Seguimento Oceânia 2010

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,089
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Melbourne suffers hottest night as Australia swelters

Melbourne has suffered its hottest night since 1902 as a heat wave grips southern Australia.

While much of the northern hemisphere is suffering from unusually cold conditions, night-time temperatures in Melbourne have reached 34C (93F).

The situation was made worse as air conditioning shut down when power cuts hit homes. Electricity companies said transformers had failed in the heat.

Many residents chose to spend the night on the beach.

Temperatures were expected to rise to 40C (104F) on Tuesday, before becoming cooler.

The city was also hit by more than 100 train cancellations as air conditioning failed on trains, and the heat caused rails to buckle.



Fire warnings

Across Victoria state, paramedics attended to 70 people who had collapsed because of heat-related problems.

Resident Andrew Jefferson, of Ballarat, west of Melbourne, emigrated from Britain in 2001 and said: "It's probably the most uncomfortable night I've ever had down under."

Richard Whitaker, a senior meteorologist for Australia's Weather Channel, said northerly winds from inland were responsible for the Melbourne heatwave.

"Over the last 50 years there is no doubt in Australia, we've seen a rising temperature trend," he said.

Earlier this month, meteorologists said the last 10 years had been the hottest on record in the country.

Firefighters in South Australia fought three bushfires, and code red fire warnings remain in place for Victoria and New South Wales.

BBC News
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Austrália em alerta máximo devido a onda de calor

As autoridades australianas estão em alerta máximo para a onda de calor que actualmente percorre o sul australiano, com temperaturas muito altas e ventos fortes a criar condições para a ocorrência de incêndios, o que se está a verificar.

De momento, segundo a imprensa local, são quatro os fogos fora de controlo em Gippsland, região a norte de Melbourne, estado de Victoria.

À meia noite de segunda-feira, por exemplo, o termómetro assinalava 37 graus Celsius em Melbourne, numa noite cuja média foi de 34, um recorde local nos últimos 100 anos.

Destak
 

joseoliveira

Cumulonimbus
Registo
18 Abr 2009
Mensagens
2,889
Local
Loures (Moninhos) 128m


À meia noite de segunda-feira, por exemplo, o termómetro assinalava 37 graus Celsius em Melbourne, numa noite cuja média foi de 34, um recorde local nos últimos 100 anos.

Destak


É realmente impressionante a diferença com o que cá se passou por esses dias, mas oposições sazonais à parte, é óbvio que toda essa região está sob calor muito intenso há demasiado tempo, provocado em larga medida pelos gigantescos incêndios que lavram extensas zonas cujo efeito térmico daí provindo contribui bastante para temperaturas assustadoras a essas horas.

Apesar de grande parte do interior australiano ser composto por deserto e estar em curso o Verão no H. Sul, isso por si só não desencadearia os "altos" valores verificados. Mas tudo isto ainda que pareça admirável à distância, o que pode tornar-se preocupante para um extenso território como a Austrália é que apesar de se considerar proporcionalmente a região do planeta com maior diversidade biológica bem como acolhedora de espécies animais únicas, muitas delas em vias de extinção, é a perda em larga escala de habitats até então considerados sustentáveis.
Veremos os resultados quando esta fornalha se extinguir com o habitual feedback..., acima de tudo que se extinga rápido. :(
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
É realmente impressionante a diferença com o que cá se passou por esses dias, mas oposições sazonais à parte, é óbvio que toda essa região está sob calor muito intenso há demasiado tempo, provocado em larga medida pelos gigantescos incêndios que lavram extensas zonas cujo efeito térmico daí provindo contribui bastante para temperaturas assustadoras a essas horas.

Apesar de grande parte do interior australiano ser composto por deserto e estar em curso o Verão no H. Sul, isso por si só não desencadearia os "altos" valores verificados. Mas tudo isto ainda que pareça admirável à distância, o que pode tornar-se preocupante para um extenso território como a Austrália é que apesar de se considerar proporcionalmente a região do planeta com maior diversidade biológica bem como acolhedora de espécies animais únicas, muitas delas em vias de extinção, é a perda em larga escala de habitats até então considerados sustentáveis.
Veremos os resultados quando esta fornalha se extinguir com o habitual feedback..., acima de tudo que se extinga rápido. :(



Venho fazer uma pergunta:

É por causa dos incendios que se está a perder a bidiversidade na Australia?
Porque se vai responder que sim, eu digo-lhe de pronto que não!

Quanto às temperaturas serem altas por causa dos incendios isso é um erro o que escreveu, pois não são os incendios que provocam estas altas temperaturas, mas sim as altas temperaturas nos vários desertos australianos.


