Santa Maria, Santo Estêvão, Pego do Inferno - Tavira 13.08.2012

Tópico em 'Natureza e Viagens' iniciado por Duarte Sousa 15 Ago 2012 às 23:32.

  1. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    3,457
    Local:
    Loures/Campo Grande (Lisboa)
    Um dia que tinha sido pensado em ser passado no Pego do Inferno, em Tavira, acabou por ser uma visita aos montes cinzentos de Tavira onde lavrou o incêndio que durou mais de 3 dias.

    Era a 1ª vez que íamos ao Pego do Inferno (eu e os meus pais), por este motivo acabámos por andar meio perdidos pelos montes ardidos de Tavira. Começámos por ir bem, mas em vez de virarmos para a rua certa, continuámos estrada acima.

    Quando decidimos dar a volta, fizemos uma pausa neste local:


    (clicar para aumentar)
    [​IMG]


    (clicar para aumentar)
    [​IMG]


    Perto da localidade de Talaeiros, freguesia de Santa Maria, Tavira.
    Algumas fotos (vista para o quadrante Sul):

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Mais à frente, uma nova pausa em plena estrada, cuja localização não consegui encontrar, mais umas fotos:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Continuámos, e já mais perto do Pego do Inferno, ainda sem sabermos a localização do mesmo, parámos numa aldeia, em que o cenário era tudo menos bonito:

    (clicar para aumentar)
    [​IMG]

    [​IMG]



    Aldeia da Bodega, junto à Ribª de Alportel, freguesia de Santo Estêvão.

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]



    Depois lá encontrámos o caminho para o Pego do Inferno, através da Ribeira de Alportel, que estava sequíssima:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    Algumas casas da aldeia anterior vistas de longe:
    [​IMG]
    __
    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    A ponte que liga(va) as duas margens da Ribeira da Asseca, ribeira que «fornece» água ao Pego do Inferno, que era composta por uma estrutura metálica/férrea e de madeira, apenas resta a parte metálica/férrea, pois o resto ardeu, pelo que agora é praticamente impossível atravessá-la:
    [​IMG]

    [​IMG]

    Coisas no local que achei «interessantes»:
    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,479
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    A vegetação está claramente seca, não admira que tenha ardido como ardeu.

    Bom registo :thumbsup:
     
  3. PedroAfonso

    PedroAfonso
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    18 Fev 2008
    Mensagens:
    1,137
    Local:
    Covilhã (700 m) / Almada
    Imagens que relatam bem o pesadelo que foi para a região os últimos dias de Julho. Parabéns Duarte.;)
     
  4. henriquesillva

    henriquesillva
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    13 Dez 2007
    Mensagens:
    496
    Local:
    Guimarães
    Tb lá estive neste verão, e de facto as imagens retratam o ambiente desolador desta paradisíaca zona. :surprise:

    Obrigado pela partilha :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  5. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    6,687
    Local:
    Figueira de Castelo Rodrigo (650m)
    Curiosamente também estive nessa zona no principio de Agosto era bem visível o rasto de destruição deixado pelo violento incêndio, algumas das fotos são de locais onde também estive. Durante esse passeio estive no marco geodésico de Alcaria do Cume a 525m, local com uma vista fantástica, infelizmente uma boa parte da paisagem foi destruída pelo fogo :(
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página