Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Fevereiro 2015

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,167
Local
Oeiras / VN Poiares
Aviso MeteoPT.com

Leia com atenção as condições de utilização do fórum.
A participação neste tópico, além das condições gerais, está sujeita a condições específicas.

....
2.3 Tópico de Seguimento Previsão do Tempo e Modelos

Use este tópico apenas para:

- colocar, comentar ou debater previsões ou saídas de modelos.

- comentar e colocar previsões; se forem suas fundamente-as muito bem. Seja cauteloso e responsável, evite alarmismo não fundamentado que possa gerar alarme social. Não se esqueça, é você o responsável pelo que escreve e assume as consequências do que escreve.

Não use este tópico para:

- seguimento da situação meteorológica corrente indicada no ponto 2.1.

- conversa de circunstância ou desabafos ("nunca mais chove", "nunca mais acaba o calor", "tudo ao lado", etc), evite ou use para esse fim o tópico de Seguimento Meteorológico Livre.

- criticar avisos ou alertas oficiais, para isso use por exemplo tópicos como "IPMA - Novidades, dúvidas e críticas".

- discutir climatologia ou outro tema, para isso use por exemplo o tópico de Monitorização do Clima Portugal.

- off-topic, evite em absoluto mensagens neste tópico que não se enquadrem no tema do tópico, previsões do tempo. Se ocorrer uma deriva natural de tema ou se se proporcionar um outro rumo interessante para discussão, pode comentar ou fomentar um debate noutro tópico mais apropriado baseado numa discussão nascida aqui, citando a mensagem original.

...

http://www.meteopt.com/forum/ajuda/condicoes-de-utilizacao
 

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,167
Local
Oeiras / VN Poiares
Para amanhã acho improvável a ocorrência de neve fora dos locais habituais, acho que falta um pouco de frio a 500 hpa para potenciar a convecção quando o fluxo virar para Norte e começar a entrar frio nos níveis médios e baixos. Eventuais e improváveis surpresas, a acontecer, serão nas regiões interiores dos distritos de Viana, Braga e Porto.

O mais importante a reter destes dois dias (hoje e amanhã) é a entrada de muito frio a todos os níveis em toda a Europa e a subida da dorsal atlântica numa posição não muito desfavorável para nós. A existência de frio na Europa ajuda a manter a dorsal afastada, em conjugação com a orientação mais favorável do jet-stream (SW-NE) à saída do continente americano.

BxpZoRU.png


Com frio na Europa e dorsal atlântica suficientemente afastada de nós, tanto para manter a circulação zonal bem longe como para evitar que o AA nos "caia" em cima, estão presentes os ingredientes necessários para uma entrada fria continental (há quase dois anos que não tinhamos uma) que, segundo a generalidade dos modelos, não terá uma intensidade muito anormal (não é muito provável que ocorram temperaturas abaixo de -5ºC a 850 hpa), mas poderá ter uma duração bastante interessante, e anormal para os tempos que correm (não há concordância entre os modelos, varia entre os 5 dias no ECMWF e os 10 no GFS - analisando o quadro de ensembles de ambos, poderia apontar para cerca de uma semana como a duração mais provável).

A fraca perfomance que todos os modelos têm revelado para a Europa Ocidental nos últimos meses leva a ter algumas cautelas nesta análise, mas parece-me que a entrada fria está praticamente garantida (saídas semelhantes de GFS, ECMWF e UKMO nas últimas 48 horas, com concordância do quadro de ensembles).

