Seguimento Açores e Madeira - Janeiro 2016

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Thomar 1 Jan 2016 às 08:58.

  1. Azorean Storm Buster

    Azorean Storm Buster
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Set 2015
    Mensagens:
    371
    Local:
    Ponta Delgada
    Pois, além disso são rajadas "da ordem dos... " e não rajadas máximas
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985, faroeste e lserpa gostaram disto.
  2. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,997
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    O windguru utiliza o GFS e tenta colocá-lo à escala da localidade x, ora, num sistema destas características e tão pequeno em área, creio que vai falhar redondamente em muitos aspetos..
     
    Wessel1985 e faroeste gostaram disto.
  3. Azorean Storm Buster

    Azorean Storm Buster
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Set 2015
    Mensagens:
    371
    Local:
    Ponta Delgada
    O que pode acontecer é que, precisamente por ser pequeno este evento, a probabilidade de o GFS "acertar" poderá não ser assim tão baixa, porque trabalha com condições mais gerais. Só quando a trajetória se tornar mais certa, é que darei quase como certas as previsões do AROME. Mas esta é a minha perspetiva, apenas
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985, faroeste e lserpa gostaram disto.
  4. Wessel1985

    Wessel1985
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    21 Set 2013
    Mensagens:
    891
    Local:
    Angra do Heroismo, Ilha Terceira, Açores
    E o IPMA já tem avisos Laranja tanto para o Grupo Central como para o Grupo Oriental ...

    AVISO METEOROLÓGICO

    N.o 012 / PD / 2016

    REGIÃO AFECTADA GRUPOS CENTRAL E ORIENTAL

    PERÍODO PREVISTO 14 E 15 DE JANEIRO DE 2016

    PARÂMETRO PRECIPITAÇÃO, VENTO, AGITAÇÃO MARITIMA

    NÍVEL DE ALERTA LARANJA, AMARELO



    A aproximação e passagem da Tempestade Tropical Alex pelo Arquipélago dos Açores,

    irá provocar um agravamento do Estado do tempo. Assim, emite-se:e

    *** PARA O GRUPO ORIENTAL ***

    --- Aviso LARANJA referente a:

    PRECIPITAÇÃO

    No período entre as 12UTC de 2016-01-14 e as 12UTC de 15-01-2016

    AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

    No período entre as 00UTC de 2016-01-15 e as 12UTC de 15-01-2016

    Ondas de leste/sueste de 6 a 8 metros.

    --- Aviso AMARELO referente a:

    PRECIPITAÇÃO

    No período entre as 02UTC de 2016-01-14 e as 12UTC de 14-01-2016

    *** PARA O GRUPO CENTRAL ***

    --- Aviso LARANJA referente a:

    VENTO relativo a Velocidade Média e Rajada Máxima

    No período entre as 00UTC de 2016-01-15 e as 12UTC de 15-01-2016

    Direcção de quadrante leste a rodar para quadrante sul.

    PRECIPITAÇÃO

    No período entre as 00UTC de 2016-01-15 e as 12UTC de 15-01-2016

    AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

    No período entre as 00UTC de 2016-01-15 e as 12UTC de 15-01-2016

    Ondas de leste de 6 a 8 metros.

    Sugere-se o acompanhamento da evolução da situação meteorológica através da página do IPMA da Internet

    (www.ipma.pt) e a obtenção de eventuais recomendações junto do Serviço Regional de Protecção Civil e

    Bombeiros dos Açores (www.prociv.azores.gov.pt).

    *Ver critérios de emissão de alertas meteorológicos em http://www.meteo.pt/pt/previsao/SAM/criterios.jsp

    Meteorologista: F. Carvalho. 14de Janeiro de 2016 às 01:15 TUC
     
    lserpa, StormRic e Azorean Storm Buster gostaram disto.
  5. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    11,636
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Acumulados horários nos Açores, dos últimos três dias e acumulados do mês.
    Seis estações da RHA de S.Miguel têm o pluviómetro inoperacional ou a registar erradamente, não incluí 5 delas, as que já estão assim desde o início do ano. Lagoa das Furnas acabou de caír também há poucos dias. Dá-me ideia que na RHA simplesmente abandonaram a manutenção.

