Previsão e Seguimento Ciclones (Índico Norte 2008)

Tópico em 'Tempo Tropical' iniciado por Vince 8 Mar 2008 às 13:09.

  1. bluejay

    bluejay
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    8 Jun 2007
    Mensagens:
    95
    Local:
    Leiria
    Storm surge aliado à topografia (plana) do terreno.
     
  2. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
  3. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,648
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Segundo a BBC que cita um dos ministro da Junta Militar, Maung Maung Swe, grande parte das mortes não foi causada pela passagem do ciclone, mas sim por um pequeno tsunami. «A onda teria 3,5 metros de altura. Sem aviso varreu e inundou metade das casas que ficam ao nível do mar», afirmou o ministro.

    Portugal Diário

    Eu também inclino-me muito para a possibilidade de ter ocorrido um tsunami; as imagens da BBC (a todas as horas) mostram uma paisagem completamente desoladora – a destruição é praticamente total e em áreas de floresta é possível constatar que a vegetação se inclina numa mesma direcção. Quanto ao número de vítimas, deverá ser largas vezes superior aos números oficiais …
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Gerofil, o que ocorreu é o chamado "storm surge", um fenónomo comum a todos os ciclones (mesmo os não tropicais) mas que em certas situações é severamente agravado.

    [​IMG]


    O storm surge surpreende muitas vezes pela forma repentina como a água sobe, há imensos videos na Net de "storm chasers" a filmar furacões que subitamente são surpreendidos pela ondulação e água a vir não se se sabe de onde. No golfo do México há zonas costeiras também muito vulneráveis ao storm surge.

    E neste evento da Birmania estão lá os ingredientes todos para esse agravamento.

    Por um lado a batimetria da plataforma continental lá é pouco profunda o que só por si agrava muito o storm surge pois actua como cunha com a água a ser empurrada ao longo de fundos marinhos pouco profundos e tem que ir para algum lado.

    [​IMG]


    Para piorar, o efeito do Delta. Toda a água da storm surge canalizada pelo vento e pela pressão entra pelo Delta acima e é cada vez mais afunilada tomando a maré proporções se calhar equivalentes a um tsunami. Na prática dadas as condições pode ser algo tipo um Tsunami, não sei, só que provocado pela pressão e vento e não por um sismo. Afinal os próprios tsunamis são muito agravados por estes factores como os fundos marinhos e pela configuração da costa e estuários por onde entram, não afectam a costa toda da mesma forma como se viu no tsunami de 2004.

    [​IMG]

    [​IMG]


    Animação com distintas plataformas continentais:

    [​IMG] [​IMG]


    Tudo isto estava previsto, sabia-se desde muito tempo antes, pelo menos 48 horas, que o storm surge seria grave nesta região, tal como é noutras regiões como o Bangladesh, sabia-se até a altura que provavelmente teria pelo menos 12ft, ou seja 3.6 metros. O facto do responsável da junta que fez essas declarações não saber disto mostra bem porque é que esta tragédia aconteceu. E essa conversa do não ser o ciclone mas um tsunami já cheira a querer sacudir as responsabilidades pois estamos na presença de algo que se poderia definir como um genocídio por negligência.

    No entanto não foi apenas o storm surge. Oficialmente o ciclone ele teve ventos estimados de categoria 3 mas há cada vez mais pessoas a dizerem que foi um ciclone enganador pois tinha uma estrutura que quando fez o landfall parecia um pouco deficiente mas algumas coisas indicam que podia estar a passar por um processo de intensificação e ser afinal um categoria 4 potente, pelo que o storm surge deve ter sido superior.
     
  5. psm

    psm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Out 2007
    Mensagens:
    1,509
    Local:
    estoril ,assafora



    Eu acrescento como tradução chama-se onda de tempestade.
    Há outro fenomono chamado ondas em fase,e que as vezes existe nas nossas latitudes com alguma frequencia:Quando há um sistema de vagas provocado pelo o vento no local (exemplo,uma praia)e que tenha de altura 4 m,e á outro sistema de ondas de 6 m de altura e que tenha sido formado por uma tempestade longinqua, e que venha de encontro ao 1º sistema o vai acontecer é a sua soma isto é vão entrar em fase(sobrepõem-se)em que a agitação maritima irá ser de 10 m de altura.

    O que de facto é muito irritante são os massmedia serem tão ignorantes.:angry::disgust:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Eu já deste há muito que procuro um termo português e nunca cheguei a conclusão nenhuma, o que já é um hábito pois essa dificuldade estende-se a muita outra terminologia, em Portugal parece que apenas há termos para os fenónomos mais básicos. Daí continuar a usar o «storm surge» pois o que tenho visto são frases longas para descrever um fenónomo o que não dá muito jeito. Essa «onda de tempestade» é de facto um termo usado habitualmente ? Talvez fosse mais apropriado falar em maré de tempestade, o que achas ?

