Salmoura para derreter neve e gelo no IP4 de forma mais eficiente e económica

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
A propósito da neve e das estradas, a semana passada li que uma concessionária este ano vai usar uma estratégia diferente, usando salmoura:

Salmoura para derreter neve e gelo no IP4 de forma 'mais eficiente e económica'

A concessionária da Autoestrada Transmontana vai utilizar neste Inverno um outro método, para derreter o gelo e a neve em todo o IP4, mais eficiente e económico do que o tradicional sal gema, anunciou hoje um responsável.

A solução é salmoura, que já foi experimentada no final do anterior Inverno na zona de Vila Real e deu resultado, pelo que este ano será alargada ao distrito de Bragança, adiantou o responsável pela manutenção da estrada, Fernando Pedroche.

Segundo explicou, «a salmoura é uma solução feita de sal diluído em água que tem a aparência de uma pasta que lançada na estrada adere de forma mais eficiente e prolongada».

A experiência feita no último Inverno ainda não serve para a estatística, porém o responsável assegurou que estudos feitos com este produto indicam «uma poupança entre 20 a 30 por cento» em relação ao habitual sal gema usado para estas situações.

A Autoestradas XXI está a transformar o IP4 na Auroestrada Transmontana e é já responsável pela manutenção da via que este ano apresenta um duplo constrangimento, associando-se às obras em curso a neve e o gelo habituais nesta época em Trás-os-Montes.

O ano passado, a concessionária espalhou 800 toneladas de sal gema nesta via que liga a fronteira, em Bragança, ao Porto, no litoral.

De acordo com Fernando Pedroche, este ano já tem em reserva 300 toneladas, mas espera que com a salmoura sejam necessários menos reforços, embora ainda seja uma incógnita o que o Inverno reserva.

Segundo explicou, o tratamento preventivo da neve e do gelo feito com sal gema leva a que cada vez que um automóvel passa em cima do produto seja projectado para a berma da estrada.

A salmoura, segundo ainda aquele responsável, é uma «espécie de pasta que fica mesmo na estrada e que os carros esmagam ao passarem em cima dela, em vez de a projectarem, o que faz com que permaneça mais tempo na rodovia».

«Com menos sal, conseguimos melhores resultados», sustentou aquele responsável, que aponta este produto como «mais eficiente» na prevenção do gelo e da neve que todos os Invernos causam constrangimentos na principal estrada da região transmontana.

A concessionária dispõe de três limpa-neves com a função de espalhar o sal e mais um veículo adaptado que faz as mesmas funções.

Sol/Lusa
http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=4911
 

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,788
Local
Bragança (675m)
Parece uma solução interessante. Ainda hoje assisti a várias passagens de um limpa-neves a espalhar sal e é bem verdade que as partículas de sal gema podem ser facilmente projectadas para fora da estrada com a passagem dos veículos. Mas se apresentam esse problema, também têm algumas vantagens. Pelos vistos é um petisco para alguns animais. Hoje, numa estada da Sanábria, umas 5 ou 6 enormes vacas entretinham-se a comer o sal no meio da estrada e nada as fez dali sair :D
 

Iceberg

Nimbostratus
Registo
5 Jun 2006
Mensagens
817
Local
Braga
Re: Comunicação social

http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Bragan%E7a&Concelho=Bragan%E7a&Option=Interior&content_id=2160044&page=1

"As perspectivas são de que este seja um ano com pouca neve, segundo o comandante do CDOS..."

Este Sr. Comandante como terá obtido esta previsão?
Veremos se tem razão ou não.

Alguém que me faculte o e-mail do senhor Comandante, que não hesitarei em perguntar-lhe qual o fundamento para aquela afirmação.

Até pode vir a ser um Inverno sem neve (não é isso que está em causa), mas aquela afirmação não deixa de intrigar-me, porque parece claro que foi proferida com base noutra qualquer informação que o senhor Comandante obteve de determinada fonte.

Aguardo que alguém me faculte o seu e-mail. Obrigado. ;)