vuelta até Segovia, na véspera de uma cronoescalada a Navacerrada de 16 quilómetros que definirá o pódio final de Madrid.

    As etapas:
    ----- --- --------- ---
    1ª 30 Ago Granada - Granada (CRE) 7 km
    2ª 31 Granada - Jaén 167km
    3ª 1 Set. Jaén - Córdoba 165 km
    4ª 2 Córdoba - Puertollano 153 km
    5ª 3 Ciudad Real - Ciudad Real (CRI) 40km
    6ª 4 Ciudad Real - Toledo 162 km
    5 DESCANSO
    7ª 6 Barbastro - Andorra (La Rabassa) 224 km
    8ª 7 Andorra - Pla de Beret 160 km
    9ª 8 Viella - Sabiñánigo 198 km
    10ª 9 Sabiñánigo - Zaragoza 173 km
    11ª 10 Calahorra - Burgos 178 km
    12ª 11 Burgos - Suances 180 km
    12 DESCANSO
    13ª 13 S. Vicente Barquera- Angliru 199 km
    14ª 14 Oviedo - E. Fuentes de Invierno 158 km
    15ª 15 Cudillero - Ponferrada 194 kkm
    16ª 16 Ponferrada - Zamora 185 km
    17ª 17 Zamora - Valladolid 160 km
    18ª 18 Valladolid - Las Rozas 179 km
    19ª 19 Las Rozas - Segovia 161 km
    20ª 20 La Granja - Navacerrada (CRI) 16 km
    21ª 21 S.S de los Reyes - Madrid 110 km

    TOTAL Kms. aprox. 3.169.
     
  2. JoãoDias

    JoãoDias
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Jun 2008
    Mensagens:
    663
    Local:
    Avintes, Portogal
    O italiano Filippo Pozzato (Liquigas) é o primeiro líder da Volta a Espanha, depois da sua equipa ter vencido o contra-relógio colectivo de hoje com oito segundos de vantagem sobre a segunda, a Euskaltel-Euskadi, e nove sobre a terceira, a Caisse d’Epargne. A Astana de Sérgio Paulinho foi apenas oitava a catorze segundos.

    A Liquigas surpreendeu hoje na Volta a Espanha, onde era esperada uma luta pela vitória entre Astana, Team CSC-Saxo Bank e Caisse d’Epargne. Filippo Pozzato foi o primeiro da equipa a cortar a linha de meta e por isso é o primeiro camisola dourada.

    A Euskaltel-Euskadi foi segunda e Igor Antón foi o melhor entre os ciclistas com aspirações a uma boa prestação na classificação geral, a oito segundos da Liquigas. Alejandro Valverde (Caisse d’Epargne) está a nove segundos da liderança, Carlos Sastre (Team CSC-Saxo Bank) a 11, Robert Gesink (Rabobank) a 13, Alberto Contador, Andreas Klöden e Levi Leipheimer (Astana) a 14, Damiano Cunego (Lampre) a 19, Yaroslav Popovych (Silence-Lotto) a 20 e Ezequiel Mosquera (Xacobeo-Galicia) a 24.

    A grande desilusão foi a Astana, que foi desgastando os seus gregários para que Alberto Contador chegasse à liderança mas tal não foi possível, terminando o conjunto de Sérgio Paulinho no oitavo lugar. Apenas cinco ciclistas terminaram juntos: Contador, Klöden, José Luís Rubiera, Leipheimer e Paulinho.

    De referir que esta foi a primeira vez que a Xacobeo-Galicia correu em Espanha com a sua nova denominação, depois do empresário Valery Karpin abandonar a Galiza e a equipa.
     
  3. JoãoDias

    JoãoDias
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Jun 2008
    Mensagens:
    663
    Local:
    Avintes, Portogal
    Alejandro Valverde (Caisse d'Epargne) ganhou a segunda etapa da Volta a Espanha, após um soberbo sprint, beneficiando da enorme ajuda do seu colega de equipa Joaquím Rodriguez, e com o bónus de envergar a camisola dourada da liderança. Uma enorme demonstração de força, semelhante à da primeira etapa do Tour de France deste ano.

    Foi uma tirada morna, marcada pelo ataque de Mikhail Ignatiev (Tinkoff Credit Systems), Jesús Rosendo (Andalucía-Cajasur), Egoi Martínez (Euskaltel-Euskadi) e Cyril Lemoine (Crédit Agricole). O quarteto de fugitivos do dia nunca teve uma vantagem superior a quatro minutos, com um pelotão controlado com rédea curta por Liquigas e Quick Step. Pese alguns ataques na parte final, com, por exemplo, David Moncoutié (Cofidis), Mauricio Ardila (Rabobank) e Juan Manuel Gárate (Quick Step), em alturas diferentes, o pelotão ficaria compacto a cinco quilómetros da meta.

    Joaquím Rodriguez (Caisse d’Epargne) atacou à entrada do último quilómetro e esticou muito o pelotão, conseguindo uma vantagem de algumas dezenas de metros. Ricardo Serrano (Tinkoff Crédit Systems) reagiu a cerca de 400 metros da meta, atacando e ultrapassando Rodríguez, o que deu margem a Valverde para explodir e com um poderoso sprint conseguir ganhar dois segundos à concorrência.

    Quinta vitória da carreira na Vuelta para o murciano, que, graças às bonificações, enverga também a camisola dourada, dado que o líder à partida, Filippo Pozzato (Liquigas) ficou num insuficiente quinto lugar. David Rebellin (Gerolsteiner) foi segundo, com Alessandro Ballan (Lampre) a completar o pódio da tirada.

