Seguimento Meteorológico Livre 2017

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por james 1 Jan 2017 às 09:57.

Estado do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. 1337

    1337
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jun 2010
    Mensagens:
    1,756
    Local:
    Ponte de Lima (centro)
    Carrega ECM. A partir de terça feira és tu que acertas ( assim espero :pray::pray:)
     
    joselamego e luismeteo3 gostaram disto.
  2. criz0r

    criz0r
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    11 Abr 2008
    Mensagens:
    4,313
    Local:
    C.Piedade/Belver/Porto
    O GFS e o UKMO também seguem o mesmo trajecto, a precipitação prevista pelo GFS até é bem generosa mas como já sabemos o que a "casa gasta" vamos com calmEEx. :p
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e luismeteo3 gostaram disto.
  3. Guedes 114

    Guedes 114
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    23 Set 2014
    Mensagens:
    54
    Local:
    Fafiães - Galegos
    Informação Meteorológica Relevante

    De acordo com a informação disponibilizada pelo IPMA, nas próximas 48 horas, mantém-se o tempo frio e seco, com possibilidade de prolongamento do aviso de tempo frio na região Norte até dia 24, em especial nos distritos de Bragança, Vila Real, Braga e Aveiro. Hoje prevê-se que o vento seja moderado a forte (até 40 km/h) acima dos 600 m, com rajadas que poderão atingir 55 a 60 km/h. Durante o dia de hoje existe uma pequena probabilidade de ocorrer precipitação fraca e dispersa no nordeste transmontano que, a ocorrer, levará à queda de neve à cota dos 400/500 m, subindo gradualmente para os 800/1000 m. Durante o fim-de-semana prevê-se uma subida gradual da temperatura mínima, menos expressiva no domingo. No domingo à tarde existe a possibilidade de precipitação fraca e dispersa no extremo Norte e no litoral (desde o Cabo Mondego até Faro). Caso se confirme a ocorrência de precipitação na região Norte, poderá existir queda de neve à cota dos 1000 m.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego, Thomar, Tyna e 2 outras pessoas gostaram disto.
  4. Meteo Trás-os-Montes

    Meteo Trás-os-Montes
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    4,393
    Local:
    Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
    A ser verdade belo paquete de neve pode cair na Serra da Estrela e Serras do Norte.
    Muito mais elaborada que no próprio site...
    :thumbsup:
    Os modelos mostram de facto a possibilidade de algo em Tras-os-Montes, mas a meu ver e da experiência que tenho por lá... não vai ocorrer.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e Thomar gostaram disto.
  5. Meteo Trás-os-Montes

    Meteo Trás-os-Montes
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    4,393
    Local:
    Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
    Faz frio na Serra da Lousã, mas inverno já não é o que era

    No concelho de Góis, distrito de Coimbra, o reformado Manuel e a mulher, Lurdes, apascentam um dos últimos rebanhos de cabras das redondezas, a escassos quilómetros dos Poços da Neve, onde noutros tempos era carregado o gelo consumido na corte de Lisboa, especialmente na produção de sobremesas.

    Por volta do meio-dia, na Aigra Nova, os animais saltam de fraga em fraga e escolhem o melhor alimento em liberdade, sem medo do frio que fustiga os vales e encostas, em janeiro.

    “Embora com frio”, o rebanho movimenta-se à vontade e “vai para sítios abrigados”.

    “Nem sabemos de onde é o vento e não temos frio”, afirma à agência Lusa o pastor Manuel Claro.

    Na sua opinião, as cabras “andam melhor, muito mais luzidias, muito mais confortáveis com este tempo do que com chuva ou neve”.

    “Com o pasto molhado, nem pegam tão bem. E assim andam à vontade”, declara, entre tojos, urzes e carquejas completamente enxutos, apesar do frio dos últimos dias.

    Num dia soalheiro, quase primaveril, o ar da montanha está frio, entre o Trevim, o ponto mais alto da Serra da Lousã, com 1.204 metros, no concelho da Lousã, e a Aigra Nova e a Velha, no município de Góis.

    Lurdes chama cada caprino pelo nome que lhe pôs. De cajado em punho, logo abaixo, Manuel espera que o gado se encaminhe para a aldeia, onde está a sede da Lousitânea - Liga de Amigos da Serra da Lousã.

    Não há vento nem chuva, o que espevita dezenas de cabras e um chibo, num lugar que há alguns anos passou a integrar a rede turística Aldeias do Xisto.

    Indiferentes à presença dos visitantes, exibem um pelo que brilha ao sol. Devoram com sofreguidão gramíneas rasteiras, rebentos tenros de arbustos e árvores.

    No entanto, quando há frio com vento e chuva, “vê-se que estão arrepiadas e encolhidas, fogem para debaixo do mato e das árvores ou então fogem para o curral”, afirma Manuel Claro.

    Nesta época, “há um pasto assim mais ou menos, mas os veados vêm primeiro” do que as cabras.

    “Elas nem querem ir para ali porque lhes cheira” aos veados, que percorrem as serranias durante a noite, em busca dos melhores alimentos, explica o dono do rebanho.

    Nos dias de temporal, os animais ficam no estábulo. O casal cultiva milho, nos meses quentes, cuja palha guarda “para os dias maus” do inverno.

    Na manjedoira, as cabras comem ainda algum desse cereal, com que a família Claro produz a própria broa. “Num dia de chuva, não saem”, sublinha o pastor.

    “Conseguimos suportar o frio aqui na serra. É tudo uma questão de adaptação”, segundo Rita Ribeiro, técnica da Lousitânea.

    Os afazeres da associação “fazem com que não se consigam estar muito tempo parados”, refere, confirmando que os dias de temporal “são mais difíceis de suportar” do que o frio associado a “vento forte e chuva intensa”, na Serra da Lousã.

    “As pessoas estão mais que habituadas a viver aqui e a ultrapassar as dificuldades”, salienta.

    Nos dias limpos, o sol chega à Aigra Nova muito cedo. “Mas não é por estar frio ou por estar chuva que os habitantes deixam de sair com o seu rebanho”, declara Rita Ribeiro.

    O mesmo acontece com os burros Golias e Gaitano, que integram o Núcleo Asinino das Aldeias do Xisto, da responsabilidade da Lousitânea.

    “Isto para eles acaba por ser um clima bastante razoável, desde que não haja chuva e vento forte”, esclarece, enquanto os jumentos pastam na berma do caminho.

    Os animais vieram de Miranda do Douro, no âmbito de uma parceria com a Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino.

    “São burros mirandeses, estavam habituados a temperaturas baixas”, acentua Rita Ribeiro.

    Na região, no inverno, verificam-se temperaturas ligeiramente superiores às do passado.

    No século XIX, ainda se realizava a recolha de gelo nos poços do Santo António da Neve, no concelho da Castanheira de Pera, para depois ser consumido como neves ou sorvetes, na corte lisboeta e no café Martinho da Arcada.

    Tendo as temperaturas subido nos últimos 150 anos, tal atividade seria hoje inviável, segundo o investigador Manuel Louzã Henriques. Também na Serra da Lousã, o inverno já não é o que era.

    http://24.sapo.pt/atualidade/artigo...bloco24&_swa_csource=sapo.pt&_swa_cmedium=web
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. António josé Sales

    António josé Sales
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Out 2016
    Mensagens:
    990
    Local:
    Turquel, concelho de Alcobaça
    Bem o ECM está claramente mais optimista em relação á mudança de padrão na próxima semana do que o GFS no entanto o GFS também mostra qualquer coisa mas espero que seja o ECM a ganhar já que o acho melhor modelo do que o GFS vamos aguardar com calma para não termos surpresas desagradáveis.
     
  7. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,998
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Mesmo assim, parece que vai ser sol de pouca dura...


    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
     
    joselamego e António josé Sales gostaram disto.
  8. Luso Meteo

    Luso Meteo
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    22 Set 2012
    Mensagens:
    2,194
    Local:
    Felgueiras, Porto (500 mts)
    O GFS na run das 12 está péssimo e creio que o ECM vai acompanhar... Daqui a pouco já vemos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e jonas gostaram disto.
  9. António josé Sales

    António josé Sales
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Out 2016
    Mensagens:
    990
    Local:
    Turquel, concelho de Alcobaça
    Desculpa discordar Meteofan mas não está assim tão mau dá uma depressão lá para dia 25/26 tal como o ECM a diferença é que o ECM mostra a partir de dia 26 e até ás 240 h sempre chuva seguida e o GFS dá nos dias 26,27 e 28 depois interrompe dois dias e lá para dia 30 volta a dar chuva mas isto vai dar muita volta ainda faltam alguns dias.
    Os dois modelos apontam para uma mudança de padrão lá para dia 26 mas é claro que isto pode mudar para pior ou para melhor nas próximas saídas eu pessoalmente gosto mais do modelo ECM acho que é mais assertivo vamos ver.:D:D
     
  10. Luso Meteo

    Luso Meteo
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    22 Set 2012
    Mensagens:
    2,194
    Local:
    Felgueiras, Porto (500 mts)
    O GFS já previu mais de 100mm agora prevê uns míseros 10mm para a minha zona. E o ECM já está a piorar também... Enfim. cAAlmex
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e António josé Sales gostaram disto.
  11. jonas

    jonas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jul 2015
    Mensagens:
    2,108
    Local:
    paredes (200 m) Mouriz (202 m) Bitarães (185 m)
    E o tipico tira e poe.....
    No entanto que vai ocorrer alguma coisa, vai.....o que, é que não está bem definido.
    ;)
     
    joselamego gostou disto.
  12. António josé Sales

    António josé Sales
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Out 2016
    Mensagens:
    990
    Local:
    Turquel, concelho de Alcobaça
    Meteofan é como o jonas diz e muito bem é o tira e põe na próxima saida tudo pode mudar é esperar não há mais nada a fazer:pray::pray:
     
    joselamego gostou disto.
  13. joralentejano

    joralentejano
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Set 2015
    Mensagens:
    5,570
    Local:
    Arronches | Leiria
    Esta saída do GFS apenas está boa para a zona oeste, aliás, as poucas vezes que tem chovido este inverno, tem sido a zona mais beneficiada...
    [​IMG]
    Entretanto isto ainda vai dar muitas voltas, mas o que é certo é que está sempre a adiar, 1º era 22, depois 24, agora já é só 26/27 e segundo o GFS depois desses dois dias o AA iria voltar. Está sempre a adiar, e no tira e põe, a próxima saída poderá vir a ser melhor, ou não, vamos ver. Conclusão, não podemos perder a esperança nem ganhar, é melhor irmos apenas acompanhando.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #794 joralentejano, 20 Jan 2017 às 18:57
    Última edição: 20 Jan 2017 às 19:02
  14. António josé Sales

    António josé Sales
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Out 2016
    Mensagens:
    990
    Local:
    Turquel, concelho de Alcobaça
    joralentejano sim exactamente não vale a apena especular é acompanhar a situação e pronto, o GFS funciona muito por devaneios numa saída dá mais de 100 mm e na outra dá 0 por isso não adianta especularmos vamos acompanhando a situação e logo se vê!!!!!!!!!
     
    joselamego e joralentejano gostaram disto.
Estado do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Partilhar esta Página