Seguimento Açores e Madeira - Abril 2016

lserpa

Cumulonimbus
Registo
29 Dez 2013
Mensagens
3,673
Local
Horta, Matriz, (90m)
Ui... Não se trata de contato, mas sim a capacidade de condensação da circulação ou detritos... O que torna a circulação visível.
Muitas vezes não há contato aparente e no entanto há circulação tornádica à superfície... Já cheguei a assistir a isso algumas vezes... Mas não sei se foi o caso, pois não assisti...
 


Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,153
Local
Açores
A frente fria está estacionada mais ou menos sobre o G. Oriental. O núcleo depressionário está a noroeste do G. Ocidental. É possível ver no IPMA linhas de humidade relativa mais elevada nos níveis baixos. São linhas de instabilidade que não devem surgir. A orografia das ilhas centrais e de S. Miguel está a gerar um longo rasto nebuloso. A norte dos Açores persiste a atividade elétrica.

Nos próximos 2 dias, mais coisa menos coisa, o ar deve continuar algo abafado (como hoje em PDL). Pouca humidade relativa em geral mas à superfície o ponto de orvalho é algo elevado (corrente de sul/sudoeste). Lá para 5ª feira um núcleo depressionário semi-estacionário a sul dos Açores deve provocar acumulados bastante elevados e atividade elétrica por vezes persistente. Está muito longe para ser relevante mas fica o registo.
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,153
Local
Açores
msUupaC.png


XfonoeS.gif


Só vi o tefigrama à pouco dai que não tenha possibilidade de publicar a carta dos raios da NOAA. Ocorreram alguns raios mas com um CAPE de 1600 e um LI de quase -6 foi quase uma desilusão. Não haviam células muito intensas mas alguém do G. Central pode ter uma opinião diferente:

bg107H6.gif


Pronto, aqui fica mais uma situação em que um valor nominal elevado no CAPE não significa necessariamente brutais trovoadas. Novamente, o GFS estimou muito mal:

 
  • Gosto
Reactions: TekClub