Coloco aqui um blog de natureza sobre os varios desertos e sua extenção naquela ilha.

http://planetadobem.blogspot.com/2009/01/deserto-australiano-o-deserto-quente.html

Esta é uma ilha de extremos!
 

blood4

Cumulus
Registo
27 Nov 2009
Mensagens
156
Local
Ponte de Lima
Venho fazer uma pergunta:

É por causa dos incendios que se está a perder a bidiversidade na Australia?
Porque se vai responder que sim, eu digo-lhe de pronto que não!

Quanto às temperaturas serem altas por causa dos incendios isso é um erro o que escreveu, pois não são os incendios que provocam estas altas temperaturas, mas sim as altas temperaturas nos vários desertos australianos.


Coloco aqui um blog de natureza sobre os varios desertos e sua extenção naquela ilha.

http://planetadobem.blogspot.com/2009/01/deserto-australiano-o-deserto-quente.html

Esta é uma ilha de extremos!
o psm tem razao
obvio que nao sao os incendios que fazem com que a temperatura suba
 

joseoliveira

Cumulonimbus
Registo
18 Abr 2009
Mensagens
2,889
Local
Loures (Moninhos) 128m
Venho fazer uma pergunta:

É por causa dos incendios que se está a perder a bidiversidade na Australia?
Porque se vai responder que sim, eu digo-lhe de pronto que não!

Quanto às temperaturas serem altas por causa dos incendios isso é um erro o que escreveu, pois não são os incendios que provocam estas altas temperaturas, mas sim as altas temperaturas nos vários desertos australianos.

Esta é uma ilha de extremos!

Bom, vou "tentar" explicar o porquê de ter referido que poderia ocorrer a "perda de habitats até então considerados sustentáveis", penso que também faria algum sentido adicionar aqui "e vulneráveis" porque nessa matéria não faltam exemplos espalhados pelo mundo.
Talvez numa 1ª análise fosse entendido que seria uma força de expressão pautada por algum exagero ou pelo menos tentar generalizá-la; perspectivando a coisa, acho que a 2ª opção seria a mais indicada!

Claro que o fogo como elemento natural exerce um efeito renovador em muitos ecossistemas, mas acho que vale a pena perguntar até que ponto, e aí agradeço que, se possível me esclareçam. O certo é que não raro se ouve falar com maior peso acerca do efeito devastador dos incêndios e suas perdas irreparáveis, mas entendo que possa haver matéria credível que faça disto algo muito subjectivo o que obviamente é de respeitar!

Acerca de ter referido que a grande causa para as altas temperaturas verificadas se devam ao calor provocado pelos incêndios, sinceramente custa-me a acreditar ser possível, de acordo com a peça, registarem-se temperaturas na ordem dos 37ºC pela meia noite apenas pelo calor gerado localmente ou até vindo das regiões desérticas sem os efeitos do que decorre relativamente perto pela acção desses mesmos incêndios!

Para além disto não me parece muito concebível que massas de ar bastante quente vindas desses desertos sejam possíveis ocorrer à noite e aqui refiro-me às certamente fortes amplitudes térmicas verificadas, porque se durante o dia as temperaturas atingem valores bastante altos, deduzo que pela noite o cenário seja diferente.

Bem, não me considero uma caixa selada ao ponto de não admitir ser refutado, por isso estou receptivo ao que possa ser substituído com o devido fundamento. ;)
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
Isto que vou escrever vai ser off topic neste seguimento.

Na Australia o fogo é um dos principais elementos para a renovação, e grande parte das espécies estão preparadas para ele, ou a sua totalidade, excepto as que estão numa franja de 1% do território que são tropicais. Sem ele(fogo) não se poderiam reproduzir!
Numa ilha com tantos milhões de anos a lexiviação da pluviosidade ao longo desses milhões de anos emprobeceu os solos, e como estratégia o fogo é uma das formas de enriquecer os solos, tudo isto aliado a um clima extremo onde ocorrem muitas trovoadas; sejam na parte norte com a monção seja na parte sul e sueste aqui de clima temperado a mediterraneo.
Outra carecteristica das espécies e que evoluiram com a pobreza do solo foi o enriquecimento do solo por azoto, pois grande parte delas são leguminosas(fabaceas).

Vou dar alguns exemplos de como estão tão adaptadas à recorrencia do fogo.

As sementes das acacias conseguem aguentar temperaturas dos 500º e mesmo assim germinam, e sendo folhosas vão libertar um oleo para atmosfera, que quando houver fogo ainda vá o activar ainda mais(exemplo na nossa flora é a esteva), os eucaliptos usam o mesmo estratagema do oleo (vou dar o exemplo de um local onde isso acontece mais abaixo) e usam outro que é a casca do tronco que se descasca com a idade e que serve para quando há convecção num incendio para ser transportada para longe com os ventos e que incendeie noutro local mais distante.


