Registos Extremos de Precipitação na Península Ibérica

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Cadito 16 Nov 2014 às 19:56.

  1. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    12,643
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Infelizmente teve que ser uma estação amadora a levar o prémio de Janeiro, porque as estações do IPMA estiveram pejadas de falhas e o que pude apurar está aqui neste quadro que é um extracto do quadro completo das 101 estações que pus no Resumo de Janeiro.
    Lamas de Mouro seria a estação mais perto de competir com Castro Laboreiro, mas teve tantas falhas que o total ficou pelo caminho... :facepalm:
    [​IMG]

    Com fundo cinzento são as estações com falhas de registo suficientes para comprometer a validade do total que será na realidade sempre significativamente superior.
    Nem sequer o máximo em 24h de Lamas de Mouro será correcto, estimei por interpolação que seria pelo menos 130mm, competindo assim com os máximos registados em Espanha.
     
    Cadito gostou disto.
  2. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,784
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    No boletim de Janeiro refere Lamas de Mouro como a EMA que maior valor de precipitação acumulou: 284,4mm.
    Quanto ao maior valor da quantidade de precipitação em 24h, o boletim refere Penhas Douradas, dia 31, com 103,2mm. De referir que o período horário considerado é sempre das 9h às 9h.

    ;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Cadito e StormRic gostaram disto.
  3. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    12,643
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Exacto, normalmente fico sem perceber se são falhas da estação ou da transmissão dos dados ou da própria página do IPMA. De qualquer modo os registos horários desaparecem para o público.
    Esses 103,2mm perdem significado por causa do período absurdamente fixo. 106,7mm das 6h às 6h. E se por acaso o período fixo considerado fôr das 0h às 0h, o máximo de penhas Douradas teria ficado apenas em 82,4mm o qual foi, de resto, apresentado no resumo diário do dia 30 (dia 31 tem só 28,9mm). Mesmo com as falhas, Lamas de Mouro tinha acumulado, em verdadeiras 24 horas (no caso concreto, das 23h de 29 às 23h de dia 30), pelo menos os tais 117mm, com quatro horas em falta; das 0h às 0h 116,1mm com falta de cinco horas; das 9h à 9h apresentaria 90,3mm, também com falta de cinco horas. Acho estranho que tenham os dados para obter o total do mês de Lamas de Mouro mas não tenham para a precipitação diária, porque com as horas em falta, o máximo diário, mesmo considerando o período das 9h às 9h, seria quase seguramente superior ao das Penhas Douradas.

    No entanto quando apresentam os resumos diários, o período considerado é das 0h às 0h. Continuamos sem compreender porque não se passa a um período de 24 horas flutuante nos boletins mensais.
     
    #33 StormRic, 12 Fev 2015 às 02:11
    Última edição: 12 Fev 2015 às 02:18
    Cadito gostou disto.
  4. Cadito

    Cadito
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    27 Fev 2010
    Mensagens:
    523
    Local:
    Ermesinde (Sampaio), 105m
    Extremos de precipitação mensal e diário relativos ao mês de Fevereiro de 2015:

    Acumulado Mensal:

    Soba, Alto Miera, Cantabria (695m) AEMET: 601,4 mm
    Roncesvalles, Navarra (940m) AEMET: 552 mm
    Aramaio, Araba/Álava (617m) AEMET: 496,6 mm
    Renteria, Gipuzkoa (165m) AEMET: 456,8 mm
    Abadiño, Bizkaia (747m) AEMET: 426,9 mm


    Acumulado Diário:


    Roncesvalles, Navarra (940m) AEMET: 139,6 mm
    Renteria, Gipuzkoa (165m) AEMET: 115,2 mm
    Canfranc, Huesca (1160m) AEMET: 105.8 mm
    Bera, Navarra (78m) AEMET: 99.8 mm
    Baztan, Irurita Navarra (183m) AEMET: 99.2 mm

    Cumprimentos:rain:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    StormRic gostou disto.
  5. Cadito

    Cadito
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    27 Fev 2010
    Mensagens:
    523
    Local:
    Ermesinde (Sampaio), 105m
    Como prometido noutro tópico e desenterrando este, seguem os registos mais relevantes de precipitação anual do PNPG retirados do SNIRH (dados entre 1960 e 2018), com alguns "saltos" desde 2000 e também com muito menos estações a funcionar.

    https://snirh.apambiente.pt/index.php?idMain=2&idItem=1&objCover=920123704&objSite=920685118

    [​IMG]
    [​IMG]

    Registos de 4000+/ano são bastante frequentes particularmente na Serra do Gerês. :rain:

    Destaquei alguns registos a rondar os 5000 mm/ano.

    Em breve colocarei os da precipitação mensal e diária (vamos com calma que é preciso fazer render o "peixe"). :D
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #35 Cadito, 6 Dez 2019 às 16:10
    Última edição: 6 Dez 2019 às 16:16
  6. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    5,957
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    Bons dados.
    Atendendo às muitas falhas que temos, parece-me que os máximos nos últimos 100 anos estão em falta.
    Um ano hidrológico como o de 2000-2001 certamente faria rebentar estes acumulados em todas as estações.
    Outros anos muito pluviosos faltam. Há muitos cortes em muitas estações.

    E outra razão para o afirmar peremptoriamente: são dados recolhidos manualmente. Sei a dificuldade que é recolher os dados, fazer a sua leitura diária sempre à mesma hora. É quase impossível não existirem falhas.
    Ou por falta de tempo, ou por condições meteorológicas muito difíceis.
    Eram outros tempos, pouco conforto nas casas de quem o fazia, acredito que a disponibilidade para o rigor era grande mas muitas vezes eram incapazes de o cumprir.

    Precisamos de estações automáticas e de uma manutenção capaz das mesmas.
    A ver se no futuro próximo há alguém com visão para isso. E €€€...;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Cadito, jonas_87 e Snifa gostaram disto.

Partilhar esta Página