Previsões longo prazo (Primavera/Verão 2019)

Microburst

Nimbostratus
Registo
10 Set 2009
Mensagens
855
Local
Laranjeiro-Feijó (Almada)
Previsão de longo prazo - Previsão mensal - 13 mai. a 09 jun. 2019

Precipitação e temperatura média com valores acima do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores acima do normal, para as regiões Centro e Sul na semana de 13/05 a 19/05 e para todo o território na semana de 20/05 a 26/05. Nas semanas de 27/05 a 02/06 e de 03/06 a 09/06 não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

Na temperatura média semanal, prevêem-se valores acima do normal, para alguns locais das regiões Norte e Centro na semana de 13/05 a 19/05. Prevêem-se valores abaixo do normal, para todo o território, na semana de 20/05 a 26/05. Nas semanas de 27/05 a 02/06 e de 03/06 a 09/06 não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

IPMA, I.P.. 2019-05-10

Como assim valores de precipitação acima do normal no Centro e Sul para a próxima semana? Está prevista alguma instabilidade para estas regiões durante os próximos dias mais quentes?
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

rozzo

Staff
Registo
11 Dez 2006
Mensagens
2,470
Local
Alcochete/Lisboa
Saiu finalmente a sazonal para o verão 2019 na Europa, do AccuWeather.

Normalmente, em traços gerais, até tenho estas previsões em boa conta, mas... Vale o que vale, como qualquer sazonal, e pode falhar redondamente.
E esta previsão é um pouco mais "estranha" que o normal, pois tem muitos detalhes específicos, até de valores de temperatura, o que é pouco comum, costumam ser mais "generalistas" e defensivas.

Em traços gerais, é horrível a previsão, um pouco alarmista até, em termos de calor. Esperemos que seja daquelas que falha redondamente. :D
E mais incomum ainda nesta previsão, é a "insistência" nos cuidados a ter pela população e na intensidade do calor, com parágrafos dedicados a isso só. :hmm:


A1psYy6.png



Algumas passagens:

The biggest story of the summer is likely to be the long-duration heat waves that will grip areas from Portugal and Spain to Poland and Hungary.

The heat will be more persistent than during last summer, when record temperatures were recorded in parts of Portugal, Belgium, the Netherlands, Germany and Scandinavia, but generally lasted for only a week or so at a time.

Even when the most intense heat waves wane, it will be brief and temperatures will remain near or above normal before returning to dangerous levels once again.

The hottest locations throughout Portugal and Spain will see multi-day heat waves with temperatures peaking at or above 43 C (110 F).

Unseasonably warm nights will also be a concern during these heat waves, making for dangerous conditions as homes without air conditioning that will be unable to cool down before heat builds again the following day.



Previsão completa:

https://www.accuweather.com/en/weather-news/accuweather-2019-europe-summer-forecast/70008315


Oxalá tenham tido um surto de exagero e alarmismo exagerado, ou que simplesmente haja um falhanço grande dos modelos sazonais, pois a previsão é muito "feiosa" mesmo. O que não deixa de ser algo previsível, tendo em conta vários factores, como o continuarmos com temperaturas médias globais muito acima do passado recente (um "disparate" desde 2015 aproximadamente); o estarmos perante novo evento de El Niño; e ainda o facto de grande parte da Europa estar em seca severa, que geralmente tem feedback atmosférico em bloqueios e ondas de calor. Aguardemos, e exageros ou não, prevenir vale sempre a pena.
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,723
Local
Olhão (24 m)
Saiu finalmente a sazonal para o verão 2019 na Europa, do AccuWeather.

Normalmente, em traços gerais, até tenho estas previsões em boa conta, mas... Vale o que vale, como qualquer sazonal, e pode falhar redondamente.
E esta previsão é um pouco mais "estranha" que o normal, pois tem muitos detalhes específicos, até de valores de temperatura, o que é pouco comum, costumam ser mais "generalistas" e defensivas.

Em traços gerais, é horrível a previsão, um pouco alarmista até, em termos de calor. Esperemos que seja daquelas que falha redondamente. :D
E mais incomum ainda nesta previsão, é a "insistência" nos cuidados a ter pela população e na intensidade do calor, com parágrafos dedicados a isso só. :hmm:


A1psYy6.png



Algumas passagens:

The biggest story of the summer is likely to be the long-duration heat waves that will grip areas from Portugal and Spain to Poland and Hungary.

The heat will be more persistent than during last summer, when record temperatures were recorded in parts of Portugal, Belgium, the Netherlands, Germany and Scandinavia, but generally lasted for only a week or so at a time.

Even when the most intense heat waves wane, it will be brief and temperatures will remain near or above normal before returning to dangerous levels once again.

The hottest locations throughout Portugal and Spain will see multi-day heat waves with temperatures peaking at or above 43 C (110 F).

Unseasonably warm nights will also be a concern during these heat waves, making for dangerous conditions as homes without air conditioning that will be unable to cool down before heat builds again the following day.



Previsão completa:

https://www.accuweather.com/en/weather-news/accuweather-2019-europe-summer-forecast/70008315


Oxalá tenham tido um surto de exagero e alarmismo exagerado, ou que simplesmente haja um falhanço grande dos modelos sazonais, pois a previsão é muito "feiosa" mesmo. O que não deixa de ser algo previsível, tendo em conta vários factores, como o continuarmos com temperaturas médias globais muito acima do passado recente (um "disparate" desde 2015 aproximadamente); o estarmos perante novo evento de El Niño; e ainda o facto de grande parte da Europa estar em seca severa, que geralmente tem feedback atmosférico em bloqueios e ondas de calor. Aguardemos, e exageros ou não, prevenir vale sempre a pena.

Exagero ou não, logo se verá. Mas, que vai haver muito sensacionalismo, por aí na Internet lá isso vai haver. :D Ainda, nos dias em que fez mais calor, assistiu-se a uma quase histeria em vários sites/facebook's que não passaram mais de puro sensacionalismo, quando vi fiquei estupefacto, a dizerem que vinha aí temperaturas superiores a 40ºC em algumas regiões do país e depois a máxima não passou dos 38.1ºC em Alcácer do Sal.
 

frederico

Super Célula
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
9,989
Local
Porto
A mim parece-me que em anos recentes houve um aquecimento brutal do Noroeste de África, da região de Marrocos. Basicamente vem ar quente de Leste, do deserto, que depois curva para Norte em direcção a Marrocos e depois à Península Ibérica. As regiões a Noroeste do Atlas, no Magrebe, em termos de temperaturas médias e precipitação média anual não diferem assim muito da Andaluzia ou do Algarve. Portanto parece-me que se voltarmos a ter este tipo de padrão atmosférico poderemos voltar a ter máximas de 45ºC ou até mais. Para não vir tanto calor parece-me que o Noroeste de África tem de arrefecer e levar com massas de ar atlânticas de Noroeste, que «empurrem» as massas de ar quem para os lados do Egipto. Desculpem se cometi alguma gafe mas não sou meteorologista.

EDIT:

A chave da seca na Península Ibérica também está a Noroeste de Marrocos ou sudoeste de Sagres, com a persistência de anticlone e consequente ausência de instabilidade.
 

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,283
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
:hmm:

Portugal será assolado por ondas de calor. Risco de incêndio elevado

image.aspx


Um verão com calor intenso em várias partes da Europa é esperado nos próximos meses. A previsão é do portal AccuWeather que aponta Portugal como um dos países com risco mais elevado de incêndio associado a ondas de calor permanentes.

Portugal, tal como Espanha, é, aliás, um dos países que vai estar mais exposto às ondas de calor dos próximos meses. De acordo como o mesmo portal especializado em meteorologia, o calor vai começar a sentir-se de forma mais forte no início de junho na região da Península Ibérica.


Os locais mais quentes em Portugal e Espanha vão atingir os 43 graus durante vários dias seguidos. Durante estes períodos de muito calor, as noites serão especialmente quentes, o que "poderá representar um risco para as casas sem ar condicionado".

Os especialistas deste portal aconselham os residentes a beberem muita água, a procurarem locais com sombra e a usar roupas leves. A realização de atividades no exterior é desaconselhável nos períodos mais quentes.

A ameaça dos fogos

Além do calor, o portal refere ainda o risco elevado de incêndios para Portugal, especialmente na região mais a norte. O inverno húmido que se sentiu, contrastando com o tempo seco e quente que se prevê para junho, são alguns dos fatores que mais contribuem para este risco, uma vez que ajudam ao aumento da vegetação que poderá funcionar como combustível durante os meses mais quentes.

Apesar de se prever pouca humidade durante todos os meses de verão é para a segunda metade do período que se espera um risco mais elevado de fogos florestais.

O JN procurou uma reação junto de fonte do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), mas até ao momento não obteve qualquer resposta.

https://www.jn.pt/nacional/interior...calor-risco-de-incendio-elevado-10925226.html
 

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,374
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
:hmm:

Portugal será assolado por ondas de calor. Risco de incêndio elevado

image.aspx


Um verão com calor intenso em várias partes da Europa é esperado nos próximos meses. A previsão é do portal AccuWeather que aponta Portugal como um dos países com risco mais elevado de incêndio associado a ondas de calor permanentes.

Portugal, tal como Espanha, é, aliás, um dos países que vai estar mais exposto às ondas de calor dos próximos meses. De acordo como o mesmo portal especializado em meteorologia, o calor vai começar a sentir-se de forma mais forte no início de junho na região da Península Ibérica.


Os locais mais quentes em Portugal e Espanha vão atingir os 43 graus durante vários dias seguidos. Durante estes períodos de muito calor, as noites serão especialmente quentes, o que "poderá representar um risco para as casas sem ar condicionado".

