Nuvens nacaradas (nacreous clouds) visíveis em Portugal ?

tempus_fugit

Cirrus
Registo
21 Out 2007
Mensagens
18
Local
Barreiro
Boa noite a todos os membros deste extraordinário fórum! Fala-vos (ou melhor, escreve-vos) um estreante aqui (um cirro, portanto!) que, não obstante ser formado em Psicologia, sempre teve uma paixão muito grande pela Meteorologia. As dificuldades com a Matemática e a Física afastaram-me de um percurso vocacional que me atraía mais que qualquer outro quando criança. Agora, quem sabe? Um dia destes ganho coragem e enfrento esses receios talvez infundados. O problema é, acima de tudo, o convencermo-nos de que não somos capazes de algo, e então não somos mesmo!

Ora a minha primeira participação neste fórum é a partilha desta notícia que li:

http://www.elmundo.es/elmundo/2008/02/19/ciencia/1203414480.html

Assim, dito desta maneira, parecem perigosas, estas nuvens! E se resolverem deitarem-nos ácido em cima?? :lol: Embora nunca tenha ouvido falar deste fenómeno, julgo serem nuvens comuns nos céus polares, não é verdade? Uma coisa é certa: são lindíssimas! Faz lembrar a letra daquela canção que Neil Diamond compôs para o filme "A História de Fernão Capelo Gaivota":

Lost
On a painted sky
Where the clouds are hung
For the poet's eye

Um forte abraço a todos!
Boas observações meteorológicas! :thumbsup:
Francisco
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Re: Nuvens de ácido nítrico?

Olá, bem vindo ao forum.

Mas estás a dar uma grande novidade do qual ainda não tinha ouvido falar. Diz no artigo do El Pais que as nuvens nacaradas (nacreous clouds) também conhecidas por nuvens polares estratosféricas (PSC's) podem ser visiveis em Portugal. Mas isso seria raro e espectacular, ainda há poucos dias se falou delas algures no forum, nem sabia que era possível vê-las por aqui também.

A ver se conseguimos obter mais informações.
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Re: Nuvens de ácido nítrico?

Exacto. No time-lapse de Antártida ao minuto 5:20 aparecem essas nuvens nacaradas ou pelo menos assemelham-se muito a tal.
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,098
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Re: Nuvens de ácido nítrico?

"Este fenómeno, que tiene lugar ante temperaturas extraordinariamente bajas (inferiores a -78 grados centígrados), sólo se puede percibir en días despejados y durante los atardeceres."

Como é que algo assim pode aparecer na Peninsula Ibérica?!:huh::huh:
Ainda por cima com temperaturas tão amenas como se tem verificado?:huh:
Não percebo...:unsure:

Ah! E se acrescentarmos que também esta semana se viram "mammatus cloud" (nuvens associadas a tempestades e temperaturas normalmente quentes), a que conclusão podemos chegar??
Um descontrolo atmosférico mesmo em cima de nós?
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
"Este fenómeno, que tiene lugar ante temperaturas extraordinariamente bajas (inferiores a -78 grados centígrados), sólo se puede percibir en días despejados y durante los atardeceres."

Como é que algo assim pode aparecer na Peninsula Ibérica?!:huh::huh:
Ainda por cima com temperaturas tão amenas como se tem verificado?:huh:
Não percebo...:unsure:

Ah! E se acrescentarmos que também esta semana se viram "mammatus cloud" (nuvens associadas a tempestades e temperaturas normalmente quentes), a que conclusão podemos chegar??
Um descontrolo atmosférico mesmo em cima de nós?

Calma :) Começando pelo fim, os mammatus são super vulgares nas trovoadas e CB's cá em Portugal. Eu no ano passado vi-as umas 2 ou 3 vezes e volta e meia aparecem fotos aqui no forum. O que se passa é que nem sempre está alguém no sitio certo e hora ideal para as fotografar de forma correcta, que é o que me tem acontecido a mim, ou a luz não é a ideal ou há nuvens baixas e/ou precipitação a estragar o espectáculo e percebe-se que estão lá os mammatus mas são pouco definidos e nada espectaculares.

