Apresentação de um meteorologista

Tópico em 'Aprendizagem e Formação' iniciado por meteorologist 29 Dez 2008 às 00:19.

  1. meteorologist

    meteorologist
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    6 Out 2008
    Mensagens:
    8
    Local:
    Aveiro
    Boa noite a todos. Sendo este o meu primeiro post gostaria de me apresentar :D.
    Chamo-me Tiago sou do Porto e sou licenciado em Meteorologia Oceanografica Física pela Universidade de Aveiro que conclui com o seguinte tema de seminário "Diagnosis and Modelling of the Tropopause in the Euro-Mediterraneam Region" através da utilização do modelo meteorologico WRF e sob orientação cientifica do Professor Doutor José Castanheira. Neste momento encontro-me a tirar um mestrado de bolonha com o mesmo nome que não é nada mais do que a minha licenciatura +2 cadeiras+ dissertação. Em termos profissionais encontro-me a exercer profissão na Martifer Energy Systems onde faço previsões meteorologicas e das condições de agitação marítima.
    Com base nos meus conhecimentos, gostaria de oferecer o meu contributo para ajudar pessoas que estejam interessadas em iniciar carreira nesta área cheia de Física e Matemática.
    Os meus principais interesses são:

    Vortice Polar
    ENSO
    PNA (Pacific north american oscillation)
    Nuvens estratosféricas polares, PScs
    NAO
    Ondas planetárias
    Paleoclimatologia
    e Modelação Numérica do Tempo e do Clima

    Há mais colegas de profissão aqui pelo forum?


    Obrigado. :D
    Abraço a todos e disponham
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Olá, bem vindo ao fórum, contamos com a tua participação.

    Quanto aos colegas de profissão, há alguns mas com honrosas excepções, a maioria opta pela discrição :D nunca percebi muito bem porquê.

    À semelhança do que acontece lá fora, um fórum como este é um excelente local para divulgação "pessoal" e networking, dar nas vistas profissionalmente, e sendo a meteorologia (ou a climatologia) uma área tão complicada de arranjar emprego em Portugal, às vezes fico surpreendido com tanta discrição, sobretudo por parte dos estudantes da área, que há cá bastantes no fórum, mas lá está, bastante discretos.

    Mas julgo que com o tempo isso também mudará, é um problema comum a muitas outras áreas profissionais em Portugal onde ainda há bastante relutância em as pessoas se exporem profissionalmente e publicamente num fórum de discussão na Net, há um certo conservadorismo nesse aspecto, uma coisa tipicamente portuguesa. Mas lá chegaremos pois por exemplo a nível de blogues temáticos e profissionais percebe-se que as coisas vão mudando.

    Fico também satisfeito por saber que trabalhas nesta área mas no sector privado.
     
  3. rozzo

    rozzo
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2006
    Mensagens:
    1,901
    Local:
    Lisboa
    Olá Tiago! Bem vindo!
    Posso-te chamar então colega pois tenho também a licenciatura como a tua, mas na Fac.Ciências da Univ. Lisboa, e também tal como tu estou a fazer a porcaria de cadeiras e tese suplementar que nos obrigam a fazer e a pagar para o grau de Mestrado.. :unsure:
    Curioso realmente saber que trabalhas a fazer previsão numa entidade privada! :D
    Agora fiquei com a pulga atrás da orelha!
    Hás de explicar mais sobre essa empresa! ;) :D
     
  4. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    467
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    Ate que enfim!!!!
    Desculpem a minha emoçao mas era mesmo disto que eu estava a procurar...

    Ora bem, eu chamo me Tiago, sou da regiao de Leiria estou no 12º ano.
    Sou um bom aluno e para alem disso adoro Fisica e Matemática!!
    E claro adoro tudo o que esteja relacionado com a meteorologia e climatologia.

    Neste momento estou no meio de uma imensa confusao pois nao sei o que hei de seguir na universidade. Mas passo a explicar primeiro. Eu estou a pensar tirar o curso de MOG seja em Lisboa ou em Aveiro, mas como sabem esta area é pouco falada e o que me dizem é que nao ha emprego.
    Na verdade, por vezes, é necessário escolher algo de que se gosta menos e ter emprego do que escolher algo de que realmente se gosta mas nao se tem emprego....


    Com isto o que eu pretendia era, ou melhor, precisava mesmo da vossa ajuda para resolver este assunto.

    Acham que vale a pena arriscar nessa area ou é preferivel outra area???
    Uma vez que estao integrados neste assunto, como é a empregabilidade em Portugal nesta area???

    Por favor pedia a vossa ajuda imediata... Porque estou a desesperar com esta minha dificil decisao.

    Toda a informação e ajuda que me possam dar eu agradeco!!!!


    MUITO OBRIGADO A TODOS :rolleyes:
     
  5. rozzo

    rozzo
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2006
    Mensagens:
    1,901
    Local:
    Lisboa
    Tiago.. Só tu sabes as prioridades..

    O curso de MOG, da minha experiência e dos meus colegas o que posso dizer é que não conheço um único que esteja desempregado. Isso é um bom sinal, todos nós tivemos e vamos tendo emprego até agora.. PONTO A FAVOR
    Agora pelo contrário, apesar de todos termos emprego, poucos temos um muito estável, andamos quase todos em regime de bolseiros de investigação.. Ganhamos um bocado razoável mais que o ordenado mínimo, e não temos descontos, mas também não temos grandes regalias e são coisas a prazo, sem futuro certo.. PONTO CONTRA
    Mas também não necessariamente tudo negativo, depende de como te "mexeres" e "safares", do tipo de projectos e oportunidades que vão surgindo e como te orientares.. Há pessoal em bolsas a ganhar 750 sem grande futuro garantido e pessoal em Doutoramentos a ganhar bem mais e com bom futuro, é uma questão de uma pessoa se mexer e ser aplicada e eficiente no que faz. ;)
    Quanto ao tipo de saídas, sabemos que o nosso IM está muito em baixo, entrar para lá para já é quase mentira, até quem lá está anda aflito!
    Claro que se fosses tirar o curso, até lá é suposto muita coisa melhorar.. Mas nunca fiando..

    Resumindo..
    Até agora não vi ninguém ficar no desemprego com o curso de MOG aqui de Lx, de Aveiro não sei, o colega que abriu o tópico saberá!
    Mas.. Também não será por aqui que vais ficar rico concerteza, isso podes ter certeza! :D
    É portanto veres até que ponto vai realmente o teu gosto por isto, e a tua ambição de vida!
    Não está tão mal assim como pintam, mas também não um mar de rosas, mas isso actualmente nada é.. ;)

    PS: E depois o curso em si, há que ter em atenção! Muita gente que cá entra vem a pensar em frentes frias, nuvens, etc, uma beleza, mas o curso é bastante difícil, muita física e matemática aplicadas, anos de equações, um quebra-cabeças! Faz-se é claro! Mas está longe de ser facilidades! Embora pense que no pós-bolonha esteja um pouco mais simplificado, aliás bastam os 3 anos para licenciatura..
     
  6. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    467
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    Obrigado!!!!!!!
    Pois é assim... Eu nao quero ficar rico claro, desde que faça o gosta e seja feliz... Mas ate me deste boas noticias, porque afinal nao esta assim tao mal quanto parece...
    E claro a vida nao se mexe por ela, temos de ser nos a move-la.

    Quanto àquela visao cor-de-rosa do curso, eu tou bem ciente.
    de que nao é assim... Eu por acaso gsoto imenso de matematica e de fisica e mesmo que nao va para o MOG irei para outro que inclua essas disciplinas.

    Mas MUITO OBROGADO. Qualquer duvida eu sei que posso perguntar.
     
  7. meteorologist

    meteorologist
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    6 Out 2008
    Mensagens:
    8
    Local:
    Aveiro
    Boa tarde a todos, caro Hurricane a meteorologia como meu colega de formação disse não é um mar de rosas. O curso tem partes chatas outras melhores e interessantes mas todas são importantes na nossa formação. Muitas vezes dei por mim no inicio da licenciatura a pensar "para que é que vou precisar disto" mas a realidade é que nesta área nunca se sabe tudo e obriga-te ( como em todas as áreas das ciências) a uma constante investigação. É uma área também muito diversificada já que necessitas de grandes conhecimentos em programação por vezes em Linux e "partir muita pedra". A Física e a Matemática que falas são apenas a ponta do Iceberg. Mas asseguro-te de que é uma área interessante na qual eu decidi arriscar mesmo que quando eu estava na tua situação ouvia as mesmas historias. Emprego? Actualmente nada está facil. Mas podes sempre tentar a força aerea já que abre concursos de forma regular. No entanto não te sei dizer como andam as coisas por lá. Mas há sempre bolsas de investigação para quem acaba o curso e acredita que não são muitos, embora bolonha tenha mudado as regras do jogo.
    Gostaria de te deixar um conselho, se tiveres possibilidade nunca te dês por satisfeito com a licenciatura de bolonha e recomendo-te vivamente fazeres a formação de segundo ciclo. Isto porque com 3 anos de licenciatura... acredita que não sabes grande coisa do assunto e mesmo com 5 as vezes... Se fores como eu quanto mais apreendes mais queres apreender.

    Qualquer duvida dispõe.
    Abraço
     
    Collapse Signature Expand Signature
  8. rozzo

    rozzo
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2006
    Mensagens:
    1,901
    Local:
    Lisboa
    Pois, também penso que a licenciatura actual de 3 anos seja fraca, não só em currículo, porque isso é discutível, mas mesmo em conhecimento e prática, pois faz-me imensa confusão que num curso chamado Meteorologia Oceanografia e Geofísica as principais cadeiras destes 3 temas existam basicamente nos 2 anos de Mestrado, ou seja.. Parece-me que as cadeiras dos 3 primeiros anos são pouco direccionadas ainda, mais física e matemática que outra coisa...

    E sim, nem me lembrei da programação.. (já me basta lembrar dela o dia todo no trabalho..) :rolleyes:
    Amada por uns.. Odiada por outros.. Mas usada por todos que saiem deste curso!! :p
     
  9. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    467
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    Obrigado. Acho que percebi o teu conselho e sinceramente fiquei com a ideia de arriscar porque eu adoro estudar e aprender coisas novas.

    Quanto à força aerea, eu nao posso porque devido a uma queda na escola fiquei com uma falta de mobilidade no braço.

    Mas claro ha sempre a hipotese de investigaçao e bolsas.

    Quanto à programaçao nao estou muito treinado nessa area mas claro que não é nada que nao se aprenda.

    Mas gostava de fazer mais 2 perguntas. Este curso abrange mais horizontes???
    Do género, ha cursos muito espcificos que so dao para aquilo por exemplo e outros mais abrangentes que dao para outras areas.

    E mais uma pergunta. Como é a empregabilidade ao nivel privado em portugal??
     
  10. meteorologist

    meteorologist
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    6 Out 2008
    Mensagens:
    8
    Local:
    Aveiro
    Empregabilidade no sector Privado? Pois para te dizer não sei bem, porque eu mal acabei o curso arranjei logo emprego.
    No curso fomos informados de que havia interesse de uma empresa em contratar alguém da área. Após entrevista de quase 45 minutos eu fui o seleccionado.
    Mas considero que infelizmente como o meu caso hajam poucos, seja na área da meteorologia seja noutras áreas já que isto está difícil para todos os jovens licenciados. Podes considerar sempre as empresas ligadas ao ramo das energias renováveis, mas aviso-te que no sector privado também não está fácil até porque é difícil identificar empresas potenciais empregadoras nesta área. Há casos verdadeiramente curiosos. Uma pessoa conhecida minha trabalha numa empresa de iogurtes e já me veio pedir ajuda para identificar riscos de ondas de calor para eles se prevenirem e fabricarem mais iogurtes liquidos que têm muito mais saida durante estes periodos. Nunca me tinha passado pela cabeça que uma empresa de iogurtes chega-se à conclusão o quanto a meteorologia é importante para a sua actividade.
    Como podes ver as saídas do curso no sector privado podem ser difíceis de serem "quantificadas".

    Qualquer questão dispõe.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Eu tinha estado a falar com o rozzo esta manhã sobre a empregabilidade, de sectores onde o knowhow de meteorologia podia ser útil, e ainda há bastantes. Da construção à energia, das seguradoras à agricultura, há imensa coisa onde a previsão e acompanhamento meteorológico encaixaria bem em organizações que primam pela excelência no planeamento da sua actividade. Mas de tudo o que pensei, os Iogurtes nunca me passariam pela cabeça :D
     
  12. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    que cadeiras sao precisas ao certo para este curso?
    a programação o que é ao certo? é mexeres nos modelos e introduzir formulas?
    é verdade que os computadores fazem quase todo o trabalho?
     
    Collapse Signature Expand Signature
  13. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    467
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    Pois. Realmente hoje em dia as areas começam a ficar muito interligadas e a ciencia muito diversificada!!!!

    Pois eu percebo.
    Tudo depende das oportunidades e principamente saber procura-las.

    Ja agora gostaria de perguntar. Se calhar é um pouco pessoal mas... :)

    Nao está entao arrependido do curso que tirou??
    Porque podia pensar que se tivesse escolhido outra coisa teria sido melhor.
    Eu tenho uma prima que terminou agora um doutoramento em quimica e temos falados destas questoes e disse-me que se fosse agora teria escolhido outra area, como a medicina.

    Aquilo que tenho medo é de depois me vir a arrepender e pensar que podia escolher outra area!!!

    Obrigado pela sua atençao.:thumbsup:
     
  14. meteorologist

    meteorologist
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    6 Out 2008
    Mensagens:
    8
    Local:
    Aveiro
    Vince o problema é que na área da meteorologia pode haver empresas interessadas nos nossos serviços e nós nem temos conhecimento delas. Se formos a ver à muitas empresas interessadas na meteorologia. Nos USA à seguradoras que possuem meteorologistas para monotorizar a PNA entre outros fenómenos e que resultam num reajustamento do preço dos seguros mediante os riscos envolvidos.

    Stormy a meteorologia explica-se com base em muitas equações que traduzem fenómenos físicos, desde o movimento de massas de ar a fenómenos termodinamicos de grande complexidade. Uma das coisas mais difíceis em meteorologia está relacionado com o calculo das trocas de calor (latente e sensível) e que são responsáveis pelo "motor" do sistema. O simples processo de determinar a presença de nuvens (massa por área) é algo quase impossível resolver de forma analítica. É para isso que servem os computadores e os modelos meteorológicos que com o auxilio de métodos numéricos e esquemas computacionais permitem resolver diversas equações. As necessidades de um meteorologista em programação estão relacionados com a construção de algoritmos que permitam efectuar um determinado calculo, tratamento de dados, representação gráfica das variáveis. No entanto os computadores são máquinas e como máquinas têm que ser programadas. Para eles fazerem o trabalho todo é preciso que alguém já tenha partido muita pedra. É preciso perceber sempre o que o computador está a fazer (quais os pressupostos) para poderes confiar nos resultados. Não basta premir uma tecla e já está.
    As cadeiras necessárias prendem-se com muita matemática (umas 6 disciplinas onde saliento a Álgebra Linear e Geometria Analítica, diversos cadeiras de cálculos, métodos estatísticos e métodos numéricos), física( n^inf cadeiras, como termodinâmica, electromagnetismo,ondas (não está relacionado com as ondas do mar mas sim ondas como oscilações onde falas de ondas electromagnéticas e mecânicas), e diversas cadeiras de meteorologia), na parte da programação tens o essencial Matlab, o Fortran e convém conheceres outras linguagens como o C++, conhecimentos de UNIX, Bash... etc etc. :D

    Hurricane podes me tratar por tu até porque sou um rapaz novo :-D. Quanto à tua questão a minha resposta é não, não estou arrependido. Tirei o curso que gosto e não me vejo numa outra área a desempenhar uma outra coisa que goste tanto como esta.

    PS- Peço desculpa pelo testamento. ;)


    Qualquer questão disponham.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  15. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    7,132
    Local:
    Olhão (24 m)
    Que alegria que fiquei ao ler as cadeiras que se têm em meteorologia algumas devem até ter equivalência a cadeiras do meu curso "Engenharia Eléctrica e Electrónica" ramo de energia como: a algebra linear, as matemáticas, a análise numérica, electromagnetismo e essa cadeira das ondas electromagnéticas que vou fazer como opção, já disseram-me que é de uma pessoa ir às aranhas, claro o matlab, e programação em C++ quem sabe se daqui a uns aninhos não vou tirar meteorologia.:D
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página