Os especialistas deste portal aconselham os residentes a beberem muita água, a procurarem locais com sombra e a usar roupas leves. A realização de atividades no exterior é desaconselhável nos períodos mais quentes.

A ameaça dos fogos

Além do calor, o portal refere ainda o risco elevado de incêndios para Portugal, especialmente na região mais a norte. O inverno húmido que se sentiu, contrastando com o tempo seco e quente que se prevê para junho, são alguns dos fatores que mais contribuem para este risco, uma vez que ajudam ao aumento da vegetação que poderá funcionar como combustível durante os meses mais quentes.

Apesar de se prever pouca humidade durante todos os meses de verão é para a segunda metade do período que se espera um risco mais elevado de fogos florestais.

O JN procurou uma reação junto de fonte do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), mas até ao momento não obteve qualquer resposta.

https://www.jn.pt/nacional/interior...calor-risco-de-incendio-elevado-10925226.html

A malta do JN anda a ver este fórum, principalmente o post do @rozzo.
Está instalado o pânico. :lol:
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,723
Local
Olhão (24 m)
A malta do JN anda a ver este fórum, principalmente o post do @rozzo.
Está instalado o pânico. :lol:

Diria mais, a Lusa. No Sol também já saiu, CM também, praticamente vai saindo em toda a comunicação social.
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
O que não faltam são modelos sazonais, mas até que se percebe o caráter quase apocalítico da previsão do AW tendo em conta a simulação daqueles que devem ter pesado mais na consideração.

Previsão do NMME, pouco utilizado aqui:

NMME_ensemble_tmp2m_season1.png


Previsão do IMME (International Multi-Model Ensemble -> CFS + MetOffice + ECMWF + MeteoFrance):

IMME_tmp2m_season1.png


Inversamente, não há grande sinal na precipitação.

Mensalmente, a previsão do IMME é esta:

IMME_tmp2m_lead1.png


IMME_tmp2m_lead2.png


IMME_tmp2m_lead3.png

IMME_tmp2m_lead4.png
 

Aurélio Carvalho

Nimbostratus
Registo
5 Out 2018
Mensagens
1,063
Local
Faro
Os modelos têm sempre uma esquisitice nas previsões nas temperaturas.
O ecm por exemplo mostra sempre uma forte anomalia negativa a sudoeste.
Depois vem o óbvio todos sabemos que para uns terem mais calor se calhar outros terão que ter menos.
Volto a frisar na minha modesta opinião considero que este verão poderá ser particularmente quente e será prolongado!!
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: "Charneca" Mundial

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Escusado será dizer que um ensemble pode induzir mais confusão (especialmente se forem incluídos modelos de trampa) na previsão mas é tendencialmente superior à utilização de um modelo.

Por exemplo, volto a publicar a previsão do NMME para Junho/Julho/Agosto:

NMME_ensemble_tmp2m_season1.png


Dos 7 modelos integrantes, 2 são canadianos e têm previsões muito diferentes para a Europa de Leste (por ex).

CMC1_ensemble_tmp2m_season1.png


CMC2_ensemble_tmp2m_season1.png
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Para os interessados, dá para ver as previsões sazonais do GEOS-5 (modelo da NASA e integrante do NMME) com mais detalhe aqui. Mudar a Region para 'EUR' (e submit).
 

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,283
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
IPMA: "É cedo para antecipar ondas de calor no verão"

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera sublinha que "não há dados científicos neste momento que possam prever temperaturas acima dos 40 graus, para dias seguidos durante o verão". Esta é a reação às previsões do site AccuWeather, que anunciou dias escaldantes, com o termómetro a marcar 43 graus, e a bater recordes históricos.

Recorde-se que, desde terça-feira, o portal norte-americano AccuWeather indica que Portugal será um dos países europeus onde serão esperadas ondas de calor no próximo verão. Uma onda de calor acontece quando as temperaturas estão cinco graus acima do que tem sido média durante os últimos 30 anos e isto durante seis dias seguidos.

Vânia Lopes esclarece que o que está em causa é a "robustez científica" e neste caso "a falta dela" para se avançar com tanta certeza para um cenário de ondas de calor e noites quentes.

O IPMA faz sobretudo previsões das condições meteorológicas para os próximos 10 dias, salienta, e mesmo estas são sempre sujeitas a ajustes. Para o longo prazo, um mês e três meses, as indicações são bastante mais gerais e também cautelosas, e sempre em consonância com o que é divulgado pelo Centro Europeu de Previsões a Médio Prazo, a sua fonte principal.

Nas próximas três semanas, o IPMA prevê temperaturas acima da média (dos últimos 30 anos) entre um e três graus. Nos últimos dias do mês e primeiros dias de junho a subida pode alcançar uma elevação maior: seis graus superior à norma.

https://www.jn.pt/nacional/interior...ecipar-temperaturas-de-40-graus-10927143.html