Previsões Outono/Inverno 2023/2024



Aurélio Carvalho

Nimbostratus
Registo
5 Out 2018
Mensagens
1,825
Local
Faro
Na 4ª semana (19/02 a 25/02) não existe sinal, mas praticamente todo o território que anomalia positiva na precipitação. Neste momento, entre 19/02 e 11/03, esse período mostra anomalia positiva de precipitação em todo o país.

Ver anexo 9550
Vamos ter um final de Fevereiro, e 1a metade de Março idêntico a 2018!
 

dvieira

Nimbostratus
Registo
22 Mar 2017
Mensagens
594
Local
Fátima (349 m)

Previsão período alargado - Continente - 05 fev. a 03 mar. 2024​

Precipitação total semanal com valores acima e temperatura média semanal com valores acima do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores acima do normal praticamente para todo o território na 1ª semana (de 05/02 a 11/02, com o valor de anomalia de +1 a 30mm) e apenas para as regiões do Centro e Sul na 4ª semana (de 26/02 a 03/03, com o valor de anomalia de +1 a 10mm). Na 2ª e 3ª semanas (de 12/02 a 18/02 e de 19/02 a 25/02) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.
Na temperatura média semanal, prevêem-se valores acima do normal para todo o território 1ª semana (de 05/02 a 11/02, com o valor de anomalia de +1 a 3°C) e praticamente para todo o território na 2ª semana (de 12/02 a 18/02, com o valor de anomalia de +0.25 a 1°C). Nas 3ª e 4ª semanas (de 19/02 a 25/02 e de 26/02 a 03/03) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

IPMA, I.P. 01.02.2024
 

"Charneca" Mundial

Super Célula
Registo
28 Nov 2018
Mensagens
5,053
Local
Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
As previsões mensais do ECMWF mostram uma anomalia positiva da precipitação nas semanas 8 e 9 de 2024. Valem o que valem, mas pelo menos é melhor do que quatro semanas seguidas com zero precipitação à vista (que era aquilo que estava previsto há apenas uma semana). Veremos! :pray: :rain:
fq3HgbLh.png

hskHHx1h.png
 

dvieira

Nimbostratus
Registo
22 Mar 2017
Mensagens
594
Local
Fátima (349 m)

Previsão período alargado - Continente - 12 fev. a 10 mar. 2024​

Precipitação total semanal com valores abaixo e temperatura média semanal com valores acima do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores abaixo do normal(-10 a -1mm), na 1ª semana, de 12/02 a 18/02, para a região Sul. Prevêem-se valores acima do normal, também para 1ª semana, na região Norte. Para todo o território, nas 2ª e 3ª semanas(de 19/02 a 25/02 e de 26/02 a 03/03), com valores de +1 a 30mm e para quase todo o território, na 4ª semana(04/03 a 10/03), com valores de +1 a 30mm.
Na temperatura média semanal, prevêem-se valores acima do normal para todo o território em todas as semanas, na 1ª semana (de 12/02 a 18/02), com o valor de anomalia de +3 a 6°C, na 2ª semana (de 19/02 a 25/02), com o valor de anomalia de +1 a 3°C. Nas 3ª e 4ª semanas (de 26/02 a 03/03 e de 04/03 a 10/03), com valor de anomalia de 0.25 a 3°C.

IPMA, I.P. 08.02.2024
 

Dias Miguel

Cumulonimbus
Registo
26 Jan 2015
Mensagens
2,622
Local
Portalegre

Aquecimento estratosférico súbito sobre o Ártico poderá originar mudanças drásticas no estado do tempo​

O aquecimento estratosférico súbito, a ocorrer possivelmente no dia 18 de fevereiro sobre o Ártico, está na origem de incertezas nas previsões das condições meteorológicas até ao final do mês.
aquecimento estratosférico súbito


Aquecimento estratosférico súbito pode ocorrer a partir de 18 de fevereiro sobre o Ártico. O modelo ECMWF está presente na imagem.
No próximo dia 18 de fevereiro, as previsões apontam para um evento meteorológico de grande impacte sobre o Ártico: um aquecimento estratosférico súbito. Este fenómeno, identificado a partir das projeções do Global Ensemble Forecast System (GEFS), está na origem de expectativas e análises a nível global devido às repercussões potenciais nas condições meteorológicas globais.

