Marte a 27 de Agosto...

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Durante este mês, no dia 27 de Agosto o planeta Marte terá uma grande aproximação à terra, tornando-se brilhante... mas nada destas aberrações...:

No dia 27 de Agosto, o Planeta Marte será o mais brilhante no início da noite, parecendo tão grande quanto a lua cheia, quando ficar a 34.65M milhas da Terra. Vendo o céu a 27, pelas 12.30 horas, parecerá que a Terra tem duas luas. A próxima vez que ficará tão perto da Terra será em 2287 in: Jornal da Madeira 3-8-2007
:confused:"ficará tão grande qto a lua cheia":wacko:
"parecerá que a terra tem duas luas":maluco::ill::disgust:
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Isso é um conhecido email (chain letter) que volta e meia circula por aí com essas barbaridades escritas.

Não me digas que um jornal publicou tal coisa ?!?!
 

vivi

Cirrus
Registo
24 Mar 2007
Mensagens
20
Local
faro
ola bom dia
uma coisa pergunto eu. ao ser verdade que marte vai estar bastante perto da terra podera o mesmo ter influncia nas Marés. ???
 

Teles

Cumulonimbus
Registo
7 Dez 2007
Mensagens
2,210
Local
Rio Maior
olá isso nao e verdade dessa materia entendo eu e alem disso isso e impossivel de acontecer dada a distancia do planeta se assim fosse teriamos umas super catastorfes;)
 

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,159
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
Que tamanho disparate!!

É fácil desmascarar estas baboseiras, que nos enchem as caixas de correio várias vezes ao ano, basta com um pouco de trigonometria e já está!

Ora cá vai..

Imaginem um triângulo em que um dos vértices é a nosso ponto de observação e os outros dois vértices são o centro e o raio do planeta em questão. Ora, nós conhecemos o diâmetro (planeta) e a distância (hipótenusa).

O que nós vamos calcular é o ângulo de abertura dos arcos descritos pela Lua e por Marte àquelas distâncias, e depois dividi-los entre si para calcular o número de vezes que um objecto parece maior que o outro! (Tamanho aparente)

Conversões:

Distância de Marte a 27 Agosto: 34.65M milhas da Terra.

1 Milha = 1.609344km, logo:

Distância de Marte a 27 Agosto: 55.763.770 km da Terra.

Lua:

Distância máxima__ : 406.400 km
Distância mínima___: 356.800 km
Diâmetro_________ : 3.476 km_______ Raio = 1738 km

Marte:

Distância máxima__ : 378.000.000 km
Distância 27 Agosto: 55.763.769 km
Diâmetro_________ : 6.794 km_______ Raio = 3397 km

Breves noções de trigonometria:

x - Ângulo num triângulo rectângulo
Sen(x) - Cateto oposto / Hipotenusa
Asen(x) - É o ângulo cujo seno é x.

Para a Lua, o ângulo será:

a1) Ângulo mínimo = (2*Asen(Sen(1738/356800)))*(180/pi) = 0,490074 graus
b1) Ângulo máximo= (2*Asen(Sen(1738/406400)))*(180/pi) = 0,558184 graus

Para Marte, o ângulo será:

a2) Ângulo mínimo = (2*Asen(Sen(3397/378.000.000)))*(180/pi)= 0,001029 graus
b2) Ângulo máximo= (2*Asen(Sen(3397/55.763.770)))*(180/pi) = 0,006980 graus = 0.41 segundos de arco

Conclusão:

Agora se queremos comparar tamanhos, basta dividir o ângulo de abertura visível da Lua pelo ângulo de abertura visível de Marte!

O que significa que Marte terá sempre um tamanho aparente em relação à Lua menor entre b2/a1 e b1/a2, isto é, entre 70.2x e 542.2x menor que a Lua!!!

O tamanho aparente no dia 27 de Agosto será de: 70.2x menor que a Lua

Isto deve-se a que Marte e Terra têm orbitas diferentes, excentricidades diferentes e periodos de translação diferentes resultando em distâncias variáveis e com isso tamanho aparente variável, mas digamos que o que podemos esperar é apenas um ponto luminoso avermelhado 70x menor que a Lua e talvez (não tenho dados de momento) um tamanho aparente 2 ou 3x maior que o habitual (que nos lembremos)!

