Furacão ALEX (Atlântico 2010 #AL01)

Tópico em 'Tempo Tropical' iniciado por Vince 26 Jun 2010 às 09:54.

  1. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Sim nimboestrato, adiantou-se um pouco mas ainda não fez o landfall mas estando já a fustigar o nordeste do México e sul do Texas.

    [​IMG]


    O NHC há cerca de meia hora classificou-o como categoria 2, embora sem um dado para o fazer. O furacão é invulgar, tem uma pressão de um cat 3, uma aparência de um 2 forte ou 3, mas anda há horas um avião da USAF a registar dados e não encontrou nenhum registo de vento de categoria 2. De qualquer forma é indiferente, categoria 1 no limite superior ou 2 no inferior, mais 10 ou menos 10km/h, pouco interessam, e com a descida da pressão que se tem estado a dar o vento tem que estar lá.

    [​IMG]


    EDIT: Apareceu agora mesmo o primeiro registo que suporta o Cat2
    106 kt FL
    83 kt SFMR
     
  2. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Apesar da interacção com terra, a pressão continua a descer, 948mb na última passagem do avião pelo centro.

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  3. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    Interessante que mesmo com metade do sistema já dentro de territóio mexicano, o alex não se enfraquecia, pelo contrario, mostrava cavamento...haveria algo que sustentasse o desenvolvimento ou impedisse a degeneração do sistema, como uma area divergente em altura a W ou conjunção de temperaturas/hr´s, nos niveis baixos "razoaveis" para manter a convecção sem que o sistema esteja no mar:unsure:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Olhando para a animação de microondas é fácil agora perceber o que sucedeu.
    O Alex passou por um ciclo EWRC (Eyewall Replacement Cycl) e fechou o novo eyewall à medida que se aproximava de terra, o que explica a queda da pressão daquela forma.

    [​IMG]


    Às vezes há a sorte de um ciclo desses se iniciar pouco antes do landfall e o furacão perder temporariamente intensidade, outras vezes ocorre o contrário, como foi agora. Estivesse mais 2 ou 3 horas sobre água e facilmente se tornaria um categoria 3 com o novo eyewall tão bem consolidado.
     

Partilhar esta Página