Seguimento - Incêndios 2017

AJB

Nimbostratus
Registo
5 Mar 2009
Mensagens
997
Local
Baião
Concordo a 100%.

É óbvio que existe mão criminosa por interesses e não só. Mas a mim custa-me todos os anos ouvir a mesma "estoria" e não se fazer nada quanto ao resto.
Ainda esta semana ouvi uma pessoa no café com o discurso muito popular do "era prende-los a uma árvore e deixar arder" quando esta mesma pessoa tem terrenos agriculas ao abandono cheios de silvas e mato. É esta hipocrisia que me deixa fora de mim.
Agora e que tu disseste tudo!
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,159
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
Há hipocrisia, há desmazelo, há incapacidade física e financeira, há conivência (se não me queixar do vizinho que não limpa o mato junto à minha casa, então também ninguém se queixa de mim e não arranjo chatices). Continua a haver casas rodeadas de mato e floresta, apesar das várias mortes trágicas.
Há um pouco de tudo..

Mas aí o papel dos municípios é fundamental: em vez de notificar, mandem cortar o mato e árvores, 10m para cada lado das estradas e enviem a conta para os proprietários.
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

bandevelugo

Cumulus
Registo
3 Jan 2008
Mensagens
319
Local
Lisboa
Vais-me desculpar mas eu não consigo dar razão ás declarações dele. "Onda terrorista organizada".........
Mas será que existe uma organização terrorista em Portugal cujo objectivo é provocar incêndios florestais? Com que propósito?
Normalmente as organizações terroristas tem uma causa. Para mim aquelas declarações são completamente absurdas.

Quanto aos números como disseste e bem valem o que valem, mas se dividirmos proporcionalmente as origens desconhecidas temos que aproximadamente 51% das causas de incêndios são negligência. Ora esses 51% são bem mais fáceis de reduzir já que dependem da prevenção com a educação da população, atenção estamos a falar de metade dos incêndios.

Apesar da negligência ser crime não se combate a negligência da mesma forma que se combate o crime intencional. Na negligência não há pessoas com problemas mentais ou com vinganças, etc.

Uma coisa que sempre me fez confusão, é o número de ignições ser muito inferior em anos húmidos do que em anos secos, será que as organizações terroristas só trabalham em anos propícios aos incêndios? Ou a negligencia das pessoas torna-se mais gravosa em anos como este em que está tudo tão seco que a probabilidade de uma beata(ou qualquer comportamento de risco) provocar um incêndio é muito maior do que em anos mais húmidos?

É mesmo isso que acontece. Em Portugal num dia de 35ºC as pessoas têm o mesmíssimo comportamento - na estrada, nas matas ou nas aldeias - que têm no inverno ou primavera. A diferença é que num dia normal de janeiro a beata mal apagada, a faísca da motorroçadoura ou da fresa, as faúlhas que saem da chaminé da cozinha de uma casa no meio da mata ou a borralheira feita ao fundo do quintal, têm 0% de probabilidade de se expandir.

De outra forma, como se explicam as dúzias de incêndios que todos os anos ocorrem nos separadores centrais das auto-estradas???!!!! São muito incompetentes, os "terroristas", arriscarem-se desta maneira para queimar mais uns m2...

Neste ano de 2017, com os dias quentes associados a seca extrema e com ventos, só acho esquisito não haver mais ignições.

O resto, o que dizem os "Interesses instalados" e os políticos, amplificado por jornalistas arregimentados ou que desligaram os seu sentido crítico (e que têm memória de galinha:há quantas décadas se arrasta este problema?), é só para sacudirem a água do capote, enganando o povo que sabe pouco do assunto.
 
  • Gosto
Reactions: joselamego e dahon

ruijacome

Cumulus
Registo
16 Nov 2009
Mensagens
171
Local
Cascais
Claro que ja, 2013 ou 2016!
Alias, o numero diario de ocorrencias, a excecao dos ultimos dias, esta abaixo da media!
Tinha elevadas expetativas desta estrutura nacional da anpc, mas tem desiludido muito...seguramente estao a prazo!

Nada como este ano! Nem 2003 ou 2005! Nunca esteve tudo tão seco como agora! Nunca as ignições foram tão violentas como este ano!
 
  • Gosto
Reactions: criz0r e joselamego

SpiderVV

Staff
Registo
26 Ago 2010
Mensagens
8,285
Local
Portalegre (400m)
Já ouvi o termo brigada/grupo morcego algures, e penso que tem a ver com a especialização em combate a incêndios florestais de noite, alguém me pode confirmar isso? Talvez nem tenha sido algo do nosso país. Parece que a GRIF 02 de Portalegre é considerada Morcego, a menos que seja um codename? Foi mobilizada para o incêndio do Fundão.
Grupo de reforço 'morcego' de Portalegre enviado para o incêndio do Fundão, especializa-se em incêndios florestais noturnos. (já esclareci a dúvida no spoiler, nesta notícia da TVI24)

oZUfe4j.png
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: joselamego

Macroburst

Cirrus
Registo
3 Dez 2011
Mensagens
78
Local
Lisboa
Eu creio que Jaime Marta Soares deve saber o que diz, afinal é bombeiro à muitos anos e deve conhecer muito bem o que se passa. Chamar-lhe prof. Chibanga é ofensivo, ofensivo para ele e para os que concordam com ele, o que é o meu caso. E estas opiniões só vêem confirmar o que ele diz. Claro que muitos não gostam, tal como muitos não gostavam de ouvir o Prof. Medina Carreira. Dizer que todos estes fogos ocorrem porque o povo português é débil mental, ignorante, malvado e pirómano, é novamente ofensivo. O ordenamento do território, a limpeza dos matos junto das habitações, a reflorestação substituindo o eucalipto por espécies autóctones e a eliminação do número de eucaliptais é um factor muito positivo e que iría reduzir o número de incêndios, MAS DE POUCO OU NADA VALE se alguns individuos deitarem um fósforo no meio de um pinhal ou se outros individuos deitarem um artefacto incendiário mais ou menos elaborado. Continuar a falar em hipocrisia, desmazelo, incapacidade física e financeira das populações é patético.
Continuar a falar em limpar a floresta e os matos é patético porque é apenas uma cassete de propaganda política. Quando leio a repetição da mensagem dos politicos e que está a ocorrer este ano afinal não é nada de anormal(já houve anos piores:facepalm: e o que tem ocorrido é fruto de "fenómenos" anormais da natureza, lembro-me da frase: o rei vai nú. Não querem ver o elefante no meio da sala?
É óbvio que existe uma "onda terrorista" visto que acorrem mais de 200 ocorrências por dia. Porque não ardem os terrenos das empresas de papel? porque razão não arde a herdade da comporta? porque não arde o alentejo? será que os alentejanos não são pirómanos, hipocritas, desmazelados e são física e financeiramente capazes? porque não arde o litoral algarvio, fonte de receitas com turismo? Será que a quinta do lago tem tido problemas com incêndios?
Quem anda em pequenas aeronaves a lançar engenhos? Fala-se em risco de ser apanhado??? por quem?? no meio dos pinhais???
É óbvio que é um esforço coordenado de um grupo e que tem TODA a proteção do poder politico, seja ele de esquerda/direita/cima/baixo, até porque ALGUÉM GANHA MUITO DINHEIRO com tudo isto. Negócios como o siresp (negócio do PSD/CDS) até aos contratos com as empresas ligadas aos meios aéreos. O pobre do 1º ministro (PS), em vez de acabar com esta negociata até diz que a culpa das falhas do siresp não é do siresp mas da PT! Há "terroristas" pagos para fazer fogos (E SABEM MUITO BEM COMO, ONDE E QUANDO FAZÊ-LOS). Claro que para mim são terroristas, porque quem anda a provocar a destruição de milhares de Km2 de floresta, matas, milhares de animais, terrenos privados e habitações É terrorista! E só este ano já foram responsáveis pela morte de mais de 100 pessoas!
O português deve ser muito estúpido para deitar fogo aos seus terrenos, casas, ano após ano. Não é.
Quem quer tapar o sol com a peneira... não está a ver o elefante no meio da sala.

E pessoalmente creio que o que se passou na estrada do Pedrógão está muito mal explicado...
 

jonas

Cumulonimbus
Registo
14 Jul 2015
Mensagens
2,186
Local
Paredes
2 incêndios ativos:Castelo Branco/Fundão e Vila de Rei.Ambos têm 2 frentes.Pelos vistos já há feridos graves a lamentar.:(
Penso que conseguirão dominar estes 2 fogos hoje de noite.:)
 

AJB

Nimbostratus
Registo
5 Mar 2009
Mensagens
997
Local
Baião
Há hipocrisia, há desmazelo, há incapacidade física e financeira, há conivência (se não me queixar do vizinho que não limpa o mato junto à minha casa, então também ninguém se queixa de mim e não arranjo chatices). Continua a haver casas rodeadas de mato e floresta, apesar das várias mortes trágicas.
Há um pouco de tudo..

Mas aí o papel dos municípios é fundamental: em vez de notificar, mandem cortar o mato e árvores, 10m para cada lado das estradas e enviem a conta para os proprietários.
A questao nso e assim tao simples! Ha o direito a propriedade...o problema esta em dois setores: falta de gestao da floresta a escala da paisagem, com pirodiversidade, e falta de conhecimento tecnico no ataque ampliado aos ifs, pois voluntarismo nao chega!
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

AJB

Nimbostratus
Registo
5 Mar 2009
Mensagens
997
Local
Baião
É mesmo isso que acontece. Em Portugal num dia de 35ºC as pessoas têm o mesmíssimo comportamento - na estrada, nas matas ou nas aldeias - que têm no inverno ou primavera. A diferença é que num dia normal de janeiro a beata mal apagada, a faísca da motorroçadoura ou da fresa, as faúlhas que saem da chaminé da cozinha de uma casa no meio da mata ou a borralheira feita ao fundo do quintal, têm 0% de probabilidade de se expandir.

De outra forma, como se explicam as dúzias de incêndios que todos os anos ocorrem nos separadores centrais das auto-estradas???!!!! São muito incompetentes, os "terroristas", arriscarem-se desta maneira para queimar mais uns m2...

Neste ano de 2017, com os dias quentes associados a seca extrema e com ventos, só acho esquisito não haver mais ignições.

O resto, o que dizem os "Interesses instalados" e os políticos, amplificado por jornalistas arregimentados ou que desligaram os seu sentido crítico (e que têm memória de galinha:há quantas décadas se arrasta este problema?), é só para sacudirem a água do capote, enganando o povo que sabe pouco do assunto.
muito bem! Embarcar em populismos nesta altura, genero Marta Soares, e facil e socialmente aceitavel, mas a verdade nao e a que esses populismos querem, a verdade e a que escreveste...a realidade e sempremais forte que qualquer conviccao pessoal!
 

AJB

Nimbostratus
Registo
5 Mar 2009
Mensagens
997
Local
Baião
Nada como este ano! Nem 2003 ou 2005! Nunca esteve tudo tão seco como agora! Nunca as ignições foram tão violentas como este ano!
A seca e onda de calor em 2005 e 2003, respetivamente, foram muito mais graves que este ano! A realidade e mais forte que a tua conviccao! Talvez a incompetencia seja agora maior...isso sim!
 
  • Gosto
Reactions: AnDré e joselamego

AJB

Nimbostratus
Registo
5 Mar 2009
Mensagens
997
Local
Baião
Eu creio que Jaime Marta Soares deve saber o que diz, afinal é bombeiro à muitos anos e deve conhecer muito bem o que se passa. Chamar-lhe prof. Chibanga é ofensivo, ofensivo para ele e para os que concordam com ele, o que é o meu caso. E estas opiniões só vêem confirmar o que ele diz. Claro que muitos não gostam, tal como muitos não gostavam de ouvir o Prof. Medina Carreira. Dizer que todos estes fogos ocorrem porque o povo português é débil mental, ignorante, malvado e pirómano, é novamente ofensivo. O ordenamento do território, a limpeza dos matos junto das habitações, a reflorestação substituindo o eucalipto por espécies autóctones e a eliminação do número de eucaliptais é um factor muito positivo e que iría reduzir o número de incêndios, MAS DE POUCO OU NADA VALE se alguns individuos deitarem um fósforo no meio de um pinhal ou se outros individuos deitarem um artefacto incendiário mais ou menos elaborado. Continuar a falar em hipocrisia, desmazelo, incapacidade física e financeira das populações é patético.
Continuar a falar em limpar a floresta e os matos é patético porque é apenas uma cassete de propaganda política. Quando leio a repetição da mensagem dos politicos e que está a ocorrer este ano afinal não é nada de anormal(já houve anos piores:facepalm: e o que tem ocorrido é fruto de "fenómenos" anormais da natureza, lembro-me da frase: o rei vai nú. Não querem ver o elefante no meio da sala?
É óbvio que existe uma "onda terrorista" visto que acorrem mais de 200 ocorrências por dia. Porque não ardem os terrenos das empresas de papel? porque razão não arde a herdade da comporta? porque não arde o alentejo? será que os alentejanos não são pirómanos, hipocritas, desmazelados e são física e financeiramente capazes? porque não arde o litoral algarvio, fonte de receitas com turismo? Será que a quinta do lago tem tido problemas com incêndios?
Quem anda em pequenas aeronaves a lançar engenhos? Fala-se em risco de ser apanhado??? por quem?? no meio dos pinhais???
É óbvio que é um esforço coordenado de um grupo e que tem TODA a proteção do poder politico, seja ele de esquerda/direita/cima/baixo, até porque ALGUÉM GANHA MUITO DINHEIRO com tudo isto. Negócios como o siresp (negócio do PSD/CDS) até aos contratos com as empresas ligadas aos meios aéreos. O pobre do 1º ministro (PS), em vez de acabar com esta negociata até diz que a culpa das falhas do siresp não é do siresp mas da PT! Há "terroristas" pagos para fazer fogos (E SABEM MUITO BEM COMO, ONDE E QUANDO FAZÊ-LOS). Claro que para mim são terroristas, porque quem anda a provocar a destruição de milhares de Km2 de floresta, matas, milhares de animais, terrenos privados e habitações É terrorista! E só este ano já foram responsáveis pela morte de mais de 100 pessoas!
O português deve ser muito estúpido para deitar fogo aos seus terrenos, casas, ano após ano. Não é.
Quem quer tapar o sol com a peneira... não está a ver o elefante no meio da sala.

E pessoalmente creio que o que se passou na estrada do Pedrógão está muito mal explicado...
Bem, se o isis descobre estes terroristas, nao precisa de angariar mais ninguem!!!
Mais a serio, nao concordo nada nada contigo, acho que estas profundamente errado!
Tu acharas o mesmo dos meus posts...a realidade dara razao a um de nos:)
 
  • Gosto
Reactions: dahon