Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Setembro 2012

Estado
Fechado para novas mensagens.

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,637
Local
Olhão (24 m)
Relembro que os modelos hoje foram iniciados com dados das 12z, que contavam com uma Nadine fraca com a extrutura convectiva gravemente distorcida pela interacção com o cavado, e que ainda não temos associado a esse cavado a N da Nadine um nucleo depressionario que os modelos modelam que venha a surgir em breve fruto da interacção de parte do ar tropical que rodeava a Nadine com o proprio cavado e com uma massa de ar mais fria a NW dos Açores.


Para complicar mais temos a 94L, que irá influenciar a circulação nos proximos dias no Atlantico Ocidental, e por tabela o comportamento do AA..tudo isso vai afectar o padrão da proxima semana.


Olhando para os ensembles do GEFS12z há ainda muitissima incerteza, embora tenha havido uma aproximação á operacional do GFS, que coloca a Nadine a vaguear a 5/10º para oeste da RAM.

Outros modelos como o UKMO12z e o ECMWF12z insistem na interacção da Nadine com um cavado intenso associado á depressão que estará na Irlanda, que levaria a Nadine a iniciar o processo de deslocação para NE.
A Norte da RAM a Nadine começaria o processo de transição extratropical chegando depois ao sul de Portugal continental ainda em transição, portanto, retendo caracteristicas Tropicais.

A Nadine então completaria a transição extratropical somente quando estivesse sobre o Interior N/NW da Peninsula.

Quanto ao GFS não acredito muito. Mas está tudo muito incerto. Tanto posso ter chuva ainda este mês, como não ter nada.

O ECM coloca a Nadine em frente à costa alguns dias, vai ao norte e volta para o sul. :lol:. O modelo japonês JMA também está engraçado. :D
 

c.bernardino

Nimbostratus
Registo
31 Dez 2010
Mensagens
654
Local
Loures
Quanto ao GFS não acredito muito. Mas está tudo muito incerto. Tanto posso ter chuva ainda este mês, como não ter nada.

O ECM coloca a Nadine em frente à costa alguns dias, vai ao norte e volta para o sul. :lol:. O modelo japonês JMA também está engraçado. :D

Não podemos esperar que o Algarve sejo uma região de grande pluviosidade mas ... já viste o hirlam da aemet?
para domingo pode cair qualquer coisa:rain:... o ideal para germinar alguma vegetação e segurar os solos fragilizados pelos incêndios na vossa região.
desejo fortemente que assim seja.

Não nos podemos esquecer dos modelos de mesoescala! esses são mais consistentes por natureza.



Uploaded with ImageShack.us
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,637
Local
Olhão (24 m)
Não podemos esperar que o Algarve sejo uma região de grande pluviosidade mas ... já viste o hirlam da aemet?
para domingo pode cair qualquer coisa:rain:... o ideal para germinar alguma vegetação e segurar os solos fragilizados pelos incêndios na vossa região.
desejo fortemente que assim seja.

Não nos podemos esquecer dos modelos de mesoescala! esses são mais consistentes por natureza.



Uploaded with ImageShack.us

Não tinha reparado. Mesmo o ECM coloca precipitação no domingo nesta run. Mesmo o IM, coloca períodos de chuva em todo o país no domingo. ;)
 

Stormm

Cumulus
Registo
22 Dez 2009
Mensagens
390
Local
Olhão
Ainda continua tudo muito incerto, as previsões tanto aumentam em relação á intencidade como também diminuem, é questão de irmos analisando a situação e ver a trajetória da nossa "amiga" NADINE.
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
A situação de Domingo será a meu ver interessante.

Teremos um cavado em altura a oeste, que gerará uma corrente forte de SW em altura, e divergencia nos niveis altos.

Á superficie uma area complexa de frontogenese, acompanhada de uma intensa entrada de ar humido e quente.

Nos niveis médios, a separar uma massa de ar Africana que estará presente sobre o Golfo de Cadiz e o interior de Espanha, uma corrente em jacto com ventos intensos de SW tambem.

Esta presença de ventos crescentemente mais fortes com a altura ( speed shear) e de instabilidade que é acentuada pelas linhas de convergencia/frontogenese podem dar origem a células ou aglomerados convectivos lineares, sendo mesmo possivel que se forme uma linha de instabilidade mais forte no apice do cavado, numa zona de rotação dos ventos de SW para W, que gere convecção organizada em squall lines.

Para já é complicado prever ao certo, mas poderá haver algum risco de precipitação localmente excessiva, especialmente em terreno montanhoso ou á passagem de algumas células mais fortes, tal como de rajadas de vento por vezes fortes mas ocasionais e dispersas.
 

icewoman

Nimbostratus
Registo
15 Dez 2009
Mensagens
720
Local
funchal
A situação de Domingo será a meu ver interessante.

Teremos um cavado em altura a oeste, que gerará uma corrente forte de SW em altura, e divergencia nos niveis altos.

Á superficie uma area complexa de frontogenese, acompanhada de uma intensa entrada de ar humido e quente.

Nos niveis médios, a separar uma massa de ar Africana que estará presente sobre o Golfo de Cadiz e o interior de Espanha, uma corrente em jacto com ventos intensos de SW tambem.

Esta presença de ventos crescentemente mais fortes com a altura ( speed shear) e de instabilidade que é acentuada pelas linhas de convergencia/frontogenese podem dar origem a células ou aglomerados convectivos lineares, sendo mesmo possivel que se forme uma linha de instabilidade mais forte no apice do cavado, numa zona de rotação dos ventos de SW para W, que gere convecção organizada em squall lines.

Para já é complicado prever ao certo, mas poderá haver algum risco de precipitação localmente excessiva, especialmente em terreno montanhoso ou á passagem de algumas células mais fortes, tal como de rajadas de vento por vezes fortes mas ocasionais e dispersas.




essa previsao é so para o Continente?
 

Brunomc

Nimbostratus
Registo
7 Abr 2008
Mensagens
1,977
Local
Vendas Novas - Alto Alentejo (132m)
A situação de Domingo será a meu ver interessante.

Teremos um cavado em altura a oeste, que gerará uma corrente forte de SW em altura, e divergencia nos niveis altos.

Á superficie uma area complexa de frontogenese, acompanhada de uma intensa entrada de ar humido e quente.

Nos niveis médios, a separar uma massa de ar Africana que estará presente sobre o Golfo de Cadiz e o interior de Espanha, uma corrente em jacto com ventos intensos de SW tambem.

Esta presença de ventos crescentemente mais fortes com a altura ( speed shear) e de instabilidade que é acentuada pelas linhas de convergencia/frontogenese podem dar origem a células ou aglomerados convectivos lineares, sendo mesmo possivel que se forme uma linha de instabilidade mais forte no apice do cavado, numa zona de rotação dos ventos de SW para W, que gere convecção organizada em squall lines.

Para já é complicado prever ao certo, mas poderá haver algum risco de precipitação localmente excessiva, especialmente em terreno montanhoso ou á passagem de algumas células mais fortes, tal como de rajadas de vento por vezes fortes mas ocasionais e dispersas.

Por acaso já tinha reparado nos valores de Cape/LI e parece que pode haver linhas de instabilidade no litoral Centro/Sul e Vale do Tejo :thumbsup:
Que acham ??
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
A ciclogenese que tem decorrido a oeste, e que cuja depressão resultante nos vai afectar a partir de Sabado á noite e em especial no Domingo está bastante vigorosa.

As ultimas imegens de satelite mostram convecção intensa a desenvolver-se ba zona onde surgirá a frente fria.

Segundo a analise mesoescalar ao HIRLAM e ao GFS ( http://www.lightningwizard.com/maps/), as condições durante o dia de Domingo são favoraveis á ocorrencia de convecção organizada em segmentos lineares e MCS com possibilidade de ocorrencia de ventos fortes localizados de origem convectiva associados a fenomenos do tipo bow echo.

