Gato bravo

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por belem 20 Nov 2017 às 10:27.

  1. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,409
    Local:
    Sintra
    Decidi abrir este tópico, pois pouco de sabe sobre este interessante e esquivo animal, em Portugal e conheço um caso em que se tentou abrir um centro de conservação e reprodução desta espécie, mas tal não se realizou pois um dos organizadores principais, veio a falecer.

    O gato-selvagem pode estar a tornar-se mais raro, do que parece (e muita gente, frequentemente, confunde a gineta com o gato-selvagem).

    Há uns anos, ainda era descrito para a Serra de Sintra (e não se sabe se ainda estão presentes nesta serra e em muitos outros locais).
    Pelo que parece, deixou de ser encontrado em algumas zonas.

    Penso que durante o meu trabalho de campo, já vi e ouvi gatos-selvagens, mas foi sempre algo muito raro, quase sempre durante a noite e em locais e momentos bem tranquilos.

    Ao pesquisar rapidamente no google, encontrei esta referência, mas não procurei ainda bem pelo estudo: «Ferreira JP, Álvares F (2005) Gato-bravo, outro felídeo ameaçado em Portugal. Tribuna da Natureza, 21:4-10.»

    Tenho que fazer uma boa pesquisa, para ver o que se consegue encontrar.

    Provavelmente, existem 2 formas de gato selvagem em Portugal: uma a Norte do Rio Douro (pertencente ao ramo Europeu do gato-selvagem) e uma a Sul (pertencente ao ramo Ibérico do gato-selvagem).

    Curiosamente, o gato selvagem do Sul, é descrito como sendo maior que o do Norte.

    Neste video, aparece um gato-selvagem de Portugal:

     
    Collapse Signature Expand Signature
    #1 belem, 20 Nov 2017 às 10:27
    Última edição: 21 Nov 2017 às 00:01
  2. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,409
    Local:
    Sintra
    «Decidi abrir este tópico, pois pouco de sabe sobre este interessante e esquivo animal, em Portugal e conheço um caso em que se tentou abrir um centro de conservação e reprodução desta espécie, mas tal não se realizou pois um dos organizadores principais, veio a falecer.»

    Aqui está:

    http://www.alfazoo.com/artigos/gatobravo.html

    Por acaso, conheço pessoalmente algumas das pessoas envolvidas.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    7,504
    Local:
    Leiria (Guimarota)
    Uma das principais ameaças a esta espécie é a poluição genética com gatos domésticos assilvestrados que se cruzam com gatos bravos. Gatos domésticos é para estarem em casa e não nos campos! Devia haver um controlo sobre os gatos domésticos que andam pelos campos, em ultimo caso e na ausência de alternativas defendo o abate de gatos assilvestrados isto para o bem da conservação da Natureza e da biodiversidade.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    Cinza, Mr. Neves, Dan e 1 outra pessoa gostaram disto.
  4. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    8,182
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Gato bravo espera pelo momento certo para atacar :

     
    Collapse Signature Expand Signature
  5. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    8,182
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    14 espécies de Gato Bravo:

     
    Collapse Signature Expand Signature
    Aristocrata, Cinza e luismeteo3 gostaram disto.
  6. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,409
    Local:
    Sintra
    Segundo alguns investigadores (como Lozano e Malo (2012)) a Peninsula Iberica detém cerca de 25% de todos os gatos-selvagens que existem na Europa e Driscoll, em 2007, realçou o possível papel da Ibéria como refugio climático (durante os periodos glaciários), para esta espécie.
    Bjorn Kurten, menciona que a forma ibérica de gato-selvagem, preserva o tamanho e as proporções do gato selvagem que existia na Europa continental, durante as fases glaciárias do Pleistoceno.
    No entanto, tal como em vários outros países, foi detetada alguma hibridização tanto em Portugal como em Espanha (ainda que em pequena escala).
    .Ainda que seja baixa, penso que a hibridização é preocupante (alguns alertam para a possibilidade da taxa aumentar) e a altura certa para prevenir a sua espansão, é agora!
    O exemplo da Escócia é assustador e a Hungria para lá caminha.
    Os gatos domésticos são provenientes de uma subespécie de gato selvagem bem distinta em relação ao gato selvagem europeu...
    Mas numerosos outros fatores, ameaçam esta espécie, que se diz ter tornada extinta, na Republica Checa, por exemplo.

    Mais informação aqui: «Assessing hybridization between wildcat and domestic cat: the particular case of Iberian Peninsula and some insights into North Africa».

    2 mapas de distribuição:

    [​IMG]


    [​IMG]

    Em tons mais claros, pode-se ver onde o gato selvagem desapareceu na Europa.

    Estes dois mapas têm algumas discrepâncias, mas já nos dão alguma ideia, da área enorme onde o gato-selvagem deixou de ocorrer.




     
    Collapse Signature Expand Signature
    #6 belem, 20 Nov 2017 às 23:52
    Última edição: 21 Nov 2017 às 10:12
    Aristocrata e Cinza gostaram disto.
  7. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,409
    Local:
    Sintra
    A esterilização devia ser mais promovida (e já pode ser realizada a preços relativamente baixos).
     
    Collapse Signature Expand Signature
    MSantos, Cinza e Micael Gonçalves gostaram disto.
  8. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,409
    Local:
    Sintra
    Publicado em finais de 2011, mas vale a pena:

    http://atnatureza.blogspot.pt/2011/01/adrenalina-do-programa-de-vigilancia-da.html

    Não há grandes dúvidas, que andam por lá (lembro-me também de ter visto outra foto de um gato-bravo, tirada durante o dia, na Faia Brava).


    E já agora, deixo esta foto de um gato-bravo transmontano (que é relativamente bem conhecida entre as pessoas que andam nestas andanças):

    [​IMG]

    Aqui têm mais algumas imagens (e videos), desta população menos conhecida:

    http://faunaiberica.blogspot.pt/search?q=gato-bravo

    Com a particularidade interessante de apresentar frequentemente um comportamento diurno!
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #8 belem, 21 Nov 2017 às 20:53
    Última edição: 21 Nov 2017 às 21:13
    Micael Gonçalves, Aristocrata e Cinza gostaram disto.
  9. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    7,504
    Local:
    Leiria (Guimarota)
    Essas fotos de gato-bravo na Faia Brava são antigas, infelizmente não tem havido novos registos. Trabalhei durante ano de 2016 na ATN como técnico florestal e durante todo esse tempo nem um gato bravo apareceu nas câmeras da ATN. Houve um que apareceu atropelado perto da Quintã de Pero Martins, já fora da Faia Brava. São animais muito esquivos, muito difíceis de ver e ainda difíceis mais de estudar.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    Cinza e Aristocrata gostaram disto.
  10. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,409
    Local:
    Sintra
    Interessantes informações, obrigado.

    Não há dúvida que a espécie está presente na região.

    Mais um registo fotográfico tirado na Faia Brava:

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expand Signature
    Cinza e MSantos gostaram disto.
  11. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,409
    Local:
    Sintra
    Talvez isto seja pouco conhecido, mas a espécie deve estar também presente na Serra de Montejunto e nas Serras de Aires e Candeeiros.

    Já obtive escutas, que muito provavelmente, sugerem a presença deste animal, mesmo a poucos kms de Óbidos.

    Mas tal parece também corroborado por diversas fontes escritas.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #11 belem, 22 Nov 2017 às 11:51
    Última edição: 22 Nov 2017 às 12:21
    Cinza gostou disto.

Partilhar esta Página