No Algarve há dias o que se passou é que os que conseguiram aqueles excelentes registos conseguiram-no porque não havia as tais nuvens baixas e cortinas de precipitação e foi precisamente na melhor hora possível para fotografar este tipo de coisas, próximo do pôr do sol e as nuvens apareceram no angulo correcto em termos de luz e cores ao pôr do sol. Só com muita sorte isso tudo está conjugado, daí esses registos muito bonitos. Já é uma sorte apanhar uma trovoada, muito mais sorte é aparecer tudo no sitio e hora ideal. Se repararem quase todas as fotos muito bonitas de Mammas são ao pôr do sol. Um bom fotógrafo obviamente não espera por essa sorte, vai ele à procura dela e planeia antecipadamente o local e hora onde vai tentar obter bons registos.


Quanto às nacreous clouds, isso sim, seria algo de muito raro, e ainda tenho muitas dúvidas. Quem veiculou essa informação foi o INTA de Espanha, aqui fica a press release original. Dizem que é uma possibilidade esta semana, mas que até ao momento ainda não se confirmou.


Nubes estratosféricas de ácido nítrico sobre España
Una situación excepcional en la estratosfera. (19/02/2008)


Durante esta semana, se prevé la aparición de Nubes Polares de ácido nítrico sobre la Península Ibérica, algo que hasta la fecha no se ha producido desde que se tienen datos.

Según informa Manuel Gil, Jefe del Área de Investigación e Instrumentación Atmosférica del INTA (Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial), “La situación meteorológica de la estratosfera prevista para esta semana indica un muy inusual desplazamiento del centro de temperaturas mínimas en la estratosfera desde el polo hacia Gran Bretaña, abarcando en su círculo de influencia latitudes tan bajas como el centro de la Península Ibérica para mañana, día 19 de febrero”.

En estas condiciones existe la posibilidad, si la situación prevista no cambia en los próximos días, de que dichas nubes estratosféricas sean observadas por primera vez en España, donde las temperaturas previstas se encontrarían por debajo del umbral de formación de estas nubes.

Se podrán ver en el crepúsculo con cielo despejado

Las nubes madreperla o nacaradas, o como se denominan en el ámbito científico, Nubes Estratosféricas Polares (PSC) aparecen ocasionalmente en las regiones cercanas al polo durante el invierno a unas alturas de entre 20 y 25 Km. con temperaturas extraordinariamente bajas, inferiores a -78ºC. Son nubes sutiles formadas de ácido nítrico o de agua, de una gran belleza, que sólo pueden observarse en días despejados durante los crepúsculos, resaltando sobre el fondo oscuro del cielo con irisaciones en los bordes.

El INTA desde hace casi dos décadas realiza un seguimiento de los campos de temperatura del Ártico que permiten identificar las áreas de posibles formaciones de nubes de este tipo, en su programa de estudio de los procesos de destrucción de ozono por gases contaminantes (halógenos). En particular las medidas de este año se realizan en el marco del proyecto internacional ORACLEO3, entre las actividades del Año Polar Internacional (IPY).

Fuente: INTA – Prensa
http://www.inta.es/noticias/destacamos.asp?id=1975


nac.jpg

Nacreous Clouds, Göteborg, Sweden Imaged by Håkan Pleijel on 19th January 2008 approximately 45 minutes after sunset. The clouds, 9-16 miles high, are still in sunlight and their miniscule ice crystals diffract light to form the iridescent colours. Type II PSCs surround the nacreous clouds. The clouds were seen over large parts of Sweden and southern Norway on this and the following day
 

Luis França

Nimbostratus
Registo
23 Mai 2006
Mensagens
1,467
Local
Hades
Eu já fotografei essas nuvens nacaradas em Lisboa, por várias vezes, se não me engano em 2007, perto do Verão, mesmo por cima do meu prédio.