O shear forte, entre 40 e 50kts deverá ser o suficiente para manter células de ciclos de vida mais longos, mais organizadas e com potencial de causar para alem dos ventos fortes precipitação intensa e localmente excessiva.

Aguardaremos a analise dos meteorologistas do ESTOFEX, mas a minha opinião vai para um nivel 1, ou um nivel 2 fraco, com incidencia na possibilidade de chuva localmente excessiva e de rajadas de vento forte.

:::::::::::::::::::::

Para a RAM a unica coisa a ter em atenção é a evolução da Nadine, esta depressão de Domingo passará bastante a norte.

Embebida na circulação exterior da Nadine circularão algumas linhas ou areas de instabilidade, com aguaceiros e/ou trovoadas dispersos localmente moderados a fortes.

Tambem estará bastante calor, acentuado pela humidade elevada ( o mesmos e aplicará ao continente a partir da tarde de amanhã...tempo abafado e quente) embora no continente a passagem da frente deva introduzir ar mais seco e fresco a partir da noite de Domingo.
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Um conselho .....

Deixem de seguir esta Nadine, no modelo ECMWF, porque simplesmente este modelo está um desastre este ano, em especial no que toca a depressões tropicais, e na previsão na próxima semana este consegue em cada run criar uma verdadeira obra de arte, e que depois é constantemente adiada.

Mesmo para o sistema frontal de amanhã a maior parte dos modelos coloca o litoral algarvio na corda bamba entre chover ou não chover ....

A previsão a 10 dias saida hoje não tem nexo nenhum ..... não percebo esta modelação tão errática na sua trajectoria do resto da Nadine, tipo vai a Marrocos, sobe ao Algarve vira para Cádiz, e depois para completar o Picasso, vira para Noroeste rumo a Lisboa.

Um verdadeiro Picasso :shocking:

Até o NOGAPS lida melhor com depressões tropicais do que o ECMWF !
 

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,163
Local
Oeiras / VN Poiares
E para festejar o início do outono, a atmosfera presenteia-nos com a tão esperada e abençoada chuva. Já hoje ao fim do dia deverão começar a cair os primeiros pingos no litoral norte, sendo todo o país afectado, mais o norte do que o sul, durante o dia de amanhã, domingo.

Esta situação de instabilidade pode vir acompanhada de trovoadas, os parâmetros convectivos são interessantes, e de vento por vezes forte, resultante da passagem de uma depressão, ainda em fase de cavamento, junto à Galiza.

CAPE e L.I., para amanhã à tarde, segundo o GFS:

wEKTQ.png


Quanto às quantidades de precipitação poderão ser bastante razoáveis, há algum consenso entre os melhores modelos, para valores de aproxmadamente 50 mm no litoral norte, entre os 10 e os 20 mm na região de Lisboa, sendo que no Algarve há alguma divergência, entre os 0,5 mm do GFS e os cerca de 10 mm do WRF-MG (para Faro):

GFS, 00z:

GZ2XPr.gif


WRF MeteoGalicia, 00z:

Pw_O6H.gif


ECMWF, 00z:

cr01xA.gif


Se analisarmos bem o WRF-MG, na minha opinião o melhor mesoscalar disponível para a nossa região, há alguns "focos" de maior precipitação, a frente não é muito homogénea, o que indicia bastante convecção na frente. De assinalar, que o mesmo modelo indica precipitação bastante forte no litoral norte no final do dia de amanhã, provavelmente potenciada pela orografia.

Para os dias seguintes, estabelecer-se-á um fluxo de oeste, mais perturbado a norte do que a sul, que originará uma descida acentuada das temperaturas, para valores outonais e alguma precipitação, em maiores quantidades, quanto mais a noroeste do país. Para quarta-feira, seja qual for o trajecto do remanescente da Nadine, está previsto por todos os modelos, que chova em todo o país.

