Onda de calor de Junho de 1981

Tópico em 'Eventos Meteorológicos' iniciado por Vince 6 Jul 2010 às 17:39.

  1. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Em Junho de 1981 ocorreu em Portugal continental uma forte onda de calor.


    [​IMG]

    A onda de calor de 2003 foi mais extrema e de maior duração, mas esta onda de 1981 foi de extensão espacial superior. Mas o que impressiona neste evento de 1981 é a altura em que foi, meados do mês de Junho, entre os dias 10 e 20 de Junho. Em 1991 outra grande onda de calor decorreu entre 10 e 18 de Julho e a de 2003 decorreu entre 29 Julho e 15 de Agosto.

    O número de mortos nesta onda terá sido de 1900, e arderam cerca de 90 mil hectares em incêndios nesse ano.


    Algumas temperaturas que consegui recolher:


    Alcobaça: 40,8
    Alvega: 42,5
    Alverca: 43,5
    Anadia: 41.0
    Braga: 38,5
    Bragança:36,4
    Cabo Carvoeiro: 30
    Cabo da Roca: 39,5
    Caramulo: 34,8
    Castelo Branco: 41,2
    Coimbra: 41.6
    Coruche: 43,5
    Elvas: 42,5
    Évora: 41,0
    Fig. Castelo Rodrigo: 38.4
    Fundão: 39,4
    Lisboa Geofísico: 41,5
    Lisboa Portela: 43,0
    Lisboa Ajuda: 41,0
    Mirandela: 40
    Monção Valinha: 38,2
    Monchique: 36,5
    Monte Real: 42,3
    Montijo: 39,5
    Mora: 43,0
    Paços de Ferreira: 38,2
    Pinhão: 40,8
    Portalegre: 39,4
    Porto Serra do Pilar: 38.7
    Santarém: 43,5
    Setúbal: 41,9
    Sintra Granja: 41,4
    Tavira: 37,4
    V.R.S. António: 37,5
    Vila Real: 37,5
    Viseu: 39.0



    Alguns gráficos:


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  2. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    WOW!!
    O que seria se uma sinoptica dessas se instalasse algures entre 15 jul e 15ago...:shocking::shocking:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    8,025
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Não querendo fugir ao tema, a questão dos incêndios é mais relativa uma vez que já estávamos em grande défice de precipitação. O início dos 80's tiveram invernos muito secos a que se seguiram os verões com as normais vagas de calor.
     
  4. seqmad

    seqmad
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    27 Jun 2007
    Mensagens:
    217
    Local:
    Fogueteiro
    Boas,

    Quanto a este dia 14 de que eu me lembro bastante bem (vi o termómetro manhoso que tinha na varanda, na zona do Saldanha, com 43º e não queria acreditar) será que alguém me podia esclarecer se os dados da estação Lisboa/Portela dessa altura podem ser considerados oficiais?
    É que isto implica com o record absoluto de T de Lisboa: já vi em vários locais referirem o record absoluto de Lisboa de 43º (a que corresponde esta medição de Lisboa/Portela) e noutros locais de 41,5º (como seja no mais credível, o próprio IM - a que corresponde os dados desse dia de Lisboa/Geofísico).
    Então qual destes é o record absoluto oficial de Lisboa?
    A estação Lisboa/Portela de 1981 é a mesma de Lisboa/Gago Coutinho actual, certo? E já era oficial, ou só era a Lisboa/Geofísico?
     
  5. Chingula

    Chingula
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Abr 2009
    Mensagens:
    326
    Local:
    Lisboa
    Embora ambas as estações sejam oficiais...a série de observações do Instituto Geofísico D. Luis de Lisboa, tem mais de 100 anos e, para efeitos climatológicos, é importante o registo efectuado no mesmo local.
    Não é razoável comparar registos de observações de locais diferentes, embora dentro da mesma cidade.
    Por exemplo os registos das observações de Coimbra Geofísico (com mais de 100 anos) não podem (não devem) ser comparados com os registos das observações de Coimbra (Cernache - Aeródromo)...o mesmo se passa com a cidade do Porto (Geofísico no Monte da Virgem com o aeroporto de Pedras Rubras).
     
  6. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga


    O Chingula já referiu o Geofísico, quanto à Portela e Gago Coutinho também é tudo oficial, não são a mesma estação mas estão ambas próximas nas instalações do observatório do IM entre o aeroporto e a 2º circular. A Portela é uma estação climatológica clássica e Gago Coutinho é uma EMA mais moderna.

    -> Estação Meteorológica Clássica de Lisboa - Portela [IM]
    -> Estação Meteorológica de Lisboa - Gago Coutinho [IM]


    Quanto aos 43, há algumas semanas atrás também me fartei de procurar essa informação, e não sei de facto qual é o recorde absoluto (desde que há registos), mas penso que serão estes 43ºc. Contudo também penso que os 43ºC podem ser um arredondamento, ou seja, pode ter sido outro valor igual ou acima de 42,5ºC. Mas nunca consegui confirmação de quanto é mesmo. Nem sei se como o Geofisico tem um histórico muito maior se apenas consideram essa para uma espécie de recorde oficial de Lisboa.


    Este foi o post que escrevi na altura


     
  7. seqmad

    seqmad
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    27 Jun 2007
    Mensagens:
    217
    Local:
    Fogueteiro
    Ok, fiquei quase esclarecido, ou seja como referiram tem toda a lógica para efeitos climatológicos, devido ao longo tempo de existência, ser considerada a Lisboa/Geofísico, sendo esses os dados disponibilizados pelo IM, e como é lógico os máximos absolutos que referem na mesma informação têm obviamente que ser dessa estação, ou seja os 41,5.
    Quanto às estações Portela/Gago Coutinho, fico completamente surpreso de os dados da Portela serem arredondados à unidade(!), numa estação com a importância que tinha na altura; já para não falar nas discrepâncias que isso provoca comparando os dados desses dias mais quentes entre 2 estações a 80metros de distância!...
    Conclusão sobre o record absoluto de Lisboa sendo Portela oficial: é preciso obter os valores reais (à décima) para os 3 dias que o Vince referiu com os 43(arredondados)... Quem terá esses dados? O IM, certamente?... Não acredito que não existam...
    Era interessante esclarecer, acho que seria importante saber a T máxima oficial de sempre em Lx...
     
  8. Chingula

    Chingula
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Abr 2009
    Mensagens:
    326
    Local:
    Lisboa

    Pessoalmente penso que é correcto o valor de 41,5 ºC registado no Instituto Geofísico, pois pode ser comparado com os registos mais antigos...sem desvalorizar (desprezar) outros valores registados, por entidades credenciadas, em locais diferentes...pois o registo de uma estação só "retrata" a ocorrência em determinado local (na estação de observação) seja de que parâmetro meteorológico for.
     
  9. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Deixa-me esclarecer isto, os dados a que tive acesso é que estão arredondados, nomeadamente uma base de dados da NOAA, e geralmente estas bases de dados estão arredondadas porque a informação veio de synop ou metar. O IM terá os dados não arredondados obviamente. Eu é que não tenho acesso a eles.

    Como referi, fartei-me de procurar uma resposta mais exacta e não encontrei, de resto é um pouco frustrante este exercício em Portugal de encontramos dados para múltiplos fins, basta ver a quantidade de estudantes que por aqui vão aparecendo a pedir dados para simples estudos até do secundário, encontrar dados quanto mais não seja para uma discussão apaixonada de pessoas que se interessam por este tema e gostam de o debater é difícil e complicado. Volta e meia faço por aqui no fórum uns gráficos para ilustrar alguns debates, mas não imaginam a dificuldade que tenho em os fazer, por vezes tenho que cruzar dados de muitas fontes diferentes, em formatos diferentes, muitas vezes cheias de erros, é um pouco como tentar fazer omeletes sem ovos.

    Mas diga-se que não é um problema exclusivamente português, quase na Europa toda é assim, por contraste a outros países ditos "capitalistas" como os EUA, Austrália, etc, onde existem toneladas de informação disponível ao público. Navegar por páginas como esta por exemplo http://www.bom.gov.au/climate/data/ é um prazer, e ao mesmo um desgosto, em que percebemos o quanto estamos na pré-história da informação climática e meteorológica. Ainda hoje estive a navegar numa página chinesa a propósito de um tufão, e percebi que se calhar até na China existe mais informação pública.




    Eu discordo um pouco. O Geofísico é importantíssimo para vermos a evolução do clima ao longo de tanto tempo mantendo a mesma estação, mas penso eu, que desde que as outras estações mencionadas sejam estações de acordo com os standards da OMM, e são, os dados delas são perfeitamente válidos para estabelecer um máximo absoluto (ou mínimo) em Lisboa. Se a temperatura é bem medida, e se é em Lisboa, para todos os efeitos, é um registo válido como outros nas mesmas circunstâncias. Se for precipitação por exemplo, deixaríamos de considerar algo de excepcional que caísse nestas estações só por serem estações mais recentes ? Não, pois não.

    Falamos neste caso de temperaturas registadas em dado momento, não falamos por exemplo de uma tendência ou anomalia, aí sim, estações como o Geofísico são importantíssimas e essenciais, em que todo o longo histórico é de um valor inestimável.
     
  10. seqmad

    seqmad
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    27 Jun 2007
    Mensagens:
    217
    Local:
    Fogueteiro
    Não vou acrescentar grande coisa, mas só para concluir:
    1 – Subscrevo a indignação pelas enormes dificuldades na consulta, em Portugal, de dados totalmente básicos (temperatura numa Estação Meteorológica principal da capital) – o Vince diz que teve de recorrer a uma base de dados do NOAA, e imagino o tempo perdido com essa recolha de dados...
    2 – Vince, os primeiros dados que apresentas para uma série de localidades em Portugal estão à décima (incluindo Alverca e outras estações menos importantes), sabes se o valor aí referido para Lisboa/Portela também é? A fonte é a mesma? Era ridículo ser para as outras e não para essa...
    3 – Em definitivo: Portela é em Lisboa, estação oficial, portanto a resposta é: 43 graus. Sabemos que será algo igual ou superior a 42,5. Mais rigoroso, só sabendo talvez através de um pedido de informação ao IM (só pagando, suponho...).
    4 – A minha memória (bem clara) desse Domingo 14/6/81 é a de ter visto nos noticiários da noite que Beja chegou aos 43,3 e Lisboa aos 43 – a percepção que eu tive nesse dia e com que fiquei desde aí (pela TV e jornais do dia seguinte) é que foram mesmo 43,0 à décima. (desculpem o off-topic: eu era um puto com 12 anos que nesse ano por coincidência se começou a interessar por meteorologia – fiz um registo muito amador da T em todos os dias do ano e de várias horas desse dia 14/6, que ainda tenho).
    5 – Quanto à localização das estações para medir valores extremos, pelas imagens que vi da EMA/Geofísico (no meio das árvores e edifícios do J. Botânico), a Gago Coutinho parece estar numa localização mais correcta para obtenção de dados (sem obstáculos e sombras). Aliás, como já foi amplamente discutido (tópico EMA vs RUEMA) há RUEMAS e EMAS que pouco diferem nas (não ideais) condições envolventes... Já agora, entre os dados das RUEMAS que são para o lixo (leia-se sem validade, o que também concordo) lembro-me de ver o gráfico da da Baixa a ultrapassar os 45, se não me engano no 1/8/2003...
     
  11. vitamos

    vitamos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2007
    Mensagens:
    4,557
    Local:
    Lisboa; Costa da Caparica
    Apenas uma breve nota sobre esta afirmação: Percebo perfeitamente o que queres dizer. Sob o ponto de vista climatológico RUEMA's, na prática, são "lixo". Mas estes registos não deixam de ter a sua importância ao nível da análise de um evento. Os 45ºC na baixa, que pensas terem se verificado, e medição que acho plausível para o dia em causa, representam a realidade local (ambiente urbano), e são demonstrativas do intenso calor sentido nesse ambiente específico. Agora as RUEMA's valem o que valem, como já foi amplamente discutido.
     
  12. Chingula

    Chingula
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Abr 2009
    Mensagens:
    326
    Local:
    Lisboa
    Para além deste valor de 14 de Junho de 1981, o valor mais elevado da temperatura máxima, registado no Instituto Geofísico de Lisboa, foi de 41,8 ºC em 1 de Agosto de 2003.
    Esperemos que, dentro em breve (?), sejam públicos todos estes valores das observações, parece que as restrições vão terminar...
     
  13. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    A maioria da lista são dados à décima e serão supostamente rigorosos, de uns ficheiros antigos que tenho do Min. Agricultura com dados até à década de 80. Geofísico também, mas Portela e Gago Coutinho já foram de outra fonte, arredondada.



    Sim, as RUEMA são de outro campeonato, nada tem a ver com esta discussão, porque lá está, essas sim, não tem condições padrão da OMM. A finalidade delas é outra.
     
  14. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,244
    Local:
    Arroja, Odivelas (142m)
    Encontrei esta tabela referente ao episódio de calor de 2003, publicada na altura pelo IM.

    [​IMG]

    Sobre a onda de calor de Junho de 1981, vem apenas mostrar aquilo que também já tinham referido:

    -Os 41,5ºC registados no Geofísico a 14/06/1981, tinham sido o valor mais alto desde a entrada em funcionamento da estação: 1871. Valor superado a 01/08/2003, dia em que a estação atingiu os 41,8ºC.

    -A estação da G.Coutinho, que entrou em funcionamento em 1983, tem como recorde de temperatura máxima os 42,0ºC, duas vezes atingidos.

    Ainda a acrescentar que no episódio de calor de Junho de 1981, Viana do Castelo atingiu uma máxima de 38,6ºC, valor depois superado a 7 de Agosto de 2003.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  15. J.S.

    J.S.
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    26 Nov 2005
    Mensagens:
    390
    Local:
    Middelburg, Holanda
    Sorry, in English, but I once encountered a list of the values measured at Amareleja from 27 juli-17 august (or so) 2003. Does anyone have that list available.

    Seems to me that even the current warm period in SE Portugal is almost on par with the one in jun 1981.

    I find it really too bad that the IM has so little data available. Why do they not produce a daily list, with minimum, maximum and average temp, precipitation and sunshine? And then put it in an archive so you can look it up anytimeyou like. The KNMI has a list of all stations, going back to 1901 so you can get it from every day for every Dutch station ever since....
    May be it is money and the KNMI gets more than the IM. So it is easy to judge without knowing everything. But I find it a pity nevertheless.

    regards!


     

Partilhar esta Página