Furacão EARL (Atlântico 2010 #AL07)

Tópico em 'Tempo Tropical' iniciado por Vince 25 Ago 2010 às 22:33.

  1. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Pressão já caiu para 932mb, medida há pouco por um avião

    [​IMG]


    [​IMG]
     
  2. Redfish

    Redfish
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    6 Jul 2007
    Mensagens:
    489
    Local:
    Salir - Loulé
    Continua como um poderoso categoria 4 e pressão abaixo dos 930 mb e irá percorrer toda a costa leste dos EUA enfraquecendo graças á existencia de uma frente fria a oeste que o força a afastar da costa, mas a causar certamente estragos á sua passagem.

    Será o 1 grande furacão da epoca.
     
  3. Ike

    Ike
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    6 Set 2008
    Mensagens:
    66
    Local:
    Terreiro - Tomar
    Outra ainda. A extinta Danielle, ao centro o furacão Earl, e a futura Fiona.

    [​IMG]

     
  4. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,115
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    O earl esteve um pouco tremido esta manhã ( por momentos pensei que fosse outro EWRC), mas já estruturou melhor a sua eyewall a norte.
    O earl está com mais força que o antecipado ontem, estado mantendo ventos sustendados maximos de até 125kt na parede do olho e uma SLP minima á volta dos 928hpa.

    Está previsto que mantenha o movimento para NNW-->NNE ( com ligeiro enfraquecimento) nas proximas 48 a 54 h antes de iniciar a transição extratropical...assim sendo afectará a costa americana com ondulação forte e algum vento...especialmente á medida que se aproxima da costa E/NE americana, onde poderá causar ventos de TS ou no limite de furacão.

    Há probabilidades do sistema afectar mais ou menos directamente as ciadades mais importantes do NE americano/SW canadiense...

    Aqui algumas imagens:

    Vapor de agua, onde se denota a lingua de ar seco que delimita o sistema a NW/W/SW e que seria fatal se "ingerida" :

    [​IMG]

    Uploaded with ImageShack.us

    Funktop, onde podemos ver a altitude do topo das nuvens convectivas, no anel central, atravez da analise da temperatura dos topos...pode-se concluir que os sectores W/S/E estão mais compactos e que o sector norte está mais fraco embora a criar nova convecção:

    [​IMG]

    Uploaded with ImageShack.us
     
  5. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    [​IMG]


    O EARL teve o pico há umas horas atrás, cerca das 07:30z, quando apresentava uma pressão de 928mb, tendo vindo a subir um pouco desde aí, devido provavelmente à água mais fria e algum ar mais seco, os topos das nuvens no IR eram menos frios durante a manhã (menos altas).

    Na última passagem de um Recon da USAF tinha 935mb, mas entretanto a convecção tem vindo a melhorar novamente fechando-se a mais intrusão de ar seco, daqui a minutos temos outra passagem pelo centro desta vez de um avião da NOAA e já se saberá se a tendência de subida da pressão se mantém ou foi invertida.

    [​IMG]


    Nesta altura a atravessar uma zona de água mais fria, contudo em breve estará a aproximar-se da corrente do Golfo mais quente

    [​IMG]
     
  6. miguel

    miguel
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    4 Fev 2006
    Mensagens:
    13,487
    Local:
    Setúbal
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,168
    Local:
    Olhão (24 m)
    Furacão Earl fez um morto na passagem pelo Canadá

    A tempestade tropical Earl fez um morto no sábado, à passagem na província canadiana da Nova Escócia, com ventos de 111 Km/hora, depois de ter assolado os Estados Unidos sem causar prejuízos de maior.

    De acordo com os serviços de urgência locais, a vítima foi um homem de 54 anos que caiu de uma embarcação na baía de Blinde, perto de Halifax.

    Quando o Earl chegou a território canadiano ainda era considerado um furacão, mas perdeu intensidade e passou a tempestade tropical.

    "O Earl é agora uma forte tempestade tropical" com ventos que atingem os 111 km/h e chuvas intensas que arrancaram árvores e postes de eletricidade, informaram as autoridades.

    Mais de 210 mil lares da Nova Escócia ficaram sem electricidade no sábado, de acordo com a Nova Scotia Power, a empresa que faz o abastecimento de energia a esta província canadiana.

    Fonte: CM
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página