Previsões médio prazo (Dezembro 2015)



Topê

Nimbostratus
Registo
4 Dez 2015
Mensagens
920
Local
Negrais
Ai está quando as coisas pareciam mais ou menos unânimes, eis como normalmente um dos modelos tenta marcar a diferença e mudar a direcção de forma repentina, normalmente é o ECM que o faz e normalmente na run das 0:00, o ECM desta vez andou ali certinho com o GFS e agora de repente eis que muda a sua previsão, drasticamente afastando a circulação zonal, fazendo subir a dorsal, e pondo as depressões a passarem ao lado da penisula ibérica.

Eis os "desmancha prazeres" do ECM as 168h:

IOavFe.gif



Por o outro lado o GFS continua coerente e fiel com a tendência dos ultimos dias:

5bzAZV.png


Forte percipitação prevista:

174h:
blnMqG.png


186h:
NHDbpC.png


192h:
Zd8bZS.png


Nesta situação das duas uma, acontecem duas coisas que acontecem frequentemente:
a) o ECM tem uma jogada diria de génio e consegue prever a subida da dorsal novamente para a Penisula Ibérica, afasantado a circulação zonal e escudando a depressão do Oeste da Penisula iberica, passando a depressão de raspão na Galiza e Norte de Portugal, baixando assim os valores de percipitação, ficando o resto do território a ver navios, isto saberemos já diria nas proximas runs, se o GFS for atras do ECM. Isto por vezes acontece, quem acompanha os modelos sabe que isto acontece;
b) O ECM tem aqueles devaneios que muitas vezes tem, numa logica de ser do contra ao GFS, e lança estas previsões de mudança de direcção isoladas e depois volta outra vez a tendência normal, isto saberemos também nas proximas runs, se o GFS manter-se fiel a esta tendência o ECM volta outra vez a essa tendência, isto também acontece frequentemente.

Vamos aguardar estou muito curioso para ver a proxima saida do GFS. O ECM baralha sempre as nossas contas.
 

Topê

Nimbostratus
Registo
4 Dez 2015
Mensagens
920
Local
Negrais
E tudo os modelos levaram...Again!
O GFS a ir atrás do ECM e a fazer subir a dorsal para a PI e posteriormente para praticamente todo o continente europeu, se verificar esta situação, adeus chuva natalícia generalizada e abundante, resumindo e baralhando um pouco mais do mesmo, chuva de raspão a norte, tempo relativamente ameno, com maior ou menor nebulosidade, nem frio, nem chuva. Depois dos media noticiarem que viria ai chuva no Natal, eis que os modelos retiram tudo novamente.
O que nos serve de consulação é não ser só connosco o anticiclone volta a dominar praticamente toda a Europa, não se esperarão 17º graus no Reino Unido, nem 20sº em Portugal, mas não baixará para algo que se aproxime de "frio" digno para esta época.Admito que estas saidas são um autêntico balde de agua fria, e não acredito que voltem a recuar.

Ai está o anticlone todo poderoso sobre o continente europeu... como diz o Forest Gump, again:

0sFMsB.png
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: guisilva5000

rozzo

Staff
Registo
11 Dez 2006
Mensagens
2,475
Local
Alcochete/Lisboa
Volto a chamar a atenção que nos focamos demasiado em apenas 2 modelos, o que é particularmente perigoso a partir do médio prazo. Verdade que o Europeu será provavelmente o melhor, mas também falha. Quanto ao GFS.. Claramente não é o melhor, simplesmente como sabemos é o que nos apresenta mais produtos completamente livres, daí estarmos muito dependentes dele..
Há mais modelos de referência que se podem portar bem melhor no médio prazo, como o do Met Office, ou o canadiano GEM. Convém olharmos mais para eles antes de apanharmos tantas desilusões apenas com 2 modelos, e particularmente com o GFS.

Já tinha referido há uns dias, que nesta sinóptica por exemplo o canadiano me tem parecido o mais fiável no médio prazo para nós, e na verdade, há pelo menos 2/3 dias que esse modelo não dá chuva no natal, mostrando a dorsal a bloquear completamente a chuva no mar. E eis que os restantes vão atrás.. Vamos ver, será um tira teimas interessante,pois faltam uns bons dias, e reviravoltas de os modelos voltarem a pôr o que já tinham tirado também são frequentes.

Mas é acima de tudo uma chamada de atenção para se ter um pouco mais de cautela e alargar horizontes a mais modelos fiáveis quando avaliamos previsões a esta distância, existe claramente uma tendência enviesada da maior parte das pessoas apenas para 2 modelos.
 

qwerl

Nimbostratus
Registo
6 Abr 2015
Mensagens
894
Local
Canelas(100m)
Modelos continuam muito baralhados, o europeu está péssimo, o GFS, depois da desilusão do Natal, coloca algumas frentes jeitosas, e o GEM está muito bom, além de ser o único que ainda acredita numa boa rega para dia 26, colocou nesta run vários dias seguidos de chuva forte e vento forte, pelo menos até à passagem de ano.
 

Topê

Nimbostratus
Registo
4 Dez 2015
Mensagens
920
Local
Negrais
Já não sei o que poderemos dizer dos dois principais modelos GFS e ECM. Hoje voltam ao padrão que tinham ontem retirado GFS retira de novo a dorsal e carrega na circulação zonal de Oeste com a descida das baixas pressões para o Oeste da Península. O ECM também recuou bastante no que mostrou ontem dorsal mais para o mediterrânio e menos potente.
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: qwerl

Aristocrata

Super Célula
Registo
28 Dez 2008
Mensagens
6,325
Local
Paços de Ferreira, 292 mts
Para cá o GFS prevê em 9h mais de 90 mm de precipitação, entre 29 e 30 deste mês.
Não seria a 1ª nem a 2ª vez que isto aconteceria, mas com cautela vamos analisando os padrões.
A mudança anda a ser ensaiada pelos 2 modelos: ECMWF e GFS.
Uma generosa depressão a aproximar-se do NO da península e uma incursão de frio continental na Europa central e de leste.

"Long range models *finally* hinting a winter arrival towards the New Year? Here is some fresh GFS model simulations. Deep trough over Atlantic might finally result if the ridge that persists across S-CNTRL Europe push towards Scandinavia, so polar airmass advects into Russia and E Europe. Indeed still to far for any confidental forecasts, but this is now appearing on both GFS and ECMWF runs perturbations in the past 48 hours."

 

james

Cumulonimbus
Registo
16 Set 2011
Mensagens
4,541
Local
Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
À já bastante tempo que o ECM e o GFS, apesar de sempre a adiar, não desistem de uma entrada fria vigorosa lá para o final do ano.

Por um lado,claro que é decepcionante estar sempre a adiar, mas por outro, " não há fumo sem fogo. "