Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Novembro 2012

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por David sf 30 Out 2012 às 09:03.

  1. Rainstorm

    Rainstorm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Ago 2012
    Mensagens:
    541
    Local:
    Massamá
    Pelos modelos, agora, pareçe que por aqui vamos ter mesmo muita :rain::rain:.
    Mas agora vamos ver se é mesmo assim, porque pareçe-me que podemos então ter problemas com o excesso de chuva, principalmente nas zonas urbanas e perto de ribeiras ou pequenos rios!;)
     
  2. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,562
    Local:
    Olhão (24 m)
    O GFS coloca precipitação quase nos 50 mm no Barlavento Algarvio e apenas 16 mm em Alcoutim, a precipitação diminui do Barlavento para o Sotavento.

    O WRF esse modelo nem o ligo, é um modelo exagerado, ainda na semana passada dava mais de 100 mm para aqui, e choveu 30 mm. :lol:

    Aliás, esta noite choveu por aqui, e só Hirlam é que colocava precipitação, nem o Aladdin acertou. Por isso, quando chegar amanhã e sábado, eu logo vou ver o que vai passar-se.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Lightning

    Lightning
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    25 Jul 2008
    Mensagens:
    4,114
    Local:
    Corroios
    Re: Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Outubro 2012

    Concordo com o que o Miguel disse. Isto até serve, como em todos os casos, para nós aprendermos. O que quero dizer com isto é que, no final do evento, vamos poder tirar conclusões obviamente sobre quem é que modelou melhor a situação e quem é que ficou mais longe.

    Cheira-me que os modelos que andam a "exagerar" são os que vão ficar mais perto da situação real. Só esperando para ver. Nowcasting, e mais nada.

    Aproveito para dizer uma das ideias principais, os fenómenos localmente severos (prováveis/possíveis neste tipo de eventos) são a chave para tudo. Na última situação que ocorreu, por exemplo o Henrique teve, numa estação perto dele, mais de 40 mm só num aguaceiro, e eu tive 21 mm, quando o acumulado em 6 horas, nas cartas do GFS, se não estou em erro, rondava os 10 a 15 mm.

    O tipo de situação pode nem ter nada a ver com o que se vai passar neste fim-de-semana, e apenas usei o exemplo para me explicar melhor.

    Aproveito ainda para dar "pessoalmente" os parabéns ao stormy pelas análises que tem feito, bastante detalhadas e com linguagem precisa. :thumbsup:
     
  4. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    2,341
    Local:
    loule-caldeirao
    Estas massas de ar húmido e quente vindas de sudoeste/sul costumam ser bastante benéficas às nossas serras Algarvias e nenhum modelo costuma ver essas situações por isso há que ter alguma desconfiança em relação aos modelos. Em todo o caso é bem possível que algumas regiões do litoral sul, sotavento e do interior Alentejano sejam as menos afectadas.
     
  5. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    Analise detalhada RAM 6f > 3f-

    Para este periodo a RAM será afectada por uma massa de ar tropical inestabilizada na circulação de uma depressão a oeste das ilhas e que lentamente se fundirá com um cavado que se aproxima desde NW.




    [​IMG]

    Depressão cavada no Reino Unido, com frente associada.
    Outra depressão vai descendo desde NW, associada a uma onda em altura.

    Nos proximos dias essa 2a depressão começará a interagir com a zona frontal ( cruzes), e com a depressão a W da RAM, começando a forçar mais ar quente a subir desde SW e empurrando outra bolsa de ar frio desde NW.


    Espera-se que depois se fundam os dois sistemas criando um cavado bastante intenso e com frente(s) activa(s) associada(s):

    [​IMG]




    Parametros mais significativos:


    Agua precipitavel total instantanea- 40 a 45mm
    Mistura de agua nos niveis baixos- 13 a 16g/Kg
    CAPE- 1000 a 2000J/Kg
    Shear moderado a forte
    Divergencia em altura
    Convergencia á superficie associada á aproximação de uma região de frontogenese em movimento lento e a linhas de instabilidade associadas á depressão a oeste.


    Dada esta conjunção de factores espera-se na RAM a possibilidade de aguaceiros e trovoadas fortes associados a células convectivas que podem ser bem organizadas e duradouras.

    A presença de uma massa de ar tropical de origem em latitudes muito baixas implica que haja um elevadissimo conteudo em agua precipitavel, pelo que alem das chuvas associadas ás células convectivas espera-se tambem precipitação moderada a forte pressistente de caracter orografico nas terras altas.

    No que toca á convecção, qualquer célula mesmo que pequena, dado o ambiente saturado, poderá provocar chuva localmente excessiva, em torno aos 20-50mm/h, e como o perfil do shear favorece alguma organização poderão surgir células duradouras com precipitação intensa associada por varias horas.
    O perfil do shear ( comportamento do vento com a altitude) tambem sugere que se possam formar SCM´s lineares e squall lines com risco de rajadas de vento forte, entre 60 e 100km.h, assim como precipitação concentrada.

    Não se prevê shear de componente rotacional significativo, pelo que nãp há condições para a formação de supercélulas.