A diferença é que o ECMWF e o GEM mantêm os "restos" da Nadine do lado de cá da dorsal atlântica, interagindo com o cavado a noroeste originando um fluxo de origem tropical de sudoeste, com bastante precipitação principalmente a sul do país, enquanto que no GFS e no UKMO essa interacção não existe, ocorrendo assim a maior parte da precipitação no litoral norte.

A evolução posterior mostrada pelo ECMWF, com os restos da Nadine a "passearem" sobre o continente e a Madeira, é na minha opinião um pouco inverosímil, basta olhar para o ensemble do mesmo modelos, que mostra essa opção como outlier. Mas é uma hipótese ainda em aberto, nesta fase de grande volatilidade na previsão, nenhuma hipótese é de descartar.
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Agora que estamos mais perto os modelos teem convergindo no cenário para amanhã.

Durante a madrugada e manhã a frente fria cuzará o norte e parte da região centro, com aguaceiros e trovoadas por vezes fortes e acompanhadas por rajadas de vento fortes localmente superiores a 70-80km.h

As regiões mais afectadas serão todo o litoral desde Caminha a Lisboa, no interior não se espera tanta actividade, e maior parte de precipitação será orografica.



Entre as 12h e as 18h


Distritos de Castelo Branco, Portalegre, Evora e Beja:

Passagem da frente fria activa, condições termodinamicas melhoradas pelo aquecimento diurno e valores de shear e helicidade elevados poderão dar origem a convecção intensa e organizada, com ventos fortes associados localmente acima dos 80km.h.

Poderão ocorrer fenomenos do tipo squall line, e a possibilidade de supercelulas ou sistemas mesoescalares embebidos acrescenta o risco de precipitação localmente excessiva (>50mm/3h) e rajadas de vento muito forte.

Portanto...olho no sat e no radar.

Distritos de Lisboa, Leiria, Santarem, Coimbra, Aveiro, Porto, Braga e Viana do Castelo:

Uma nova linha de instabilidade passará ao inicio/meio da tarde nesta região, em altura teremos o centro do cavado e á superficie uma bolsa de ar subtropical.

A presença de frio nos niveis altos, frontogenese e shear, que terá componente direccional nas zonas referidas a norte do rio Vouga, poderá originar sistemas convectivos localmente intensos, com capacidade de gerar ventos localmente fortes e mesmo alguma tromba de agua nas zonas a norte do Vouga.

Tambem é possivel a ocorrencia de granizo eprecipitação localmente forte ( 15-30mm/3h).


Aguardemos actualizações do ESTOFEX...na minha opinião continua a ser justificavel um nivel 1 ou um 2 fraco.
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,637
Local
Olhão (24 m)
O ECM continua a fazer-me sonhar, embora o seu trajecto seja um pouco estranho. A acontecer será mais um trajecto tipo "Vince", a rasar o Algarve e a entrar no sul de Espanha.

A previsão do NHC coloca a Nadine a virar para leste e não para oeste como alguns modelos fazem.

Agora que o ECM coloca a Nadine no Algarve, porque razão o ECM é errático, epá deixem-me sonhar, por enquanto sonhar ainda não se paga imposto. :rolleyes: Se não vier logo afogo as minhas mágoas, se vier danço kuduru. :D:lmao:

Importante, é que amanhã poderá chover qualquer coisita, talvez faça trabalhar o pluviómetro, que há mais de 4 meses não trabalha. :) :D
 

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
2,359
Local
loule-caldeirao
É óbvio que o ECMWF anda à "nora" nesta situação e que não tem fiabilidade nenhuma, o que é o pior cenário em termos de precipitação aqui para o sul. Oxalá este modelo tivesse alguma razão neste cenário.

Bom, temos agora uma frente este fim de semana que no geral será boa (Algarve no vai não vai como aliás já aqui foi dito), depois Quarta-feira uma outra frente que mais uma vez será razoável a boa mas outra vez o Algarve a ver chuviscos. Curioso, ou não, é ver a intensificação dessa frente(segundo o GFS) ao passar no golfo Cádiz resultando numa boa rega para o Sul de Espanha. Bom já é algo de habitual.
 
Estado
Fechado para novas mensagens.