    Algumas referências que encontrei:

    Storm Surge: Sobreelevação do nível do mar de origem meteorológica em Portugal Continental
    http://www.pluridoc.com/Site/FrontOffice/default.aspx?Module=Files/FileDescription&ID=1016&lang=pt

    Storm surge: Sobreelevação de temporal
    http://www.siam.fc.ul.pt/siamII_pdf/ZCosteiras.pdf
     
  7. psm

    psm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Out 2007
    Mensagens:
    1,509
    Local:
    estoril ,assafora
    Eu já uma vez num post que escrevi tinha dado o nome de onda de maré mas estava errado ,talvez por aproximação a tradução mais similar seja tempestade de maré tal como escreveste.
    Já me esquecia de referenciar, que já há alguns individuos, a afirmar que o que aconteceu na birmania, já é consequencia das famosas alterações climaticas(ouvi na radio),é mais facil arranjar esta justificação do que a do regime totalitário , que manteve a população na mais pura ignorancia muita dela pobre e analfabeta.


    Regime apoiado pela china e india.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Sim, entre outros o Al Gore ontem não se conteve e considerou a tragédia uma consequência do aquecimento global. É por coisas dessas que eu há muito tempo que perdi qualquer respeito pelo Al Gore, por muito nobre que seja a causa de um mundo menos poluído acho que ele só prejudica. Nem falei do assunto pois já nem é oportunismo, neste caso é simplesmente repugnante.
     
  9. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Uma animação com o landfall.

    Clicar para a ampliar (3,5Mb)

    [​IMG]


    Se repararem, estruturalmente não parece um ciclone muito intenso e organizado, parece se aspecto um Cat3, já vimos por aqui dezenas de ciclones com aspecto mais ameaçador do que este.

    No entanto, ele tem temperaturas de nuvens muito frias, a potência estava lá, e mesmo pouco antes do landfall parece que sofre uma súbida intensificação entre as 05:00 e as 08:00 e organiza-se muito melhor vendo-se um pequeno mas bem definido olho.

    Normalmente quando se aproximam de Terra os ciclones enfraquecem pois as bandas começam a interagir com ela. Mas se olharem com atenção, o angulo de aproximação e a configuração da costa manteve as principais bandas que alimentavam o ciclone sobre água. Portanto ele fez o landfall numa péssimo angulo e numa péssima altura, em pleno processo de intensificação pois os ciclones não são constantes, atravessam ciclos de intensificação e algum enfraquecimento.
     
  10. Luis França

    Luis França
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    23 Mai 2006
    Mensagens:
    1,467
    Local:
    Hades
    Burma death toll worse than Tsunami


    Já tinha lido quase 250.000 vítimas, agora o dobro ... :shocking:
     
  11. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,648
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    [​IMG]

    Reparem na vegetação que aparece na imagem; dá a impressão que toda ela foi submetida a uma mesma força orientada para a direita; pode ter sido uma onda da altura da copa das árvores.

    A BBC transmite imagens da Birmânia a todas as horas e pelo que mostra, eu sou capaz de acreditar nesses valores; a situação foi de tal ordem que tudo ficou completamente destruído.

    Mais de 20 000 mortos + Mais de 40 000 desaparecidos = Mais de 60 000 ... (os números oficiais !!!)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Está certo, foi submetido à mesma força, mas nessas imagens na vegetação e copas das árvores vê-se a força do vento, mais de 200km/h durante várias horas, não a força da água.

    [​IMG]

    Quando o ciclone vai progredindo para terra o vento depois muda de quadrante conforme o local e o trajecto do centro, mas como o ciclone vai enfraquecendo à medida que entra por terra o rasto de destruição que fica "gravado" na paisagem apresenta a dos ventos no piores momentos da tempestade. Por vezes durante horas a vegetação é vergada para um lado e depois mais umas horas para outro. A minha curta e simples experiência com furacões, umas férias em Cancun (Temp.Tropical Cindy de 2005) e uma lua de mel uns anos antes na República Dominicana (Furacão Georges em 1998) após a passagem de furacões, os vestígios do furacão para além dos estragos o mais notório na paisagem era a vegetação e palmeiras todas vergadas para um lado e das praias com falta ou excesso de areia.

    Dá uma olhadela nas imagens do tópico do Furacão Dean o ano passado. O Dean também sofreu uma rápida intensificação pouco antes do landfall e os ventos foram muito superiores a este da Birmânia.
    http://www.meteopt.com/forum/tempo-tropical/furacao-dean-atlantico-2007-04-a-1270-15.html

    O Dean foi mais potente do que este ciclone, a grande diferença é que enquanto no Dean atingiu regiões com milhares de pessoas prontamente avisadas e evacuadas, agora na Birmania estamos a falar de territórios onde vivem não milhares mas milhões de pessoas, que não foram avisadas devidamente muito menos evacuadas. E o risco do storm surge não era comparável na costa mexicana a esta na Brimania.
     
  13. rbsmr

    rbsmr
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Ago 2007
    Mensagens:
    591
    Local:
    Cabeça Gorda, Torres Vedras (140m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Na Birmânia um distúrbio tropical (Invest 96B) continua a complicar a situação no local pois tem caído muita chuva.


    [​IMG]

    [​IMG]


    O distúrbio não teve tempo de evoluir para ciclone tropical pois a esta hora estará já a entrar em terra, mas está previsto o centro regressar novamente ao Oceano.
     
  15. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    O destaque dado ao ciclone NARGIS no principal jornal da Birmânia no dia 2 de Maio, o dia do landfall. Uma pequena caixa na página 15. Estranho mundo este.



    [​IMG]
     

Partilhar esta Página