    RESUMO

    -Existe risco de precipitação excessiva convectiva+estratiforme+orografica, que localmente poderá exceder os 80-120mm/3h.

    -Existe risco de periodos de vento moderado a forte até 40-70km.h com rajadas até 80-100km.h.

    -Especial atenção ás vertentes S/SW e terras altas.

    ::::::::::::

    Decidi avançar com o sinal vermelho pois a precipitação prevista poderá cair em regiões onde os solos estão enfraquecidos pelos incendios e saturados pelas chuvas anteriores, e por poderem afectar as regiões mais populosas da ilha.

    ::::::::::::::

    Esta previsão tem uma margem de erro elevada!


    Dada esta situação ter uma forte componente convectiva, é dificil fazer previsões exatas.
    Esta previsão foi feita com base no GEM/GFS/Hirlam, e a analise que fiz foi feita admitindo que a Ilha virá a ser afectada directamente por convecção activa...se a Ilha não for afectada ( as células passarem ao lado), o grau de gravidade poderá ser muito inferior.


    Para informação mais precisa contactem os orgãos oficiais, como o IM e a protecção civil/Bombeiros.


    ( Mais detalhes para a situação no Continente serão revelados ou mais logo ou amanhã..)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Bom dia,

    Olhando aos modelos não existe qualquer consenso entre modelos, nem para o dia de hoje nem para dia nenhum deste evento.

    Por isso vejamos o que acontece, pois os modelos este ano parece que estão completamente marados:maluco::maluco::maluco:
     
  7. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Bom dia,

    Olhando aos modelos não existe qualquer consenso entre modelos, nem para o dia de hoje nem para dia nenhum deste evento.

    Por isso vejamos o que acontece, pois os modelos este ano parece que estão completamente marados:maluco::maluco::maluco:
     
  8. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    Analise detalhada 6f > Dom-

    Neste periodo o continente será afecatdo por uma massa de ar tropical que começará a interagir com uma ondulação do jet, e com bolsas de ar frio a norte, que se vão desprendendo em direcção a sul.

    [​IMG]

    Neste momento, a massa de ar tropical vai avançando para norte, onde encontra ar frio e um fluxo em altura cada vez mais intenso associado ao jet polar.
    A NW uma ondulação ( short-wave) avança, com ar ainda mais frio a ser transportado atras.

    Durante o periodo entre as 00h de Sabado e as 09h de Domingo o ar tropical deverá afectar de modo significativo a região sul, enquanto a norte a influencia é menor.
    Na região de fronteira ( +- ao longo do Tejo) deverão ocorrer precipitações intensas associadas á colisão das massas de ar.

    Esta mesma região de fronteira será ainda mais activada quando se aproximar a short-wave com ar mais frio e froçamento dinamico associado á circulação do ar em altura, que se espera que seja favoravel a movimentos verticais.
    Este processo pode resultar numa ciclogenese algures a SW, que cruzaria o território durante a noite de Sabdo para Domingo, com precipitação intensa e vento moderado a forte.

    [​IMG]


    Factores a ter em conta:

    - Frontogenese ( colisão) activa sobre o vale do Tejo.
    - Possivel ciclogenese que afectaria a região centro.
    - Ar tropical instavel na região Sul
    - CAPE 500-1000J/Kg nas regiões a sul do Tejo.
    - Agua precipitavel instantanea até 35-45mm.
    - Shear moderado a forte e com componente direccional nas regiões do centro e sul.


    ::::::::::::::::::::::::::::

    RESUMO


    A norte de Leiria-Guarda:


    Nesta região não se espera convecção significativa devido á presença de ar relativamente frio nos niveis médios e Baixos.

    Por outro lado, alguma da energia/humidade presente mais a sul poderá migrar para norte em altura, gerando chuva por vezes forte mas de caracter estratiforme.

    Há risco de chuva forte e pressistente por varias horas.


    A sul de Leiria-Guarda:


    A presença de ar tropical energético é bem notória nas previsões do perfil vertical, com a atmosfera praticamente saturada até á tropopausa.

    A presença de tanta humidade e ar quente limitará o gradiente térmico vertical, o que resulta em CAPE/LI não muito significativos ( falta ar frio em altura).

    No entanto há forçamento dinamico, frontogenese e possiveis nucleos de ciclogenese a afectar a região, que devem compensar os indices de instabilidade.

    A isto alia-se shear moderado a forte ( 30 a 60kts) com presença de um jet nos niveis baixos/médios ( 80-100km.h aos 850Hpa), criando bastante shear nos primeiros 2-3km.
    Este shear tem alguma componente direccional...

    As células que se formarem neste ambiente terão capacidade de produzir muita chuva e rajadas de vento intensas.

    Existe risco de precipitação excessiva até 100mm/3h, e pressistente.

    Existe risco de rajadas de vento forte até 100km.h.

    Existe risco de convecção organizada, com células isoladas capazes de produzir ventos fortes, chuva forte e mesmo algum tornado fraco/tromba nas regiões do extremo sul ( dado o shear direccional/rotacional)...


    ::::::::::::::::::

    Lancei o sinal vermelho essencialmente devido á possibilidade de precipitação localmente excessiva e á possibilidade de ocorrencia de ventos fortes.