Quanto à possibilidade de termos surpresas em forma de neve, não vale a pena discutir as saídas de cada modelo uma a uma. A esta distância temporal o importante é discutir o posicionamento dos centros de acção e o padrão atmosférico global. Nas próximas horas é provável vermos muitas cartas de sonho, com previsão de neve em locais onde tal raramente ocorre, mas não é para ligar muito. São pormenores que apenas são afinados nas últimas horas antes de ocorrerem, e muitas vezes chegamos ao próprio dia e ainda há divergências entre modelos. No entanto deixo algumas notas:

- a única maneira de nevar em locais como Lisboa, Algarve, Porto é com entradas continentais, seja durante as mesmas ou no seu final;

- a potência da dorsal atlântica modelada para os próximos dias deixa praticamente afastada a hipótese de chegar uma depressão de sudoeste com uma frente quente associada que origine queda de neve ao "limpar" o frio instalado;

- a única hipótese plausível que neste momento se afigura para vermos neve durante este evento é com a passagem de uma cut-off transportada na circulação de NE no bordo sul do anticiclone. Estas cut-offs são difíceis de modelar e costumam ser pouco democráticas na repartição da neve. Seria um evento localizado e rápido;

- com entradas de noroeste NUNCA haverá um nevão na faixa litoral (5 a 10 km do mar). Podem cair uns farrapos, caso a entrada de noroeste seja excepcionalmente gélida, mas nada mais que isso. Para terem ideia do "poder" calorífero do mar, quando estive em Itália em Pescara, com vento vindo do mar, e apesar de estarem -14ºC a 850 hpa e perto de -40ºC a 500 hpa, não houve acumulação de neve. Nevou, de facto, mas derretia tudo ao chegar ao solo. E nem vale a pena comparar o Adriático de Pescara com o nosso Atlântico...
 
  • Gosto
Reactions: MSantos

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
David, dou o exemplo também aqui da Islândia no que toca ao efeito quente do oceano atlântico.

Aqui é comum termos dias com temperatura ao meio dia a rondar os -15ºC, para umas horas mais tarde, com a entrada de uma frente de sudoeste, começar a chover, e a temperatura sobe em flecha. E isto é cá acima. Então imagina mesmo a dificuldade de que falas em nevar em Portugal com uma entrada de noroeste!

Agora a situação que aí vêm já é mais digna de frio. Mas é frio polar seco. Ficámos à espera de eventuais surpresas.
 

Névoa

Nimbostratus
Registo
16 Set 2013
Mensagens
686
Local
Senhora da Hora
Para terem ideia do "poder" calorífero do mar, quando estive em Itália em Pescara, com vento vindo do mar, e apesar de estarem -14ºC a 850 hpa e perto de -40ºC a 500 hpa, não houve acumulação de neve. Nevou, de facto, mas derretia tudo ao chegar ao solo. E nem vale a pena comparar o Adriático de Pescara com o nosso Atlântico...

Peço desde já desculpas pelo off topic, mas seria complicado endereçar este post em outro tópico. Gostava só de citar o caso de Veneza, pois que pelo que ouço falar a neve lá é frequente, e eu nunca cheguei a entender a razão disso. Também já ouvi falar que neva bastante na Coreia do Sul, mesmo que não esteja muito frio, mas não sei se será mesmo assim.
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Brito

Cumulus
Registo
11 Fev 2010
Mensagens
208
Local
Viseu
Isos cada vez mais baixas... Muito perto dos -10...quanto mais se aproxima, mais frio e modelado !!! Nada de preocupante, mas a sua durabilidade da entrada e algo pouco comum. Precipitação vai ser muito difícil... E um ar polar extremamente seco, mesmo as noites...o vento esse vai ser moderado em algumas regiões...
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,278
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
Isos cada vez mais baixas... Muito perto dos -10...quanto mais se aproxima, mais frio e modelado !!! Nada de preocupante, mas a sua durabilidade da entrada e algo pouco comum. Precipitação vai ser muito difícil... E um ar polar extremamente seco, mesmo as noites...o vento esse vai ser moderado em algumas regiões...