Sejamos práticos, é apenas e será sempre um ponto vermelho luminoso, só que um pouquinho mais luminoso desta vez! Em toda a história, Marte apenas poderá parecer um ponto 7x maior, não deixando por isso de ser apenas um
ponto luminoso à vista desarmada entre a máxima aproximação e o máximo afastamento de sempre!

Nota: Multiplico por 2 a função Asen(x), pois para trabalhar com triângulos rectangulo tenho de me limitar ao raio, ora, se a amplitude visível do planeta é o seu diâmetro, então devo multiplicar o resultado por 2, por isso o fiz!
 

*Dave*

Nimbostratus
Registo
29 Jun 2008
Mensagens
1,912
Local
ASM (Idanha-a-Nova) - Covilhã
Eu pude observar com o meu telescópio o fenómeno em questão.

De facto parecia que a Terra tinha 2 luas! Para terem a mesma sensação que eu, deveriam de olhar para Marte com um telescópio com uma ampliação de 100x e depois para a lua a olho nu... parecia ter mesmo 2 luas :D :lol:.


Só falta dizer que Júpiter é um estrela e que as suas luas são planetas habitáveis.... :surprise:


PS: só para alertar que foi dia 27 de Agosto de 2007 e não é de 2008, não se vá pôr alguém este 27 próximo há procura de uma 2ª lua...




STAY :eek::eek:
 

*Dave*

Nimbostratus
Registo
29 Jun 2008
Mensagens
1,912
Local
ASM (Idanha-a-Nova) - Covilhã
Que tamanho disparate!!

É fácil desmascarar estas baboseiras, que nos enchem as caixas de correio várias vezes ao ano, basta com um pouco de trigonometria e já está!

Ora cá vai..

Imaginem um triângulo em que um dos vértices é a nosso ponto de observação e os outros dois vértices são o centro e o raio do planeta em questão. Ora, nós conhecemos o diâmetro (planeta) e a distância (hipótenusa).

O que nós vamos calcular é o ângulo de abertura dos arcos descritos pela Lua e por Marte àquelas distâncias, e depois dividi-los entre si para calcular o número de vezes que um objecto parece maior que o outro! (Tamanho aparente)

Conversões:

Distância de Marte a 27 Agosto: 34.65M milhas da Terra.

1 Milha = 1.609344km, logo:

Distância de Marte a 27 Agosto: 55.763.770 km da Terra.

Lua:

Distância máxima__ : 406.400 km
Distância mínima___: 356.800 km
Diâmetro_________ : 3.476 km_______ Raio = 1738 km

Marte:

Distância máxima__ : 378.000.000 km
Distância 27 Agosto: 55.763.769 km
Diâmetro_________ : 6.794 km_______ Raio = 3397 km

Breves noções de trigonometria:

x - Ângulo num triângulo rectângulo
Sen(x) - Cateto oposto / Hipotenusa
Asen(x) - É o ângulo cujo seno é x.

Para a Lua, o ângulo será:

a1) Ângulo mínimo = (2*Asen(Sen(1738/356800)))*(180/pi) = 0,490074 graus
b1) Ângulo máximo= (2*Asen(Sen(1738/406400)))*(180/pi) = 0,558184 graus

Para Marte, o ângulo será:

a2) Ângulo mínimo = (2*Asen(Sen(3397/378.000.000)))*(180/pi)= 0,001029 graus
b2) Ângulo máximo= (2*Asen(Sen(3397/55.763.770)))*(180/pi) = 0,006980 graus = 0.41 segundos de arco

Conclusão:

Agora se queremos comparar tamanhos, basta dividir o ângulo de abertura visível da Lua pelo ângulo de abertura visível de Marte!

O que significa que Marte terá sempre um tamanho aparente em relação à Lua menor entre b2/a1 e b1/a2, isto é, entre 70.2x e 542.2x menor que a Lua!!!

O tamanho aparente no dia 27 de Agosto será de: 70.2x menor que a Lua

Isto deve-se a que Marte e Terra têm orbitas diferentes, excentricidades diferentes e periodos de translação diferentes resultando em distâncias variáveis e com isso tamanho aparente variável, mas digamos que o que podemos esperar é apenas um ponto luminoso avermelhado 70x menor que a Lua e talvez (não tenho dados de momento) um tamanho aparente 2 ou 3x maior que o habitual (que nos lembremos)!

Sejamos práticos, é apenas e será sempre um ponto vermelho luminoso, só que um pouquinho mais luminoso desta vez! Em toda a história, Marte apenas poderá parecer um ponto 7x maior, não deixando por isso de ser apenas um
ponto luminoso à vista desarmada entre a máxima aproximação e o máximo afastamento de sempre!

Nota: Multiplico por 2 a função Asen(x), pois para trabalhar com triângulos rectangulo tenho de me limitar ao raio, ora, se a amplitude visível do planeta é o seu diâmetro, então devo multiplicar o resultado por 2, por isso o fiz!

Permita-me discordar dos seus cálculos.... :p

Eu estive a verificar e não concordo com algumas partes do seu raciocínio, então (com o meu 11º ano de escolaridade) decidi colocar aqui a resolução a este "problema" mas há minha maneira.

Esta imagem é a digitalização da folha que eu usei para expressar o meu raciocínio, usando os mesmos dados que o Paulo.

calculosgi5.jpg



Não tenho 100% a certeza que o meu raciocínio está certo, pois estou bastante cansado e cheio de sono... , mas se fosse uma questão de "vida ou morte", por agora era assim que faria.



Abraço :thumbsup:
 
Última edição:

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,159
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
Tudo bem, Dave!

A diferença é que eu usei a Distância como Hipotenusa e por isso não usei função tangente (inclinação), mas sim a função seno.

Digamos que para aquelas distâncias, o ângulo de abertura é tão pequeno que posso considerar desprezível. Tudo vai de assegurar que usando a hipotenusa como distância ou então o maior dos catetos, o triângulo seja mesmo rectangulo!

Mas isto tudo é apenas para demonstrar que, nas tais notícias onde referem que Marte fica igual à Lua, ou seja, que passamos a ver 2 Luas, é falso! Pois, esquecem-se de mencionar que é necessário um telescópio!!

A ocultação de informação numa notícia não a torna mais verdadeira, muito pelo contrário, serve apenas para veícular um objectivo: spam!

O resultado a que chegaste, tal como os meus, significam exactamente que para vermos Marte com o tamanho aparente da Lua precisamos de um telescópio com ampliação da ordem dos valores que encontramos.

Abraço
 

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,159
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
Permita-me discordar dos seus cálculos.... :p

Eu estive a verificar e não concordo com algumas partes do seu raciocínio, então (com o meu 11º ano de escolaridade) decidi colocar aqui a resolução a este "problema" mas há minha maneira.

Abraço :thumbsup:

Oh Dave, desculpa!

Vendo melhor, agora sou eu a discordar...

Mas olha que as diferenças são desprezíveis!!

Sabes, quando observo o triângulo que fizeste no teu esboço vejo que usaste a distância num dos catetos, sendo que no teu desenho esse cateto parte do observador e vai até à superfície do equador no planeta.

Ora, o teu triangulo tem os 3 pontos:

1. observador
2. ponto na superfície do equador no planeta (lado 1)
3. ponto na superfície do equador no planeta (lado 2)

Nota: Chamo-lhe equador, como poderia chamar de polo ou podia chamar de 2
pontos na superfície unidos por uma linha imaginária que passa pelo centro do planeta.

Então se reparares bem, a tua figura forma 2 triangulos simétricos adjacentes, pois se um dos lados é a distância, o outro também o é, restando o outro que é o diâmetro do planeta!

Ora, um triângulo com 2 lados iguais com um lado oposto a estes, não é triângulo rectangulo e como tal, não podes usar esta trigonometria! Repara, se consideras a distância nos lados daquele triangulo, então onde está a hipotenusa? O teu triângulo rectangulo não pode ter 2 hipotenusas (observando o desenho, os 2 maiores lados são iguais) e por isso é que não forma um ângulo de 90º embora se aproxime!

Daí que eu tenha usado a distância como hipotenusa, o maior de todos os lados do meu triangulo rectangulo, e assim poder usar as fórmulas trigonométricas!!

Convenci-te?
 

*Dave*

Nimbostratus
Registo
29 Jun 2008
Mensagens
1,912
Local
ASM (Idanha-a-Nova) - Covilhã
Ok.
De qualquer forma, para que o Paulo H pudesse usar o seno teria de saber a hipotenusa e esta poderia ser obtida através do teorema de Pitágoras... ;)

É bom "descodificar" este tipo de noticias e provar que estão erradas. Uma pessoa que não tivesse tantos conhecimentos nesta área iria acreditar que a Terra dia 27 ia mesmo ter duas luas..., pois para a maior parte das pessoas tudo o que passa na televisão, jornais, etc, é verdade! :shocking:




Abraço:thumbsup::thumbsup:
 

*Dave*

Nimbostratus
Registo
29 Jun 2008
Mensagens
1,912
Local
ASM (Idanha-a-Nova) - Covilhã
Oh Dave, desculpa!

Vendo melhor, agora sou eu a discordar...

Mas olha que as diferenças são despresíveis!!

Sabes, quando observo o triângulo que fizeste no teu esboço vejo que usaste a distância num dos catetos, sendo que no teu desenho esse cateto parte do observador e vai até à superfície do equador no planeta.

Ora, o teu triangulo tem os 3 pontos:

1. observador
2. ponto na superfície do equador no planeta (lado 1)
3. ponto na superfície do equador no planeta (lado 2)

Nota: Chamo-lhe equador, como poderia chamar de polo ou podia chamar de 2
pontos na superfície unidos por uma linha imaginária que passa pelo centro do planeta.

Então se reparares bem, a tua figura forma 2 triangulos simétricos adjacentes, pois se um dos lados é a distância, o outro também o é, restando o outro que é o diâmetro do planeta!

Ora, um triângulo com 2 lados iguais com um lado oposto a estes, não é triângulo rectangulo e como tal, não podes usar esta trigonometria! Repara, se consideras a distância nos lados daquele triangulo, então onde está a hipotenusa? O teu triângulo rectangulo não pode ter 2 hipotenusas (observando o desenho, os 2 maiores lados são iguais) e por isso é que não forma um ângulo de 90º embora se aproxime!

Daí que eu tenha usado a distância como hipotenusa, o maior de todos os lados do meu triangulo rectangulo, e assim poder usar as fórmulas trigonométricas!!

Convenci-te?

Atenção! O triângulo que eu imaginei não tem nem nunca poderá ter os dois lados iguais!

Caso o tivesse, teria então 2 hipotenusas... assim teria de "cortar" esse triângulo ao meio. Ao fazer isso o cateto oposto ao ângulo que queremos saber não seria o diâmetro, mas sim o raio! O resultado, ou seja o ângulo, teria de ser depois multiplicado por 2 para ter então o ângulo total.

PS: No meu esboço, deve reparar sempre para a parte inferior de Marte e da Lua e verá que eu assinalei o ângulo recto. Ora se eu tenho um ângulo recto, o triângulo é um triângulo rectângulo.

digitalizar0002dn5.jpg
 
Última edição:

*Dave*

Nimbostratus
Registo
29 Jun 2008
Mensagens
1,912
Local
ASM (Idanha-a-Nova) - Covilhã
Pois é, Dave!

Ainda existem muitas pessoas, mas muitas mesmo que acreditam nestas notícias!

E ainda bem que existem pessoas como nós, membros do forum, que nos dá imenso prazer desmontar estas coisas!


E ainda bem que tenho um companheiro para os cálculos! :)

Abraço

:lmao::lmao::lmao::lmao::lmao::lmao::lmao::lmao:

Nem tempo tenho para escrever :lmao::lmao::lmao::lmao::lmao::D:D:D:D



Força nisso :D:D:thumbsup: