Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Maio 2015

boneli

Nimbostratus
Registo
12 Jan 2008
Mensagens
871
Local
Braga. Lomar
Meu caro amigo nem me vou dar ao trabalho de discutir o tema contigo. Cada um com a sua opinião. Mas contra factos não há argumentos ;)

Se há coisa que aprendi foi nunca ser o dono da razão...e os últimos 4 anos não foram iguais meteorologicamente, muito menos os Verões os Invernos a precipitação e nem eu e nem tu sabemos que se o próximo Verão vai ser miséria...independentemente do que for para ti a miséria.

O mês de Maio e Outubro não foram iguais nos últimos 4 anos.

Encerro aqui e não digo mais nada
 

rozzo

Staff
Registo
11 Dez 2006
Mensagens
2,467
Local
Montijo/Lisboa
Fim de off-topic se faz favor. Mensagens de continuação do mesmo terão de ser apagadas. Agradecíamos mesmo que facilitassem um pouco o trabalho de moderação sem termos de constantemente andar a sanar picardias deste tipo. Enfim..
Obrigado.

ah, e também dispensamos esse tipo de "bola de cristal" se me faço entender... em especial quando é esse tipo de conteúdo que leva a discussões destas. futurologia e lamentos? longe deste tópico sff.
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,646
Local
Olhão (24 m)
Meteograma para Olhão:

graphe3_1000___-7.83_37.01_.gif


Aliás, basta consultar os meteogramas existentes no fórum, que é bem clara essa tendência de subida das temperaturas, a partir do dia 9 de Maio.

Eu, até concordo com o membro Fernando Costa, a tendência está lá e até o ECM já mostra essa tendência e coloca a ISO 20ºC no Algarve, a partir de 9 de Maio, por isso, não vejo caso para tanto alarido, quando os modelos mostram isso, claramente.
 
  • Gosto
Reactions: StormRic

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Estive a ver os modelos para as próximas semanas e próximos dias.

Eu já tinha dito em Março que o tempo quente e seco irá persistir até meados de Abril, e depois a segunda quinzena iria trazer o regresso dos ventos de oeste e da entrada sucessiva de frentes em Portugal continental.

Agora olhei para o GFS e CFS e que dizem acerca do futuro próximo. O resto do Maio parece ser bem mais soalheiro, com tempo quente à volta dos dias 9-12 e depois na segunda quinzena do mês:
  • chove bastante no norte e centro hoje e amanhã segunda dia 4
  • terça deveremos ver uma melhoria do tempo ao longo do dia
  • e quarta dia 6 é um dia de tempo mais soalheiro
  • quinta dia 7 após um dia provavelmente bom, à noite volta alguma chuva fraca, possivelmente só no norte
  • sexta dia 8 é que finalmente o anticiclone começa a dominar mais sobre Portugal e regressa o bom tempo, mas o vento persiste de oeste (provavelmente haverá neblinas matinais)
  • sábado dia 9, segundo os modelos promete ser um dia quente e soalheiro
  • o tempo soalheiro e potencialmente quente deverá durar entre dia 8 ou 9 até terça dia 12 (e talvez estes últimos dias sejam os mais quentes)
  • depois os modelos indicam que o anticiclone deverá migrar um pouco para norte, trazendo provavelmente alguma nortada à costa portuguesa à volta do dia 13 a 16, uma depressão deverá formar-se a leste e talvez faça alguma chuva dia 15 e tempo mais fresco
  • depois (já não devemos confiar tanto nos modelos a longo prazo) o tempo parece voltar a aquecer dia 17 a da 27, na segunda quinzena de Maio, se bem que nos últimos dias com uma depressão térmica a leste e possível trovoadas. Ventos de leste parecem dominar na segunda quinzena do mês, ao contrário da primeira quinzena, em que dominam ventos de oeste.
  • o Junho parece começar soalheiro mas o anticiclone localizado mais a oeste, e na segunda quinzena localizado mias a noroeste, trazendo talvez nortadas.
  • os modelos indicam é que o Julho comece mais quente com o anticiclone a migrar para a Europa, mas previsões a 2 meses têm o valor que têm...
Em suma, tudo muito "normal" para esta época do ano.
 