A situação é interessante, mas a precipitação não será propriamente certa, a única maneira de nevar ou caírem alguns flocos sem acumulação a cotas menos usuais é um núcleo depressionário frio em altitude e com precipitação associada entrar por Nordeste ou Leste, o frio em maior ou menor intensidade parece-me garantido mas penso que será um frio seco..vamos ver..:cold:


ECM1-144.GIF


gfs-0-174.png
 

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,015
Local
Aljezur (48m) - Faro (11m)
É tudo ainda especulação.

O frio está no ponto certo... mas a massa de ar precisa de ser mais instável. O que mostra é que podemos ter aguaceiros fracos pelo país que serão de neve.
 

Névoa

Nimbostratus
Registo
16 Set 2013
Mensagens
686
Local
Senhora da Hora
O ecmwf (via previsão de 10 dias do ipma), nesta saída mais recente, retirou no entanto algum do frio reservado para o período de 5-10 dias aqui para o Porto. Ou seja, de -3C passamos a -1C de mínima, o que já não é tão invulgar.
Não mandamos no tempo, mas para já fico menos peeocupada com este recuo, pois mesmo que houvesse neve, o que não haveria aliás no panorama que se prevê agora, isso não paga a pena ao sabermos que esta seria uma situação muito difícil para parte da população.
Não temos estruturas para este frio.
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Brito

Cumulus
Registo
11 Fev 2010
Mensagens
208
Local
Viseu
O ecmwf, nesta saída mais recente, retirou no entanto algum do frio reservado para o período de 5-10 dias aqui para o Porto. Ou seja, de -3C passamos a -1C de mínima, o que já não é tão invulgar.
Não mandamos no tempo, mas para já fico menos peeocupada com este recuo, pois mesmo que houvesse neve, o que não haveria aliás no panorama que se prevê agora, isso não paga a pena ao sabermos que esta seria uma situação muito difícil para parte da população.
Não temos estruturas para este frio.

estas entradas acontecem todos os anos quase... :facepalm:

esta será apenas mais uma... normalissimo
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Névoa

Nimbostratus
Registo
16 Set 2013
Mensagens
686
Local
Senhora da Hora
estas entradas acontecem todos os anos quase... :facepalm:

esta será apenas mais uma... normalissimo

Estou a falar concretamente de mínimas de -3C no Porto, asseguro que isso não será vulgar. Pelo que leio, a mortalidade por causa do frio, que é uma realidade em zonas urbanas, não tanto por um frio extremo (em Portugal) mas pela falta de recursos, é maior em alguns anos que em outros. Que ninguém queira comparar o tempo de um ano atrás com o de 2012, por exemplo. Só que nem em 2012, quando as pessoas morriam aos magotes na França e na Itália, para não falar no Leste, tivemos mínimas de -3C no Porto, e mesmo aqui se verificou uma situação de risco com uns "normais" -1C. Houve mesmo um aumento significativo da taxa de mortalidade em Portugal por causa daquela vaga de frio. Naquele fevereiro faltou energia em muitos países por causa do alto consumo, o que veio ainda piorar em muito a situação. É o tipo de coisa que tira toda a piada ao frio, enfim.

Já agora, dificilmente a temperatura desce abaixo de 0C no Porto, mas -3C...
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: joselamego

boneli

Nimbostratus
Registo
12 Jan 2008
Mensagens
871
Local
Braga. Lomar
Dada a volatilidade dos modelos, não dava nada como certo a partir de terça!

Os modelos insistem numa entrada fria durante vários dias a partir de terça e para já, mais ISO menos ISO é que deverá acontecer....agora que poderá não ser tão seca como se pensa, isso tenho as minhas dúvidas. Se os modelos mostram essas dúvidas!!!

Temos a ISO -4 a 850 hPa entre o dia 4 e o dia 8 e a ISO -30 a 500 hPa não assim tão habitual como termos a ISO 0..e para já pelo menos o GFS mostra que pode haver alguma precipitação dia 4 e 5, no entanto não dou para já muito valor, mas se Domingo/Segundo se mantiver esta linha não devemos pensar em desvaneio.
 
  • Gosto
Reactions: joselamego