    Sérgio Paulinho (Astana) foi um dos cem ciclistas (em 168) a terminar integrado no pelotão principal, a dois segundos de Valverde, na 75ª posição, tendo subido do 59º para o 45º posto na geral. Amanhã, a terceira etapa ligará Jaén a Córdoba, numa distância de 168,6 quilómetros, com uma subida de 3ª categoria a cerca de vinte quilómetros da meta (Alto de San Jerónimo), mas que não deverá evitar que o pelotão chegue compacto ao final.

    Classificação da etapa
    Ciclista Equipa Tempo
    1 Alejandro Valverde Caisse d'Epargne 4:23:00
    2 Davide Rebellin Gerolsteiner + 0.02
    3 Alessandro Ballan Lampre mt
    4 Greg Van Avermaet Silence-Lotto mt
    5 Filippo Pozzato Liquigas mt
    6 Rinaldo Nocentini Ag2r-La Mondiale mt
    7 Erik Zabel Team Milram mt
    8 Paolo Bettini Quick Step mt
    9 Philippe Gilbert Française des Jeux mt
    10 Xavier Florencio Bouygues Telecom mt

    Classificação Geral

    Ciclista
    Equipa
    Tempo
    1
    Alejandro Valverde
    Caisse d'Epargne
    4:31:10
    2 Filippo Pozzato
    Liquigas
    + 0.13
    3 Daniele Bennati
    Liquigas
    mt
    4 Egoi Martínez Euskaltel-Euskadi + 0.15
    5 Iñigo Landaluze Euskaltel-Euskadi + 0.19
    6
    Davide Rebellin
    Gerolsteiner
    mt
    7 Mauricio Ardila Rabobank + 0.20
    8 Igor Antón Euskaltel-Euskadi + 0.21
    9 Rubén Pérez Euskaltel-Euskadi mt
    10 Mikel Astarloza Euskaltel-Euskadi mt
     
  4. JoãoDias

    JoãoDias
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Jun 2008
    Mensagens:
    663
    Local:
    Avintes, Portogal
    Tom Boonen (Quick Step) conseguiu hoje uma importante vitória, após um período difícil devido ao seu controlo positivo de cocaína, impondo-se na terceira etapa da Vuelta. Uma bela vitória do belga, após um sprint renhido com Daniele Bennati (Liquigas) que, graças ao seu segundo lugar, conseguiu chegar à liderança da prova.

    A etapa foi, até perto do final, tão seca em acontecimentos quanto a árida paisagem da Andaluzia, por onde passou hoje o pelotão da Volta a Espanha, com a temperatura sempre entre os 30 e os 35ºC. O herói do dia foi Manuel Ortega (Andalucía-CajaSur), que mostrou as cores da sua equipa na região do patrocinador, atacando na primeira hora de corrida e conseguindo ficar isolado na frente até bem perto do final.

    A vantagem de Ortega chegou aos quinze minutos, mas começou a descer rapidamente com a chegada do Alto de San Jeronimo, ontem a tirada animou. Paolo Bettini (Quick Step) atacou forte, sendo acompanhado numa fase inicial por Sérgio Paulinho (Astana), que mostrou estar num bom momento. Bettini acabou por se isolar na frente e apanhar Ortega, até que o pelotão ficou compacto a quinze quilómetros da meta.

    Até final houve algumas movimentações, mas a Liquigas manteve o controlo das operações. No sprint, Daniele Bennati parecia bem lançado para uma vitória, mas Tom Boonen (Quick Step) deu tudo o que tinha e obteve a primeira vitória da sua carreira na maior competição do ciclismo espanhol. Erik Zabel (Team Milram) pode já não ganhar etapas, aos 39 anos, mas está sempre na frente, acabando em terceiro lugar. Bennati, graças às bonificações, é o novo líder da geral, destronando Alejandro Valverde (Caisse d’Epargne). Sérgio Paulinho (Astana) chegou integrado no pelotão, na 96ª posição, subindo para 41º na geral.

    Amanhã, a quarta etapa da Vuelta terá 170 quilómetros, essencialmente planos.

    Classificação da etapa
    Ciclista Equipa Tempo
    1 Tom Boonen Quick Step 4:25:24
    2 Daniele Bennati Liquigas mt
    3 Erik Zabel Team Milram mt
    4 Koldo Fernández Euskaltel-Euskadi mt
    5 Nicolas Roche Crédit Agricole mt
    6 Greg Van Avermaet Silence-Lotto mt
    7 Leonardo Duque Cofidis mt
    8 Sébastien Hinault Crédit Agricole mt
    9 Tom Stamsnijder Gerolsteiner mt
    10 Lloyd Mondory Ag2r-La Mondiale mtt

    Classificação Geral

    Ciclista
    Equipa
    Tempo
    1 Daniele Bennati
    Liquigas
    8:56:27
    2
    Alejandro Valverde
    Caisse d'Epargne
    + 0.07
    3 Tom Boonen
    Quick Step
    + 0.10
    4 Filippo Pozzato
    Liquigas
    + 0.20
    5 Egoi Martínez Euskaltel-Euskadi + 0.22
    6 Davide Rebellin
    Gerolsteiner
    + 0.26
    7 Iñigo Landaluze Euskaltel-Euskadi mt
    8 Erik Zabel Tem Milram + 0.27
    9 Mauricio Ardila Rabobank mt
    10 Igor Antón Euskaltel-Euskadi + 0.28
     

Partilhar esta Página