    ::::::::::::::::::

    Esta previsão, tal como na que lancei para RAM tem uma margem de erro superior ao usual.
    Isto deve-se ao facto dos modelos manterem alguma incocnsistencia mesmo no curto prazo, especialmente no que toca á intensidade e cobertura espacial das regiões afectadas por condições favoraveis á ocorrencia de convecção.

    A incoerencia presente nos modelos tambem reflete a complexidade do padrão, sendo que neste caso será muito importante o nowcast...não descarto que possa ocorrer algo de inesperado...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Norther

    Norther
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Nov 2010
    Mensagens:
    1,920
    Local:
    Tortosendo 600m Encosta sul Serra da Estrela
    gostei da explicação Stormy mas isso de 100mm em 3 horas vai la vai :surprise: inundações a certa, que períodos do dia prevês precipitações mais intensas? se for de noite é mais complicado no caso de ocorrerem essas precipitações
     
  10. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,562
    Local:
    Olhão (24 m)
    Stormy, excelente explicação mas fiquei com uma pequena dúvida.

    As regiões do extremo Sul que referes é o Algarve e o Baixo Alentejo.

    Mas, os modelos estão muito confusos, o ECM coloca precipitação razoável para o Algarve, já o Aladdin coloca bastante precipitação, nesta zona para mais logo à noite. O GFS coloca cerca de 25 mm para aqui, por isso, não existe uma tendência clara nos modelos, mesmo no Aladdin e no Hirlam cada nova saída é de uma maneira diferente.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. vitamos

    vitamos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2007
    Mensagens:
    5,433
    Local:
    Estarreja
    Em nenhum modelo estão previstos esses valores de precipitação. A situação é propícia a acumulados interessantes, mostrando alguns modelos acumulados na ordem dos 30mm a 40mm em 3h em alguns locais, locais esses que divergem de modelo para modelo. 100mm/3h é claramente um exagero para aquilo que os modelos globais mostram.
     
  12. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    As sondagens para Faro dão até 45mm de TPW, se houver convecção a actuar sobre essas massas de ar até podes ter mais do que 100mm/3h, os modelos não teem resolução para detectar células esporadicas a largar 100mm/3h, o que fazem é generalizar para areas bem maiores, e depois dão aquelas manchas de 30,40,50mm..
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. rozzo

    rozzo
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2006
    Mensagens:
    2,456
    Local:
    Montijo/Lisboa
    É assim, potencial na massa de ar para valores dessa ordem, existir existe. Já foi discutido e resumido isso atrás, devido à sua origem, etc.
    Potencial não chega, muitas massas de ar carregadas de água são "desperdiçadas" por falta de forçamento vertical, e vice-versa, como vemos no Verão imensos casos de enorme forçamento vertical, mas sem nada para precipitar na atmosfera.

    É verdade que dificilmente modelos globais iriam modelar valores dessa ordem. Apenas modelos de alta resolução o podem fazer. E apesar de ser consensual a existência desse potencial na atmosfera, não está nada consensual nos modelos a existência de forçamento que faça disparar células capazes de tais acumulados. Não estou a dizer que não vai acontecer de certeza. Existe alguma probabilidade sim, mas é sempre um pouco um "tiro no escuro".

    E os modelos de alta resolução dão imensos "tiros no escuro" neste tipo de eventos. Se calhar em cada 5 previsões desse tipo apenas 1 é verdadeira. Portanto se formos acreditar sempre nos dilúvios previstos por esses modelos, a maior parte das vezes vamos errar, mas eventualmente uma das vezes vamos acertar.

    Se eu disser todos os dias que vai chover, algum dia vou acertar, mesmo que diga isso todos os 365 dias do ano, não é...?
    ;)

    Acho que depois desta discussão, a ideia que devemos retirar em relação ao evento que se está a discutir, é que o potencial de valores dessa ordem de grandeza existe, mas é relativamente baixo. Mas lá está, não assim tão baixo para ser descurado.
     
  14. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    316
    Local:
    Lumiar
    Vejam lá, não desdramatizem as probabilidades ou ainda acontece alguma coisa séria e acabam processados como os sismólogos italianos... :P
     
  15. vitamos

    vitamos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2007
    Mensagens:
    5,433
    Local:
    Estarreja
    Felizmente que, e como fazemos questão de frisar, não somos um órgão oficial, sendo as opiniões expressas neste tópico da exclusiva responsabilidade de quem as profere, e tendo em conta sempre que dados e previsões oficiais são da responsabilidade de organismos como o IM e, no caso específico dos alertas à população, a protecção civil.

    Não obstante o referido devemos sempre ser cuidadosos nas análises e comentários que fazemos (quer por excesso quer por defeito), por uma questão óbvia de credibilidade deste espaço e por respeito a todos aqueles que nos seguem. Grosso modo isso é conseguido e bem hajam aos membros deste fórum por isso.

    É um pouco OFFTOPIC, mas nunca é demais frisar estes aspectos.

    Esperemos que a situação de hoje seja um bom evento, sem que haja consequências indesejaveis.
     

Partilhar esta Página