Monitorização Teleconexões ENSO/NAO/AO/PDO/MJO/etc - 2009

Tópico em 'Climatologia' iniciado por Vince 2 Jan 2009 às 13:13.

  1. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Relação Clima da Europa com El Nino / La Nina !!

    Olá Boa noite ... resolvi escrever neste tópico porque tenho curiosidade da relação entre o Fenomeno La Nina / El NINO com o clima da Europa, e quais os efeitos que causa no nosso clima europeu.

    Há tempos li que o La Nina provoca um clima com precipitações acima do normal na Europa do Norte e um clima bastante mais seco no mediterrâneo, isto claro nos meses que deveriam ser supostamente chuvosos !!

    Ora bem nos ultimos anos o La Nina tem estado bastante activo tendo o nosso clima dos ultimos anos bastante mais secos que o normal.

    O El Nino tem estado bastante mais ausente salvo erros desde 98, e agora diz-se que está surgindo intensificando nos proximos anos até ao nosso Inverno de 2010. Qual o efeito que terá no nosso clima não se conhecendo ainda a sua intensidade???

    Um extracto tirado do site do IM:
    "A NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration) anunciou o inicio do El Niño, um fenómeno climático com influência significativa no clima global e nas condições oceânicas.

    O El Niño, que se caracteriza como um aquecimento ciclico das águas do Oceano Pacífico tropical, ocorre em média a cada 2 a 5 anos e permanece normalmente durante 12 meses.

    Segundo a NOAA, espera-se que o El Niño continue a desenvolver-se nos próximos meses, com possibilidade de fortalecimento. É igualmente expectável que o fenómeno dure até ao Inverno de 2009/2010 do Hemisfério Norte."

    Só agora vi que existe um tópico ... desculpem !!
     
  2. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Não existe uma relação comprovada do El Nino com o tempo em Portugal por exemplo. A influência do El Nino sempre foi na Europa muito difuso a nível geral , pois a variabilidade de outros factores sempre se sobrepuseram às influências deste fenómeno do Pacífico.

    Mas atendendo à natureza de sistema caótico mas sempre interligado que é o clima, influências haverá sempre.
    Se não estou em erro, para breve até estará para sair uma tese/estudo português sobre o assunto.
     
  3. psm

    psm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Out 2007
    Mensagens:
    1,509
    Local:
    estoril ,assafora
    Do muito pouco que sei, é que influencia a trajéctória do jet stream no Pacifico, mas como ele actua aqui na Europa é um enigma.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,862
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    A única influência que encontro é baseada na estatística. Anos de El Niño bem definidos resultam em Outonos quentes e chuvosos e Invernos tépidos e secos. Aos anos de La Niñas bem definidas resultam em Outonos tépidos e secos e Invernos frios e particularmente chuvosos. Mas há combinações que não funcionam bem. O ano de 2004-2005 como sabemos marcou pela ausência total de precipitação durante quase 12 meses apesar de ser um El Niño. E além disso há a imprevisibilidade das coisas. Basta ver que o ano de 1997 foi um dos maiores El Niños desde que há registos (eu cheguei a ver chover granizo no Algarve em Junho) e no ano seguinte passamos para uma La Niña bem definida onde pela 1ª vez ocorreram 4 ciclones tropicais no Atlântico simultaneamente...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    5,941
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    "La niña" - efeitos em Portugal e maior pluviosidade

    Parece que estamos numa fase de emergência do fenómeno contrário ao "El Niño", o chamado "La niña".
    Não direi que haja um associação causa-efeito entre a chegada da "la niña" em Portugal, mas talvez possa pensar nisso...:rolleyes:

    Normalmente com a chegada deste fenómeno há menor actividade dos furacões no atlântico - será pela temperatura do mar descer ou qual o fenómeno que estará na génese? Será que condiciona a chamada corrente do golfo a correr mais afastada da América do norte e a aproximar-se da nossa plataforma continental?
    Sinceramente não tenho dados sobre isto e por vezes são de difícil busca - talvez alguns dos que cá estão saberão alguma coisa que me possa ajudar. Se calhar algo ou tudo o que escrevi não fará sentido...mas para isso conto com alguma luz daqueles que sabem mais que eu.

    A questão é esta: se porventura o que afirmei está correcto -:assobio:- isso não poderá provocar um aumento da pluviosidade em Portugal continental e ilhas? Um oceano mais quente não poderá ajudar à formação de depressões que nos afectem mais directamente ao contrário do que tem acontecido nos últimos anos em que elas se geram mais a oeste e a norte? Será que o próximo outono-inverno poderá ser mais húmido atendendo ao aproximar da intensificação do fenómeno "la niña"?

    Desculpem colocar tantos "???" mas é a forma de me expressar com tantas dúvidas...obrigado pela atenção (e pela paciência):thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    5,941
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    Re: "La niña" - efeitos em Portugal e maior pluviosidade

    O Instituto de Meteorologia anunciou no dia 25 de Agosto o seguinte:

    "Possibilidade de ocorrência El Niño no final de 2009
    2009-08-25 (IM)

    As condições da temperatura da superfície do mar na região tropical do Oceano Pacífico continuam a ser consideradas perto do valor neutro nesta altura, sem sinal de condições quer de El Niño quer de La Niña.

    No entanto, alterações recentes nas condições da interacção oceano/atmosfera, conjuntamente com inúmeras projecções de modelos numéricos, sugerem um possível desenvolvimento do fenómeno El Niño no final de 2009. Apesar de não haver certezas da sua ocorrência, a situação actual no Pacífico pressupõe uma monitorização cuidada durante os próximos meses por forma a identificar sinais mais precisos que possam indicar o desenvolvimento do fenómeno El Niño.

    Com base nos dados actuais, o fenómeno La Niña dificilmente ocorrerá, havendo uma possibilidade de ocorrer o fenómeno El Niño."


    Parece que então a "La niña" não se formará e assim lá se vai o que considerei no primeiro post. Mas gostaria de saber se afinal pode ou não haver um fundo de razão em relação ao que escrevi...:thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Re: "La niña" - efeitos em Portugal e maior pluviosidade

    Aristocrata, movi o teu tópico para aqui que é onde se discute o ENSO e já se discutiu mais vezes o que referes, não vale a pena haver outro tópico sobre o assunto.

    Como podes verificar na página anterior, estamos actualmente em condições El Nino, uma La Nina tivemos entre ASO/2007 e AMJ/2008 e depois tivemos novamente condições La Nina nos últimos meses do ano passado que se mantiveram até ao início deste ano, sem ser uma La Nina efectiva. Na página anterior também está a explicação da diferença de conceitos entre "condições" e El Nino ou La Nina efectiva.



    Não concordo com este parágrafo do IM, penso tratar-se de uma gralha pois até é contraditório. Se está perto do neutro quer dizer que não está neutro (já quase pareço a Lilly Caneças com o "estar vivo é o contrário de estar morto") e que existem portanto condições que são actualmente El Nino.

    Efectivamente são condições El Nino fracas, perto do Neutro, mas mantém-se a anomalia acima dos +0,5ºC, portanto condições El Nino e não neutras. Talvez esteja é hesitante em se estabelecer com mais força e abaixo das previsões de há uns meses.


    Última semana: (actualização de 24 de Agosto)




    As previsões mantém-se consistentes para o El Nino, com o pico à partida a ser no trimestre Novembro/Dezembro/Janeiro.
    Mas se observarem, no 1º gráfico nota-se ali uma curva meio estranha entre a anomalia verificada e a prevista que parece mais ou menos uma "hesitação". Aguardemos pelas próximas semanas a ver como evolui.

    [​IMG]

    [​IMG]




    A relação entre o ENSO e os furacões depende do local. No Atlântico é o contrário do que afirmaste, o El Nino aqui é que está associado a menos furacões devido à circulação atmosférica que provoca um aumento do windshear no Atlântico tropical:

     
  8. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Voltando ao assunto El Nino/La Nina e Portugal, como já foi referido anteriormente, a sua influência é difusa/sinal fraco, mas há alguma. Por exemplo este artigo que encontrei fala de Invernos mais secos no SW da Europa devido ao stormtrack mais a norte em anos La Nina. Resta saber como isto se articula com a Oscilação Atlântico Norte, pois esta pode perfeitamente ter ou não um sinal contrário a isso. Se há um sinal forte do NAO contraditório com este do El Nino (que é um sinal fraco na Europa) parece-me que as influências do fenómeno acabam muito diluídas e variam bastante conforme as restantes condições.


     
  9. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    5,941
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    Obrigado Vince pelas tuas respostas.
    É curioso que muitas vezes somos como que "enganados" pelo que se vai escrevendo por aí - há dados contraditórios, mesmo provenientes de organismos oficiais. E como tal surgem-me estas dúvidas. É caso para dizer: ler, reler, debater e depois tirar conclusões. É que tirar conclusões imediatas de artigos científicos que vão saindo um pouco por todo o lado pode não ser a melhor forma de adquirir conhecimento - e para isso temos estes espaços de debate aqui no fórum.
    Obrigado:thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Se nos anos de El Nino não parece conclusivo sobre os efeitos do El-Nino na Europa a mim parece-me mais claro que quando existe La Nina o Mediterraneo nomeadamente a peninsula Ibérica tem secas mais frequentes !!
    Contudo existem outras variantes em causa dado que não é "Regra Geral" para todos os casos !!
    Mas que influencia .. lá isso Influencia pelo menos o La Nina !!

    Como o El Nino afecta fortemente a America do Norte isso pode influenciar tb a Europa ou (não)???????????????
    Existem depois outros factores em conjugação !!

    mas então se não for nem um nem outro ... o que influencia? o NAO? E o que origina um forte NAO? O que faz com que possa existir mais depressões a Sudoeste de Portugal ou da Europa??????????
     
  11. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Boa tarde ...
    Não sendo o tópico apropriado e porque alguém aqui falou em seca nos proximos meses, venho aqui recomendar não tanto um site, mas sim o que está lá escrito nele que estabelece uma relação entre o El NINo e sua força/Fraqueza e o NAO !!
    Nesse site diz que o factor Sol também tem um papel importante e o facto de termos um NAO + ou NAO - dependerá da força do El Nino e do seu momento angular
    Deixo o link para quem perceba do assunto que não é o meu caso, confesso:
    http://www.netweather.tv/forum/topic...0/page__st__51
     
  12. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,862
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Bem... parece que o Índice NAO vai a caminho do valor mais baixo dos últimos 4 meses... Veremos se estamos do lado certo do tempo frio porque a chuva parece ter vindo para ficar... :rain:

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Sim é verdade ... Agreste !!
    Ainda não tinha visto possibilidade de NAO tão baixos este ano ainda, mesmo no inicio de Outubro o máximo que teve de possibilidade de atingir foi -1.
    Agora passados dois meses os modelos estão a modelar possibilidade do NAO atingir valores de -2 ou menos (abaixo de -2).
    Os passos estão a ser dados .... vai devagarinho, mas havemos de chegar lá !!!
     
  14. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    O El Niño neste momento tem uma intensidade moderada, e deverá segundo os modelos, manter-se pelo menos até Janeiro/Fevereiro 2010.

    [​IMG]

    [​IMG]

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. Fernandobrasil

    Fernandobrasil
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    22 Fev 2009
    Mensagens:
    57
    Local:
    brasil
    Eu vejo assim:

    As condições de ENSO (especialmente Niño 3.4) são refletidas na temperatura global com um atraso de 3 a 5 meses...preferencialmente 4 meses. ponderadamente a 40%

    O Hemisfério Norte responde de forma mais adequada a esta teleconexão.

    Então, Acho razoável que para Portugal seja "prever" que os próximos 4 meses mantenham temperaturas de 0,5 a 1ºC acima das médias normais.

    Abraços
     

Partilhar esta Página