Nevoeiro invulgar - Funchal/Madeira - 11 Maio 2007

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Já ontem fiz referência a este interessante fenómeno, de nevoeiro a menos de 100 metros sobre o mar e com céu limpo. Hoje o fenómeno esta-se a registar no Funchal.
Ontem por aqui no Norte da ilha:
2000282224416881106_rs.jpg


Hoje (a Notícia e as imagens a seguir são do Diário de Notícias Madeira):

Neblina gera espanto e fecha aeroporto
Fenómeno natural raro causou apreensão
Data: 11-05-2007

A baixa do Funchal assiste hoje a um fenómeno natural raro, estando "submerso" num denso manto de nevoeiro que causou apreensão e afectou o movimento nos Aeroportos da Região. O Instituto de Meteorologia explicou à agência Lusa que tudo "se deve a uma massa de ar do Atlântico do quadrante sul, com temperaturas mais altas do que o oceano, e, ao entrar em contacto com as águas, acontece um processo de condensação muito rápido".

Adiantou que esta situação se registou noutros concelhos da costa sul, designadamente, Calheta, Machico, Santa Cruz e na ilha do Porto Santo.

"É um fenómeno raro e localizado. A brisa do mar depois propulsiona o nevoeiro para terra", disse a mesma fonte.

Este nevoeiro baixo afectou o movimento de aterragens e descolagens no Aeroporto Internacional da Madeira.

Os aviões que faziam as ligações Paris/Porto e Amesterdão/Lisboa acabaram por divergir para Lisboa, e na Madeira as descolagens estiveram interrompidas desde as 10:50, apurou a Lusa junto de uma fonte daquela infra-estrutura aeroportuária.

A operação foi retomada depois das 12:30, estando atrasados os voos com destino ao Porto Santo, o TP 588 Lisboa/Frankfurt e o TP 358 para Gatwick. Quanto aos voos que divergiram para Lisboa, serão reprogramados, informou.

dn01013201_01.jpg

dn01013201_02.jpg

dn01013201_03.jpg

dn01013201_04.jpg

dn01013201_05.jpg

dn01013201_06.jpg
 

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Re: Nevoeiro estranho...

Mas isso não é o famoso mar de nuvens característicos dos climicas influenciados pelos alísios?

Esse mar de nuvens que referes é de altitude, e não a menos de 100 metros como hoje é o caso..
Quando influênciado pelos alísios o ar humido é forçado a subir e provoca nevoeiros de altitude como no Pico Ruivo e do Areeiro devido às temp. frias de altitude. A situação actual é diferente, é inversa em certo sentido, a temperatura de condensação está ao nível do mar e não nas montanhas como ocorre com ventos alísios.
Segundo dados avançados hoje pela manhã da Capitania do Funchal, uma situação destas não ocorre há pelo menos 50 anos.
Estamos a ter temperaturas agora em Maio que só ocorrem por cá normalmente em Agosto. A influência do Anticiclone bem perto da ilha tem grande responsabilidade...
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Re: Nevoeiro estranho...

Então outro factor a ter em conta será a temperatura da água. Estará a haver algum fenómeno de upwelling mais intenso nessa zona?

screenshot001zt6.jpg



Pela imagem de satelite parece que o vento rodou para S/SW...
 

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,790
Local
Bragança (675m)
Re: Nevoeiro estranho...

Então outro factor a ter em conta será a temperatura da água. Estará a haver algum fenómeno de upwelling mais intenso nessa zona?

screenshot001zt6.jpg



Pela imagem de satelite parece que o vento rodou para S/SW...

Esta imagem é muito interessante. Até dá para ver o efeito barreira na vertente sul e os turbilhões na massa de ar no lado norte.

Como este fluxo ocorre em situação anticiclónica o estrato de nevoeiro apresenta um topo baixo e daí o mar de nuvens. Como o fluxo desta massa de ar é de sul ou SW, bem visível na imagem, talvez tenha ocorrido algo parecido com o efeito de Föhn na vertente norte, o que originou valores mais elevados de temperatura relativamente à vertente sul.
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Re: Nevoeiro estranho...

Diário Digital:
Fenómeno raro afectou movimento no aeroporto do Funchal
A baixa do Funchal assiste hoje a um fenómeno natural raro, estando «submerso» num denso manto de nevoeiro que causou apreensão e afectou o movimento nos Aeroportos da Região.
Uma fonte do Instituto de Meteorologia explicou à agência Lusa que tudo «se deve a uma massa de ar do Atlântico do quadrante sul, com temperaturas mais altas do que o oceano, e, ao entrar em contacto com as águas, acontece um processo de condensação muito rápido».

Adiantou que esta situação se registou noutros concelhos da costa sul, designadamente, Calheta, Machico, Santa Cruz e na ilha do Porto Santo.

«É um fenómeno raro e localizado. A brisa do mar depois propulsiona o nevoeiro para terra», disse a mesma fonte.

Este nevoeiro baixo afectou o movimento de aterragens e descolagens no Aeroporto Internacional da Madeira.

Os aviões que faziam as ligações Paris/Porto e Amesterdão/Lisboa acabaram por divergir para Lisboa, e na Madeira as descolagens estiveram interrompidas desde as 10:50, apurou a Lusa junto de uma fonte daquela infra-estrutura aeroportuária.

A operação foi retomada depois das 12:30, estando atrasados os voos com destino ao Porto Santo, o TP 588 Lisboa/Frankfurt e o TP 358 para Gatwick.

Quanto aos voos que divergiram para Lisboa, serão reprogramados, informou.

Diário Digital / Lusa
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=13&id_news=275678

Video DN Madeira
[VIDEO]http://www.dnoticias.pt/multimedia/videos/110507/dn0301010101.wmv[/VIDEO]
http://www.dnoticias.pt/multimedia/videos/110507/dn0301010101.wmv
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Re: Nevoeiro estranho...



OK.
Um fenómeno raro na Madeira mas tão frequente no Litoral Centro e Norte nos meses de Verão. Massas de ar quente e húmido que se condensam em contacto com a água fria do mar.
Agora fica a questão e três supostas respostas, por que é raro na Madeira este fenómeno?

1) Por que a Madeira estando inserido no regime de ventos alísios é raro estes soprarem de Sul

2) A água do mar está mais fria do que é normal

3) A conjugação das explicações 1) e 2)....


Outro aspecto que contribuí para que a brisa marítima se produza, e o nevoeiro seja "arrastado" para terra é o facto de a Madeira estar neste momento naquilo que os espanhóis lhe chamam "pântano barométrico". Não sei se essa terminologia se aplica em Portugal.
Reparem na área enorme no Atlântico que está à mesma pressão a nível do mar (1020hPa).

rtavn0011kv0.png

http://www.wetterzentrale.de/topkarten/fsavneur.html



Com este quadro sinóptico o gradiente horizontal da pressão atmosférica é muito baixo com a ausência de vento anticlónico favorecendo o aparecimento das brisas....



Pronunciem-se :D
 

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Re: Nevoeiro estranho...

OK.
Um fenómeno raro na Madeira mas tão frequente no Litoral Centro e Norte nos meses de Verão. Massas de ar quente e húmido que se condensam em contacto com a água fria do mar.
Agora fica a questão e três supostas respostas, por que é raro na Madeira este fenómeno?

1) Por que a Madeira estando inserido no regime de ventos alísios é raro estes soprarem de Sul

2) A água do mar está mais fria do que é normal

3) A conjugação das explicações 1) e 2)....


Outro aspecto que contribuí para que a brisa marítima se produza, e o nevoeiro seja "arrastado" para terra é o facto de a Madeira estar neste momento naquilo que os espanhóis lhe chamam "pântano barométrico". Não sei se essa terminologia se aplica em Portugal.
Reparem na área enorme no Atlântico que está à mesma pressão a nível do mar (1020hPa).


Com este quadro sinóptico o gradiente horizontal da pressão atmosférica é muito baixo com a ausência de vento anticlónico favorecendo o aparecimento das brisas....

Pronunciem-se :D

Mais ou menos...

A água do mar não está mais fria por aqui, e o tempo sul por esta altura do ano nem é assim tão invulgar. Mas tens razão, é o mesmo fenómeno que ocorre em Portugal Cont. no Litoral, nos estuários, nos vales e que se dissipa com o sol.
Por aqui também ao início da tarde este nevoeiro estava já a se dissipar..
Para ocorrer na Madeira teve de ter, digamos, condições ideais: ter uma massa de ar quente e húmido sobre a Madeira vinda de sul, e em contacto com a água fria do mar condensa em nevoeiro. Devido a um vasto anticiclone criou condições de inexistência de ventos de outros quadrantes ao nivel do mar (devido à sua posição no meio do mar é muito habitual ter vento ou brisas marinhas na ilha...), e permitiu esta permanência do nevoeiro.
O nevoeiro deslocava-se para terra (as temperaturas diferentes criam diferença de pressão barométrica aqui provocando o deslocamento do nevoeiro para terra, mas este ao encontrar apenas ar quente evaporava as gotículas de água do nevoeiro retornado a vapor de água só perceptivel pela humidade.)
 

Hawk

Cumulonimbus
Registo
26 Nov 2006
Mensagens
2,037
Local
Funchal
Re: Nevoeiro estranho...