    [​IMG]

    [​IMG]

    Nordeste detém todos os máximos do arquipélago relativamente a maiores acumulados de 2 a 24 horas:
    57,1 em 2h;
    68,6 em 3h, que eu saiba não houve avisos vermelhos para o Grupo Oriental;
    78,0 em 4h;
    86,4 em 5h;
    91,9 em 6h;
    97,1 em 7h;
    98,8 em 8h;
    102,1 em 12 horas;
    113,5 em 24 horas, a terminar às 18:00 de dia 12.

    [​IMG]
     
    #125 StormRic, 14 Jan 2016 às 02:19
    Última edição: 14 Jan 2016 às 02:43
  6. Azorean Storm Buster

    Azorean Storm Buster
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Set 2015
    Mensagens:
    371
    Local:
    Ponta Delgada
    Aproveito para partilhar aqui uma informação sobre previsões de vários modelos para velocidade do vento. Interessante de notar a diferença entre o IVCN e os restantes. Nota também que os restantes estão mais aproximados da realidade. Ventos de quase 45 nós, isto é, 50 mph, ou 80 km/h. Provavelmente irá intensificar-se muito ligeiramente (uns 10 km/h), a não ser que tome os valores do modelo mais "favorável", e venha a aumentar uns 20 km/h. Agora, acrescentando mais informação, temos a carta do IPMA a colocar agora o Alex sobre o grupo central.[​IMG] [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #126 Azorean Storm Buster, 14 Jan 2016 às 02:38
    Última edição: 14 Jan 2016 às 02:45
  7. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,424
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Já houve piores. Eu lembro-me bem deste. Não tive aulas e depois foi um dia de sol com o aviso vermelho :D:

    [​IMG]

    O problema desta tempestade é mesmo a chuva excessiva que vem a seguir a um Dezembro muito chuvoso. Os solos estão saturados. O potencial para danos extensos é muito significativo.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #127 Orion, 14 Jan 2016 às 03:45
    Última edição: 14 Jan 2016 às 03:51
    mcpa, StormRic, vamm e 2 outras pessoas gostaram disto.
  8. Azorean Storm Buster

    Azorean Storm Buster
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Set 2015
    Mensagens:
    371
    Local:
    Ponta Delgada
    Mais atualizações no blog em http://azoreanstormbuster.blogspot.pt/
    @Orion, já tens novidades sobre trovoada? A meu ver, parece que o pior vai ficar a S do Grupo Oriental.
    Quanto ao Gordon que passou, lembras-te de quanto estava o LI?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    StormRic e Wessel1985 gostaram disto.
  9. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,424
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Agora são poucas as novidades. É o tempo de esperar para ver. Isto na minha posição de amador. A tempestade ainda está tão longe.

    Nem ligava à meteorologia na altura. Os relatos da altura estão aqui:

    http://www.meteopt.com/forum/topico/furacao-gordon-atlantico-2006.314/
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Azorean Storm Buster gostou disto.
  10. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    O último aviso das 9h que acabou de sair.


    000
    WTNT31 KNHC 140841
    TCPAT1

    BULLETIN
    SUBTROPICAL STORM ALEX ADVISORY NUMBER 3
    NWS NATIONAL HURRICANE CENTER MIAMI FL AL012016
    500 AM AST THU JAN 14 2016

    ...ALEX CONTINUES TO STRENGTHEN...
    ...EXPECTED TO AFFECT THE AZORES TONIGHT AND FRIDAY...


    SUMMARY OF 500 AM AST...0900 UTC...INFORMATION
    ----------------------------------------------
    LOCATION...30.1N 29.3W
    ABOUT 560 MI...905 KM SSW OF THE AZORES
    MAXIMUM SUSTAINED WINDS...70 MPH...110 KM/H
    PRESENT MOVEMENT...NNE OR 20 DEGREES AT 18 MPH...30 KM/H
    MINIMUM CENTRAL PRESSURE...984 MB...29.06 INCHES


    WATCHES AND WARNINGS
    --------------------
    Interests in the Azores should monitor the progress of Alex.


    DISCUSSION AND 48-HOUR OUTLOOK
    ------------------------------
    At 500 AM AST (0900 UTC), the center of Subtropical Storm Alex was
    located near latitude 30.1 North, longitude 29.3 West. The storm is
    moving toward the north-northeast near 18 mph (30 km/h). A turn
    toward the north with an increase in forward speed is expected by
    this afternoon. On the forecast track, the center of Alex will move
    through the central Azores late tonight or early Friday.

    Maximum sustained winds have increased to near 70 mph (110 km/h)
    with higher gusts. Some fluctuations in strength are possible
    during the next 48 hours. Alex is expected to move through the
    Azores with storm-force winds Thursday night and Friday.

    Winds of 40 mph extend outward up to 150 miles (240 km) from the
    center.

    The estimated minimum central pressure is 984 mb (29.06 inches).


    HAZARDS AFFECTING LAND
    ----------------------
    WIND: Gale-force winds are expected to begin over portions of
    Azores by tonight and continue into early Friday. Storm-force
    winds are possible over portions of the Azores on Friday.

    Wind speeds atop and on the windward sides of hills and mountains
    are often up to 30 percent stronger than indicated in this
    advisory, and in some elevated locations can be even greater.

    RAINFALL: Alex is expected to produce total rain accumulations of
    3 to 5 inches over the Azores through Friday, with possible
    isolated maximum amounts of 7 inches. These rains could produce
    life-threatening flash floods and mudslides.


    NEXT ADVISORY
    -------------
    Next complete advisory at 1100 AM AST.

    $$
    Forecaster Stewart

    A discussion da madrugada


    000
    WTNT41 KNHC 140244
    TCDAT1

    SUBTROPICAL STORM ALEX DISCUSSION NUMBER 2
    NWS NATIONAL HURRICANE CENTER MIAMI FL AL012016
    1100 PM AST WED JAN 13 2016

    Evening satellite imagery indicates that Alex continues to generate
    a complex of curved convective bands, and an eye has been trying to
    form inside the innermost band. Satellite intensity estimates are
    55-65 kt from TAFB and 55 kt from SAB. In addition, recent ASCAT-B
    data showed winds of 50 kt about 30 n mi southeast of the center.
    Based on these data, the initial intensity is increased to 50 kt,
    and this could be a little conservative. Even though Alex has
    strengthened, the system is still underneath an upper-level trough,
    and it has not yet developed the upper-level outflow characteristic
    of a tropical cyclone.

    Alex has continued to turn toward the left and the initial motion
    is now 035/15. The cyclone is expected to turn northward during
    the next 12-24 hours due to the influence of a large extratropical
    low over the northwestern Atlantic. Alex is expected to turn more
    northwestward on the northeast side of this low after 48 hours,
    with this motion continuing until the two system merge between
    72-96 hours. The new forecast track is very similar to the
    previous track, and it calls for Alex to pass near or over the
    Azores in about 36 hours.

    The subtropical storm is expected to move over colder sea surface
    temperatures during the next day or so, and little change in
    strength is expected during that time. After that, the cyclone
    should gradually intensify during and after extratropical
    transition, which should be complete at about the time the cyclone
    passes near or through the Azores. The new intensity forecast is
    stronger than the previous forecast and shows Alex as a storm-force
    cyclone for the next 72 hours.

    Gale and storm force winds, as well as locally heavy rains, are
    likely to affect portions of the Azores beginning late Thursday or
    early Friday.


    FORECAST POSITIONS AND MAX WINDS

    INIT 14/0300Z 28.7N 30.0W 50 KT 60 MPH
    12H 14/1200Z 30.6N 28.8W 50 KT 60 MPH
    24H 15/0000Z 34.2N 27.7W 50 KT 60 MPH
    36H 15/1200Z 39.3N 27.7W 55 KT 65 MPH...POST-TROP/EXTRATROP
    48H 16/0000Z 45.7N 29.1W 55 KT 65 MPH...POST-TROP/EXTRATROP
    72H 17/0000Z 58.0N 37.0W 60 KT 70 MPH...POST-TROP/EXTRATROP
    96H 18/0000Z...MERGED WITH EXTRATROPICAL LOW

    $$
    Forecaster Beven

    A última acabada de publicar

    ZCZC MIATCDAT1 ALL
    TTAA00 KNHC DDHHMM

    SUBTROPICAL STORM ALEX DISCUSSION NUMBER 3
    NWS NATIONAL HURRICANE CENTER MIAMI FL AL012016
    500 AM AST THU JAN 14 2016

    Since the previous advisory, the convective structure of Alex has
    continued to improve with a 15-nmi clear eye now embedded within a
    solid cloud shield of tops colder than -50C, with a ring of cloud
    tops near -60C surrounding the eye in the northern semicircle. The
    intensity of Alex is difficult to ascertain due to its subtropical
    characteristics, and satellite intensity estimates range from
    ST3.5/55 kt from TAFB to a tropical T4.5/77 kt from SAB. NHC AODT
    intensity estimates range from T4.0/65 kt to T4.5/77 kt using a
    tropical pattern and various eye scenes. Since the overall cloud
    pattern of Alex has improved markedly since the earlier 50-kt
    ASCAT-B scatterometer wind data, and a clear and distinct eye
    feature is now evident, the intensity is being raised to 60 kt.

    Alex continues to gradually turn toward the left and the initial
    motion is now 020/16 kt. The cyclone is forecast to turn northward
    during the next 12 hours or so as it is steered by deep southerly
    flow between a large extratropical low centered over the northwest
    Atlantic and a subtropical ridge over northwestern Africa. A general
    northward motion is expected to continue through at least 36 hours,
    which should bring the center of Alex through the central Azores in
    about 30 hours or 1200 UTC 15 January. By 48 hours, Alex should
    start to turn more toward the northwest and west as it moves closer
    to the center of a larger extratropical low forecast to be south of
    Greenland on days 3 and 4. The new forecast track is essentially
    just an update of the previous advisory track through 36 hours, and
    lies close to the consensus model TVCA.

    Global and regional models, plus geostationary and microwave
    satellite data, indicate that Alex remains a vertically stacked
    low pressure system up to the 200 mb level, suggesting that the
    cyclone is still primarily a subtropical storm. However, water vapor
    imagery during the past few hours has been hinting that some weak
    upper-level outflow might be trying to develop. GFS and NAM model
    forecast soundings indicate that the current inner-core region of
    Alex with Lifted Indices (LI) of -2 and CAPE values of 400-500 are
    only expected to decrease to LI of -1 and CAPE near 300 as the
    cyclone nears the Azores islands in 24-30 hours. In addition, the
    inner-core region is forecast to remain saturated up to the 200 mb
    level, along with precipitable water values around 1.60 inches. This
    would suggest that Alex could remain as a subtropical cyclone by
    the time it reaches the Azores, and some slight strengthening is
    even possible as 300 mb temperatures are forecast to decrease from
    -40C to around -42C in the inner core. The official intensity has
    been nudged upward and is similar to a blend of the ECMWF and HRWF
    model intensity forecasts.

    Gale- and storm-force winds, as well as locally heavy rains, are
    likely to affect portions of the Azores beginning tonight and
    continuing into early Friday. Recent communications with the Azores
    Meteorological Office indicate that wind gusts to a least 70 kt (130
    km/h) are forecast to occur across portions of the central and
    eastern Azores islands. However, stronger gusts will be possible at
    higher elevations, especially over mountain tops and ridges.
    Interests in the Azores should closely monitor the progress of Alex
    and official forecasts issued by the Azores weather office.

