Seguimento Ásia 2010

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
De facto foi um nevão incrível e histórico: 33cm de acumulação em alguns locais da cidade (e é uma cidade com muitos milhões de habitantes, das maiores do mundo). Foi o recorde de neve em pelo menos 60 anos.

O Joe Bastardi estava correcto quando alertava para o frio extremo e histórico que iria surgir este Janeiro na Europa, China e EUA.

Vejam o vídeo:
http://news.bbc.co.uk/2/hi/asia-pacific/8358162.stm


 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Tornado deixou 58 mortos na China

O balanço do número de mortos no tornado que sacudiu o sul da China esta semana subiu para 58, com milhares de desabrigados, informou a imprensa oficial. O tornado que afetou áreas do sul da China na madrugada de quarta-feira para quinta-feira deixou pelo menos 190 feridos e 11 desaparecidos, segundo a agência oficial Nova China.
O município de Chongqing foi o mais afetado, com 29 mortos e mais de 70.000 desabrigados. Na província vizinha de Hunan, as fortes chuvas provocaram deslizamentos de terra e afetaram mais de 380.000 pessoasm, com 10 mortes.

AFP
 

Chasing Thunder

Cumulonimbus
Registo
13 Mai 2008
Mensagens
4,285
Local
Couço
Re: Seguimento - África 2010

Nos dias 3 a 5 de maio a cidade de Riyadh na arábia saudita foi fustigada por fortes chuvas e granizo, mas felizmente não provocou vitimas mas as imagens/videos que vou colocar são impressionantes:eek::




Uploaded with ImageShack.us




Uploaded with ImageShack.us



Uploaded with ImageShack.us



Uploaded with ImageShack.us
 
Editado por um moderador:

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,764
Local
Bragança (675m)
Re: Seguimento - África 2010

Grande saraivada.

Provavelmente Riyadh não deve estar muito habituada a lidar com chuvadas desta intensidade.
 

MSantos

Staff
Registo
3 Out 2007
Mensagens
9,669
Local
Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
Re: Seguimento - África 2010

Imagens impressionantes:surprise:

Só uma correção Riyadh não fica em África mas sim na Ásia, logo deveria estar no seguimento da Ásia e não no seguimento de África;)
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Re: Seguimento - África 2010

Imagens impressionantes:surprise:

Só uma correção Riyadh não fica em África mas sim na Ásia, logo deveria estar no seguimento da Ásia e não no seguimento de África;)

de facto fica no médio oriente, mais propriamente na peninsula arábica, sendo a capital da Arábia Saudita:thumbsup:
este tópico deveria-se denominar " Africa e médio oriente"...;)
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
China: mau tempo faz 101 mortos e milhões de desalojados

As tempestades que desde há duas semanas afetam o sul da China já provocaram 101 mortos e 15 milhões de desalojados, noticiou a imprensa chinesa. Os temporais causaram inundações, deslizamentos de terras, roturas em diques, estragos em pontes, estradas, postes de energia e de telecomunicações em 11 províncias, nomeadamente, Cantão, Fujien, Guangxi e Hunan.
Os prejuízos económicos diretos atingem os 8000 milhões de yuan (952 milhões de euros).

Diário Digital /Lusa
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Record de chaleur au Pakistan

Les températures ont dépassé 50°C à l'ombre dans l'intérieur du Pakistan (vallée de l'Indus). Le 26 mai 2010, le Pakistan a battu son record national de chaleur tous mois confondus avec 53,5°C à Mohenjo-Daro (le précédent record national pakistanais étant de 52,8°C en juin 1919 à Jacobabad). Le record mondial de chaleur est de 58°C à El Azizia en Lybie le 13 septembre 1922.

Températures maximales relevées le 26 mai 2010 :

53,5°C à Mohenjo-Daro et 53°C à Sibi, où la température a dépassé 50°C quatre jours consécutifs (le record absolu de chaleur sur le continent asiatique étant de 53,7°C mesurés en Israël le 21 juin 1942).
52,5°C à Jacobabad

Les moyennes saisonnières se situent entre 35 et 40°C dans ces régions.

A noter également, une température minimale nocturne étouffante à Sibi : 34,5°C (23°C habituellement en cette saison).

Catastrophes Naturelles
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Muito calor nos últimos dias no Kuwait :hehe:
A originar receios de colapso do fornecimento de energia eléctrica que está no limite da capacidade

kuwait.gif



Kuwait hit by power crisis as temperature soars
By Omar Hasan (AFP)

KUWAIT CITY — Record temperatures above 50 degrees Celsius (122 Fahrenheit) in the desert state of Kuwait have placed it on the brink of a major power crisis and put the government under fire politically.

The meteorological office said it recorded 52 degrees Celsius (125.6 F) on Tuesday in the capital Kuwait City, the highest temperature under the shade in more than 30 years according to the office's boss.

"It is the highest temperature to be recorded in more than 30 years," Khaled al-Shuaibi told AFP. "Temperature has been above normal for a few days and it stayed above 50 degrees for up to four hours daily."


Under the direct sun, temperature "could reach 70 degrees Celsius (158 F) when humidity is very low and no winds blow," which has been the case in the past few days, said Shuaibi.

In the open desert at the Kuwait-Iraq border post of Abdali, the temperature soared to 53 degrees Celsius (127.4 F) for the second straight day on Tuesday.

It is not abnormal for temperatures to hit 50 degrees in Kuwait, but the big heat wave has arrived early this year.

As a result, power consumption hit new all-time highs on each of the past three days until it almost reached the maximum production capacity, prompted by the use of air conditioning to beat the heat.

On Tuesday, consumption hit 10,921 megawatts out of a total production capacity of just 10,950 megawatts after a small generation unit broke down, ringing a strong alarm.

Opposition MPs put the blame squarely on the government, charging total mismanagement, a lack of planning and corruption.

"The whole government is incapable of facing the (power) crisis," said Islamist MP Faisal al-Muslim in a statement on Tuesday.

"It is very difficult to transform Kuwait into a regional trade and financial hub when electricity is cut from the homes of citizens," said the spokesman of the opposition Popular Action Bloc MP Mussallam al-Barrak.

Islamist MP Khaled al-Sultan said this was the result of corruption and government incompetence.

"This is what the corruption has led to in the ministry of electricity and water ... The minister should step down if he can not perform his duties," Sultan said in a statement. He threatened to grill the minister.

On Tuesday, 21 MPs in the 50-member house demanded an emergency debate on the deteriorating power situation in OPEC's fifth-largest producer. The debate will be held on Sunday.

Three MPs proposed that public sector working hours end at midday instead of 2:30 pm to save electricity, and the government said it will consider the proposal.

Most electricity is consumed by air conditioning units, which are normally run non-stop from March to November.

The government instructed all ministries and government offices to switch off electricity at the end of working hours. Schools were ordered to shut down early and kindergarten children were sent home.

The army resorted to its diesel-powered generators as the government appealed to the public to switch off all unnecessary appliances and air conditioning units to save power.

Several residential districts experienced power cuts for several hours during the past few days, but officials said it was because of incidents at transformers and not a programmed power cuts policy.

"It looks as if we have reached the melting point. We have decided that the family and I will only venture (out) to go to work or if necessary," Ahmad Masud, a government employee, told AFP by phone.

Minister of Electricity and Water Bader al-Azemi blamed the lack of new power plants for the crisis, saying the Gulf state has not built a new power plant since 1988.

Prime Minister Sheikh Nasser Mohammed al-Ahmad al-Sabah said in September that Kuwait aims to double its power generation capacity to more than 20,000 megawatts over the next five years.

Kuwait, which operates a cradle-to-grave welfare policy for nationals, sells power at highly subsidised rates of 0.7 cents per kilowatt/hour to its 1.1 million citizens and 2.35 million foreign

http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5jaxhdvYJ-GOgC720rupXVqJhx-ag
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,063
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Inundações na China provocam mais de 130 mortos

As cheias no sul da China já fizeram 132 mortos. 86 pessoas estão desaparecidas. 860 mil chineses foram retirados de casa. As fortes chuvas fizeram rebentar os reservatórios, os caudais dos rios subiram situações que causaram desabamentos de terras e cortes de energia. A estação das chuvas na China começou em Maio. Segue-se à pior seca do ultimo século nas províncias de Yunnan, Guizhou e Guangxi.

http://tv1.rtp.pt/noticias/index.ph....rtp&headline=20&visual=9&article=353811&tm=7
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
China atravessa vaga de calor e aumenta subsídios para dias quentes

8 de Julho

A China está a passar por uma onda de calor: as temperaturas mantêm-se acima dos 38 graus, chegando aos 43,2º em Pequim, o que não acontecia há mais de 50 anos. Pequim, as regiões sul e cento da província de Heibei, o noroeste de Shandong e o norte da província de Henan são as regiões mais quentes. Segundo a imprensa chinesa, na manhã de ontem, em Chaoyang (Pequim), um autocarro acabou em chamas debaixo de 43 graus abrasadores, mas o incêndio foi extinto sem provocar vítimas. A praça de Tiananmen, habitualmente repleta de turistas, estava ontem quase deserta e em Shandong a população acorreu em massa aos centros comerciais, equipados com ar condicionado. Várias empresas de construção ajustaram os seus horários para evitar os períodos de maior calor.
O calor também já levou a que mais de 100 idosos fossem internados devido a insolações. E os especialistas alertaram a população para os cuidados especiais: comer muita fruta e legumes, e beber muita água.
O Centro de Meteorologia Nacional da China (NMC) colocou 16 das províncias chinesas em alerta laranja, mas já previu chuvas no norte do país, sobretudo para hoje, esperando que a temperatura máxima desça.
Zhu Weijiang, engenheiro da National Power Dispatch, prevê um novo recorde para o consumo nacional de energia até inícios de Agosto, com 13,5 bilhões de quilowatts consumidos, mais 10% que no ano passado. Agora a eléctrica chinesa procura mais electricidade para melhorar os planos de distribuição de energia e evitar a escassez durante o Verão. Há também a mesma preocupação com a capacidade de abastecimento de água, cujo consumo já atingiu o limite máximo - 2,86 milhões de metros cúbicos - na segunda-feira.

Jornail i