È um fenómeno muito comum em algumas zoas do Continente (já testemunhei algumas vezes na Póvoa do Varzim), mas raro, eu diria mesmo único, na Madeira. Ouvi muita gente na casa dos 80 anos a dizer que nunca tinha visto nada semelhante na ilha. Mais fenómenos lindíssimos, raros e não problemáticos são benvindos!:p
 

rossby

Cumulus
Registo
10 Mar 2007
Mensagens
158
Local
Ponta Delgada - São Miguel
Re: Nevoeiro estranho...

Olá

Acho que vale a pena ver a radiossondagem do dia 11 as 12Z:

sounding


Como podem verificar, as 12Z havia ainda uma forte inversão entre os 120 e 230 m. O vento estava algo fraco e a temperatura do ar muito próxima da do mar, o que significa que durante a noite o ar teve tempo para arrefecer à temperatura da água e formar a inversão. Nestas condições o ar frio e saturado ficou restrito a uma camada até os 230 -250 m como se pode ver nas imagens, possivelmente até que o vento soprasse com mais intensidade ou até que a convecção começasse a dominar ... O que é pouco usual é durante a noite estar uma camada tão seca a níveis superiores que provavelmente impediu a formação de estratocumulus durante a noite e por isso um a.a.n. e a formação da inversão. Julgo por isso, que se tratou mais de nevoeiro de radiação e não propriamente de advecção.

Um abraço.
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Re: Nevoeiro estranho...

Olá

Acho que vale a pena ver a radiossondagem do dia 11 as 12Z:

sounding


Como podem verificar, as 12Z havia ainda uma forte inversão entre os 120 e 230 m. O vento estava algo fraco e a temperatura do ar muito próxima da do mar, o que significa que durante a noite o ar teve tempo para arrefecer à temperatura da água e formar a inversão. Nestas condições o ar frio e saturado ficou restrito a uma camada até os 230 -250 m como se pode ver nas imagens, possivelmente até que o vento soprasse com mais intensidade ou até que a convecção começasse a dominar ... O que é pouco usual é durante a noite estar uma camada tão seca a níveis superiores que provavelmente impediu a formação de estratocumulus durante a noite e por isso um a.a.n. e a formação da inversão. Julgo por isso, que se tratou mais de nevoeiro de radiação e não propriamente de advecção.

Um abraço.

Gostei da explicação. Essa injecção de ar seco provavelmente terá tido origem no Tempo de Leste que esteve nos dias anteriores.


Então neste caso o nevoeiro que se formou não foi o típico nevoeiro que se forma no Litoral Norte e Centro de Portugal Continental no Verão mas antes um nevoeiro que afecta o Interior de Portugal nas gélidas noites anticiclónicas no Inverno...

Fica aqui a radiosondagem em versão texto:

screenhunter003ju6.jpg




Já agora rossby, já tinha colocado a dúvida no outro post, qual nome que em Portugal se dá aquilo que os Espanhóis lhe chamam de "pantanos barométricos" ou seja uma vasta área onde não varia a pressão atmosférica?
 

rossby

Cumulus
Registo
10 Mar 2007
Mensagens
158
Local
Ponta Delgada - São Miguel
Re: Nevoeiro estranho...

Gostei da explicação. Essa injecção de ar seco provavelmente terá tido origem no Tempo de Leste que esteve nos dias anteriores.


Então neste caso o nevoeiro que se formou não foi o típico nevoeiro que se forma no Litoral Norte e Centro de Portugal Continental no Verão mas antes um nevoeiro que afecta o Interior de Portugal nas gélidas noites anticiclónicas no Inverno...

Fica aqui a radiosondagem em versão texto:

screenhunter003ju6.jpg




Já agora rossby, já tinha colocado a dúvida no outro post, qual nome que em Portugal se dá aquilo que os Espanhóis lhe chamam de "pantanos barométricos" ou seja uma vasta área onde não varia a pressão atmosférica?


No caso dos nevoeiros do litoral a norte do Cabo da Roca (eu conheço-os bem pois sou originário da região de Aveiro), trata-se normalmente como disse de nevoeiro de advecção em que o ar húmido é transportado sobre águas mais frias junto à costa, as quais aparecem devido ao "upwelling".

Julgo que não há nenhum termo técnico em português específico para estas situações. Contudo, situações dessas correspondem normalemente a configurações de "colo" do campo da pressão ou a centros de anticiclones. Obviamente, nos centros das depressões o vento é também fraco mas neste caso correspondem a regiões espaciais muito menores. Nós por cá designamos como zonas ou pontos de "estagnação" ou de "calmas". Pode ser até que algum colega se tenha também lembrado de designar o mesmo fenómeno como "pântano barométrico" o que não me choca, mas como disse não há nenhum termo técnico específico em português.
No Centro de Documentação do IM existe uma série de documentos do tempo do SMN ("memórias") onde foram definidos alguns termos meteorológicos que só havia em língua estrangeira. Pode ser até que lá venha especificado este termo.

Um abraço