Asteróide 2007 TU24 - Passagem próxima a 29 Janeiro

Tópico em 'Astronomia' iniciado por Luis França 13 Jan 2008 às 23:55.

  1. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Olha, olha, então o tal asteróide a caminho de Marte afinal tem um "irmão" que passa perto da Terra também? E está nesta página da NASA guardada em cache pelo Google pois já a desligaram, não vá algum curioso espalhar boatos por aí. Imaginem o que poderia acontecer.

    link
     
  2. Minho

    Minho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2005
    Mensagens:
    4,091
    Local:
    Melgaço
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    Está lá na página Impact Probability: 3.9e-08

    O que dá:



    Portanto tudo bem ;)
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    Uff...:hehe:


     
    #3 Luis França, 14 Jan 2008 às 18:49
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 04:03
  4. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    Cá estaremos para observar as notícias. ;)




    ssd.jpl.nasa.gov
     
    #4 Luis França, 17 Jan 2008 às 21:35
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 04:03
  5. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    [​IMG]

    Tom's Asteroid Flybys Webpage

    Tom's Asteroid Flybys - 2007 TU24 @ 2008-01-29 07:11:00
    Minimum Distance (A.U.) 0.003705
    Date/Time of Minimum Distance 2008-01-29 07:11:00
    Maximum Predicted Brightness 10.3
    Date/Time of Maximum Brightness 2008-01-29 12:00:00
    Maximum Apparent Speed (arcseconds/minute) 208.55
    Date/Time of Maximum Speed 2008-01-29 10:00:00
    H (Absolute Magnitude) 20.2
    Oppositions 1
    Duration of Observations 99 days
    Potentially Hazardous Asteroid? Yes


    Minimum Orbital Intersection Distance

    The minimum orbital intersection distance (MOID) is the minimum distance between the osculating orbits of two objects. It indicates the closest possible approach of the two objects except where excluded by protective resonance.

    As such, the MOID can act as an early warning indicator for collision between an asteroid and a planet. A large MOID between and asteroid and the Earth indicates the asteroid will not collide with Earth in the near term.

    Asteroids with a small MOID to Earth should be carefully followed because they can become Earth colliders.

    Because of long-range planetary gravitational perturbations and, particularly, close planetary approaches, asteroid orbits change with time.
    Consequently, MOID also changes. As a rule of thumb, MOID can change by up to 0.02 AU per century, except for approaches within 1 AU of massive Jupiter, where the change can be large.
     
  6. iceworld

    iceworld
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    18 Dez 2007
    Mensagens:
    1,051
    Local:
    coimbra ( 85m )
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    Obrigado !! :eek: :eek:
     
  7. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    Como vai estar o céu no dia 28 de Janeiro - Marte por cima de Órion, o Holmes perto de Algol, Sedna e TU24 perto de Perseu.

    [​IMG]


    AA não saias de cá que eu quero ver o céu estrelado...
     
  8. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    AInda consegui extrair estes dados da NASA antes de desligarem a página (pode ser que a reactivem mais tarde).

    [​IMG]

     
  9. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    É uma passagem próxima, mas é mais uma entre muitas outras. O maior problema dos Asteroides nem são os que nós conhecemos mas os milhares de outros que não sabemos sequer da sua existência. Este foi apenas descoberto há 3 meses apesar de andar pelo espaço há milhares ou milhões de anos. Estima-se que todas as semanas haja várias passagens próximas da Terra de Asteróides completamente desconhecidos para nós ou que só os detectamos a quando da passagem. O que querem fazer ? Viver o resto da vida em stress permanente fechados numa capela a rezar ? Nã...... quando acontecer aconteceu, paciência, pode ser daqui a bocado ou pode ser daqui a milhares de anos. Como tudo o resto, daqui a pouco pode haver um grande terramoto, cair-me um vaso na cabeça ou posso ser atropelado ao ir tomar um café. É a vida. E é frágil.

    PS: O site da NASA está perfeitamente operacional, está é de vez em quando com problemas de sobrecarga como é natural, pois o site está a ser linkado de muitos outros sites e os media estão a falar do assunto.

    http://neo.jpl.nasa.gov/news/news157.html
     
  10. HotSpot

    HotSpot
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Nov 2006
    Mensagens:
    3,613
    Local:
    Moita, Setubal
    Re: Asteróides, cometas e afins - 2008

    O meu presente de natal foi um telescopio e a bem dizer ainda mal peguei naquilo. Vi a lua e fiquei fascinado, também era dificil não ver.

    E o TU24 como se vai ver com um telescopio normal como o meu?
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Quase em simultâneo o TU24 (29 Janeiro) e o WD5 (30 Janeiro) cruzam o céu.

    2007 WD5 Mars Collision Effectively Ruled Out - Impact Odds now 1 in 10,000

    [​IMG]





    Goldstone radar observations of near-Earth asteroid 2007 TU24 last night were successful. We would like to thank the following stations for providing astrometry after we announced our plans to observe this asteroid:

    204 Schiaparelli Observatory Italy
    432 Boambee Australia
    448 Desert Moon Observatory United States
    E12 Siding Spring Australia
    I77 CEAMIG-REA Observatory Brazil

    The observations reveal an object roughly 250 meters in diameter, with an interesting shape, and strongly suggest that rotates slowly.

    The radar astrometry we obtained reduced the asteroid's three-sigma range uncertainty at 00:00:00 UTC on Jan. 24 from about 2/3 of an Earth radius to ~30 meters. Consequently, we have cancelled our request for optical astrometry to support the rest of the radar campaign.

    Dr. Lance A. M. Benner
    Research Scientist
    Jet Propulsion Laboratory

    [​IMG]
    For the January 29th encounter, near Earth asteroid 2007 TU24 has no chance of hitting, or affecting, Earth.

    Mas fiquei com uma dúvida pertinente. Porque é que só neste asteróide (TU24) a Nasa diz o seguinte: não vai atingir nem afectar a Terra? No WD5 nada é dito nesse sentido...será porque não há vida em Marte? :D
     
  12. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Um video fenomenal do Phil Plait acerca da paranoia de medo, disparates e mentiras que os doomsayers (aka, mensageiros do apocalipse) estão a espalhar na Net por causa do TU27:

     
    #12 Vince, 25 Jan 2008 às 22:06
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 03:52
  13. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    O WD5 despertou uma enorme curiosidade na comunidade cientifica, muito superior ao TU24 que passará mais próximo de nós, porque após a sua descoberta nos primeiros cálculos chegou a ter boas probalidades de colidir com Marte.

    Assistir e estudar um impacto de um asteroide de 50m, provavelmente idêntico ao da explosão de Tunguska/Sibéria em 1908, e num planeta tão próximo como Marte, seria extremamente valioso e uma oportunidade única para a ciência estudar os efeitos de tal colisão. Até porque colisões como esta de 50m já são muito mais frequentes na Terra do que asteróides gigantes.
    Posteriores cálculos diminuiram consideravelmente as probalidades de impacto e naturalmente o interesse por este calhau também diminuiu na mesma proporção.





    Nos variados artigos sobre ele dizem que sim, que é possível vê-lo com um telescópio modesto, mas penso que não será nenhuma visão excepcional, pois tem 500m de diametro e passará a 538,000 km da Terra.
    A ver se o astrofotógrafo do forum sabe de algo mais sobre o assunto.

    A primeira fotografia conseguida até ao momento é esta:

    [​IMG]

     
  14. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Asteroid 2007 TU24 hurtles past Earth

    Mike Nolan, head of radar astronomy at the Puerto Rico observatory, said: “We have good images of a couple of dozen objects like this, and for about one in ten, we see something we’ve never seen before. We really haven’t sampled the population enough to know what’s out there.”

    Tomorrow, the 2007 WD5, another asteroid, is due to shoot within 16,250 miles of Mars. Initial calculations had suggested the object may collide with the red planet, but that has now been virtually discounted.

    Measuring about 50 metres across, it would have delivered an impact equivalent to a three-megatonne nuclear weapon, which could have been monitored by European and US satellites positioned nearby.
     

Partilhar esta Página