Quais são as principais alterações causadas pelo aquecimento estratosférico súbito?​

O aquecimento estratosférico global é um fenómeno caracterizado por uma rápida elevação da temperatura na estratosfera, podendo aumentar em mais de 50 °C em apenas 2 ou 3 dias. Esta mudança drástica altera significativamente a circulação dos ventos na região polar, substituindo os ventos zonais do oeste por uma corrente de ventos do leste.
Embora inicialmente este fenómeno não afete diretamente a troposfera - a camada onde ocorrem os fenómenos meteorológicos mais relevantes - as previsões indicam que nos próximos dias esta alteração irá propagar-se para camadas atmosféricas mais baixas. Tais projeções levantam a possibilidade de mudanças nas condições meteorológicas nas latitudes mais baixas, incluindo a superfície terrestre.

O que é o aquecimento da estratosfera, o fenómeno que pode mudar o inverno?

O que é o aquecimento da estratosfera, o fenómeno que pode mudar o inverno?
Um facto é que o aquecimento estratosférico súbito pode deslocar a corrente de jato polar em direção ao equador, o que geralmente se relaciona com invernos mais frios no hemisfério norte. Como consequência, é possível que as massas de ar frio se desloquem do Ártico para outras regiões, onde se incluem as áreas mais sul, como a Península Ibérica.

E que repercussões é que pode originar na Península Ibérica?​

Esta mudança nas condições meteorológicas pode originar impactes nalgumas regiões às nossas latitudes, o que inclui a possibilidade de tempestades de neve em áreas de maior altitude. Este cenário é especialmente relevante para as áreas com estações de ski, que poderiam vir a beneficiar destas condições para encerrar o mês de fevereiro e iniciar março com ótimas condições para os praticantes de desportos de inverno.

Os modelos meteorológicos estão ainda pouco claros para o final do mês de fevereiro, o que não nos permite detalhar quais serão os contornos deste fenómeno nos padrões sinóticos e condições meteorológicas.
Neste momento, sabe-se que o aquecimento estratosférico súbito previsto para ocorrer em 18 de fevereiro deixa em suspenso uma previsão para as potenciais condições meteorológicas globais no final do mês. Embora inicialmente não afete diretamente a superfície terrestre, as previsões indicam que poderá causar mudanças significativas nas condições meteorológicas, incluindo a possibilidade de tempestades de neve em algumas regiões.

Fonte: https://www.tempo.pt/noticias/actua...as-drasticas-no-estado-do-tempo-portugal.html
 

dvieira

Nimbostratus
Registo
22 Mar 2017
Mensagens
594
Local
Fátima (349 m)

Previsão período alargado - Continente - 19 fev. a 17 mar. 2024​


Precipitação total semanal com valores abaixo e temperatura média semanal com valores acima do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores abaixo do normal (-30 a -1 mm) praticamente para todo o território na 1ª e 2ª semanas (de 19/02 a 25/02 e de 26/02 a 03/03). Na 3ª e 4ª semanas (de 04/03 a 10/03 e de 11/03 a 17/03) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

Na temperatura média semanal, prevêem-se valores acima do normal (+0.25 a 3°C) para todo o território na 1ª semana (de 19/02 a 25/02). Na 2ª semana (de 26/02 a 03/03) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo. Ainda, na 3ª e 4ª semanas, prevêem-se valores acima do normal (+0.25 a 1°C) para as zonas junto à faixa costeira.

IPMA, I.P. 15.02.2024
 

dvieira

Nimbostratus
Registo
22 Mar 2017
Mensagens
594
Local
Fátima (349 m)

Previsão período alargado - Continente - 26 fev. a 24 mar. 2024​

Precipitação total semanal com valores acima e temperatura média semanal com valores abaixo do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores acima do normal (1 a 30mm) para as regiões Norte e Centro na 1ª e 4ª semanas (de 26/02 a 25/03 e de 18/03 a 24/03). Para a região Sul interior(1 a 10mm), na semana de 04/03 a 10/03 e para todo o território(1 a 10mm), na 11/03 a 17/03.
Na temperatura média semanal, prevêem-se valores abaixo do normal(-1 a -0.25°C), para o interior do território, na 1ª semana (de 26/02 a 03/03). Na 2ª semana (de 04/03 a 10/03) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo. Ainda, na 3ª e 4ª semanas, prevêem-se valores acima do normal (+0.25 a 1°C) para as zonas junto à faixa costeira e para quase todo o território, respectivamente.

IPMA, I.P. 22.02.202
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
23,212
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
1ª e 4ª semanas (de 26/02 a 25/03 e de 18/03 a 24/03).
Houve um lapso no dia referente ao fim da 1ªsemana (não pode ser 25 mas sim 3).

É notório a viragem da previsão para as duas primeiras semanas da previsão emitida no dia 15: a 1ªsemana (de 19/2 a 25/2) é a semana corrente e pelo menos para o Norte e Centro está já pela observação, e previsão a curto prazo, com sinal positivo para a precipitação, oposto ao previsto; a 2ªsemana (26/2 a 3/3) tem agora na nova previsão, emitida hoje, também sinal positivo para a precipitação no Norte e Centro, igualmente contrário à previsão anterior.
 

dvieira

Nimbostratus
Registo
22 Mar 2017
Mensagens
594
Local
Fátima (349 m)
Previsão período alargado - Continente - 11 mar. a 07 abr. 2024

Precipitação total semanal com valores acima e temperatura média semanal com valores acima do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores acima do normal para todo o território na 1ª e 3ª semanas (de 11/03 a 17/03, com o valor de anomalia de +1 a 60mm, e de 25/03 a 31/03, com o valor de anomalia de +1 a 30mm) e praticamente todo o território na 2ª e 4 ª semanas de (18/03 a 24/03, com o valor de anomalia de +1 a 10mm e de 01/04 a 07/04, com o valor de anomalia de +1 a 30mm).

Na temperatura média semanal, prevêem-se valores acima do normal (+0.25 a 1°C) para as regiões do litoral da costa ocidental e praticamente toda a região Norte na 1ª semana (de 11/03 a 17/03). Prevêem-se valores abaixo do normal (-1 a -0.25°C) para todo o território na 3ª semana (de 25/03 a 31/03). Na 2ª e 4ª semanas (de 18/03 a 24/03 e de 01/04 a 07/04) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

IPMA, I.P. 07.03.2024
 

Aurélio Carvalho

Nimbostratus
Registo
5 Out 2018
Mensagens
1,825
Local
Faro
Previsão período alargado - Continente - 11 mar. a 07 abr. 2024

Precipitação total semanal com valores acima e temperatura média semanal com valores acima do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores acima do normal para todo o território na 1ª e 3ª semanas (de 11/03 a 17/03, com o valor de anomalia de +1 a 60mm, e de 25/03 a 31/03, com o valor de anomalia de +1 a 30mm) e praticamente todo o território na 2ª e 4 ª semanas de (18/03 a 24/03, com o valor de anomalia de +1 a 10mm e de 01/04 a 07/04, com o valor de anomalia de +1 a 30mm).

Na temperatura média semanal, prevêem-se valores acima do normal (+0.25 a 1°C) para as regiões do litoral da costa ocidental e praticamente toda a região Norte na 1ª semana (de 11/03 a 17/03). Prevêem-se valores abaixo do normal (-1 a -0.25°C) para todo o território na 3ª semana (de 25/03 a 31/03). Na 2ª e 4ª semanas (de 18/03 a 24/03 e de 01/04 a 07/04) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

IPMA, I.P. 07.03.2024
Mas hoje já estamos a 13 Março pelo que essa previsão já está completamente desatualizada.
 

dvieira

Nimbostratus
Registo
22 Mar 2017
Mensagens
594
Local
Fátima (349 m)
Previsão período alargado - Continente - 18 mar. a 14 abr. 2024

Precipitação total semanal com valores acima e temperatura média semanal com valores acima do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores acima do normal para todo o território na 2ª e 3ª semanas (de 25/03 a 31/03 e de 01/04 a 07/04, com o valor de anomalia de +1 a 30mm) e apenas para as regiões Norte e Centro na 4 ª semana de (08/04 a 14/04, com o valor de anomalia de +1 a 10mm). Na 1ª semana (de 18/03 a 24/03) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

Na temperatura média semanal, prevêem-se valores acima do normal para todo o território, na 1ª semana(de 18/03 a 24/03, com valores de anomalia +0.25 a 3°C) e para a faixa costeira ocidental na 4ª semana (de 08/04 a 14/04). Prevêem-se valores abaixo do normal (-3 a -0.25°C) para todo o território na 2ª semana (de 25/03 a 31/03). Na 3ª semana (de 01/04 a 07/04) não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

IPMA, I.P. 14.03.2024