Monitorização do Clima de Portugal - 2022

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Ontem dia 12, novamente algumas estações com > 40ªC

0GtCW8y.jpg


Bastantes noites "tropicais", dispersas pelo interior de norte a sul mas também na costa sul do Algarve:
3w3CK6i.jpg


Humidade relativa mínima atingiu os 10% em Beja:
e1gobkh.jpg


O acumulado assinalado em Setúbal não é real, não houve ecos de radar ou outras estações com acumulados na zona próxima, ou sequer nuvens para produzir precipitação naquela hora.
GYPxEHF.jpg
 


joralentejano

Super Célula
Registo
21 Set 2015
Mensagens
9,365
Local
Arronches / Lisboa
Clima. País vive a pior situação de seca de sempre à entrada do verão

Alarmes estão a soar: água este verão vai ter de ser gerida com cautela e limitações ao uso público são inevitáveis. Medidas serão fechadas este mês. Maio foi muito seco e previsões para junho não são melhores.


Poupar água vai ter de ser a palavra de ordem este verão. Depois de algum alívio em março e abril, o mês de maio foi o mais quente que há registos em Portugal e muito seco. Segundo o i apurou, as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, que estão a ser trabalhadas com a Agência Portuguesa do Ambiente, preveem uma segunda quinzena de junho ainda mais seca, o que coloca o país no cenário mais gravoso de sempre quanto à escassez de água à entrada do verão.

Fonte
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Evapotranspiração estimada superior a 6 mm/dia em todo o continente, ontem:

xkHog9N.jpg
WorIDei.jpg


Ontem foi o dia com mais estações a atingirem temperatura máxima > 40,0ºC:

N8T2wic.jpg


O número de estações com noite tropical foi um pouco menor que no dia 12, mais restrito a estações dispersas mais para o interior; manteve-se a noite tropical em quase toda a costa sul algarvia:
Z6j1Rra.jpg


Humidade relativa mínima mantém-se muito baixa no interior, menor valor atingido em Zebreira. A Beira Baixa apresentando o grupo de valores mais baixo do continente.
cOEaII1.jpg


Tudo a contribuir para uma situação de água no solo cada vez mais de escassez. Até o Gerês está quase a perder a única minúscula mancha com capacidade estimada >80%, embora seja uma área que tenha recebido precipitação esporadicamente ou de forma pontual.
pSqVO8L.jpg
sxu7JcH.jpg
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Mas essa habitualmente nem sequer é a hora mais quente do dia mas sim as 16h ou 17h utc.

Certo. A ideia era procurar uma relação das máximas com as temperaturas registadas um pouco antes do período do dia típico das máximas. Aparentemente, uma estação que apresente uma temperatura às 15h mais elevada do que outras (falamos em estações que atinjam habitualmente os valores mais altos da rede do continente) não garante que vá ter uma máxima mais elevada do que as outras.
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Ontem dia 14, "apenas" três estações com temperatura máxima >= 40ºC. E a mais elevada foi Castro Verde, curiosamente portanto, nenhuma das habituais.

2zjbqR1.jpg


As temperaturas mínimas revelam um decréscimo do número de estações com noite tropical:
LBwjFCl.jpg


O valor isolado de acumulado na estação Coimbra/aeródromo, para o qual contribuíram principalmente os 2,5 mm registados ontem entre as 9h e as 10h, deixa muitas dúvidas.
Não se detectaram ecos no radar que confirmem aquela precipitação.
Viseu (aeródromo) tem registo de 1,8 mm.
rwdVhTv.jpg


A humidade relativa mínima apresenta valores extremamente baixos em algumas estações, nomeadamente Chaves e Mangualde (9% e 6%, respectivamente). O valor de Mangualde deixa dúvidas, é excessivamente baixo e não confirmado por estações na mesma zona.
BrBXvJH.jpg


Para a HR máxima, é notável a distribuição aproximada dos valores menores numa área claramente definida pela interioridade e centralidade relativamente à Península Ibérica.
9u9Eu2S.jpg
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
E dia 15 foi deveras interessante. Ficam os mapas de estações, os comentários que se podem fazer são muitos.

Seis estações na casa dos 40ºC:
8uYhLZI.jpg


Menores mínimas em alguns locais da costa ocidental, mas também no interior norte:
SiAlADz.jpg


Rajadas máximas a atingirem os 96 Km/h; algumas estações com rajadas > 80 Km/h, no interior, resultado de eventos convectivos fortes.
8RmgNzY.jpg


Humidade relativa com valores extremados por todo o interior. Valores mínimos ainda muito baixos, < 20%, num grande número de estações,
6ch2kYq.jpg


valores máximos da HR elevados, excepto em algumas estações do interior (vale do Douro, Beira Baixa em particular)
tPexjh0.jpg


Acumulados de precipitação, aqui muito haverá a dizer...
SyAv8uQ.jpg
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Interessante que Pinhão teve a máxima E a rajada mais altas :eek:

Será que o contraste térmico terá ajudado?

É provável.

E ontem dia 16, o Nordeste insistiu em manter temperaturas máximas agressivas, > 35ºC. Amareleja também, e com 36,3ºC foi uma das estações que superaram os 36ºC. Miranda do Douro chegou aos 36,7ºC (afinal são duas das estações que mais entram no interior da Península. As duas estações habitualmente recordistas, situadas nos vales dos dois maiores rios, ficaram bem mais abaixo.
BAzQmR9.jpg


Pinhão e Vinhais foram as únicas estações a manter noite tropical. Setúbal e Aljezur surpreenderam pelos valores mais baixos de toda a rede do continente: 11,3ºC e 11,2ºC, respectivamente. Praia da Rainha e Torres Vedras com valores também abaixo dos 12ºC.
KPjmlT7.jpg


Acumulados de precipitação a continuar uma distribuição caprichosa, ao sabor das linhas de instabilidade ocasionais ou de células surpresa.
Apenas três estações acumularam mais de 5 mm: Pegões, Leiria (aeródromo) e Bragança (aeródromo).
A grande maioria das estações acumulou menos de 1 mm ou simplesmente zero, apesar dos pingos ressequidos dispersos e lamacentos que tocaram a muitas.
VWZfQS6.jpg


As rajadas mais fortes acompanharam mais uma vez a convecção no Nordeste: > 60 Km/h.
4IOm8fG.jpg


O aumento da humidade relativa foi ganhando terreno para o interior, mas ainda ocorreram valores mínimos inferiores a 30% e até < 20%.
4OERYex.jpg


O Nordeste apresentou, no geral, os valores menos elevados de HR máxima:
jnIoYbe.jpg
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Merece realce a continuação das altas temperaturas no Nordeste (duas estações ainda com máxima > 40ºC, Pinhão a registar o quinto dia nos quarentas, nestes 17 dias de Junho), noite tropical, a par da baixa HR e precipitações em geral insignificantes:
ZAqZfXZ.jpg
eTYc9tS.jpg


LdKXf4c.jpg
IOjLEr4.jpg


VIhftqI.jpg


Ainda houve rajadas muito fortes associadas a passagem de células com alguma actividade.

czCFh3c.jpg
 

AnDré

Moderação
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
12,151
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (930m)
O Nordeste é provavelmente a região do país com maior anomalia neste mês de Junho. Bragança está há 7 dias com a Tmed > Tmáx média!
Screenshot_20220618-140354_Samsung Internet.jpg


Já em Viana do Castelo, esta vaga de calor passou completamente ao lado.

Screenshot_20220618-134942_Samsung Internet.jpg
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
A estimativa do conteúdo de água no solo terá melhorado durante o dia 16, mas não só pela precipitação caída. Também pode ter sido reavaliada ou reequacionada, resultando assim num ligeiro desagravamento em toda uma faixa do litoral ocidental, especialmente para norte do Cabo Raso:
2SaEGKa.jpg


Os acumulados registados na rede oficial não seriam, em geral, suficientes para originar esta melhoria da situação:
VWZfQS6.jpg
kslTd0c.jpg


A reposição de água no solo tenderá a ocorrer, pelas últimas previsões do IPMA, em todo o litoral para norte do Cabo Raso e em particular no Minho, Douro e Beira Litoral.
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
12,337
Local
Olhão (24 m)

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
22,597
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Evolução nos últimos três dias:

Temperatura máxima continua a descer, maioria das estações já nem chega aos 25ºC e muitas nem aos 20ºC:
aSKMKqg.jpg
JOJ62b5.jpg
k1OZTj0.jpg


As mínimas também a descer, tendência de estabilidade no Algarve litoral::
inLxXkw.jpg
ff8AjFV.jpg
Ka8AAD9.jpg


A precipitação continua dispersa, ontem mais escassa até, decrescendo de Noroeste para Sueste. A sul do Cabo Espichel praticamente nada:
xgneqdF.jpg
Sipf9yk.jpg
PDKmit9.jpg


Humidade relativa em aumento visível nos valores mínimos diários, mas ontem estabilizando ou mesmo decrescendo em alguns locais:
yAKrEil.jpg
0gb6ycB.jpg
rKg6ZzD.jpg


Referência curiosa ao vento porque com o vento médio preferencialmente dos quadrantes Oeste e Noroeste, as rajadas máximas quase sempre sopram momentaneamente da direcção oposta:
z2ygz4K.jpg
7EFmNKg.jpg


Em consequência da acção conjunta de todos estes parâmetros (descida das temperaturas, precipitações dispersas, aumento da humidade relativa, diminuição da insolação pela presença de nebulosidade, vento a enfraquecer) o conteúdo de água no solo na maior parte do território travou a descida abrupta que vinha registando, subindo até no Litoral, Norte pricipalmente, e mesmo em algumas zonas do Interior Norte e Centro. Mantém-se o panorama geral da secura da zona central do Nordeste e Leste da Beira Alta, Vales do Tejo e Sado, Baixo Alentejo e algumas áreas interiores do Algarve.
Basicamente o que se observa é a Região Litoral Norte com uma individualidade notável em relação ao restante território: aquela Região detém a maior zona de conteúdo de água no solo superior a 60% e a única a resistir, no Gerês claro, com uma pequena área acima dos 80%. Assim, fora da RLN, as zonas com conteúdos ainda acima dos 40% são escassas e de área reduzida. Até a cordilheira central, Estrela em particular, mal chega aos 60%, e isto traduz-se em escorrências muito reduzidas.

0fYx8r6.jpg
b5ORv27.jpg