Fenómenos extremos até 2100

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Alterações climáticas cada vez mais frequentes

Ano mais quente em mais de um século foi 2005 Os fenómenos climáticos extremos ocorridos nos últimos verões na Europa continental poderão ser cada vez mais frequentes até ao fim do século, indica um estudo publicado na edição desta semana da revista científica britânica Nature.

Paralelamente, segundo os autores suíços deste trabalho, o clima quente e seco dos países ribeirinhos do mediterrâneo poderá chegar até ao norte da Europa.

Segundo a agência «Lusa», esta evolução poderá ter «um efeito positivo mecânico» no centro e leste da Europa e arrastar estas regiões para um círculo vicioso, com uma maior evaporação do solo e um aumento da humidade libertada pela vegetação devido à subida das temperaturas.

Nas regiões húmidas, o ar quente deverá também contribuir para alimentar o ciclo das precipitações, aumentando o risco de cheias.

Pelo contrário, nas regiões afectadas por um clima mais seco, a humidade do solo e das plantas desaparecerá mais rapidamente, limitando cada vez mais as possibilidades de refrescamento da atmosfera e acentuando as canículas.

Vários países europeus foram afectados por cheias catastróficas em 2002 e 2005, enquanto em 2003 o continente foi assolado por uma vaga de calor extremo, responsável por cerca de 35 mil vítimas.

Fonte: Lusa

Que acham do artigo?
 

dj_alex

Nimbostratus
Registo
14 Dez 2005
Mensagens
1,913
Local
Lisboa
Alterações climáticas cada vez mais frequentes

Ano mais quente em mais de um século foi 2005 Os fenómenos climáticos extremos ocorridos nos últimos verões na Europa continental poderão ser cada vez mais frequentes até ao fim do século, indica um estudo publicado na edição desta semana da revista científica britânica Nature.

Paralelamente, segundo os autores suíços deste trabalho, o clima quente e seco dos países ribeirinhos do mediterrâneo poderá chegar até ao norte da Europa.

Segundo a agência «Lusa», esta evolução poderá ter «um efeito positivo mecânico» no centro e leste da Europa e arrastar estas regiões para um círculo vicioso, com uma maior evaporação do solo e um aumento da humidade libertada pela vegetação devido à subida das temperaturas.

Nas regiões húmidas, o ar quente deverá também contribuir para alimentar o ciclo das precipitações, aumentando o risco de cheias.

Pelo contrário, nas regiões afectadas por um clima mais seco, a humidade do solo e das plantas desaparecerá mais rapidamente, limitando cada vez mais as possibilidades de refrescamento da atmosfera e acentuando as canículas.

Vários países europeus foram afectados por cheias catastróficas em 2002 e 2005, enquanto em 2003 o continente foi assolado por uma vaga de calor extremo, responsável por cerca de 35 mil vítimas.

Fonte: Lusa

Que acham do artigo?

Os gajos da nature sao chatos...nao da para ver os artigos...forretas...
 

LUPER

Nimbostratus
Registo
20 Nov 2005
Mensagens
1,945
Local
Aveiro
Alterações climáticas cada vez mais frequentes

Ano mais quente em mais de um século foi 2005 Os fenómenos climáticos extremos ocorridos nos últimos verões na Europa continental poderão ser cada vez mais frequentes até ao fim do século, indica um estudo publicado na edição desta semana da revista científica britânica Nature.

Paralelamente, segundo os autores suíços deste trabalho, o clima quente e seco dos países ribeirinhos do mediterrâneo poderá chegar até ao norte da Europa.

Segundo a agência «Lusa», esta evolução poderá ter «um efeito positivo mecânico» no centro e leste da Europa e arrastar estas regiões para um círculo vicioso, com uma maior evaporação do solo e um aumento da humidade libertada pela vegetação devido à subida das temperaturas.

Nas regiões húmidas, o ar quente deverá também contribuir para alimentar o ciclo das precipitações, aumentando o risco de cheias.

Pelo contrário, nas regiões afectadas por um clima mais seco, a humidade do solo e das plantas desaparecerá mais rapidamente, limitando cada vez mais as possibilidades de refrescamento da atmosfera e acentuando as canículas.

Vários países europeus foram afectados por cheias catastróficas em 2002 e 2005, enquanto em 2003 o continente foi assolado por uma vaga de calor extremo, responsável por cerca de 35 mil vítimas.

Fonte: Lusa

Que acham do artigo?

Esses amigos da ´Nature fazem parte do mesmo partido dos outros todos, é tipo o Jornal Oficial do partido:p
 

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,788
Local
Bragança (675m)
Esse tipo de conclusões são muito vagas e servem para todos os gostos, cheias ou secas :D
 

LUPER

Nimbostratus
Registo
20 Nov 2005
Mensagens
1,945
Local
Aveiro
Esse tipo de conclusões são muito vagas e servem para todos os gostos, cheias ou secas :D

Mas afinal o clima se aquece fica seco ou dá pra ter cheias (que para mim é humido), ninguem se decide?:lmao: :lmao: :lmao: :lmao:

Anda, Anda até a neve nos Alpes vai ser coisa rara tal como é em Monchique :lmao: :lmao: :lmao: :lmao: