Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Outubro 2012

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por David sf 30 Set 2012 às 23:29.

  1. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Aquela chuva no Algarve deve estar um pouco camuflada pois apenas vi até ao Baixo Alentejo, e além disso aquilo não é mais do que uns 2 ou 3 mm. Na outra vez caiu 5 mm numa hora e apagou somente o pó de tão seco que isto está.

    Além disso o ECM apenas andam aos saltos, mas o que ontem ainda era uma janela de esperança, hoje voltou tudo a esmerar-se pois o AA vai estar bastante forte.

    Talvez lá mais para a Feira de Faro que é quando começa a chover a sério por aqui !
     
  2. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    5,026
    Local:
    Oeiras / Portel
    Todos os meses de outubro este tópico enche-se de lamentos por não chover. Quantos anos mais será necessário para que nos mentalizemos que o normal é chover pouco em outubro? Que o mais normal é haver poucos dias de precipitação? Como já foi referido pelo Mário e pelo Aurélio, é relativamente normal só começar a chover no final deste mês, tal como aconteceu o ano passado e em 2009. Não há nenhum drama nisso, o único drama foi o inverno passado em que pouco choveu.

    Quanto à previsão propriamente dita, há a possibilidade de um cavado passar pelo território do continente no final da próxima semana, podendo ocorrer precipitação, que não deverá ser nem muito generalizada nem em grandes quantidades.

    A longo prazo, e com a clara tendência do deslocamento do vórtice polar para a América do Norte, não vislumbro grandes hipóteses de haver uma mudança de padrão, a não ser com a presença de alguma cut-off que consiga irromper no meio das altas pressões que nos irão rodear. Tal cenário aparece bastante convincente em todos os modelos, e estabelecerá de novo um fluxo de nordeste, com anticiclone dos Açores em crista para as ilhas britânicas. Portanto secura, e a única hipótese de termos chuva, perante este padrão, é vir alguma cut-off de este, algo que se tem visto em algumas saídas, mas ainda a distâncias temporais enormes.

    [​IMG]
     
  3. Rainstorm

    Rainstorm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Ago 2012
    Mensagens:
    541
    Local:
    Massamá
    As coisas estão mesmo muito mal:(, por cá o outono tarda em chegar mas no resto da Europa ele já vai chegar em força para o final da próxima semana e por cá é Primavera:mad:
     
  4. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Por acaso já sabes alguma coisa do modelo ECMWF em termos de sazonais, estive atento áquele Twitter mas não vi lá nada.

    Quanto ao longo prazo como disseste a tendência é o Vortice Polar ir para a América do Norte o que não podia ser pior, e sinceramente isto parece a antitese das sazonais (iniciais).
    Infelizmente olhando ás saidas do CFS para o mês de Novembro, essa tendencia nos ultimos dias é clara. Vortice na America do Norte (parte leste obviamente), e depois um grande campo anticiciclónico o que teoricamente deveria acontecer de acordo com a maioria dos modelos excpeto CFS, a partir de Dezembro.

    Sinto que alguma coisa tá mal este ano nos modelos sazonais, e por isso aguardo ansiosamente as saidas dos modelos de Outubro, para ver se existe inversão na tendência ... porque se as mais recentes previsões dos ultimos dias do CFS, e modelos a 15 dias estiverem correctas, então Outubro pelo menos será seco em especial quanto mais a sul.

    Mas claro pode surgir sempre uma cut-off, que pode acontecer em cenários bloqueados como o previsto para os próximos tempos.

    Aguardemos com calma, que isto anda muito confuso, e não me lembro de nenhuma feira de Faro sem chuva nos ultimos anos :D
     
  5. MarioCabral

    MarioCabral
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jan 2010
    Mensagens:
    2,367
    Local:
    Senhora da Hora - 100m /Povoa de Cervães - 420m
    Da mesma forma que os lamentos da longa espera pela chuva são desadequados, também me parece pouco plausível alargar tanto o horizonte como alguns têm feito...

    Se o GFS parece ter recuado nas previsões de precipitação mais generosa, o ECMWF parece não estar tão "seco" como nas saídas anteriores...parece-me mais um meio termo a pender para o europeu...
    Afinal ainda estamos nos inícios de Outubro, tudo pode mudar rapidamente...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa

    Primeiro...Outubro não é um mês seco, no sul ( do Tejo) é até um dos meses mais chuvosos do ano, conjuntamente com Novembro e Dezembro.
    Tem sim poucos dias de precipitação, mas geralmente quando chove normalmente é muito.

    Depois, o GFS tem sido o modelo mais coerente nos ultimos dias, e mostra um cavado para a 2a metade da proxima semana...o GEFS e o EPS tambem teem vincada essa tendencia, mas a operacional do ECMWF tem andado estranha desde há umas semanas..

    Bom, a questão que se põe é se esse cavado terá condições de causar mais ou menos instabilidade...e isso depende da presença de ar humido e quente por cá, da interacção entre essa pluma de ar quente com os restos da depressão Açoreana e, por fim, da posição do cavado que vai descer sobre a Europa Ocidental.

    Destacam-se 3 hipoteses:
    - O cavado a N/NW induz uma ciclogenese em cut-off a oeste de Portugal ( pouco provavel).

    - Ciclogense na Biscaia no ponto de interacção entre a pluma tropical e o cavado, com absorção quase completa da depressão Açoreana, sendo que a oeste poderia sobrar alguma vorticidade em altura ( sem grandes consequencias salvo alguma chuva no norte)

    - Cut off estacionaria perto dos Açores, devido ao fortalecimento do bloqueio anticiclonico ( pouco provavel).

    Quanto ao longo prazo, há agora uma maior tendencia para AO/NAO-, o que não é de estranhar porque a NAO e a AO são indices que interactuam muito, logo, as flutuações de um costumam ter impactos no outro, de sinal geralmente igual.

    Isto quer dizer que teremos uma situação de bloqueio muito complexa...e no nosso caso, o ideal era ter uma cut-off a oeste, não vinda de NE, pois de NE viria ar frio e seco com muito pouca instabilidade potencial.
    Cut-offs que veem de NE muitas vezes geram instabilidade sobre o mar, com células que morrem mal tocam terra devido ao ar muito seco e relativamente frio.

    Para alem disso, ainda há a agravante de que no sector oeste das cut-offs geralmente tens convergencia em altura e subsidencia...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,871
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Qual é a recorrência de ter uma cintura de altas pressões com esta configuração?

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    5,026
    Local:
    Oeiras / Portel
    Stormy,

    O mês de outubro é geralmente seco, tendo bons acumulados médios porque os eventos de chuva ao longo deste mês, costumam estar associados a convecção severa, causando grandes acumulados. Mas o mais normal é que na maioria dos dias de outubro não chova, principalmente a sul.

    O cavado da próxima semana está referido no post, o mais natural é que chova alguma coisa nalguns locais, mas não se pode considerar que venha aí algo de relevante, até porque num ápice seguirá para oriente.

    Não vejo onde a NAO tem tendência para a negatividade a longo prazo, pelo contrário, isso não aparece para já em nenhum modelo. E NAO negativa não implica nada de relevante nesta altura do ano, hoje por exemplo deve estar ligeiramente negativa. A oscilação ártica deve tornar-se ligeiramente negativa, beneficiado a América do Norte desse facto. Para nós, na Europa, circulação zonal, com storm track Terra Nova - Islandia - Noruega, provavelmente nem as ilhas britânicas serão afectadas.

    O ideal para nós é que a cut-off venha de oeste, o problema é que os modelos a longo prazo não vêem nada disso, a única hipótese de termos alguma coisa é vir algo de nordeste, quer tu queiras, quer não queiras.
     
  9. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,871
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    A sudoeste não há bloqueio. Outubro costuma ser chuvoso, provavelmente o sudoeste vai entrar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    No Algarve quer queiram quer não ... já consegue ser o 3º mês mais chuvoso do ano, tal a miséria que se tornou os meses de Janeiro, Fevereiro e Março.
    Por isso não se pode dizer que seja seco, e a precipitação no centro e sul costuma devido a fenomenos convectivos enquanto que no Norte mais devido á criculação zonal, sendo alterada para circulação zonal no final do mês.
    Efectivamente comportamento zonal não é caracteristica deste mês ...
     
  11. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    http://www.cpc.ncep.noaa.gov/products/precip/CWlink/pna/nao.shtml

    NAO negativa e a AO tambem...tudo aponta para que a continuar este padrão, os proximos 15 dias sejam dominados pelo bloqueio no Atlantico...a unica hipotese de chuva será para a semana, com o tal cavado, e depois é esperar que entre algum cavado ou cut off vinda de algum lado...agora, se ela vier de leste ou nordeste muito pouca chuva teremos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,649
    Local:
    Loures
    Agora parece-me certo que a partir de terça o Norte do país vai ser afectado pelo cavado, estendendo-se ao resto do país até quinta-feira. Podem bons acumulados principalmente no litoral Norte, e com possibilidades de ocorrência de trovoadas.

    Depois a partir de sexta poderemos ter alguns dias do nortada no litoral, com o anticilone posicionado a NE dos Açores e a W da zona Norte da P.I. Mesmo assim, ainda estamos a praticamente uma semana disto, pelo que tudo poderá modificar-se.
     
  13. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    5,026
    Local:
    Oeiras / Portel
    Não compreendo onde a NOAA vai buscar esses valores para a NAO, a média do ensemble do ECMWF a 240h, dia 17 de outubro, tem 1005 hpa na Islandia e 1020 nos Açores, o GEFS está semelhante, devem estar a guiar-se por qualquer modelos obscuro, pois por estes dois não é de certeza. Não quer dizer que não acabemos por ter NAO negativa, o que acontece é que de momento nenhum modelo credível prevê isso. O padrão que está a ser previsto para o meio do mês pelos dois melhores modelos meteorológicos, de forma consistente, não deixa grande margem para dúvidas, precipitação após o cavado de quinta feira, só com cut-off. E pela posição do AA, muito dificilmente virá algo do Atlântico.
     
  14. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Apesar da operacional não dar nada de jeito e mostrar um padrão bastante estável com dominio anticiclónico, a verdade é diversos membros do ensemble do GFS mostram uma alteração de padrão lá pra as 300 horas !

    A ver vamos, porque isto dos ensembles e suas perturbações não querem dizer nada ..
     
  15. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    5,941
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    Estive a ver os vários modelos e reparei numa coisa. As depressões andam muito altas em latitude nos próximos 10 a 15 dias.

    A minha dúvida prende-se com isto: com um Ártico tão quente, a norma nestes últimos anos, será natural que as depressões estejam tão subidas nesta fase do ano.
    Os tradicionais anticiclones, associados ao frio polar, às temperaturas negativas do cinturão polar, não se observam nos modelos.
    Com isto, formam-se depressões tão setentrionais que permitem uma subida dos anticiclones tropicais ao redor do hemisfério norte.
    A meu ver, a quebra do padrão atual só se dará daqui a umas semanas, quando o ártico arrefecer para valores próximos ao normal e com isso as depressões se formem e corram a latitudes mais baixas.

    Faço uma análise muito básica, mas atenta a determinados pormenores como os referidos. Certamente alguns de nós poderão ajudar nesta leitura...;)

    GFS hemisfério norte (00h):
    [​IMG]

    GFS hemisfério norte (300h):
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página