Exemplo de local:

Há um nome(montanhas azuis) que foi dado pelos ingleses pela beleza que é!
Tem como explicação a transpiração dos eucaliptos, e das acacias que ao libertarem o tal oleo no verão e na primavera vai dar aquela cor azulada quando há altas temperaturas mas que só tem um objectivo que é o de se houver uma trovoada se torne num "barril de polvora"

As nossas espcies em Portugal também estão adaptadas ao fogo mas aqui a recorrencia é mais longa no tempo do que na Australia.

Em conclusão o fogo na Australia é como uma "benção" para muitas espécies o problema é que o homem tenta suprimir algo que os antigos habitantes daquela ilha o usavam como renovação e habito.

Acerca do calor repare qual a extensão daquela ilha, e que é epoca de monção lá(norte) nesta altura do ano, e onde a subsidiencia irá se reflectir mais abaixo(sul) da ilha
Esta é uma das causas dos desertos Australianos(principal) e com os ventos de oeste noroeste que muitas vezes fazem provocar estas altas temperaturas quando às vezes não são as tempestades de areia nas cidades do leste, de quando se aproxima uma frente fria de oeste e que arraste todo aquele calor do interior da ilha para as cidades:);).
 

joseoliveira

Cumulonimbus
Registo
18 Abr 2009
Mensagens
2,889
Local
Loures (Moninhos) 128m
Estava a tentar aceder à página da BBC News para ver se havia algum desenvolvimento da situação, mas até ao momento não estou a conseguir...:(
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
atençao, psm, que lá no verao os ventos costumam ser de SE ou E ( alisios) pelo menos no sul, ja que no norte ocorrem ventos normalmente dos quadrantes norte e leste.
as frentes frias raramente atingem a australia no verao excepto no extremo SE, nova zelandia e tasmania pelo que, como dizes, as cidades do E a latitudes superiores a 35º sejam influenciadas pelo sector quente das mesmas sem nunca o sector frio ter capacidade de as atingr ( em portugal tambem é parecido, principalmente em junho-setembro).
por fim é verdade que o fogo é indispnsavel ao ecossistema de eucaliptal tal como ao ambiente mediterraneo ou a certas especies de pinheiros e sequoias...o problemas é que este facto nao dá "jeito" ao homem, que ao travar os fogos danifica o ecossistema:thumbsup:
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
atençao, psm, que lá no verao os ventos costumam ser de SE ou E ( alisios) pelo menos no sul, ja que no norte ocorrem ventos normalmente dos quadrantes norte e leste.
as frentes frias raramente atingem a australia no verao excepto no extremo SE, nova zelandia e tasmania

Mas o que se está a referir é no sueste onde o clima é "temperado" e em cidades como Melbourne e Sidney e às vezes Adelaide(aqui mediterranica).;)
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Mas o que se está a referir é no sueste onde o clima é "temperado" e em cidades como Melbourne e Sidney e às vezes Adelaide(aqui mediterranica).;)
sydney é subtropical...so melbourne tem um clima + frio como a tasmania
 

rozzo

Staff
Registo
11 Dez 2006
Mensagens
2,470
Local
Alcochete/Lisboa
Este tipo de classificações.. Vale o que vale..

Segundo a classificação de Koppen, Sydney é Cfb, ou seja, tem exactamente a mesma classificação que cidades como Paris p.ex..

O que a meu ver não faz sentido algum!
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
Este tipo de classificações.. Vale o que vale..

Segundo a classificação de Koppen, Sydney é Cfb, ou seja, tem exactamente a mesma classificação que cidades como Paris p.ex..

O que a meu ver não faz sentido algum!



Sim concordo, e foi dai eu ter designado temperado mas coloquei aspas aspas, era dai a minha duvida:thumbsup:.
 

Fil

Cumulonimbus
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
3,926
Local
Bragança (740 m)
Um ciclone tropical categoria 1 chamado Ului aproxima-se do NE da Austrália:
20100318200000.png
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Cidade australiana de Perth atingida por tempestade devastadora

Não há vítimas a registar mas milhões de euros de prejuízo foi o balanço feito pelas autoridades australianas das consequências de uma tempestade devastadora que, ontem, atingiu a cidade de Perth. Duas horas de chuva intensa e granizo deixaram as principais estradas inundadas e mais de cem mil casas sem electricidade.

Os serviços de meteorologia diseram que os ventos sopraram a mais de 120 quilómetros por hora e que em apenas duas horas choveu mais do que a média mensal de precipitação.

Cerca de 100 pessoas tiveram de ser retiradas de um edifício de apartamentos depois de um deslizamento de terras.

Parte do tecto do aeroporto de Perth caiu e alguns voos tiveram de ser temporariamente suspensos.

A queda de parte do tecto levou também à evacuação da unidade de emergência num hospital.

O granizo de grandes dimensões foi responsável por várias janelas - de casas e carros - partidas. Caíram também algumas árvores.

As autoridades prevêm mau tempo para o dia de hoje.

SIC



WOOOW :surprise: tipicamente Austrália e os seus extremos :D
 
Editado por um moderador: