Primeira célula viva com genoma sintético

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por Rog 22 Mai 2010 às 19:52.

  1. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    Cientistas criam primeira célula viva com genoma sintético

    Aplicação biologicamente poderosa pode ajudar a compreender os mecanismos da vida

    Cientistas norte-americanos anunciaram ontem a criação da primeira célula viva com um genoma sintético, assim como as possíveis aplicações desta descoberta: compreensão dos mecanismos da vida e produção de vacinas ou mesmo de ingredientes alimentares.

    O anúncio foi feito por Craig Venter, fundador do Instituto com o mesmo nome, nos Estados Unidos, e co-autor da primeira sequenciação do genoma humano em 2000.

    “Este cromossoma - o elemento portador da informação genética - foi produzido a partir de quatro frascos de substâncias químicas e um sintetizador, e tudo começou com informações informáticas”, afirmou.

    Para o investigador, a descoberta é um “passo importante científica e filosoficamente”.

    "Mudou o meu ponto de vista da definição de vida e do seu funcionamento", acrescentou o investigador, cujo trabalho foi publicado na Science.

    Esta descoberta pode também ser importante para desenhar algas, que podem capturar o dióxido de carbono e produzir outros tipos de hidrocarbonos, que podem ser utilizados em refinarias.

    Novas substâncias

    Poderá ainda permitir a criação de novas substâncias ou ingredientes alimentares, produção de vacinas e até bactérias para limpar a água.

    "É uma ferramenta muito poderosa para projectar o que queremos que exista em Biologia”, resumiu.

    [​IMG]
    Colónia de Mycoplasma mycoides

    Em 2008, Vender e a sua equipa anunciaram que tinham conseguido um genoma bacteriano cem por cento sintético.

    Para criar esta célula, foi feita uma cópia do genoma existente, o de uma bactéria (Mycoplasma mycoides), mas com sequências de ADN adicional.

    Posteriormente, transplantaram o genoma sintético da bactéria para outra, denominado capricolum microplasma, conseguindo "activar" as células deste último.

    fonte: http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=42800&op=all#cont
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. joseoliveira

    joseoliveira
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    18 Abr 2009
    Mensagens:
    2,889
    Local:
    Loures (Moninhos) 128m
    Poderá ser um importante ponto de partida no campo da investigação.
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página