Seca em Portugal

ecobcg

Super Célula
Registo
10 Abr 2008
Mensagens
5,145
Local
Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
Só para clarificar o post anterior...

Era interessante perceber e explicar quais as razões desse aumento face a janeiro do ano passado.
Presumo que, com a falta de chuva que houve, os jardins (privados e públicos) tivessem que ser regados mais vezes, por exemplo. Só aí, já será um bom aumento.
Mesmo na agricultura, por exemplo para pequenos agricultores que consumam água da rede, também deve ter havido aumento.
Não sei se houve correspondência no número de turistas, se também teve aumento relativamente a Janeiro de 23.
 


LMMS

Nimbostratus
Registo
22 Fev 2021
Mensagens
826
Local
Madorna - São Domingos de Rana
Acho que nunca aqui foi dito, mas a partir deste ano todas as piscinas deveriam de ser de água salgada.
A quantidade de piscinas no Algarve só mostra o quanto esta medida devia de ser implementada.

Quem quer luxo tem que o pagar, e este novo negócio que surgia no Algarve de recolha e entrega de água salgada ainda ajudava a economia algarvia.

A água das piscinas era recolhida e entregue em local próprio para uso camarário de limpeza ou se possível o tratamento para possível consumo.
 

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
3,200
Local
loule-caldeirao
Era interessante perceber e explicar quais as razões desse aumento face a janeiro do ano passado.
Presumo que, com a falta de chuva que houve, os jardins (privados e públicos) tivessem que ser regados mais vezes, por exemplo. Só aí, já será um bom aumento.
Mesmo na agricultura, por exemplo para pequenos agricultores que consumam água da rede, também deve ter havido aumento.
Não sei se houve correspondência no número de turistas, se também teve aumento relativamente a Janeiro de 23.
É um mau prenúncio... não havendo medidas mais drásticas e mesmo havendo alguma poupança de alguns essa poupança pode perder-se num aumento de consumidores ou até dependendo de factores climáticos como temperaturas médias mais altas, condições especialmente secas, etc
Parece-me que haverá sempre alguma poupança efectiva do lado da agricultura porque é imposta e fiscalizada.
Não havendo reciprocidade vai abrir uma fractura social e gerar um clima de
"guerra"... já temos o exemplo do que isso provoca noutros sectores da sociedade.
 

N_Fig

Cumulonimbus
Registo
29 Jun 2009
Mensagens
3,910
Local
Figueira da Foz
Acho que nunca aqui foi dito, mas a partir deste ano todas as piscinas deveriam de ser de água salgada.
A quantidade de piscinas no Algarve só mostra o quanto esta medida devia de ser implementada.

Quem quer luxo tem que o pagar, e este novo negócio que surgia no Algarve de recolha e entrega de água salgada ainda ajudava a economia algarvia.

A água das piscinas era recolhida e entregue em local próprio para uso camarário de limpeza ou se possível o tratamento para possível consumo.
Há piscinas de água do mar na Figueira, não é assim tão descabido quanto isso, mas é preciso ver que não agradam a toda a gente
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
12,434
Local
Olhão (24 m)
Só para clarificar o post anterior...

Sou contra qualquer aumento do preço da água, enquanto não existir equidade em todos os concelhos do Algarve a nível de preços, se resido no 3º concelho com a água mais cara, vou passar a pagar mais enquanto outros continuam a pagar menos, aonde existe a equidade dessa medida.

Era interessante perceber e explicar quais as razões desse aumento face a janeiro do ano passado.
Presumo que, com a falta de chuva que houve, os jardins (privados e públicos) tivessem que ser regados mais vezes, por exemplo. Só aí, já será um bom aumento.
Mesmo na agricultura, por exemplo para pequenos agricultores que consumam água da rede, também deve ter havido aumento.
Não sei se houve correspondência no número de turistas, se também teve aumento relativamente a Janeiro de 23.
A nível de turismo, existiu uma diminuição de 0.9% face a Janeiro de 2023 em termos de dormidas.
 

efcm

Cumulus
Registo
23 Mar 2013
Mensagens
396
Local
Amadora
Acho que nunca aqui foi dito, mas a partir deste ano todas as piscinas deveriam de ser de água salgada.
A quantidade de piscinas no Algarve só mostra o quanto esta medida devia de ser implementada.

