Análise da Pressao Atmosférica

Tópico em 'Aprendizagem e Formação' iniciado por d.b.cardoso 19 Set 2010 às 21:54.

  1. d.b.cardoso

    d.b.cardoso
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    19 Set 2010
    Mensagens:
    2
    Local:
    Azeitao
    Caríssimos,

    numa das aulas de 3 ano do ensino primário, lembro-me que estudei a prassao atmosferica de uma forma muito básica. Efectuou-se uma experiência que consistia em arranjar um frasco de compota e colocar à volta do gargalo um balão (uma vez que se trata de um material elástico, impermeável e que nao deixa passar o ar). Isto para quê? Para manter a pressao dentro do frasco constante.
    Colou-se entao uma regua em cima do gargalo e como podem imaginar, se a pressao exterior for maior do que a interior, será exercida uma força sobre o "elástico do balão" que faz descer a ponta da regua do lado do gargalo e na outra extremidade irá levantar, onde se encontra uma escala... Espero que me tenha feito entender.


    A minha questão é. Se a pressao atmosferica aumentasse muito de um dia para o outro a professora dizia que ia acontecer... supondo, trovoada. Se aumentasse lentamente iria, por exemplo, chover. Ja nao me recordo do que a professora ensinou, apenas me lembro que o que ela dizia acontecia de facto e tenho procurado sites na internet que expliquem como se pode prever o tempo para 1 ou 2 dias apenas estudando a pressao atmosferica. Gostava que alguem me ajudasse, porque é deveras um assunto interessante, e nao tenho conseguido encontrar informação.

    Com os meus melhores cumprimentos
    Daniel Cardoso
     
  2. d.b.cardoso

    d.b.cardoso
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    19 Set 2010
    Mensagens:
    2
    Local:
    Azeitao
    é isso mesmo, barómetro caseiro, obrigado, contudo lembro-me que se poderiam tirar mais conclusoes do que os apresentados no site. (Aumento da pressao, tempo bom. Diminuição da pressao, tempo mau). Ou seja lembro-me que se o aumento da pressao fosse repentino teria um significado diferente do que se fosse lento, e era so isso que queria que me explicassem. O que significa um aumento repentino, lento, diminuiçao lenta e repentina.

    Daniel Cardoso
     
  3. Zerrui

    Zerrui
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    9 Jul 2010
    Mensagens:
    37
    Local:
    belas
    Olá D.B.Cardoso:
    A designação instabilidade lembra-nos logo que algo não está bem (alguns meteorologistas falam em tempo instável mas o que pretendem dizer é atmosfera instável que, isso sim, tem significado meteorológico...). Quando a atmosfera abaixo dos 9, 10km está instável, há motivos para recearmos vento mais forte, nebulosidade, precipitação, trovoada, ou seja, fenómenos que, para vulgar gente das cidades, representam 'mal-estar'. Ora, a instabilidade atmosférica significa que o ar tende a subir nessa região e, para compensar esse desaparecimento para cima, tem de aparecer mais ar vindo dos lados, junto ao solo, o que é, nem mais nem menos do que vento. Se esse ar que chega for mais húmido e/ou mais quente e se continuar a sentir a tal instabilidade que leva as partículas a subir, entra em funcionamento a máquina a vapor atmosférica onde o calor é fornecido pelo Sol e armazenado no ar por um processo de evaporação da água à superfície. Essa máquina acelera o movimento ascendente, o ar arrefece e o vapor(água invisível) dá lugar a nuvens (água visível) até se estabilizar a atmosfera. Mas, por cima, pode haver ar muito mais frio e o ar que vinha do solo pode continuar a subir, cada vez mais depressa, cada vez com maior turbulência, dando lugar a nuvens de trovoada! Então, se um barómetro, mesmo que improvisado, começa a indicar uma suave descida de pressão, poderemos admitir que podem vir a aparecer nuvens e, se for uma descida brusca, poderá até chover ou, no limite, haver trovoada. Não sou capaz de lhe dizer quais são os valores da PA de cada um dos casos mas é mais vantajoso reparar nas oscilações dos valores. Os barómetros decorativos baseiam-se precisamente nessas variações, a que juntam a humidade relativa do ar. Os anticiclones e as depressões 'não respeitam' nenhuma escala de valores, devendo ser considerados como referências do campo da PA, estando aqueles onde ela é mais alta e as depressões onde ela é mais baixa. Não consigo dizer-lhe estas coisas com maior simplicidade e recomendo que consulte nos sites meteorológicos as áreas de glossário, terminologia, formação, etc. Pouco a pouco irá conhecendo a atmosfera. Se recorrer à wikipedia... seja cauteloso!
    Zerrui
     

Partilhar esta Página