Previsão do Tempo e Alertas - Junho 2008

vitamos

Staff
Registo
11 Dez 2007
Mensagens
5,435
Local
Estarreja
Com a crista a bloquear até ao Reino Unido não há hipotese, só para o leste de Espanha, vamos ter tempo estável mas que também já fazia falta sobretudo à agricultura. Talvez na 2ª quinzena de Junho haja alguma animação convectiva.

Acrescento apenas que parece aparecer uma janela de oportunidade a partir de dia 14/15. Não obstante a distância diria que tanto o europeu como o GFS parecem indicar algo com uma "cisão" das altas pressões na zona da ibéria... Mas até lá ainda muito e mesmo com esse cenário a formar-se nada parece ainda garantido em termos de convectividade... E como no espaço de uma semana a estabilidade é TOTAL é esta que temos de considerar, por uma semana pelo menos!
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Venha calor!!! :lol:::)

E vem aí finalmente algum calor

Temperaturas máximas, próximos 6 dias, incluindo hoje
temp-3.jpg
 

nimboestrato

Nimbostratus
Registo
8 Jan 2008
Mensagens
1,865
Local
Pedras Rubras-Aeroporto
E no meio da calmaria reinante,no meio da paz meteorológica a contrastar com a social,eis que surge de novo o ECMWF com cenários absolutamente hilariantes e em contra-mão com todos os outros modelos para daqui a uns longos dias:.

semttulopo0.png


Mesmo que a nove dias tudo seja possível estará claro que amanhã (hoje) ,ups,
em lugar desta vigorosa depressão no Atlântico Norte,voltará a estar o Anticlone estendido em crista sobre as ilhas britânicas .Ou não. Mas a 9 dias estes delírios são frequentes.
E como de quando em vez, até existe uma ponta do véu que nestas circunstâncias é levantada ,aqui fica o registo.
Certo será por ora a estabilidade reinante com algum calor à mistura.
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Ainda não será nos próximos dias que teremos situações de céu limpo em todo o território de Portugal Continentel, embora também não estejam previstas precipitações em quase todo o território; apenas e tão só alguma nebulosidade e a presença de algum vento. As temperaturas vão continuar ligeiramente abaixo dos valores esperados para Junho.

"En realidad en superficie la situación no varía demasiado con respecto a ayer, con un anticiclón centrado entre Azores y el Noroeste peninsular, que procura presiones relativamente altas sobre la Península Ibérica, aunque apareciendo una baja térmica relativa en las horas centrales del día sobre el interior y Sur de la Península, asociada a una zona mayor de bajas térmicas sobre el Norte de África. Sin embargo, es en las capas medias y altas de la troposfera donde sí vamos a tener cambios significativos con respecto a ayer. Estos cambios vienen dados por la evolución de la inestabilidad ayer presente sobre el Sur de Francia en dirección Sur. Se trata de de la individualización de una pequeña, pero activa, baja aislada en las capas medias y altas de la troposfera, sin apenas reflejo en superficie, pero que se acompañará de un embolsamiento de aire frío de -20ºC a 5600mts, que irá a parar precisamente entre el interior peninsular"CEAMET
 

nimboestrato

Nimbostratus
Registo
8 Jan 2008
Mensagens
1,865
Local
Pedras Rubras-Aeroporto
Mais uma surpresa nesta Primavera de anomalias e o aparecimento desta pequena mas activa depressão isolada nos nivéis médio e altos da troposfera na Iberia ,alterou e até baralhou a previsão para os próximos dias.
Parece claro que a corrente de Leste que em determinada altura seria inevitável surge agora comprometida.
Embora não haja previsão de precipitações significativas,(Albacete, mesmo aqui ao lado,no sudeste espanhol registou hoje 74mm ) o calor continuará arredio e até haverá a tendência para que regressem os Oestes lá mais para diante ,sem que o Leste se instale.
Com o norte peninsular bem mais fresco que o sul,continua esta Primavera de sobressaltos e de alguma imprevisibilidade.
A Escandinávia,que na última semana gozou de um Verão surpreendentemente quente ,vai voltar à normalidade.
Talvez arraste consigo a Ibéria, o que equivale a dizer que
talvez essa normalidade (o calor), por aqui apareça .
Talvez amanhã o cenário seja outro.
Mas afinal , de que estamos à espera?
Da Meteorologia sem surpresa?
Espero que isso nunca aconteça...
 

miguel

Furacão
Registo
4 Fev 2006
Mensagens
13,487
Local
Setúbal
Calor na Quarta , quinta e sexta e talvez sábado :hehe: depois refresca um pouco :p
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
boa noite .
Diferenças abismais entre modelos na run das 12
1º no gfs a tendencia para baixar de temperaturas é de sabado para domingo(no litoral),com uma componente de norte até segunda, para depois no dia a seguir, 17 junho uma componente de leste, mas em 2º no ecmwf o abaixamento de temperatura mantem-se igual ao gfs, mas depois muda completamente a previsão em relação gfs, pois dá a tendencia do vento vir de O ou SO no domingo e talvez já com chuva fraca no norte de portugal, e que será mais intensa na segunda feirae o padrão para os dias seguintes são a continuação de ventos de oeste.

Um aparte, o modelo gfs nestes ultimos dias tem variado muitas vezes de previsão a médio prazo, enquanto o ecmwf tem + - mantido este padrão nos ultimos 2 dias e meio
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Apesar do próprio IM destacar no seu relatório de Maio as palavras "grande instabilidade" eu não classifico o tempo que tivemos nos últimos meses de instáveis. Antes pelo contrário, para mim uma das caracteristicas para recordar desta Primavera que atravessamos é a ausência de instabilidade, muitos dias mais frescos, húmidos e nublados, por vezes chuvosos, mas raramente instáveis. Um tempo por vezes muito chuvoso a norte mas sempre de forma suave q.b. e sobretudo sem extremos. Provavelmente o conceito de tempo instável para mim é diferente do conceito do IM. Instável para mim foram apenas os primeiros dias da Primavera, finais de Março e princípios de Abril, que até geraram vários Tornados em Portugal.

Desde aí nunca chegámos a ter niveis de CAPE decentes, e tudo indica que até ao final da Primavera também o não vamos ter. É um pormenor que me fica desta Primavera, para mais tarde recordar. Apesar dos diversos modelos mostrarem grande indecisão a partir da 2ª quinzena de Junho, a nós em Portugal a agitação dos modelos parece ser quase indiferente. Como já tinha referido a semana passada, ou temos um cavado a Oeste a soltar uma depressão isolada a SW, ou continuamos neste tempo assim, mais fresco a norte e mais quente a sul, sem grandes sobressaltos*. Os modelos continuam a mostrar coisas interessantes mas sempre vindas de NE. Nos últimos meses não tivemos ainda uma verdadeira depressão a SW a romper decentemente este marasmo apesar dos esforços até ao momento inglórios do Jet a ondular tanto por aqui.

Previsão do CAPE/GFS às 18z até 23 Junho
A última oportunidade desta Primavera instável parece ser amanhã e depois, e nada de especial.

animpy7.gif


* Mas afinal será por acaso que o Algarve se tornou nas últimas décadas uma estância para nacionais e internacionais onde todos procuram o refúgio do tempo quente do Verão e antes do Verão? A única novidade recente é que o Alentejo entrou recentemente nessa lista, agora existe oferta turística no Alentejo que na verdade está sempre mais quentinho que o Algarve e boa parte da Europa.
 

nimboestrato

Nimbostratus
Registo
8 Jan 2008
Mensagens
1,865
Local
Pedras Rubras-Aeroporto
Instável para mim foram apenas os primeiros dias da Primavera, finais de Março e princípios de Abril, que até geraram vários Tornados em Portugal.

Desde aí nunca chegámos a ter niveis de CAPE decentes, e tudo indica que até ao final da Primavera também o não vamos ter. É um pormenor que me fica desta Primavera...

Ora nem mais...
Até que foi chovendo,pois então .
As albufeiras e quase todos os agricultores já agradeceram.
Mas mais um Maio sem trovoadas:
-Essa é que é essa.
A juntar aos últimos .
Na minha experiência de observador atento, há uns tempos atrás,
seria improvável tal duradoira ausência .
Mas a instabilidade extrema em Meteorologia é sempre coisa de difícil focalização/previsão:
-Afinal ela esteve tão perto de nós:
-Albacete, mesmo aqui ao lado,
no sudeste espanhol registou nas últimas 48 horas 148 mm.
Dilúvio total.
A média é subitamente sobressaltada
e nada indicava a 3/4 dias atrás ,que tal extremo ,naquela região, pudesse ocorrer...
Por cá ,as diferenças nos modelos de previsão a médio prazo são significativas:
-Há os que dizem que sim senhor ,vem aí algum calor e há os que dizem
que ainda não é desta que esse algum calor que virá , instalar-se-á...

.
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Talvez hoje um pouco de instabilidade...

gfscapeeur15640x480rk5.png



Mas pouco organizada com o wind-shear muito baixo

gfsstpeur15640x480fq5.png
 

Gilmet

Staff
Registo
12 Dez 2007
Mensagens
9,108
Local
Cacém (180 m) / Mira-Sintra (188 m)
Contudo, o ESTOFEX é bastante positivo...:D Previsão desde amanha ás 06:00 até dia 12 (depois de amanha) ás 06:00

estofexpossibilidadedetlv2.png


Gostei da Forma como circundou aquela parte do Reino Unido...:p

Fonte: http://estofex.org/
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Quanto a temperaturas máximas aqui está uma previsão do que se poderá passar nestes próximos 6 dias, incluindo hoje.
As temperaturas vão manter-se quentes sem excessos e sobretudo a sul.

A partir de Domingo salvaguardando a fiabilidade das previsões a tantos dias, em princípio começam a baixar as temperaturas e regressa a chuva ao norte

temp-5.jpg

http://my.meteoblue.com/


Essa mudança a partir de Domingo parece ser consistente pois vários modelos a indicam, embora com diferentes nuances entre si que podem ser importantes na dimensão da mudança. O GFS é o mais agressivo ao fazer passar o cavado mais a sul com um pequeno centro depressionário sobre o noroeste do país.

Previsão GFS/ECMWF/UKMO para as 120h (Segunda.feira)
500-5.gif



Atenção também aos niveis UV conforme alerta o IM:

Níveis de radiação ultra-violeta muito altos no Alentejo, Madeira e Açores


O Instituto de Meteorologia espera níveis de radiação ultra-violeta muito altos no Alentejo, Madeira e Grupo Oriental dos Açores. Num dia em que se esperam temperaturas na ordem dos 30 graus, para o resto do território estão previstos níveis de radiação altos.

O Instituto de Meteorologia chamou à atenção para a existência de níveis de radiação ultra-violeta entre o 8 e o 10, que têm a classificação de «muito alto», no Alentejo, Madeira e Grupo Oriental nos Açores.

Num dia em que se esperam temperaturas a rondar os 30 graus, o IM adiantou ainda que nestas regiões é necessário «cuidado» e é aconselhada a utilização de óculos de sol com protecção ultra-violeta, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protector solar, sendo também desaconselhável a exposição de crianças ao sol.

Para o resto do território, este instituto prevê um nível de radiação ultra-violeta «alto», que aconselha «atenção» por parte das pessoas.

Segundo o Instituto de Meteorologia, Santarém e Beja deverão atingir, esta quarta-feira, os 30 graus, devendo as temperaturas subir na quinta-feira.

http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=956651