Quem quer luxo tem que o pagar, e este novo negócio que surgia no Algarve de recolha e entrega de água salgada ainda ajudava a economia algarvia.

A água das piscinas era recolhida e entregue em local próprio para uso camarário de limpeza ou se possível o tratamento para possível consumo.
Sabes como é que se enche uma piscina de água salgada, daquelas que não estão junto ao mar??

É com água doce (da torneira normalmente) e depois é acrescentado sal.

A água salgada é um tipo de tratamento, que se usa em vez do cloro.
 

LMMS

Nimbostratus
Registo
22 Fev 2021
Mensagens
826
Local
Madorna - São Domingos de Rana
Sabes como é que se enche uma piscina de água salgada, daquelas que não estão junto ao mar??

É com água doce (da torneira normalmente) e depois é acrescentado sal.

A água salgada é um tipo de tratamento, que se usa em vez do cloro.
Eu escrevi que um novo negócio teria que surgir.
Esse negócio seria de ir buscar água ao mar e entregar ao cliente. Isso hoje não existe, então que se crie.
Quem não quiser ter água salgada, encha a piscina de terra e plante umas couves, vai gastar muito menos água.

Eu penso que os que acham piada ainda não estão a perceber o que aí vem. É a vida.
 

ecobcg

Super Célula
Registo
10 Abr 2008
Mensagens
5,145
Local
Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
Bom dia,
Deixo aqui um excelente artigo sobre a seca no Algarve. Não é nenhuma novidade, já aconteceu anteriormente e, a tendência será de secas ainda mais frequentes. Ordenamento e melhor gestão, precisam-se!

"«Casa sem pão, todos ralham e ninguém tem razão»: a seca no Algarve em 2024"
www.sulinformacao.pt/2024/02/casa-sem-pao-todos-ralham-e-ninguem-tem-razao-a-seca-no-algarve-em-2024/
Seca_Depositphotos_5917581_L-1170x878.jpg
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
23,146
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Deixo aqui um excelente artigo sobre a seca no Algarve. Não é nenhuma novidade, já aconteceu anteriormente e, a tendência será de secas ainda mais frequentes. Ordenamento e melhor gestão, precisam-se!

"«Casa sem pão, todos ralham e ninguém tem razão»: a seca no Algarve em 2024"
www.sulinformacao.pt/2024/02/casa-sem-pao-todos-ralham-e-ninguem-tem-razao-a-seca-no-algarve-em-2024/

O autor não toca no "tabu" turismo de massas e, portanto, no consumo sobretudo extemporâneo de água que tal representa, na época em que menos água há.
As barragens após 1990 foram feitas especialmente para tornar "sustentável" esse turismo, depois dos furos litorais começarem a salinização. É compreensível que não o faça, é a base da economia algarvia e uma parte importante da economia nacional, além de uma fonte de emprego embora em grande parte sazonal. Acresce ainda o aumento das habitações próprias permanentes de nível económico elevado, grandes consumidoras de "água de lazer" e não propriamente criadora de riqueza económica como a que é usada nas culturas. Na minha opinião, haverá que fazer uma diferenciação dos custos da água de acordo com o nível económico dos seus consumidores e do tipo de uso ou potencial criador de riqueza que beneficie a todos.
 
Última edição:

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
3,200
Local
loule-caldeirao
Entrevista interessante! Pode-se dizer que é mais do mesmo, no entanto esclarece vários pontos em que parece ainda existirem dúvidas...
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
12,434
Local
Olhão (24 m)
Entrevista interessante! Pode-se dizer que é mais do mesmo, no entanto esclarece vários pontos em que parece ainda existirem dúvidas...
Metam outro cd que esse já está riscado. A lógica é aumentar preços e nada mais, as câmaras deviam ser obrigadas a acabarem com as perdas, ter perdas iguais à produção anual da dessalinizadora é incompetência, cobram mais e essa água é perdida. É roubar à descarada sem eliminarem o essencial. :rolleyes:

Parece aqueles que começam a construir uma casa pelo telhado, assim são as entidades públicas em Portugal. Primeiro, acabar com as perdas, segundo reutilização das águas residuais para agricultura, lavagem de ruas, rega dos jardins públicos, rega dos campos de golfe, terceiro fazer ligação ao Pomarão e em último lugar é que se aumentava os preços, mas o que devia ser último é logo o primeiro neste país.
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
12,434
Local
Olhão (24 m)

As barragens encaixaram mais do que a previsão do governo, por isso, já podem gastar mais, o lema dos agricultores é gastarem toda a água seja ela subterrânea ou barragem e depois quem vier atrás que feche a porta. A maioria é tudo para exportar e digo mais, uma caixa de morangos 250g do Algarve são mais caros que uma caixa de 500 g de morangos da Espanha e não falo em comprar em supermercado. :rolleyes:

Neste momento, não existe nenhuma barragem nos 50% e só uma está acima dos 40% que é Odeleite e estamos praticamente no final do semestre húmido, portanto não existe grande margem e não se sabe o futuro dentro de 1 ano.
 

AnDré

Moderação
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
12,208
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (930m)

As barragens encaixaram mais do que a previsão do governo, por isso, já podem gastar mais, o lema dos agricultores é gastarem toda a água seja ela subterrânea ou barragem e depois quem vier atrás que feche a porta. A maioria é tudo para exportar e digo mais, uma caixa de morangos 250g do Algarve são mais caros que uma caixa de 500 g de morangos da Espanha e não falo em comprar em supermercado. :rolleyes:

Neste momento, não existe nenhuma barragem nos 50% e só uma está acima dos 40% que é Odeleite e estamos praticamente no final do semestre húmido, portanto não existe grande margem e não se sabe o futuro dentro de 1 ano.
Há décadas que a agricultura em Portugal tem ficado para trás. E continua... Se os cortes fossem proporcionais a todos os sectores talvez já se tivesse arranjado solução para o sul do país. Assim, deixa andar.
Relativamente ao preço dos produtos, a qualidade paga-se, assim como a dimensão (quantidade produzida). Quanto mais sacrificarem/reduzirem a atividade agrícola, mais caro se tornam os produtos. Não há como não perceber isso.
 

ecobcg

Super Célula
Registo
10 Abr 2008
Mensagens
5,145
Local
Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
Há décadas que a agricultura em Portugal tem ficado para trás. E continua... Se os cortes fossem proporcionais a todos os sectores talvez já se tivesse arranjado solução para o sul do país. Assim, deixa andar.
Relativamente ao preço dos produtos, a qualidade paga-se, assim como a dimensão (quantidade produzida). Quanto mais sacrificarem/reduzirem a atividade agrícola, mais caro se tornam os produtos. Não há como não perceber isso.
Os poucos pequenos agricultores (que também não têm grandes meio tecnológicos que ajudam na eficiência), não têm como sobreviver a estas perdas de produção resultantes dos cortes de água.
"Só" vão sobrar os "tubarões", as maiores empresas que conseguem aguentar 1 ou 2 anos com fraca produção e prejuízo. Quando houver água, serão os donos do resto dos terrenos, que entretanto, pararam de produzir. Quase que parece "conspiração"... :D:rain:
 

"Charneca" Mundial

Super Célula
Registo
28 Nov 2018
Mensagens
5,048
Local
Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
Há uma forma de resolver a questão da agricultura em praticamente todos os países europeus, e essa forma chama-se tecnologia. Sinceramente não percebo como é que ainda há tanta oposição às ONGs, depois de décadas de avanços científicos e tecnológicos desde os primeiros produtos geneticamente modificados (aliás, todos nós comemos algo que provavelmente foi geneticamente modificado no seu processo de formação com frequência e estamos todos sãos e vivos). :disgust: