Documentário "2050- o clima do futuro" na RTP2

Tópico em 'Media' iniciado por ecobcg 27 Jun 2008 às 19:41.

  1. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,783
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Muito obrigado ecobcg!:)

    Ainda hei-de perguntar ao coordenador do meu curso, porque é que sendo ele um curso direccionado para a energia e para o ambiente, não tem actualmente cadeira sobre energia núclear.:huh:


    As imagens que o Rog postou deixaram-me a pensar no seguinte:
    Todas as teorias do arrefecimento global começam pelo hemisfério norte, com a quebra da corrente do Golfo, o arrefecimento do Atlântico norte, a neve na Europa, etc...
    No entanto o que vemos nos últimos anos é exactamente o contrário.
    Não virá o frio do sul, e o calor do norte?
    Parece-me que haverá numa batalha de gigantes na linha do equador!:lol:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. psm

    psm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Out 2007
    Mensagens:
    1,509
    Local:
    estoril ,assafora
    Vi a espaços também, mas há uma coisa que foi bastante chata no documentário,foi a quantidades de vezes que repetiam a frase "alterações climaticas" parecia uma lavagem ao cerebro.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. José M. Sousa

    José M. Sousa
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Mai 2008
    Mensagens:
    258
    Local:
    Lisboa
    Aqui o primeiro de seis vídeos no Youtube


    [ame="http://www.youtube.com/watch?v=clO-7-WmQ1w"]YouTube - 2050 How Soon Is Now - Climate Change - Global Warming 1/6[/ame]
     
  4. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,137
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Não me choca absolutamente nada, que a Antartida acumule gelo e o Artico derreta, é uma questão de diferente natureza de cada local, pois um é oceano e outro é um continente com cordilheiras que superam os 3000m alt e com plataformas de gelo a superar por vezes os 3000m de profundidade. Havendo uma distribuição diferente das precipitações no planeta, tudo pode acontecer..

    A Antartida é sem dúvida, uma grande impulsionadora do clima, ou pelo menos impulsionadora das mudanças de estação, é como se ela gerasse as condições iniciais para que tudo passe a acontecer. A uma dada altura do ano, os ventos descem literalmente varrendo do polo Sul para as extremidades do circulo polar. Os ventos descem com acelaração porque provêm de locais de grande altitude do interior da Antartida até ao oceano, desencadeando um sem-fim de fenomenos meteorológicos de mudança de estação, o que não é tão óbvio no Polo Norte! Quando tal acontece, os gelos avançam, os icebergs já despegados são transportados até latitudes relativamente mais distantes do que acontece no norte. Pode também haver uma evolução aparente da superfíe gelada, dado que na Antartida, a profundidade da plataforma de gelo é maior, pelo que responde mais lentamente à subida das temperaturas.

    Como referi num post do tópico "Monitorizacao Criosfera 2008", sendo a Antartida mais fria, havendo uma diferente distribuição das precipitações do planeta, se esta for beneficiada resultará no crescimento da superfície gelada. Bem sei, que a Antártida é um deserto onde a precipitação é escassa, talvez esse facto em si próprio signifique que a sua evolução foi na grande maioria das vezes irreverente em relação a outras eventuais eras de aquecimento global, mantendo-se fria ou sem precipitação sob a forma de chuva, sem o efeito amenizador do mar. Como o gelo é isolante, se não houver chuva ou nevoeiro, este irá resistir melhor à estação quente.

    O Ártico também é importante e se derreter uma grande porção, poderá interferir na circulação termohalina das correntes, acredito que sim. Mas sempre ouvi dizer que o maior e mais importante deserto do planeta é a Antartida (ausência de precipitação), muitas vezes a distribuição da "precipitação" faz-se na horizontal por arrastamento da neve tipo pó.

    Dizer que a Gronelândia, irá descongelar completamente, também não me parece provável. Esta grande ilha, tem cordilheiras/planaltos muito elevados e não me parece que a temperatura suba por lá +13ºC de média neste século!

    Gronelândia:

    "A média anual no interior da Gronelândia aproxima-se de - 32°C.."
    e-geographica.com/os_climas_frios.htm

    "A altitude média do gelo é 2 135 m.."
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Manto_de_gelo_da_Gronelândia
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página