Skizzo

Nimbostratus
Registo
24 Set 2007
Mensagens
1,388
Local
Porto (centro) - cerca de 7km da costa
Normal, no entanto no extremo NW podem acumular-se até 4ª feira ou seja em menos de uma semana mais de 100\150 mm... Vai-se superar facilmente a média de Maio em 4\5 dias :rain:

Sem duvida, a média de Maio no Porto é de 89mm que devem ser atingidos já este fim-de-semana. E vendo as previsões para a próxima semana, vamos ter uma anomalia extremamente positiva. Ta mesmo aquela chuva chatíssima... insuportável.
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Boas..

Para amanhã espera-se actividade convectiva pontualmente severa na região norte e centro.

Analise/Discussão


Em altura uma vigorosa longwave avança desde o Atlântico e cruza a metade norte do Território.
Em Espanha mantém-se uma forte dorsal subtropical, com anomalias positivas significativas da temperatura do ar em todos os niveis.
Entre os dois um poderoso jet subtropical afecta PT continental e o N de Espanha, com fluxo de sudoeste/WSW até 200-240km.h aos 300hpa e mais de 150km.h aos 500hpa.

Nos niveis baixos e médios advecção de ar quente deverá progredir no sector quente de uma região de ciclonegense significativa que avança pela Galiza , com uma camada de ar tropical nos primeiros 1-2km a entrar pelo território, mixr até 10-12g/Kg com Dewpoint á superficie acima de 15ºC e theta-e aos 850hpa superior a 50ºC caracterizarão uma massa de ar muito energética...o aquecimento diurno ( ainda que limitado pela nebulosidade) em conjunto com a evapotranspiração dos solos saturados deverão acentuar ainda mais a energia da massa de ar.

O gradual arrefecimento em altura, em especial no norte e centro, deverá assim permitir que se atinjam valores de SBCAPE até 500-1000J/Kg...de momento há duvidas quanto á real magnitude do CAPE disponível, já que vários dos modelos misturam algum ar seco e quente em altura de origem em Espanha/Marrocos, que poderá limitar um pouco a energia disponível...por outro lado, num cenário mais favorável há a possibilidade de que se acumulem valores de SBCAPE até 1.5 a 2Kj/Kg caso a advecção de humidade e o aquecimento diurno sejam mais favoráveis..esta incerteza para já coloca algumas duvidas na previsão.

O padrão sinóptico durante a tarde será bastante impressionante, com a chegada de uma area de frontogenese fria, á frente da qual o ar quente é ejectado para norte por um forte low/mid level jet de componente sul/SSE ( v925>70km.h)...convergência acentuada será de esperar, assim como perfis de shear excepcionais dado o caracter rotacional do fluxo e a sobreposição com o jet de niveis altos...shear até 30-40m/s aos 6km e mais de 60kts aos 8km deverá suportar a rápida organização de qualquer célula que surja, com a preferência por modos convectivos supercelulares dada a helicidade acima de 250m2/s2.

Espera-se assim que uma ou duas linhas com supercélulas/bow echoes evoluam, colocando um risco de granizo severo, rajadas severas, precipitação excessiva e tornados.

Um nivel amarelo é assim garantido para grande parte da metade norte, para já não há confiança para colocar um nivel laranja dado que se manteem algumas divergencias entre os principais modelos no que toca ao CAPE disponivel.



LdCxqYn.png
 
Última edição:

Mr. Neves

Cumulonimbus
Registo
22 Jan 2013
Mensagens
3,860
Local
Tondela-290m
Stormy»»risco de granizo severo, rajadas severas, precipitação excessiva e tornados.
Onde é que vês isso???

Pois de facto talvez esta previsão seja mesmo num caso de todos os ingredientes se combinarem, mas acho que na realidade vai haver dois deles que podem impedir mais instabilidade amanhã durante a tarde e chamam-se CAPE e Li, os modelos a menos de 24h ainda andam num tira e põe e para além disso os valores que são postos não são nada de extraordinário, mas logo se vê.