São raríssimas nesta latitude mas não impossíveis.
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,098
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Sim, Vince:D Se calhar exagerei!:D

Mas quando me referi aos mammatus, não era pela raridade do acontecimento, mas por terem aparecido na mesma semana das nacreous clouds. Tendo elas caracteristicas tão diferentes. Uma está tipicamente ligada ao calor, e a outra ao frio gélico dos pólos. Daí ter referido o tal "descontrolo atmosférico".:unsure:
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Eu já fotografei essas nuvens nacaradas em Lisboa, por várias vezes, se não me engano em 2007, perto do Verão, mesmo por cima do meu prédio.

São raríssimas nesta latitude mas não impossíveis.

Se foi no Verão não devem ter sido estas, mas talvez as Noctilucent, ainda mais raras. Estas nacreous só aparecem em pleno Inverno polar na Estratosfera. As Noctilucent são ainda mais altas, aparecem na mesosfera mas não apresentam cores como as Noctilucent e ainda não se sabe porque se formam a estas altitudes.

atmosf.jpg
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Vou esclarecer este fenómeno.

O que tu vistes (e do que o artigo fala) é das irridiscências, que são belos efeitos coloridos nas nuvens, causados pelos cristais de gelo. São relativamente raras mas ocorrem em todo o mundo e em qualquer altura do ano.

260px-Irid_clouds1.jpg


As nuvens nacaradas (nacreous clouds) só são visiveis no Inverno e APENAS nas regiões dos pólos. Ocorrem na Estratosfera (ao contrário das irridescências) e são muito mais luminosas e bem mais fantásticas. Estas ocorrem principalmente na Antárctica e só mais raramente nos países do Árctico, pois requerem temperaturas muito baixas. As nuvens nacaradas não podem ser visiveis de Portugal.

global%257Ewarming%257E3.jpg


Eu já vi ambas, e as nuvens nacaradas ao contrário das irridiscências aparecem antes do dia e têm um brilho próprio, são ovaladas e com cores muito brilhantes. As nuvens nacaradas quando aparecem duram bastantes horas, ao contrário das irridiscências que duram alguns minutos. As irridiscências costumam aparecer em pleno dia, com nuvens altas. Costumam ter forma mais irregular, e associada à nuvem onde a difração da luz ocorre. As nacaradas são nuvens individuais por si só e ocorrem antes do sol se elevar acima do horizonte.

As nuvens noctilucentes são diferentes. Ocorrem na Mesosfera, ou seja, mais altas ainda, e como também requerem temperaturas muito baixas, ocorrem geralmente nas regiões polares e somente nos meses de verão (quando a Mesosfera está mais fria). Tal como as nacaradas, têm brilho próprio e somente aparecem depois de o sol se por ou antes de nascer. São visiveis como filamentos brilhantes azuladas, a brilhar no céu do crepúsculo. Em anos recentes, estas nuvens têm vindo a ser visiveis cada vez mais a sul, portanto poderão ser observadas ocasionalmente de Portugal (mas bastante baixas no horizonte). A diferença dos cirros, é que estas têm brilho próprio inconfundível, tal como as nacaradas.

300px-Helkivad_%C3%B6%C3%B6pilved_Kuresoo_kohal.jpg


Onde eu vi cada uma destas nuvens?
- Irridiscências: algumas vezes ao longo da minha vida, em vários países, sempre em pleno dia.
- Nuvens nacadaras: somente uma vez na vida, num espectáculo indiscritivel, na Islândia, em pleno Inverno, e antes do nascer do dia, e de novo após o final desse dia (post com fotos)
- Nuvens noctilucentes: vi algumas vezes aqui na Islândia em pleno Verão após o por-do-sol, por vezes algo soberbas. Vi tb duas vezes tb na Áustria, mas não tão extraordinárias.

Para aqueles que desejam ver algo, tentem ver se descobrem algumas nuvens noctilucentes agora nestes próximos dias, desde aí de Portugal.