Barragem das Olgas - Ribeira do Arroio

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
A barragem das Olgas localiza-se na ribeira do Arroio, afluente da margem direita do rio Douro, cerca de 2,5 km a sul da povoação de Maçores e cerca de 8 km a sudoeste de Torre de Moncorvo, numa secção em que a bacia hidrográfica dominada é de 26,7,0km2.

Descrição

Trata-se de uma barragem de betão gravidade clássica, embora com uma ligeira curvatura seus encontros. O corpo da barragem é constituído por um bloco central com eixo rectilíneo, sobre o qual será implantado o descarregador de cheias e por dois encontros laterais curvilíneos, ambos cm raio de curvatura em planta de 200m. Para além do descarregador de cheias, esta barragem tem incorporados a descarga de fundo e a descarga de caudal ecológico. A altura máxima acima da fundação é de 34,5m, sendo que o coroamento tem um desenvolvimento de 123m de comprimento e um tabuleiro rodoviário com 7,5m de largura. A albufeira criada terá 11,14 hectares de área inundada e cerca de 938 800m3 de volume de armazenamento total à cota do NPA (381,55). A AdTMAD construiu também, uma torre de tomada tem 3 níveis distintos de captação, uma estação de bombagem implantada no interior da torre e um troço de conduta elevatória. Foi ainda construído um novo acesso de ligação da EM613 ao coroamento da barragem.

Finalidade

A finalidade desta barragem será a de assegurar o reforço do fornecimento de água bruta à ETA do Arroio, que alimenta o subsistema de abastecimento de água Olgas/Arroio, nomeadamente as freguesias de Açoreira, Felgueiras, Maçores, Mós, Peredo dos Castelhanos, Urros e Torre de Moncorvo do concelho de Torre de Moncorvo e a freguesia de Ligares do concelho de Freixo de Espada-à-Cinta, cuja população máxima actual foi estimada em cerca de 5.100 habitantes permanentes e 4.100 habitantes flutuantes.

http://terrasdeportugal.wikidot.com/barragem-das-olgas

Impacto ambiental.

Aqui ficam umas fotos.

dscf0529s.jpg


dscf0530d.jpg


dscf0541yl.jpg


dscf0543o.jpg


dscf0534z.jpg


dscf0539v.jpg


dscf0535p.jpg


dscf0531yw.jpg


 
Editado por um moderador:

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,015
Local
Aljezur (48m) - Faro (11m)
O problemas destas concepções inovadoras e bonitas são os aspectos mais simples como a limpeza das ervas, mato e algas. Imaginem o que será a limpeza daquela cascata quando se começarem a acumular as algas...
 

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,167
Local
Oeiras / VN Poiares
A "cascata" não está ali para ser bonita, nem para fazer aquele barulho engraçado da água a correr.
A finalidade dos degraus no canal de descarga de cheia é a dissipação da energia do escoamento de modo a evitar a erosão do leito e das margens a jusante da descarga. Imaginem aquela água toda em queda livre.
Há muitos descarregadores de cheia impressionantes em todo o país, eu pessoalmente acho lindíssimos os dois da Aguieira.