    FORECAST POSITIONS AND MAX WINDS

    INIT 14/0900Z 30.1N 29.3W 60 KT 70 MPH
    12H 14/1800Z 32.4N 28.3W 60 KT 70 MPH
    24H 15/0600Z 36.4N 27.6W 60 KT 70 MPH
    36H 15/1800Z 42.0N 28.2W 60 KT 70 MPH...POST-TROP/EXTRATROP
    48H 16/0600Z 49.1N 29.7W 60 KT 70 MPH...POST-TROP/EXTRATROP
    72H 17/0600Z 60.0N 40.0W 60 KT 70 MPH...POST-TROP/EXTRATROP
    96H 18/0600Z...MERGED WITH EXTRATROPICAL LOW

    $$
    Forecaster Stewart

    NNNN
     
  11. Azorean Storm Buster

    Azorean Storm Buster
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Set 2015
    Mensagens:
    371
    Local:
    Ponta Delgada
    @
    Vince, estava a essa hora a apenas 3 mph de se tornar um furacão... Veremos o que ter... Contra os modelos que mostrei esta madrugada do NHC, está mais forte... A pergunta que coloco é: até onde isto irá?
    http://azoreanstormbuster.blogspot.pt/
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #131 Azorean Storm Buster, 14 Jan 2016 às 09:08
    Última edição: 14 Jan 2016 às 09:27
    StormRic e Wessel1985 gostaram disto.
  12. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    O ciclone ontem e nesta altura é mais tropical que não tropical, assim o mostram os diagramas de fase. A classificação como subtropical acabou por ser devido à pequena janela com estas características e à ausência do outflow em altura característico dos ciclones tropicais. Afinal antes era uma depressão não tropical e nestes dias começa a interagir com o cavado e entrando em água mais fria, perdendo gradualmente essas características.

    Niveis baixos/médios (C, situação corrente refere-se às 00z de hoje)



    [​IMG]



    Níveis médio/altos


    [​IMG]


    Como se vê é a estrutura dum warmcore (tropical) na vertical, pelo menos por agora.


    Ontem envolveu-se bem em humidade, recebeu um reforço de ar húmido dos trópicos que rodeou muito bem o centro, o que terá sido decisivo na evolução rápida de ontem .
    E como referem na discussão a instabilidade e humidade mantém-no com uma dinâmica tropical mesmo nos níveis altos, talvez mais tempo do que era esperado ontem.




    A maior dúvida é saber o comportamento ao longo do dia de hoje. Como se vê na imagem seguinte, vai entrando em água cada vez mais fria, e o efeito que isso terá na convecção.


    [​IMG]




    [​IMG]


    Durante a noite criou mesmo um olho.
    Nestas alturas dava jeito ter um avião RECON a fazer sondagens pois é difícil de estimar ventos em sistemas destes, pode até ser marginalmente um furacão, o que levantaria um problema chato, pois um furacão não é subtropical hehehe.

    Bem que a NASA podia enviar o drone.
     
  13. Dias Miguel

    Dias Miguel
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jan 2015
    Mensagens:
    1,845
    Local:
    Portalegre
    [​IMG]
    Bom dia

    Sem dúvida, o tempo não nos deixa de surpreender... Desde 1978 que não havia nenhuma tempestade com características tropicais a formar-se em Janeiro no Atlântico e, este ano, aqui temos o Alex.
    Só tenho uma dúvida: quando uma tempestade forma um "olho", continua a ser classificada como tempestade tropical/subtropical ou evolui logo para a classificação de furação??
    Esperemos que não tenha consequências de maior para os Açores...
    Off-Topic: esta formação de uma tempestade e a "loucura" no tempo no início deste mês, faz-me recordar um post do @Vince no arquivo de eventos históricos acerca dos acontecimentos de janeiro e fevereiro de 1941, onde se destaca o "ciclone" em fevereiro desse ano.
    [​IMG]
    Casualidade das casualidades, também nesse inverno ocorria um El Niño com intensidade forte (https://pt.wikipedia.org/wiki/El_Niño)
     
  14. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,997
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    @Dias Miguel, tem haver é com os ventos, só é considerado Furacão quando o vento sustentado é superior a 119 km/h.
     
    Wessel1985 e Dias Miguel gostaram disto.
  15. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Ontem ia criando um "falso" olho mas que era mais um anel convectivo nem sempre persistente. Hoje já parece bastante o típico olho envolvido pelo respectivo CDO.
    E normalmente quando chegam a essa aparência já costumam ser furacão cat1. Mas como isto não é um sistema muito típico é difícil de saber. Daí o ter dito que fazia falta um avião RECON.


    Primeiro visível do dia:

    [​IMG]
     

Partilhar esta Página