Ps (algum administrador que mova as mensagens para o Mês de Maio)
 
Última edição:

Fernando Costa

Cumulus
Registo
2 Ago 2014
Mensagens
197
Local
Alfena - Valongo (Porto)
Penso que agora devemos virar a nossa atenção para o breve período quente que virá entre os dias 8 e 12 de Maio. Segundo o gfs, os dias 10 e 11 de Maio deverão ser os mais quentes. Depois disso, os modelos apontam para uma descida gradual das temperaturas. Parece-me bastante semelhante ao período quente observado em Maio de 2012. Vamos acompanhado ;)
 

romeupaz

Cumulus
Registo
5 Set 2008
Mensagens
418
Local
Leiria (76 m)
Previsão forte para o norte

1DAqP02.png
sHSBprj.png



Storm Forecast
Valid: Mon 04 May 2015 06:00 to Tue 05 May 2015 06:00 UTC
Issued: Mon 04 May 2015 00:03
Forecaster: VAN DER VELDE
A level 2 was issued for N Portugal and NW Spain mainly for tornadoes and severe convective wind gusts.
A level 2 was issued for SW to N France mainly for severe convective wind gusts, large hail and tornadoes.
A level 1 was issued for parts of Portugal, northern Spain, central and western France and the Benelux countries mainly for severe gust, large hail and tornado chances.

SYNOPSIS

An active depression near Portugal is advecting significantly warmer, unstable air with a SSW-ly flow into southwestern Europe. It follows in the wake of an old low with its core west of Ireland which briefly brought a surge of warm air into western and central Europe. A remnant occlusion is decaying between Czech Republic and Ukraine.
The Portuguese low is a highly baroclinic system with a marked warm front about 100 km north of the line Galicia - Switzerland during the afternoon. Strong flow veering with height is present across the warm sector and a Spanish Plume situation develops, this time separately from the Saharan Air Layer which runs over the western Mediterranean basin.
Around 12Z the cold front enters the Iberian Peninsula and reaches SW France around 21Z along with the center of the low passing west of Brittany. By Tuesday 06Z the warm front is predicted to have reached northern Netherlands and central UK.

DISCUSSION

...Portugal and NW Spain...

The northern portion of the cold front over this region around 15Z is backed by a PV lobe which causes strong upward motion. The cold front passes earlier at mid levels which creates a zone with a negative vertical theta-e gradient (potential instability) which combines with a few hundred J/kg MLCAPE. A line of discrete cells or a continuous linear convective system are thought to form. Since the flow at 1-3 km AGL averages 30 m/s, very severe wind gusts can be produced by these storms. On the other hand, very low LCLs reduce cold pool strength. This may rather benefit the tornado threat from supercells, which is significant due to nearly 20 m/s 0-1 km shear, 20 m/s 1-8 km shear and SREH over 250 m²/s² over 0-3 km. Over northern Spain, cloud bases are higher while low level winds and shear are reduced. SREH and deep layer shear do allow supercell storms with a larger chance of large hail and lower tornado/gust chance.
 
Última edição:

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
14,133
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Esta previsão de precipitação em cima da hora, a 3h e a 6h, e até para o dia todo, emitida às zero horas do próprio dia, errou completamente. É um verdadeiro caso de estudo.
TLMbHnG.png

MmJ45Cb.png


ZfCKLYq.jpg

FqPQDaZ.jpg


eIOQsGz.jpg

eQh8Age.jpg


Exemplo de valores oficiais em uma das horas até ao momento:
VUou3Ou.jpg


E os avisos de precipitação para Coimbra e Leiria nunca chegaram a amarelo sequer.
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Boas...

Nas próximas horas assistir-se-há a um rápido aumento da organização das estruturas convectivas, á medida que o suporte dinamico se intensifica e o aquecimento diurno ( ainda que limitado) se começa a produz
ir.

A actividade convectiva iniciou-se mais cedo do que o esperado ontem, com convecção de base elevada a surgir por forçamento dinamico já a partir das 5-6am contra as 9am previstas.

Neste momento a actividade deverá começar a tomar raiz na camada de superficie sobre as regiões norte e centro, continuando a surgir em linhas no sector quente, apoiada por um intenso lobo de forçamento dinâmico/convergência de humidade.
O contexto dinâmico/sinóptico parece favorável á rápida organização das estruturas supercelulares e em segmentos lineares, com risco de qualquer tipo de tempo severo.

Para o fim da manhã e tarde, uma ou duas linhas de supercélulas deverão cruzar a região norte e centro, a concentração espacial e temporal algo limitadas deverão manter a actividade fora dos parametros para garantir um nivel laranja...não se pode no entanto excluir que ocorram eventos significativos de carácter pontual.


sbHiOMo.png