Descoberta pirâmide subaquática entre a Terceira e S.Miguel

Jorge_scp

Nimbostratus
Registo
17 Fev 2009
Mensagens
1,072
Local
Casal do Rato (Odivelas)
:confused:

Realmente pelo mapa batimétrico que se vê no vídeo, parece impossível a estrutura ser de origem natural, é demasiado grande e perfeito! Espero que não se faça disto um "segredo" e assim que desvendarem o mistério a resposta seja divulgada.
 

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,792
Local
Bragança (675m)

Oliveiraj

Cirrus
Registo
4 Set 2010
Mensagens
80
Local
Horta
Texto de Luis Gouveia:

Ontem fui surpreendido pela notícia da extraordinária descoberta de uma pirâmide submersa algures ao largo da ilha Terceira. A descoberta foi-me revelada ao telefone por um amigo que me relatava a notícia de capa do Diário Insular (DI) do dia 17 de Setembro: Descoberta Marítima de Diocleciano Silva – Pirâmide Perfeita. Afinal o meu grande amigo não estava no gozo, como é habitual...

Li a notícia e analisei a respectiva fotografia com excessiva rapidez, reflexo da típica ansiedade causada por uma fenomenal revelação e, à parte de uma primeira sensação de “algo não bate certo”, deixei-me levar pelo entusiasmo romântico do que poderia perfeitamente revelar-se como a descoberta do século! Já não digo do milénio porque enfim, temos muito para andar...

Voltei a ler a notícia com mais cuidado e resolvi colocá-la na minha página pessoal do Facebook, juntamente com algumas notas pessoais que revelavam por um lado, o desejo de que as suspeitas se vissem a confirmar - não só porque vibro com as descobertas da e sobre a humanidade e em particular porque sou um inveterado amante do mergulho e do mar - e por outro o meu cepticismo sobre tudo isto: Como poderia semelhante estrutura ter passado despercebida durante tantos anos e tão perto da costa a pescadores, Instituto Hidrográfico, etc.? Como teria o seu pináculo resistido às intempéries de milénios(?) com os as deslocações de água que ondas de 15m ou mais provocam mesmo a 40m de profundidade? E principalmente, como ninguém questionou tratar-se de um erro de sonda? Consequência imediata deste “post”, surgem os primeiros comentários e, outro amigo, o João M., aparece-me à espreita numa janelinha no canto do ecrã para um “chat”...

A conversa foi rápida e plena em sintonia, o que nem sempre é bom, pois muitas vezes chega-se a melhores resultados quando somos confrontados com ideias contrárias e não idênticas à nossa. De qualquer forma não compro ideias de barato e foram algumas das suas observações que me fizeram ver com mais clareza (o que agora já parece óbvio) e que depois de alguma investigação parecem ter mais fundamento do que as provas apresentadas pelo DI na sua bombástica notícia de 17 de Setembro, pena que sejam diametralmente opostas.

Tanto quanto sei o Sr. Diocleciano Silva, além de profundo conhecedor do mar (como velejador e mergulhador) é um homem do ramo das Ciências, logo certamente não será pessoa de especular. Aliás, quem no seu perfeito juízo gostaria de especular sobre a eventual “descoberta do século”?!?... O que questiono é a aparente precipitação no lançamento de uma notícia que por ser tão grandiosa merecia igual investigação antes de ser notícia.

Entretanto surge nova notícia sobre o assunto no DI de hoje (19/09/13): “Luís Fagundes Duarte manda investigar pirâmide no mar” com um pedido explicito para a colaboração da Marinha de Guerra!
Bom, se me permitem, gostaria de fazer uma ou duas observações antes de fazer a exposição da minha “Teoria Contra-Piramidal” : Ou o Sr. Diocleciano Silva e o DI não revelaram tudo o que haveria a revelar na badalada notícia, levando-nos a fazer juízos errados, mormente através da fotografia publicada (como explicarei mais à frente), ou o assunto está a escalonar de uma forma incompreensivelmente irracional, baseada em parcos fundamentos (nomeadamente em erros de interpretação!) e financiada pela especulação e até pelo Governo?

Teoria Contra-Piramidal:

1- A fotografia apresentada na notícia em questão do DI do dia 17/09/13 não mostra uma leitura real do fundo do mar. Porquê? Porque o instrumento utilizado (um Garmin “GPSmap 520”), tal como o nome indica não é uma sonda mas simplesmente um GPS! Os GPS não fazem o trabalho das sondas. Existem equipamentos (“Combo”) capazes de sintetizar no mesmo ecrã informação de GPS, “plotter”, sonda e até radar. Não é o caso. Existe de facto um modelo muito similar, o “GPSMap 520S” (com “S” de Sounder (sonda) ), mas a leitura de fundo jamais seria como a apresentada na fotografia e antes como a leitura de praticamente todas as sondas 2D existentes no mercado (cuja a representação resulta de um corte lateral do fundo do mar e nunca numa perspectiva superior com as batimétricas representadas). Existem sondas 3D e outras mais recentes de varrimento lateral que fazem leituras fantásticas dos fundos marinhos apresentando imagens próximas às de uma fotografia, ainda assim nenhuma destas representa o fundo como a foto da notícia.

2- Então que pirâmide é aquela apresentada na fotografia? Utilizo a experessão do meu amigo João M.: É um “glitch” de software! Ou seja, uma vez que falamos de um GPS, com uma base de dados digital mundial (ou até local) da cartografia náutica, não é mais do que um erro de interpretação e representação do fundo. E consequente erro de interpretação por parte do utilizador do GPS. Os actuais sistemas de GPS utilizados na náutica (e não só) apresentam a posição do utilizador sobreposta a um carta (“plotting”), como tal designam-se por GPS/Plotters. As cartas náuticas apresentam frequentemente muitos erros, devido ao fraco conhecimento actual do leito dos oceanos e mares. Daí resulta que quando um um local é mal cartografado a sua representação nos “plotters” é errada.

3- Para o modelo de GPS em questão (o Garmin “GPSmap 520”) existe ainda a possibilidade de fazer “uploads” de cartas náuticas de regiões específicas do planeta que resultam numa melhor definição e “supostamente” melhor representação do fundo do mar do que utilizando a base de dados mundial instalada de origem. Digo “supostamente” porque se a base de dados estiver errada desde a fonte o erro de interpretação continuará a existir e apenas será representado com melhor definição! Aí cada sistema poderá “dar asas à imaginação” na representação do fundo!... Os dois tipos de software existentes são o “BlueChart g2” e o “BlueChartg2 Vision”. Os interessados podem consultar as suas características através deste link: https://buy.garmin.com/.../c452-c455-p1.html

Como disse no início, à parte da minha curiosidade pelo eventual achado “do outro Mundo”, de facto a minha percepção inicial (após a primeira leitura da notícia) de que algo não batia certo levou-me a pensar que poderia tratar-se de um erro de sonda (uma vez que quando aparecem padrões geometricamente perfeitos no ecrã resultam quase sempre de erros do equipamento) e foi essa a razão que me levou a explorar um pouco mais a notícia. Estava um pouco longe da verdade; não vi o mais óbvio que estava chapado na fotografia: As sondas não fazem aquele tipo de leituras do fundo do mar! Aliás, o equipamento em questão nem sequer era uma sonda!! Obviamente que o Sr. Diocleciano Silva terá o seu barco equipado com uma sonda e poderá/deverá ter comparado/correlacionado os valores de profundidade obtidos às linhas batimétricas da imagem apresentada pelo seu GPS/plotter, mas daí até se poder afirmar que debaixo do seu barco estaria de facto uma pirâmide perfeita vai uma distância maior do que aquela que separou o homem da Lua.

Estou plenamente convencido que nenhuma fragata ou qualquer outro navio da Armada irá largar amarras para investigar este caso, sem antes receber provas bem mais credíveis do que aquelas reveladas na notícia do Diário Insular. Mas cá estarei para ver o desenrolar e desvendar da história..

A título de conclusão gostaria apenas de acresescentar que adoraria estar piramidalmente enganado!
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Texto de Luis Gouveia:

Eu acho que pode ser mais um pequeno vulção subaquatico do que outra coisa .... não estou a ver uma piramide aquatica, muito menos ao largo dos Açores, parece claro um erro do instrumento de navegação, ou melhor, uma imperfeição do modelo utilizado que dá ideia disso !
 

Jorge_scp

Nimbostratus
Registo
17 Fev 2009
Mensagens
1,072
Local
Casal do Rato (Odivelas)
Não me tinha ocorrido quando li a notícia pela primeira vez, mas é obvio que faz muito mais sentido ser o tal erro de software. Um cone vulcânico, provavelmente, como o Aurélio propôs. Estranho é que o homem que supostamente descobriu a "pirâmide" não tenha chegado a essa conclusão, como navegador experimentado...
 

MSantos

Staff
Registo
3 Out 2007
Mensagens
9,699
Local
Azambuja / Mte. Barca (Coruche)