A Máfia Lusitana existe!

Tópico em 'Media' iniciado por joseoliveira 17 Out 2009 às 12:44.

  1. joseoliveira

    joseoliveira
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    18 Abr 2009
    Mensagens:
    2,889
    Local:
    Loures (Moninhos) 128m
    http://www.tvi24.iol.pt/ambiente/residuos-mafia-portuguesa-mafia-residuos-ambiente-poluicao/1096328-4070.html#

    Simplesmente ontem fiquei chocado diante desta triste, desprezível e profundamente assustadora realidade inserida no noticiário da TVI à hora do jantar.

    É no mínimo revoltante tamanha incúria do ponto de vista ambiental e inacreditável falta de consciência até mesmo de quem directamente contribui para toda aquela podridão como se aquele fosse o único emprego disponível com vista ao seu sustento!

    Isto é mau de mais, nem dá para acreditar! :angry::angry::angry::disgust:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. Ecotretas

    Ecotretas
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    29 Jan 2008
    Mensagens:
    80
    Local:
    Lisboa
    Normalmente isto não aconteceria. Mas os ecologistas andam tão obcecados com o CO2, que já não conseguem ver mais nada! Parabéns à TVI!

    Ecotretas
     
  3. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,057
    Local:
    Entre Mortágua e Tondela
    Pois, há muitos problemas ambientais a meu ver mais graves que o CO2, por exemplo, desertificação, poluição dos mares e extinção de espécies, poluição dos solos, etc...

     
    Collapse Signature Expand Signature
  4. joseoliveira

    joseoliveira
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    18 Abr 2009
    Mensagens:
    2,889
    Local:
    Loures (Moninhos) 128m
    Olá_

    Não sei tiveram a oportunidade de ver a reportagem na TVI; digo isto porque ainda hoje ao verificar (por acaso) o estado do link que coloquei, notei que o vídeo não estava acessível. Pode ter sido uma situação temporária mas não consegui aceder-lhe!

    Uma das partes que mais me chocou foi no comentário se ter abordado o grau de perigosidade para a saúde pública, desde o cheiro nauseabundo a podre e a outra coisa que aqui não digo, nas localidades mais próximas, até à contaminação dos solos, nomeadamente dos lençóis freáticos existentes.
    Uma das zonas de exemplo que se falou foi na região das Serras dos Candeeiros e Aire, áreas bastante sensíveis devido sobretudo à porosidade característica dos solos calcários que possuem, sendo por isso digno de grande preocupação.
    Substâncias extremamente perigosas com compostos altamente cancerígenos, radioactivos, elementos indutores de alterações genéticas, entre outros, podem estar ou vir a estar contidos na água que abastece aquelas populações, desde do uso doméstico ao uso na agricultura.

    É bastante assustador o facto de não termos muitas vezes a consciência da nossa vulnerabilidade diante de uma perigosidade desta natureza.

    Não devemos esquecer que ao mostrarmos desta forma a nossa indignação perante ocorrências destas, indirectamente podemos veicular o conhecimento ou reconhecimento a quem de direito para que se sinta impelido a inverter este estado de coisas.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  5. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,504
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    Esta é uma situação que, supostamente, só aconteceria nos países chamados de "3.º mundo"!! Portugal, neste aspecto, não foge muito dessa classificação!! É uma situação que já conheço há algum tempo! Não é possível que os donos dessas industrias continuem a praticar este tipo de descargas de forma incólume! Esses senhores acham-se à margem da lei e, ainda por cima, acham que têm a razão do seu lado, não se preocupando minimamente com os efeitos na saúde pública, nos solos, no ambiente, etc...

    E a fiscalização (Inspecção Geral do Ambiente e GNR) pelos vistos também não actua minimamente, dados todos os interesses instalados...

    E é uma situação tão fácil de resolver...os prevaricadores já estão bem identificados...só falta coragem para lhes aplicar as sanções devidas, não olhando a nomes nem a outros interesses!!!
     
  6. ajrebelo

    ajrebelo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Fev 2006
    Mensagens:
    1,187
    Local:
    Lisboa, Ericeira, Sesimbra, Gerês
    Boas

    Eu vi o reportagem ontem já bastante tarde, e não tive paciência para colocar aqui a mensagem.

    APENAS DIGO QUE ISTO É UMA VERGONHA, SINTO UMA REVOLTA QUE NÃO A CONSIGO DESCREVER.

    Abraços
     
    Collapse Signature Expand Signature
  7. Ecotretas

    Ecotretas
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    29 Jan 2008
    Mensagens:
    80
    Local:
    Lisboa
    Isso nem sequer é o mais grave. O problema é a captação de águas da EPAL nos Olhos D'Água, que capta directamente dessa zona. Esperemos que eles monitorizem a água como deve ser...

    Ecotretas
     
  8. joseoliveira

    joseoliveira
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    18 Abr 2009
    Mensagens:
    2,889
    Local:
    Loures (Moninhos) 128m
    Olhos D´Água, corrige-me se estou errado, é o local da nascente do rio Alviéla, certo? Caso o seja conheci-o no ano passado no Verão e existe lá uma praia fluvial com parque de campismo e também de merendas. Achei o local muito agradável.

    Portanto, se é esse o local que afirmo, tem de facto uma estação da EPAL e suponho que a mesma abasteça a área de Alcanena e afins.

    Se assim for, nessa e em outras captações na região, em termos de sinal de alerta, no mínimo seria o “laranja” a ser aplicado!

    Espera-se contudo que esta impunidade não perdure por muito mais tempo, que mais pessoas estejam atentas principalmente as que por ali residem porque no fundo é também a sua qualidade de vida que está em risco e que de alguma forma façam eco desta monstruosidade que não passa de uma forma camuflada de terrorismo!

    Como sugestão, pedia que se dê continuidade a este tópico envolvendo um acompanhamento na medida do possível desta situação porque muitos mais casos destes certamente existirão e quanto maior dimensão tiver o feedback, maiores serão as probabilidades de se fazer ouvir.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  9. Ecotretas

    Ecotretas
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    29 Jan 2008
    Mensagens:
    80
    Local:
    Lisboa
    O local é verdadeiramente idílico, mas para além da praia não se esqueçam de visitar a garganta e o local onde o ribeiro de montante "se enterra".

    Todavia, a captação não é local, mas sim de abastecimento da região de Lisboa, sendo uma das mais importantes captações da EPAL...

    Ecotretas
     
  10. Liliana15

    Liliana15
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Out 2009
    Mensagens:
    155
    Local:
    Chacim-Cabeceiras de Basto (450m)/Bragança (699m)
    Máfia Lusitana!!!

    Esta reportagem foi muito bem conseguida e posso dizer mesmo arriscada.
    Muitos Parabens a TVI.
    No entanto surreal o que está a acontecer no nosso território... não palavras para descrever toda esta falta de civismo e principalmente como é possível alguns seres humanos não olharem a meios para atingirem os seus interesses pessoais, esquecendo-se que o meio ambiente é um bem de todos e que não podem usar e abusar dele.
    :disgust::disgust:

    È muito triste...
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. thunderboy

    thunderboy
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    27 Nov 2008
    Mensagens:
    2,014
    Local:
    Alcanena/Aveiro
    Tutela investiga resíduos industriais perigosos em Alcanena

    O Ministério do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional (MAOTDR) está a investigar a deposição ilegal de resíduos industriais perigosos num terreno em Alcanena, denunciada pela associação ambientalista Quercus e por uma reportagem da TVI.

    Em comunicado divulgado terça-feira a Quercus apontava a deposição ilegal de resíduos industriais perigosos num terreno junto à auto-estrada A1, em Covão do Coelho, Alcanena, numa zona próxima de uma falha geológica em área de máxima infiltração no maciço calcário estremenho, junto do Parque Natural das Serras d´Aire e Candeeiros.

    «As entidades inspectivas e fiscalizadoras do MAOTDR estão a proceder a diligências no sentido da recolha de provas quanto à responsabilidade das descargas, incluindo a recolha de amostras de resíduos para análise laboratorial», disse fonte da tutela, contactada pela Lusa.

    No entanto e apesar de questionado nesse sentido, o MAOTDR não esclarece há quanto tempo tem conhecimento da situação.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  12. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    6,685
    Local:
    Figueira de Castelo Rodrigo (650m)
    Só vi hoje este documentário e fiquei chocado com esta triste realidade:disgust:

    Espero que sejam tomadas medidas para punir os culpados e tentar remediar as zonas mais poluidas.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  13. joseoliveira

    joseoliveira
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    18 Abr 2009
    Mensagens:
    2,889
    Local:
    Loures (Moninhos) 128m
    Olá!

    A localização referida no comunicado, por si só revela o grau de perigosidade, daí que a urgência em resolver este assunto é para ontem, já para não falar da agravante da chegada do Inverno pelo normal aumento dos valores de precipitação e cujos resultados são certamente óbvios.

    A última frase denota que a pressão existe ou então não passa de um gravíssimo acto de negligência pura e simples; das duas, qual a mais grave?
    Se estou enganado, as minhas sinceras desculpas!

    thunderboy, visto que estás mais próximo do acontecimento, na medida do possível, vai colocando-nos ao corrente da situação.
    É daqueles casos típicos que só exercendo pressão sobre o problema e que não caia em esquecimento, se pode obter um resultado com vista ao bem estar de quem realmente merece que são as populações.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  14. thunderboy

    thunderboy
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    27 Nov 2008
    Mensagens:
    2,014
    Local:
    Alcanena/Aveiro
    Este concelho é demais...
    Não só são depostos os resíduos industriais na serra, mas aqui bem mais perto, por vezes ouço uns camiões muito suspeitos a passar...
    Camiões esses que já foram vistos por várias pessoas, e pelo que se suspeita vão descarregar ainda mais resíduos aqui na ETAR conhecida pelas suas descargas que matam grandes quantidades de peixe no rio Alviela.

    Aqui fica uma noticia e um comentário que achei interessante acerca do assunto.




     
    Collapse Signature Expand Signature
  15. joseoliveira

    joseoliveira
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    18 Abr 2009
    Mensagens:
    2,889
    Local:
    Loures (Moninhos) 128m
    "Firmino Oliveira lamentou, ao "Diário de Notícias", que apenas a GNR tenha comparecido no local e sem meios para uma intervenção imediata que permitisse identificar os autores do crime ambiental. "A GNR não dispõe dos equipamentos que permitam fazer recolha de amostras de água e de peixe para análises e o Ministério do Ambiente não compareceu no local o dia inteiro", disse ao "Diário de Notícias"."

    Que a GNR não esteja munida de meios com vista à recolha de vestígios destes poluentes em particular para efeitos de análises, até se compreende ou se justifica, quando muito se fizesse acompanhar de uma equipa laboratorial com essa função; agora o que obviamente se considera no mínimo vergonhoso, é que tais elementos da autoridade e para a qual estão no exercício das suas funções, afirmem que a falta de meios eventualmente técnicos mas sobretudo dissuasores, sejam as razões do insucesso destas operações!
    O facto de naquele dia nenhuns membros do Ministério do Ambiente terem comparecido, não é inédito e possivelmente surgiram outras prioridades que impediram a sua presença!!!

    Que dizer...?! :disgust:
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página