Seguimento Açores e Madeira - Outubro 2016

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,746
Local
Açores
Para previsões alternativas:

https://www.facebook.com/bestweather.Ilhas/?fref=ts

Pronto, agora é desta que vou para a reforma :lol: Voltando ao dejá vu...

Pi2ByjM.gif


Desta vez as ondas vão ser mais pequenas. Não prestei muita atenção ao último evento porque não havia nada de severo. Ontem houveram acumulados orográficos significativos. Amanhã algo semelhante pode ocorrer porque as condições vão ser semelhantes. A corrente de norte/noroeste terá o ar a 925 e a 850hPa persistentemente muito saturado.

A água precipitável vai subir. Podem ocorrer períodos de chuva fracos a moderados (como da última vez. É dejá vu).

Haja ventania. Deve durar até ao fim-de-semana.
 
Última edição:

lserpa

Cumulonimbus
Registo
29 Dez 2013
Mensagens
3,449
Local
Horta, Matriz, (90m)

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,746
Local
Açores
Falta muito pormenor que lhes passa ao lado! Falta o conhecimento dos factores locais... ao fim ao cabo, creio que a informação não estará totalmente bem fundamentada... acho que deveriam se dedicar apenas aos "contnentes"...

Sim, acho que vão exportar o seu conhecimento do continente para as ilhas. Contudo, não será a mesma coisa. Não há radares, imagens de satélite com um intervalo de atualizações útil (Açores) nem WRF's dedicados com um vasto cardápio de variáveis. As previsões mais especializadas serão mais difíceis de se fazer. Acertar em calhaus no meio do mar não é fácil.

Ainda assim acho que a curva de aprendizagem será relativamente rápida. Em geral, basta tirar intensidade às previsões iniciais (especialmente para os Açores) :D Não creio que ameace o valor da iniciativa. E para os interessados é mais um portal.
 
  • Gosto
Reactions: lserpa

Fada

Cirrus
Registo
3 Out 2015
Mensagens
90
Local
Algarve
O radar é um equipamento de acompanhamento em tempo real e não de previsão.
Só se conseguissem limpar terrenos e evacuar pessoas em 2 ou 3 horas.

Até podia adiantar se eu percebesse mais disto.
Em 2013 trabalhava no Algarve. No emprego de manhã cedo espreitei o radar por curiosidade... e vi a manchinha vermelha ao largo de Lagos e comentei com os meus colegas que podia acontecer alguma coisa... e depois esqueci-me e nunca mais pensei nisso. Por volta da uma e tal ia a caminho de casa e apanhei o susto da minha vida com uma chuva fortissíma que apareceu do nada... nem para parar na berma porque não via absolutamente nada. Entre tentar parar e baterem-me ou bater em alguém ou continuar optei por continuar... ainda que por vezes sentisse que o meu carro começava a patinar.

Quando cheguei a casa descobri que passei por Lagoa minutos antes do tornado e que a chuva fortíssima tinha sido uma tromba de água que caiu antes da chegada do tornado...

Admito a minha azelhice... devia ter visto no computador onde aquela coisa andava antes de vir para casa.... mas alguém que percebesse mesmo do assunto não poderia ter tentado avisar a população????
Talvez se existissem sirenes de emergência como em alguns países e uma população ensinada a procurar refúgio caso as ouvisse...
Duas ou 3 horas dariam para as pessoas irem para casa ou para procurarem locais altos no caso da Madeira ou mesmo no caso de Silves/Lagoa.

No caso norte americano as sirenes de tornados avisam poucos minutos antes e mesmo assim conseguem salvar muitas vidas.
 
  • Gosto
Reactions: Wessel1985

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,746
Local
Açores
No caso norte americano as sirenes de tornados avisam poucos minutos antes e mesmo assim conseguem salvar muitas vidas.

Um tornado é um evento de curta duração (na ordem dos minutos). Tipicamente as pessoas acompanham na TV ou na 'net e abrigam-se quando vêem o funil ou quando a TV recomenda (geralmente os abrigos são na cave ou no quintal). O caso da Madeira é diferente:

http://www.meteopt.com/forum/topico...-20-de-fevereiro-2010.4249/page-2#post-199787

Duas ou 3 horas dariam para as pessoas irem para casa ou para procurarem locais altos no caso da Madeira ou mesmo no caso de Silves/Lagoa.

Para onde é que as pessoas iam evacuar mesmo que houvesse um plano pré-definido? Para a costa da Madeira? Seria ainda pior com as derrocadas nas estradas. Quando não há planos de evacuação fica tudo num caos (há caos mesmo com planos). E ninguém faz planos de evacuação para um evento que tem uma diminuta probabilidade de ocorrência.

Em 1997 houve a derrocada na Ribeira Quente em S. Miguel. Em geral os motivos foram os mesmos...

http://www.meteopt.com/forum/topico...-20-de-fevereiro-2010.4249/page-2#post-199812

... precipitação excessiva associada à saturação dos solos. O radar não teria servido de muito. Para isso é que servem os modelos, o ordenamento do território, a proteção civil...

Os radares são muito importantes para emitir avisos de muito curto-prazo após a emissão de avisos baseados nos modelos. São extremamente úteis para a avaliação dos danos (com base nos dados meteorológicos). O caso dos tornados em PT é outra coisa. Ocorrem de vez em quando mas estão longe de serem um evento comum. Os tornados europeus são geralmente fracos e de curta duração. O seu acompanhamento em PT dificilmente será feito 'na hora' para avisar a população.
 
Última edição: